Vereador Jalmir nega está na bancada do prefeito e diz que seu líder Drº Ronaldo ainda não decidiu apoio para 2020

jalmir entrevista votaçãoO Vereador angicano Jalmir Dantas de Araújo (PSB) foi entrevistado na tarde desta sexta-feira (05) no Jornal Cabugi Noticias da Rádio 104 FM de Angicos que foi apresentado pelos radialistas Wagner Silva e Rogério Magno.

Jalmir falou sobre sua carreira politica como vereador em Angicos que este em 2019 completa 30 anos. Falou também do seu desejo de deixar a politica e se dedicar ao se trabalho na Ufersa, Campus de Angicos aonde é funcionário de carreira, e disse que respeita a decisão de seu filho, o Dentista Jalmir Filho de querer entrar para a politica angicana.

O Edil disse que se sente orgulhoso de ter prestado relevantes serviços aos angicanos neste 30 anos de vida pública com proposições que vieram a beneficiar essa cidade e o povo que ele tanto ama, citando ainda o fato de ter a honestidade em seus mandatos como ponto crucial para ele (Jalmir) ter muito orgulho de está na vida pública.

Falando sobre as eleições do ano que vem (2020) Jalmir disse que pessoalmente ainda não assumiu nenhuma posição de apoio a pretensos candidatos em chapas majoritárias, e que seguirá as orientações do seu líder e amigo o ex-prefeito Dr. Ronaldo que ainda não manifestou qual posição seguirá nas eleições de outubro do próximo ano. 

“Acho muito cedo ainda pra se compor coligações tendo em vista a eleição que ainda falta um ano para acontecer. O povo tem que ser ouvido pelos lideres políticos, é esse o novo modelo político que está em evidência em nosso país”, disse Jalmir.

O vereador fez questão de deixar claro a sua posição politica de independência na Câmara de Vereadores, dizendo que não é aliado do atual prefeito, como também não é oposição, disse ainda que não possui nenhum cargo na gestão municipal e que não barganhou nenhum tipo de benefícios para pessoas de sua família ou que lhe sejam ligadas politicamente. 

“Vou continuar meu trabalho pensando no povo e na cidade de Angicos sem radicalismo e com isenção. Se o que o prefeito quiser executar for para o bem da coletividade contará com meu apoio, caso contrário serei contra”, encerrou Jalmir.  

%d blogueiros gostam disto: