TRISTEZA E EMOÇÃO marcam a despedida do povo angicano ao Monsenhor Pinto

FB_IMG_1516661133046Um misto de tristeza e emoção marcou a despedida do povo angicano ao mestre da educação em Angicos, ao conselheiro religioso de muitas gerações de angicanos MONSENHOR PINTO.

A primeira missa de corpo presente foi celebrada ao meio dia desta segunda feira, dia 22 e mesmo diante do forte calor o desejo de ver o Monsenhor pela última vez e prestar-lhe todas as homenagens superou qualquer dificuldade, e os angicanos lotaram a Igreja Matriz de São José dos Angicos para assistir a celebração emocionante da santa missa que foi celebrada pelo Pároco Padre Severino Neto.    f9a2dabf-96f8-45dd-9201-182b0a58ed53

b7c79b20-626a-4ca7-bb4d-35ce3d18eb8e

888c8f1a-dd5a-4605-ad63-0af46e49aca1

0a2523b0-bdf3-4422-bf86-67a781ede04e

2d7f96fa-c8a3-43a3-8ae3-143edf6b1c40Á tarde às 16 horas uma segunda missa foi celebrada, desta feita com a presença do Arcebispo Metropolitano de Natal Dom Jaime Vieira Rocha que veio junto com diversos padres da região e do estado prestar suas últimas homenagens ao homem que dedicou toda a sua vida a pregar a palavra de Deus e a fazer o bem ao povo angicano e de outras cidades da região.

Pessoas advindas de outras cidades as quais o Monsenhor Pinto prestou seus serviços sacerdotais também prestaram homenagens ao mesmo.

Autoridades politicas em nível municipal e estadual também participaram dos atos funerais do Monsenhor Pinto, dentre eles, o Senador Garibaldi Filho que ao ser entrevistado pela nossa reportagem relatou toda a sua tristeza devido a morte do Monsenhor Pinto a quem ele chamou de homem dedicado ao povo e a Deus.

Ao fazer o seu último discurso na presença do corpo do Monsenhor Pinto o Pároco Padre Severino altamente emocionado disse que foi o maior prazer da vida dele ter cuidado do sacerdote durante os 7 anos que está em Angicos dizendo que faria tudo de novo se preciso fosse.

“Procurei dar dignidade ao Monsenhor Pinto, e hoje me sinto com o sentimento de missão cumprida, pois sei que Deus levou o nosso Monsenhor mais que os cuidados necessários para lhe dar dignidade em vida foi feito”, relatou Padre Severino. Que disse ainda: “Foram 7 anos de aprendizado com um homem altamente obediente aos seus bispos e a palavra de Deus, manso de coração, duro muito dificilmente, só quando era preciso e acima de tudo uma pessoa muito politizada e intelectual”, encerrou o Pároco.

Em seguida o Arcebispo Dom Jaime juntamente com o Arcebispo Emérito Dom Matias Patrício e outros sacerdotes presentes fizeram a encomendação do corpo do Monsenhor Pinto e  um cortejo gigantesco se formou para acompanhar o último adeus ao Monsenhor Pinto até o cemitério público municipal de Angicos onde o sacerdote foi sepultado em seu tumulo que já estava construído há mais de 10 anos.

Os padres presentes ao cortejo junto ao povo angicano fizeram  o translado com a urna funerária onde estava o corpo do Monsenhor Pinto, e onde o cortejo passava as pessoas gritavam o nome do sacerdote e o aplaudiam.  DSCF3062

05c8fc8a-7020-4c87-a264-5038d464fb2a

DSCF3027

DSCF3029

DSCF3031

38c657e3-5c3e-4a4f-8172-b1c11bdc79bd

DSCF3044

DSCF3046

DSCF3105

DSCF3097

DSCF3106

dcea92ba-a98f-4568-be38-28b0a0db9c45

b5216018-c7e9-49b4-8d44-74107710355b

27a48573-578c-4965-ab0c-85126f26f511

e1afb137-5cd1-4de0-928e-dd39414aebbc

78a40ac9-9c4d-4f30-923d-16971b4063edOs nossos leitores podem acompanhar toda a comoção dos angicanos no último adeus ao Monsenhor Pinto no vídeo a seguir que foi produzido pelo nosso  competente repórter Val Costa.

%d blogueiros gostam disto: