TSE: Eleições suplementares municipais ocorrem no domingo em duas cidades do RN

Por determinação da Justiça Eleitoral, os eleitores dos municípios de Água Nova e Pendências, no RN retornarão às urnas neste próximo domingo (25) para escolher seus prefeitos.

Nas duas localidades, os chefes do Executivo Municipal eleitos em 2016 tiveram os mandatos cassados.

A votação no domingo ocorrerá das 8h às 17h, no horário local, frisa informação postada pelo site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A realização das eleições suplementares decorre da aplicação do parágrafo 3º do artigo 224 do Código Eleitoral, que determina que “a decisão da Justiça Eleitoral que importe o indeferimento do registro, a cassação do diploma ou a perda do mandato de candidato eleito em pleito majoritário acarreta, após o trânsito em julgado, a realização de novas eleições, independentemente do número de votos anulados”.

O dispositivo foi incluído na legislação pela minirreforma eleitoral de 2015.

Em Água Nova, que tem 2,5 mil eleitores, concorrem à prefeitura duas chapas.

Pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), candidataram-se Francisco Fábio de Araújo e, como seu vice, João Paulo de Carvalho Ribeiro.

A coligação Juntos por Uma Água Nova Melhor, por sua vez, apresentou Francisco Ronaldo de Souza (DEM) como candidato a prefeito, tendo como vice o candidato Francisco de Assis Bezerra do Nascimento (SD).

A prefeita eleita em 2016, Iomara Rafaela Lima de Souza Carvalho (MDB), e seu vice tiveram os mandatos cassados e foram declarados inelegíveis pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em setembro.

Os dois foram condenados por abuso de poder político e econômico e por compra de votos nas Eleições 2016.

Os 10,2 mil eleitores de Pendências deverão escolher o seu prefeito entre três candidatos.

Maria Zilda da Costa Silva, a Dona Zilda, e seu vice, Josivan de Melo Evangelista, concorrem pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB).

Pela coligação Unidos por Pendências, candidataram-se a prefeito e vice, respectivamente, Flaudivan Martins Cabral (MDB) e Francivani Batista da Silva (PSDB).

Gustavo Adolpho dos Santos Queiroz (PSD) e seu vice, Alexandre da Conceição Alves Bezerra Neto (PSC), concorrem pela coligação Renova Pendências.

Novas eleições foram marcadas no município porque Fernando Antônio Bezerra de Medeiros (MDB) e seu vice, eleitos em 2016, tiveram os mandatos cassados pelo TSE, e foram declarados inelegíveis por compra de votos e por abuso de poder econômico e político.

Blog Pauta Aberta;

%d blogueiros gostam disto: