Ezequiel oferece 89 prefeitos e 14 partidos para Fábio Dantas concorrer ao Governo

O desgaste político enfrentado pelo governador Robinson Faria (PSD) e a indefinição do empresariado fizeram, nos últimos dias, com que uma eventual candidatura do vice-governador Fábio Dantas à sucessão estadual ganhasse musculatura. De saída do PCdoB, Dantas tem conversado com diversas lideranças políticas e já confessou a interlocutores a pretensão de ser candidato ao Governo do Estado.

Nos bastidores, um dos maiores entusiastas da candidatura de Fábio Dantas a governador é o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB). Para seduzir o vice-governador, o deputado tem oferecido vantagens de uma possível aliança entre os dois para o pleito de outubro.

Ezequiel tem dito a Fábio Dantas que pode lhe garantir o apoio de 89 dos 167 prefeitos do estado. Além disso, o parlamentar, que é presidente do PSDB no Rio Grande do Norte, assegura uma coalizão com 14 partidos, o que garantiria razoável tempo de propaganda eleitoral no rádio e na televisão.

Segundo o Agora RN apurou, a proposta de Ezequiel é apoiar Fábio Dantas para o Governo do Estado e ser candidato a senador. Seu companheiro de chapa, tendo em vista que haverá duas vagas para o Senado em disputa, seria o empresário Luiz Roberto Barcelos, da Agrícola Famosa, que negocia filiação ao PSDB.

Fábio Dantas recebeu na semana passada, em Brasília, um convite para se filiar ao PSB. Segundo interlocutores, a proposta agradou ao vice-governador, mas há convites também para aderir ao PSDB. A assessoria de Dantas disse que não há nada definido em relação à próxima eleição e que haverá um comunicado oficial sobre o assunto assim que possível.

Na semana passada, em entrevistas concedidas a emissoras de rádio e TV, Robinson Faria negou a existência de “racha político” com Ezequiel e Fábio Dantas. O governador disse que a relação com o deputado e o vice-governador é de “harmonia” e que ele não descarta, inclusive, apoiar uma eventual candidatura de Fábio Dantas ao Governo caso o nome do aliado seja mais viável.

Prazo para alunos se inscreverem no Fies termina nesta quarta-feira

23.02.2015,Estudante fazendo consultas no Site do Sis FIES
– cidade – 27ci0501 – TUNO VIEIRA

O prazo para inscrições no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) termina nesta quarta-feira, 28, às 23h59. Podem se inscrever alunos que tiveram média de pelo menos 450 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que não tenham tirado nota zero na redação. Outra exigência é se encaixar dentro dos limites de faixa de renda estabelecidos para o programa.

No início do ano, o Comitê Gestor do Fies definiu os limites do financiamento: máximo de R$ 30 mil por semestre e mínimo de R$ 300 e as condições do financiamento precisam ser estipuladas entre o banco que irá conceder o empréstimo, a instituição de ensino e o aluno. Após a conclusão do curso, o valor da parcela dependerá da renda do estudante.

Há duas modalidades do financiamento (Fies e P-Fies) estruturadas em três faixas. A primeira contempla alunos com renda familiar bruta, por pessoa, de até três salários mínimos, sem juro real (0%). A segunda é destinada a alunos em cuja família cada membro tenha renda de até cinco salários mínimos nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Estudantes com o mesmo teto de renda familiar das demais regiões estão incluídos na terceira faixa. Nestes dois últimos casos, os juros serão calculados em valor pouco acima da inflação.

Para fazer a inscrição no site do MEC, o candidato deve fornecer o número do CPF, a data de nascimento e um e-mail válido. Além disso, precisa informar a renda familiar para comprovar que se encaixa nas exigências do programa.

Os resultados de pré-seleção e as listas de espera serão divulgados após o encerramento das inscrições. Para a modalidade Fies a lista com os nomes será publicada no dia 5 de março, e na modalidade P-Fies, no dia 12 de março.

PORTAL AGORA RN;

Chuvas animam produtores rurais do RN

whatsapp-image-2018-02-25-at-08.00.32-2-

whatsapp-image-2018-02-25-at-08.00.31-2-Bastou as chuvas começarem a abastecer os reservatórios de água do Rio Grande do Norte para o sertanejo se encher de esperança. Embora grandes açudes e barragens ainda não tenham recebido água suficiente para sair do volume morto, o líquido que chega nas pequenas comunidades rurais já muda o cenário, após seis anos de seca.

Na comunidade Morcego, na zona rural de Campo Grande, região Oeste potiguar, a terra está úmida e os animais já aproveitam o pasto que começa a crescer. O pequeno barreiro nos fundos da propriedade do agricultor Aldenor Rocha “tomou água”, como as pessoas falam na região. A chuva foi recente, mas a água acumulada vai ser uma ajuda e tanto depois desse tempo de seca.

“Está bom demais. É uma tranquilidade que Deus deu pra gente. É como diz a história: com chuva na terra, o homem se anima, o homem planta. Porque água é a vida para todos, pros animais, pras pessoas, pra todo mundo”, diz Aldenor.

Enquando ele cuida do gado, Paulina Linésio, mais conhecida como Nega, lida com as galinhas e a criação de porcos. A água no barreiro também facilitar a vida dela, no trabalho diário.

“É melhora grande. Fica água mais perto para gente fazer o movimento e não tem que puxar do (açude) Morcego. Porque pra puxar água tem que pagar energia. Tendo aqui, não precisa. Fica mais barato. Água do inverno é melhor que água puxada de motor”, garante.

Quando o barreiro encher e transbordar, a água vai para o açude Morcego, no município de Campo Grande. O último levantamento feito pelo Igarn – Instituto de Gestação das Águas do Rio Grande do Norte – apontou que o reservatório está com 4,4% da sua capacidade. É pouco, se a gente comparar com os 6,7 milhões de metros cúbicos que ele pode armazenar, mas o cenário já renova a esperança de quem precisa do reservatório.

Desde o começo de fevereiro, a lâmina de água subiu 22 centímetros no açude. Quem dá a boa notícia é a comerciante Aparecida Gondin, que acompanha a evolução diariamente.

“É muito bom. É muito emocionante. Moro aqui e tenho que saber para passar para outras pessoas, que perguntam, que chegam aqui. O povo vem direto perguntar, vem se informar quanto tomou, quanto não tomou de água”, conta.

Além da comunidade Morcego, o açude beneficia outros povoamentos de Campo Grande e de municípios vizinhos.

“Caraúbas, Janduís, essa região vem pegar água aqui, fora as outras comunidades. Porque nós vivemos numa área muito seca e o único reservatório grande de água aqui é esse e abastece todos”, diz Carlos Alexandre Rocha, que é presidente da Associação de Moradores de Morcego.

A chuva de fevereiro também interferiu, ainda que pouco, em outros reservatórios do estado. Entre 9 e 14 de fevereiro, a barragem Armando Ribeiro Gonçalves, a maior do estado, aumento em seis cetímetros a lâmina de água. No açude Passagem das Traíras, no Seridó, foram 21 centímetros.

Quem frequenta a barragem de Umari, em Upanema, também percebeu uma mudança. A água do reservatório é usada para pesca e para irrigação de plantações, ao longo do curso do rio Umari. Atualmente, a barragem conta com 13,65% da capacidade total de água.

A chuva ainda que tímida animou o pescador Rivaldo Santos, que foi de Caicó até lá pegar peixes para levar para o açude Itans.

“O Itans secou e a gente está botando peixe para recuperar outra peixada. Porque secou, não ficou nada. Agora tem uma faixa de um metro d’água lá, ai a gente está pegando um peixinho pra botar lá de novo, pra recuperar, se Deus quiser”, ressalta.

G1.RN;

PARA REFLETIR:

“Chega um tempo na vida que a gente aprende que ninguém nos decepciona, nós que colocamos expectativa demais sobre as pessoas. Cada um é o que é e oferece aquilo que tem para oferecer”.

Beneficiários precisam comprovar vida no INSS até 28 de fevereiro

provadevida

Beneficiários da Previdência Social têm até 28 de fevereiro para realizar a prova de vida para continuar recebendo seus pagamentos em dia. Esse procedimento é necessário para milhões de aposentados e pensionistas.

A comprovação pode ser realizada diretamente no banco em que o beneficiado recebe o benefício. É preciso apresentar um documento oficial de identificação para comprovar a vida. Ao mesmo tempo, instituições que usam a biometria podem comprovar isso por meio dos terminais de autoatendimento.

Quem não puder fazer a comprovação pessoalmente por motivos de saúde ou dificuldades de locomoção pode realizar o procedimento por meio de um procurador cadastrado no Instituto Nacional do Serviço Social (INSS). Já quem mora no exterior pode fazer isso por procuração, documento emitido pelo consulado ou por formulário disponível no site do INSS.

Água: IGARN divulga relatório da situação volumétrica dos reservatórios do estado

projeto

O primeiro Relatório da Situação Volumétrica dos principais reservatórios do Estado, divulgado pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (IGARN), na última sexta-feira (23), aponta pouca melhora na situação das reservas hídricas potiguares.

A região Seridó foi onde houve maior variável de volume dos açudes, já a região do Alto Oeste não obteve mudança significativa na maioria dos seus mananciais.

Em comparação com o período anterior às últimas chuvas, dos 47 reservatórios com capacidade superior a cinco milhões de metros cúbicos, monitorados pelo Governo do Estado, por meio do IGARN, 17 continuam em volume morto e 16 estão secos.

Anteriormente, 17 estavam em volume morto e 17 secos, esclarece informação da assessoria de imprensa do órgão estadual.

Situado em Santana do Matos, o açude Alecrim estava sem leitura, ou seja, considerado seco. Após as últimas precipitações chegou a 960 mil metros cúbicos, ou 13,71% da sua capacidade que é de 7 milhões de m³. 

O açude Rio da Pedra, também localizado em Santana do Matos, merece destaque, pois recebeu mais de 1 milhão de metros cúbicos de água e atingiu 8,62% de sua capacidade, que é de 13 milhões de metros cúbicos.

Antes das chuvas o manancial estava com apenas 11 mil m³, o que correspondia a 0,08% do seu volume total. 

No Alto Oeste, o reservatório com maior ganho de volume foi Encanto, que está com 2,5 milhões de metros cúbicos, 48,94% da sua capacidade total, que é de 5,192 milhões de m³.

Antes das chuvas o reservatório estava com 46% do seu volume máximo. Os outros mananciais da região, ou não obtiveram recarga, ou obtiveram ganho de menos de 1%.

Com relação aos três maiores reservatórios estaduais, a situação permanece estável, já que mesmo com a utilização de suas águas para os sistemas de abastecimento dos municípios potiguares, seus índices permaneceram muito parecidos.

A barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, anteriormente às chuvas, estava com 10,84% da sua capacidade, que é de 2,4 bilhões de metros cúbicos.

Atualmente está com 10,99%, o que corresponde a 263,688 milhões de metros cúbicos.

Segundo maior reservatório do RN, a barragem Santa Cruz do Apodi praticamente não teve mudança no seu volume.

No último dia 09 de fevereiro estava com 13,96% de sua capacidade.

Atualmente está com 13,92%, o que corresponde a 83,488 milhões de metros cúbicos dos 599 milhões que acumula quando cheia.

A barragem de Umari, em Upanema, também seguiu o mesmo cenário, permanecendo com 13% de sua capacidade, 40,326 milhões de m³ dos 292 milhões que acumula no seu volume total.

A Bacia Apodi/Mossoró está com 130,170 milhões de metros cúbicos, o que corresponde a 11,83% da sua capacidade hídrica superficial total.

Já a Bacia Piranhas/Açu está com 330,648 milhões de m³, 11,14% do seu volume total superficial.

Blog Pauta Aberta;

SENHAS PARA A FESTA DE SÃO JOSÉ 2018 EM ANGICOS JÁ ESTÃO A VENDA!

28165020_1191158407653727_2251990716349755539_oESTÃO PREPARADOS?

A maior festa de São José dos Angicos está chegando e você não pode ficar de fora.

Preço 1º lote Promocional 
Meia entrada
PISTA: R$ 25,00
VIP: R$ 40,00

E se liga na promoção  Você que é cliente da R2 Web e Saci rede a Construtora poderá comprar a senha INTEIRA com 50% de desconto. Isso mesmo, senha inteira pela METADE do preço!!!!

Pontos de Vendas:

ANGICOS 
Loja da Cici 📍
Top Cell 📍
Saci Rede a Construtora 📍
(Vendas no Cartão de crédito 💳)

AFONSO BEZERRA
Restaurante Cantinho do sertão 📍

ASSU
Banca do Edezio 📍

OBS.: Vendas no cartão de crédito será APENAS na Saci Rede a Construtora e na Top Cell.

Não fique de fora dessa, porque vai ser *FENOMENAAAALL!*

UERN lança edital para preenchimento de vagas residuais

governadoriaA Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) publicou o edital com as normas e procedimentos para preenchimento de vagas não ocupadas na Chamada Regular do Sistema de Seleção Unificada (SiSU 2018).

Os candidatos que se inscreveram na Lista de Espera do SiSU estão habilitados a declararem interesse nas vagas disponibilizadas pela UERN a partir das 9h da segunda-feira (26) até às 23h59 do dia 9 de março de 2018, por meio de formulário específico (Declaração de Interesse por Vaga) a ser disponibilizado no site.

Conforme o edital, a lista com os convocados será divulgada no portal da UERN e no site da UERN/SiSU no dia 20 de março de 2018. Esses candidatos deverão comparecer à UERN para entrega da documentação exigida no anexo I, em número igual ou superior ao de vagas disponíveis, no período de 9 a 12 de abril. A instituição esclarece que os candidatos que entregarem a documentação e não se classificarem dentro das vagas farão parte de um cadastro de reserva e podem ser convocados para ocupação de vagas remanescentes, provenientes de desistência ou cancelamento.

O candidato convocado na cota destinada a pessoa com deficiência, deverá ser previamente submetido à avaliação da junta multiprofissional da UERN, devendo apresentar-se no horário das 18h30 às 19h30, no período de 2 a 6 de abril, com 30 minutos de antecedência, no prédio da Faculdade de Ciências da Saúde – FACS/UERN. A ordem de apresentação dos candidatos à junta multiprofissional será publicada no site da UERN.

O cadastro institucional dos convocados será realizado nos dias 9, 10, 11 e 12 de abril de 2018, na secretaria da Unidade Universitária/Faculdade, nos endereços e horários previstos no edital. Esse cadastro se dará através de duas etapas. Na primeira, todos os candidatos convocados para preenchimento das vagas deverão entregar a documentação constante no anexo II do edital; A efetivação do cadastro institucional no sistema informatizado ocorrerá de acordo com a ordem decrescente de classificação.

Governo do RN anuncia calendário de pagamento do 13º até o fim de fevereiro

governadoriaO Governo do Rio Grande do Norte vai vetar o projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa que criava um abono que seria pago aos servidores estaduais como forma de compensação pelo atraso no pagamento do décimo terceiro salário de 2017. O Poder Executivo também anunciou que vai divulgar o calendário de pagamento do 13º, que será escalonado, até a próxima quarta-feira (28).

“Considerando as dificuldades enfrentadas nas tratativas com os bancos para o financiamento direto, o projeto que estabelecia o abono será vetado e uma nova proposta que atenda os servidores e seja viável para o governo já está sendo trabalhada pela equipe econômica”, informou o governo por meio de nota.

O projeto vetado era do próprio governo do estado e foi uma das oito leis aprovadas pela Assembleia dentro do pacote – chamado RN Urgente – enviado pelo governo durante uma convocação extraordinária do Poder Legislativo, em janeiro deste ano.

A ideia do Executivo era pagar o 13º parcelado em seis vezes, porém, com a expectativa de que os bancos criassem linhas de crédito especial e os servidores pudessem pegar um empréstimo no valor do salário, pagando em seis vezes, conforme fossem recebendo as parcelas do estado.

O abono 12,43% do salário deveria funcionar como uma compensação pelos juros pagos às instituições bancárias, segundo explicou o secretário Cristiano Feitosa à época. Porém, mesmo aqueles servidores que não optassem pelo empréstimo, iriam receber o recurso como compensação pelo atraso do salário.

O governo sancionou outras duas leis aprovadas pela Assembleia em janeiro. Entre elas, está a que reajusta para R$ 107,40 as diárias operacionais dos servidores da Segurança Pública do Estado. O valor corresponde a 6 horas de trabalho e é pago aos servidores que se disponibilizam a trabalhar além dos turnos regulares. A sanção foi publicada no Diário Oficial deste sábado (24).

Outro projeto de lei sancionado é o que determina ao Poder Judiciário, Poder Legislativo, ao Tribunal de Contas do Estado e Ministério Público o desconto dos valores correspondentes à contribuição previdenciária dos seus servidores e recolhimento previdenciário, com a própria contribuição incidente sobre a remuneração dos servidores ativos, os proventos dos servidores inativos e as pensões dos dependentes de seus servidores. O segundo artigo do projeto foi vetado pelo governo.

G1.RN;

Angicos: Secretaria de Educação encerra 1º ciclo de palestras da jornada pedagógica edição 2018.

28468809_2138448366383466_7102930825980916025_n

28277062_2138445526383750_5518088758955944601_n

28059487_2138448056383497_4710147646743131960_nChegou ao término na manhã desta sexta-feira (23/02), o 5º e último dia do 1º ciclo da Jornada pedagógica do município de Angicos, edição 2018. Sediado no salão da Escola Municipal Professora Maria Odila, o evento foi realizado pela Secretaria Municipal de Educação e contou com o apoio da 8ª Direc e demais secretarias municipais.

Tendo como tema central “Ensinar e Aprender: tecendo caminhos para formação dos sujeitos”, a Jornada reuniu os seguintes profissionais engajados na área da educação: professores, coordenadores pedagógicos, gestores técnicos, ASG’s, vigias, merendeiras e equipe de apoio das escolas municipais. A apresentações Multiartísticas abrilhantaram o momento.
A composição da mesa de honra foi preenchida pelas seguintes autoridades; o Prefeito Municipal, Deusdete Gomes de Barros (PSDB), a Secretária Municipal de Educação e anfitriã do evento, Profa. Maria Tereza de Melo Baracho, o Prof. Joaquim Azevedo, representando a direção da 8ª Direc, a diretora da Unidade de Ensino, Lécia Cunha e o Prof. Mestre em Educação e palestrante, Leonardo Bezerra.
Como forma de homenagear e valorizar o Professor, o Prefeito de Angicos, Deusdete Gomes [PSDB], anunciou a Criação de uma Lei Municipal instituindo o Baile dos Professores, tendo como data fixa a festa de emancipação política.
Acompanhado da Secretária de Saúde, Nataly Felipe, da Diretora do HRA, Juliana Saraiva e da Fonoaudióloga, Emanuela Alves, o gestor público ainda falou sobre a criação do Programa: “Qualidade de Vida e Saúde do Professor”, feito inédito no município.

O novo Programa é uma extensão do programa ‘Saúde na Escola’ e será desenvolvido em parceria entre as Secretarias de Saúde (SMS) e de Educação e (SME). Por fim, o Prefeito reiterou que para transformar a educação é necessário o empenho e dedicação de todos.

O objetivo da semana pedagógica foi traçar metas e preparar os professores da Rede Municipal de Ensino de Angicos para o ano letivo de 2018.

Assessoria de Comunicação | Prefeitura de Angicos

Greve na UERN continua. Docentes exigem que governo apresente uma saída para a crise

????????????????????????????????????Em assembleia realizada na manhã desta sexta feira, dia (23) na sede da ADUERN e que contou com participação de mais de 200 professores e professoras, foi deliberada a continuidade do movimento grevista iniciado no dia 10 de novembro de 2017. A categoria avaliou que não há como encerrar a greve sem uma proposta para os atrasos salariais e a falta de um calendário de pagamento

A ADUERN participa, na próxima segunda-feira (26) às 11h, de nova audiência com o Governo do Estado onde irá exigir uma proposta para os servidores da UERN. Até o momento, a universidade é o único segmento que ainda não iniciou um processo de negociação junto ao Governo, que já apresentou propostas para outras categorias.

A presidenta da ADUERN, Rivânia Moura, destacou que o Governo precisa apresentar uma proposta que resolva o impasse com a UERN. De acordo com  ela, não basta apresentar soluções momentâneas ou parciais para um problema que é de extrema gravidade e que vem precarizando severamente as condições de vida dos trabalhadores da universidade

“Não é qualquer proposta vinda do Governo que vamos aceitar. Queremos que o Governo se manifeste e resolva estes atrasos que vem minando as condições de vida dos trabalhadores e trabalhadoras da UERN. Hoje tivemos uma unanimidade: a greve não pode acabar enquanto não tivermos ao menos a certeza de quando iremos receber salários. Temos disposição para resistir e lutar, pelos nossos direitos e nossa dignidade”, destacou Rivânia.

A diretoria da ADUERN também avaliou  que é fundamental que sejam realizadas novas mobilizações na Assembleia Legislativa para garantir a permanência dos aposentados  na folha de pagamento da UERN, uma vez que o Governador vetou a emenda que previa a manutenção dos inativos na folha. “Consideramos a importância de nossos aposentados e da história de vida dedicadas a UERN que eles têm. Somos uma só categoria e, portanto, essa situação afeta todos os professores e professoras”  afirmou a presidenta da ADUERN

Os servidores da universidade, assim como boa parte do funcionalismo público estadual, vêm amargurando atrasos salariais desde Janeiro de 2016. Desde então as categorias convivem com a insegurança e a falta de um calendário de pagamento que respeite os trabalhadores do estado. Hoje a grande maioria dos docentes da UERN aguarda pelos salários referentes aos meses de Janeiro, fevereiro e o 13º salário de 2017.

Assecom/ADUERN;

EM ANGICOS: APAE realiza solenidade para abertura dos serviços a serem prestados no ano de 2018

a5b39f26-3051-4406-a59f-00690386bcfaNa tarde desta sexta feira, dia 23 de fevereiro a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Angicos realizou em sua sede a cerimônia de abertura dos serviços de atendimento médico e educacional que serão prestados as crianças e jovens que são atendidas por serem portadoras de necessidades especiais.

Presentes ao evento estiveram a Presidente da APAE em Angicos Givalda Macedo, além de membros da diretoria local da instituição, pais e jovens que são atendidos pelo órgão, o Prefeito de Angicos Deusdete Gomes, pois a gestão municipal é uma das principais parceiras da APAE.

Na oportunidade foi feita a apresentação de uma gama de profissionais da área médica que atenderão as crianças e jovens durante o ano de 2018, assim como também a equipe pedagógica que em sua grande parte prestam relevantes serviços a APAE de forma voluntária.

A nossa reportagem esteve presente através do nosso competente repórter Val Costa que atendendo ao convite feito pela direção da APAE em Angicos registrou o evento.d3a94b7c-8dec-4144-bb43-f2a90143ed94

f095d3c7-6cb9-47a1-933d-a6722f43f0b2

5e0b40c5-6f40-4f47-b79c-432d399ae3f1

724789a6-1103-4f80-b359-124a1cfa0a22

c277ae23-be4e-4791-8092-8fc20bb2aeb0FOTOS: VAL COSTA;

REDAÇÃO: ROGÉRIO MAGNO;

Apesar das chuvas, 17 reservatórios do RN continuam em volume morto

barragem_29Apesar da chuva que caiu sobre o Rio Grande do Norte nos últimos dias, 17 reservatório do estado permanecem em volume morto, e outros 16 estão secos. As informações são do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn). De acordo com o órgão, as chuvas representaram pouca melhora no quadro de seca.

O primeiro Relatório da Situação Volumétrica dos principais reservatórios do estado aponta que a região Seridó foi onde houve maior variável de volume dos açudes, já a região do Alto Oeste não obteve mudança significativa na maioria dos seus mananciais.

Em comparação com o período anterior às últimas chuvas, dos 47 reservatórios com capacidade superior a cinco milhões de metros cúbicos, monitorados pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Igarn, 17 continuam em volume morto e 16 estão secos. Anteriormente, 17 estavam em volume morto e 17 secos. Situado em Santana do Matos, o açude Alecrim estava sem leitura, ou seja, considerado seco. Após as últimas precipitações chegou a 960 mil metros cúbicos, ou 13,71% da sua capacidade que é de 7 milhões de m³.

Segundo o Igarn, o açude Rio da Pedra, também localizado em Santana do Matos, recebeu mais de 1 milhão de metros cúbicos de água e atingiu 8,62% de sua capacidade, que é de 13 milhões de metros cúbicos. Antes das chuvas o manancial estava com apenas 11 mil m³, o que correspondia a 0,08% do seu volume total.

No Alto Oeste, o reservatório com maior ganho de volume foi Encanto, que está com 2,5 milhões de metros cúbicos, 48,94% da sua capacidade total, que é de 5,192 milhões de m³. Antes das chuvas o reservatório estava com 46% do seu volume máximo. Os outros mananciais da região, ou não obtiveram recarga, ou obtiveram ganho de menos de 1%.

Com relação aos três maiores reservatórios estaduais, o relatório indica que a situação permanece estável, já que mesmo com a utilização de suas águas para os sistemas de abastecimento dos municípios potiguares, seus índices permaneceram muito parecidos. A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, anteriormente às chuvas, estava com 10,84% da sua capacidade, que é de 2,4 bilhões de metros cúbicos. Atualmente está com 10,99%, o que corresponde a 263,688 milhões de metros cúbicos.

Segundo maior reservatório do Estado, a barragem Santa Cruz do Apodi praticamente não teve mudança no seu volume. No último dia 9 de fevereiro estava com 13,96% de sua capacidade. Atualmente está com 13,92%, o que corresponde a 83,488 milhões de metros cúbicos dos 599 milhões que acumula quando cheia. A barragem de Umari, em Upanema, também seguiu o mesmo cenário, permanecendo com 13% de sua capacidade, 40,326 milhões de m³ dos 292 milhões que acumula no seu volume total.

A Bacia Apodi/Mossoró está com 130,170 milhões de metros cúbicos, o que corresponde a 11,83% da sua capacidade hídrica superficial total. Já a Bacia Piranhas/Assu está com 330,648 milhões de m³, 11,14% do seu volume total superficial.

G1.RN;

Atuação do fenômeno La Niña vai garantir 20% a mais de chuvas em 2018

matériaO professor da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Luiz Carlos Molion, especialista em hidrologia e meteorologia, fala que o próximo período chuvoso vai trazer 20% de chuvas acima da média em 2018.

A razão para o aumento das chuvas, segundo o climatologistas, é a ocorrência do fenômeno “La Niña”, quando ocorre resfriamento do Oceano Pacífico. “Este ano, o fenômeno será bem mais forte. Já ocupa 40 milhões de quilômetros do oceano. Este grande volume água fria garante um período chuvoso. Com isso, dá para perceber que quando ocorre uma La Niña forte, a região receberá muitas chuvas”, detalha.

Segundo o especialista, o fenômeno deverá permanecer até abril de 2019. A partir de 2020, a tendência é de que o clima se estabilize, com chuvas dentro da normalidade. Além disso, ele chama a atenção para o outro acontecimento climático. “Entre 2020 e 2030, o sol está entrando no período de mínimo de atividade. Desta forma, quando o sol produz menos energia, há aumento de nuvens. Isso garante a normalidade das chuvas para toda a década”, finaliza.

Nos últimos sete anos, a região semiárida do Nordeste esteve sob a influência do fenômeno El Niño, quando ocorre aumenta da temperatura do Oceano Pacífico, o inverso de La Niña.

No Rio Grande do Norte, 92% do território está no semiárido, o chamado Polígono das Secas, que engloba as regiões Central, Oeste e quase toda região Agreste. No semiárido o período de inverno vai de fevereiro a maio, com exceção da região agreste onde o período chuvoso se estende até o mês de agosto.

Média anual de chuva por região, do semiárido

* Central- 630.4 mm (74.9% da chuva ocorre no período de fevereiro a maio)

* Oeste- 778.4 mm (75.6% da chuva ocorre de fevereiro a maio)

* Agreste- 639.1 mm (83% da chuva ocorre no período de fevereiro a agosto)

Portal Agora RN;

Abastecimento de água é suspenso em oito cidades do RN para manutenção em barragem

barragemaereaO abastecimento de água será suspenso em oito cidades do Rio Grande do Norte para a manutenção das comportas da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves. O reparo vai motivar a interrupção na captação da adutora Sertão Central Cabugi, que é feita diretamente no rio Piranhas-Açu.

Com isso, está temporariamente suspenso o fornecimento de água para as cidades de Angicos, Fernando Pedroza, Pedro Avelino, Lajes, Caiçara do Rio dos Ventos, Pedra Preta, Jardim de Angicos, Riachuelo e comunidade de Cachoeira do Sapo, município de Riachuelo.

A expectativa é que o sistema seja religado na manhã do domingo (25). De acordo com a Caern, o abastecimento será totalmente normalizado em 48 horas, quando a rede estará completamente pressurizada.

%d blogueiros gostam disto: