TJRN nega pedido do Governo para obrigar volta de policiais às ruas

TJRN-750x500-640x427Pedido feito pela Procuradoria-Geral do Estado para suspender greve que vem sendo realizada pela Polícia Militar, foi negado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

Decisão foi do desembargador Dilermano Mota e foi tomada nesta quinta-feira, 21. O embasamento para tal ainda não foi divulgado pelo TJRN.

A Polícia Militar deflagra a operação “Segurança com Segurança” desde a última terça-feira, 19, exigindo melhorias nas condições de trabalho e protesta contra atrasos salariais. Em Natal, lojas vem sendo alvo de ações criminosas durante a madrugada. A partir desta sexta-feira, 22, homens da Força Nacional ocupam as ruas da capital potiguar para garantir a segurança da população

%d blogueiros gostam disto: