Ufersa concede título de graduação a 63 concluintes dos cursos de Angicos

Angicos-3-e1467138774796
As turmas de graduação do semestre letivo de 2015.2 da Ufersa estão colando grau neste final de junho e começo de julho. Na noite da última segunda-feira, dia 27, foi a vez de 63 estudantes da Ufersa Angicos receberem o diploma pela graduação nos cursos de Ciência e Tecnologia Integral e Noturno, Computação e Informática, Engenharia Civil, Engenharia de Produção e Sistema de Informação.
A cerimônia teve início às 20h com a abertura proferida pelo magnifico reitor, professor José de Arimatea de Matos, prosseguindo com a apresentação da lista de concluintes lida pelo pró-reitor de Graduação Augusto Carlos Pavão. O concluinte Lisarb Henneh, do curso de Engenharia Civil, foi o primeiro a ocupar o púlpito para prestar o solene juramento, respondido por todos os demais concluintes.

Formandos dos cursos de graduação da Ufersa Angicos durante juramento |Foto: Assecom/Ufersa







O momento mais importante da cerimônia veio em seguida com a outorga do grau e a entrega dos diplomas, ato que antecede a sequência de discursos. Por mais uma vez, os oradores emocionaram a plateia formada por padrinhos, madrinhas, autoridades, familiares e amigos dos formandos que lotaram o auditório e parte do Centro de Convivência do câmpus de Angicos.
O primeiro deles foi o orador geral, representando todos os formandos. Alexandre Caetano, do curso de Computação e Informática, não poupou a memória ao destacar os momentos mais marcantes traçados ao longo da graduação, mas ponderou: “Apesar de todos os desafios que nos foram impostos, aqui estamos terminando a graduação na melhor Universidade do interior do Norte e Nordeste brasileiro”.
Na sequência, a professora Jacimara Villar Forbeloni ocupou a tribuna para discursar em agradecimento ao convite para ser Paraninfa das turmas concluintes. Iniciou a fala destacando a importância de enfatizar o combate à violência contra a mulher e seguiu seu texto dividido na explicação para três atitudes: a humanidade, a honestidade e a coragem. “Precisamos inverter a lógica desse mundo, a lógica das coisas valerem mais que as pessoas”, alertou a paraninfa.


Os concluintes que se destacaram pelo bom desempenho acadêmico também tiveram um espaço especial na programação. Receberam das mãos da professora Jacimara Villar e do reitor José de Arimatea uma comenda com o título de Alunos Laureados. Foram eles: Albert Batista (Ciência e Tecnologia), Sérvula Trindade (Computação e Informática), Laiane Oliveira (Engenharia Civil) e Felipe Fernandes (Sistemas de Informação).


A noite também foi diferenciada para o professor Araken de Medeiros Santos, que participou da solenidade pela primeira vez na condição de diretor do câmpus da Ufersa Angicos. “Costumamos dizer que a colação de grau representa o encerramento de uma etapa nas nossas vidas. Eu, porém, prefiro olhar com outra perspectiva. Esta data representa o inicio de uma nova etapa, talvez tão mais árdua que as vividas até então”, comentou.

As lágrimas escorreram fáceis na leitura dos discursos em homenagem aos pais presentes e aos ausentes. Na primeira situação, o texto ficou por conta da concluinte Laiane Oliveira, do curso de Engenharia Civil. “Quando todas as palavras ditas (e inclusive as não ditas) são incapazes de expressar e quantificar a nossa gratidão, um ‘eu te amo’ dentro de um abraço quantifica e explica a nossa gratidão”, homenageou Laiane.

Para concluir, a formanda Tatiane de Araújo, do curso de Ciência e Tecnologia, lembrou também da importância dos pais ausentes. “Fomos amados. Amamos. Esse é o sentimento que deve ficar. E que esse amor nos dê a certeza que nossos ausentes queridos estão aqui presentes no dia de hoje para celebrar com a gente mais essa etapa de vida que cumprida”, conclamou Tatiane.
O reitor José de Arimatea de Matos encerrou a cerimônia ressaltando a importância do curso de graduação na vida de cada um dos formandos e o papel da Ufersa no processo de formação desses novos profissionais. “A partir do momento que vocês entraram na Ufersa, vocês ganharam um novo sobrenome. O nome de vocês, agora, também passa a ser Ufersa”, conclui o magnífico.
Fonte: Assecom/Ufersa.