5075072b-0bc2-4323-a3cd-f5b2d2d4bba6

Comunidade católica de Fernando Pedrosa celebrará festa do seu padroeiro de 06 a 16 de Agosto

A comunidade católica da
cidade de Fernando Pedrosa que faz parte da paroquia de São José dos Angicos
celebrará a partir deste sábado, dia 06 de agosto e que se estenderá até o dia
16 a festa do seu padroeiro São Joaquim.

Neste ano de 2016, a festa
do padroeiro 
pedrosense terá como tema: “Com São Joaquim vivamos a misericórdia
de Deus pelo testemunho do amor”.

Às 18 horas deste sábado,
dia 06 de agosto uma carreata saindo aqui de Angicos de frente a Igreja Matriz de
São José com destino a cidade de Fernando Pedrosa conduzirá a imagem do santo
padroeiro para que seja feita a abertura oficial da parte religiosa da festa.
No decorrer dos dias uma
intensa programação religiosa e sócio cultural será vivenciada de 06 à 16 de
agosto de acordo com modelo do folder que nos fora enviado pela secretaria
paroquial de São José, tendo a coordenação do Padre Severino da Silva Neto, Pároco
de São José, do Padre Gilmar Victor, Vigário Paroquial e do Monsenhor Pinto, Pároco
Emérito. 
13900456_948058168654920_1426364880_n28129

Jovens Católicos Angicanos participam do jubileu das juventudes em Santana do Matos

Neste domingo, 31 de julho, a nossa Igreja
Arquidiocesana, celebrou o Jubileu das Juventudes. Esse Jubileu foi realizado
na Paróquia-Santuário de Santana, em Santana do Matos. Um momento especial para
as juventudes, dentro da dinâmica do Anto Santo Extraordinário, Jubileu da
Misericórdia. E ainda, no encerramento da XXXI Jornada Mundial da Juventude,
que ocorre em Cracóvia, Polônia. A celebração do Jubileu das Juventudes foi uma
oportunidade especial de evangelização das juventudes, de louvor ao Deus da
vida por tantos jovens de nossas paróquias e comunidades.

A paroquia de São José dos Angicos enviou uma caravana
composta por mais de 80 jovens de pastorais e movimentos católicos. O Pároco
Padre Severino Neto juntamente com o Vigário Padre Gilmar Victor acompanharam
os jovens angicanos nesta empreitada religiosa.

Dentre as atividades religiosas realizadas os jovens
tiveram um encontro com o Arcebispo Metropolitano Dom Jaime Vieira Rocha, onde
o mesmo pregou aos jovens a importância de uma convivência plena e sadia com a
palavra de Deus.





Em seguida foi realizada um arrastão para louvar a Deus
pelas ruas da cidade de Santana do Matos, onde uma multidão com mais de 3 mil jovens
advindos de todas as regiões do estado louvaram a Jesus Cristo ao som da Banda Católica
Cavaleiros de Cristo.


Houve também a cerimonia de passagem na porta santa
onde os jovens após se confessar e receber o corpo de cristo e se arrepender de
seus pecados passavam pela porta santa que foi instituída pelo Papa Francisco
para celebrar o ano da misericórdia. Uma 
Porta Santa é
uma porta aberta pelo Papa para marcar simbolicamente o início de um 
Ano Santo. Cada uma das basílicas maiores tem a sua Porta Santa, que é fechada neste período especial.



Encerrando este momento de Jubileu das Juventudes
Católica foi celebrada a santa missa pelo Arcebispo Metropolitano Dom Jaime
Vieira Rocha e concelebrada por padres de toda a arquidiocese de Natal. 



cnbb

CNBB divulga mensagem para as Eleições 2016

“Os cristãos católicos, de maneira especial, são chamados a dar razão de sua esperança nesse tempo de profunda crise pela qual passa o Brasil”. É o que afirma a mensagem da CNBB sobre eleições municipais 2016. Os bispos destacam na mensagem a atração e força próprias pela proximidade dos candidatos com os eleitores, nas eleições municipais. Isso, por um lado, desperta mais interesse e facilita as relações, mas por outro lado, diz a mensagem, pode levar a práticas condenáveis como a compra de votos.
“A compra e a venda de votos e o uso da máquina administrativa nas campanhas eleitorais constituem crime eleitoral que atenta contra a honra do eleitor e contra a cidadania. Exortamos os eleitores a fiscalizarem os candidatos e, constatando esse ato de corrupção, a denunciarem os envolvidos ao Ministério Público e à Justiça Eleitoral, conforme prevê a Lei 9.840, uma conquista da mobilização popular há quase duas décadas”.
A mensagem também reafirma a posição da Igreja Católica, que não assume nenhuma candidatura, mas incentiva os cristãos leigos e leigas, que têm vocação para a militância político-partidária, a se lançarem candidatos.
Confira, a seguir, a íntegra da nota:
“Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” (Amós 5,24)
Neste ano de eleições municipais, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB dirige ao povo brasileiro uma mensagem de esperança, ânimo e coragem. Os cristãos católicos, de maneira especial, são chamados a dar a razão de sua esperança (cf. 1Pd 3,15) nesse tempo de profunda crise pela qual passa o Brasil.
Sonhamos e nos comprometemos com um país próspero, democrático, sem corrupção, socialmente igualitário, economicamente justo, ecologicamente sustentável, sem violência discriminação e mentiras; e com oportunidades iguais para todos. Só com participação cidadã de todos os brasileiros e brasileiras é possível a realização desse sonho. Esta participação democrática começa no município onde cada pessoa mora e constrói sua rede de relações. Se quisermos transformar o Brasil, comecemos por transformar os municípios. As eleições são um dos caminhos para atingirmos essa meta.
A política, do ponto de vista ético, “é o conjunto de ações pelas quais os homens buscam uma forma de convivência entre indivíduos, grupos, nações que ofereçam condições para a realização do bem comum”. Já do ponto de vista da organização, a política é o exercício do poder e o esforço por conquistá-lo1, a fim de que seja exercido na perspectiva do serviço.
Os cristãos leigos e leigas não podem “abdicar da participação na política” (Christifideles Laici, 42). A eles cabe, de maneira singular, a exigência do Evangelho de construir o bem comum na perspectiva do Reino de Deus. Contribui para isso a participação consciente no processo eleitoral, escolhendo e votando em candidatos honestos e competentes. Associando fé e vida, a cidadania não se esgota no direito-dever de votar, mas se dá também no acompanhamento do mandato dos eleitos.
As eleições municipais têm uma atração e uma força próprias pela proximidade dos candidatos com os eleitores. Se, por um lado, isso desperta mais interesse e facilita as relações, por outro, pode levar a práticas condenáveis como a compra e venda de votos, a divisão de famílias e da comunidade. Na política, é fundamental respeitar as diferenças e não fazer delas motivo para inimizades ou animosidades que desemboquem em violência de qualquer ordem.
Para escolher e votar bem é imprescindível conhecer, além dos programas dos partidos, os candidatos e sua proposta de trabalho, sabendo distinguir claramente as funções para as quais se candidatam. Dos prefeitos, no poder executivo, espera-se “conduta ética nas ações públicas, nos contratos assinados, nas relações com os demais agentes políticos e com os poderes econômicos”2. Dos legisladores, os vereadores, requer-se “uma ação correta de fiscalização e legislação que não passe por uma simples presença na bancada de sustentação ou de oposição ao executivo”3.
É fundamental considerar o passado do candidato, sua conduta moral e ética e, se já exerce algum cargo político, conhecer sua atuação na apresentação e votação de matérias e leis a favor do bem comum. A Lei da Ficha Limpa há de ser, neste caso, o instrumento iluminador do eleitor para barrar candidatos de ficha suja.
Uma boa maneira de conhecer os candidatos e suas propostas é promover debates com os concorrentes. Em muitos casos cabe propor lhes a assinatura de cartas-compromisso em relação a alguma causa relevante para a comunidade como, por exemplo, a defesa do direito de crianças e adolescentes. Pode ser inovador e eficaz elaborar projetos de lei, com a ajuda de assessores, e solicitar a adesão de candidatos no sentido de aprovar os projetos de lei tanto para o executivo quanto para o legislativo.
É preciso estar atento aos custos das campanhas. O gasto exorbitante, além de afrontar os mais pobres, contradiz o compromisso com a sobriedade e a simplicidade que deveria ser assumido por candidatos e partidos. Cabe aos eleitores observar as fontes de arrecadação dos candidatos, bem como sua prestação de contas. A lei que proíbe o financiamento de campanha por empresas, aplicada pela primeira vez nessas eleições, é um dos passos que permitem devolver ao povo o protagonismo eleitoral, submetido antes ao poder econômico. Além disso, estanca uma das veias mais eficazes de corrupção, como atestam os escândalos noticiados pela imprensa. Da mesma forma, é preciso combater sistematicamente a vergonhosa prática de “Caixa 2”, tão comum nas campanhas eleitorais.
A compra e venda de votos e o uso da máquina administrativa nas campanhas constituem crime eleitoral que atenta contra a honra do eleitor e contra a cidadania. Exortamos os eleitores a fiscalizarem os candidatos e, constatando esse ato de corrupção, a denunciarem os envolvidos ao Ministério Público e à Justiça Eleitoral, conforme prevê a Lei 9840, uma conquista da mobilização popular há quase duas décadas.
A Igreja Católica não assume nenhuma candidatura, mas incentiva os cristãos leigos e leigas, que têm vocação para a militância político-partidária, a se lançarem candidatos. No discernimento dos melhores candidatos, tenha-se em conta seu compromisso com a vida, com a justiça, com a ética, com a transparência, com o fim da corrupção, além de seu testemunho na comunidade de fé. Promova-se a renovação de candidaturas, pondo fim ao carreirismo político. Por isso, exortamos as comunidades a aprofundarem seu conhecimento sobre a vida política de seu município e do país, fazendo sempre a opção por aqueles que se proponham a governar a partir dos pobres, não se rendendo à lógica da economia de mercado cujo centro é o lucro e não a pessoa.
Após as eleições, é importante a comunidade se organizar para acompanhar os mandatos dos eleitos. Os cristãos leigos e leigas, inspirados na fé que vem do Evangelho, devem se preparar para assumir, de acordo com sua vocação, competência e capacitação, serviços nos Conselhos de participação popular, como o da Educação, Saúde, Criança e Adolescente, Juventude, Assistência Social etc. Devem, igualmente, acompanhar as reuniões das Câmaras Municipais onde se votam projetos e leis para o município. Estejam atentos à elaboração e implementação de políticas públicas que atendam especialmente às populações mais vulneráveis como crianças, jovens, idosos, migrantes, indígenas, quilombolas e os pobres.
Confiamos que nossas comunidades saberão se organizar para tornar as eleições municipais ocasião de fortalecimento da democracia que deve ser cada vez mais participativa. Nosso horizonte seja sempre a construção do bem comum. Que Nossa Senhora Aparecida, Mãe e Padroeira dos brasileiros, nos acompanhe e auxilie no exercício de nossa cidadania a favor do Brasil e de nossos municípios, onde começa a democracia.
beato-joao-paulo-ii

Reportagem Especial: Neste sábado, (02 de abril), faz 11 anos que morreu um verdadeiro “homem de Deus”, O Papa João Paulo II

Com o auxilio de informações colhidas junto ao site oficial do vaticano, sede oficial onde o líder maior da igreja católica (O Papa) reside, nosso blog produziu uma matéria especial sobre os 11 anos da morte de um dos grandes “homens de Deus” que viveu para servir ao povo através do seu pontificado, um homem que foi capaz até de perdoar um homem que tentou tirar sua própria vida. Estamos falando do Papa João Paulo II, ou popularmente “João de Deus, alcunha que recebeu quando de sua última vinda ao Brasil e que fora adotada por cristãos católicos de todo o mundo.

Nesta matéria que produzimos, não por sermos católicos e estarmos tentando fazer proselitismo religioso, mas, o objetivo primordial é não deixar “morrer” na memória das pessoas a vida terrena de um grande homem que viveu seu pontificado buscando a paz e a igualdade entre os povos do mundo. “homem de Deus que teve sobre si atribuídos a obra de milagres de cura em pessoas simples pelo mundo, O que culminou com o reconhecimento do vaticano que lhe conferiu o grau de santificação, sendo agora chamado de São João Paulo II.

Era dia 2 de abril de 2005, véspera do Domingo da Divina Misericórdia – assim como o dia de hoje. Naquela noite, os olhares do mundo todo se voltaram para o Vaticano, quando o então Papa João Paulo II partiu para a casa do Pai.
O Papa polonês, que liderou a Igreja Católica por 26 anos e 5 meses, ficou conhecido como o “Papa peregrino”, defensor das famílias, amigo dos jovens e foi quem, no ano 2000, instituiu a Festa da Divina Misericórdia.
Ele faleceu às 21h37, horário em que, para a Igreja, já era celebrada a liturgia do domingo seguinte, ou seja, a festa instituída pelo mesmo Pontífice em honra à misericórdia divina, conforme o próprio Jesus Cristo apresentou à também polonesa Santa Faustina Kowalska.
Poucos minutos após o falecimento, Dom Leonardo Sandri, que na época era o Substituto da Secretaria de Estado da Santa Sé, anunciou a notícia para as milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro e ao resto do mundo, que acompanhava as últimas horas do Pontífice através dos meios de comunicação.
Desde aquela noite até o dia 8 de abril, dia em que foram celebradas as exéquias do falecido Pontífice, mais de três milhões de peregrinos homenagearam o Papa polonês, permanecendo inclusive 24 horas na fila para poder entrar na Basílica de São Pedro.
Em 28 de abril, Bento XVI dispensou o tempo de cinco anos de espera após a morte para iniciar a causa de beatificação e canonização de João Paulo II. A causa foi aberta oficialmente pelo Cardeal Camillo Ruini, Vigário Geral para a Diocese de Roma, em 28 de junho de 2005.
Bento XVI o beatificou em 1º de maio de 2011 e ele foi canonizado pelo Papa Francisco em 27 de abril de 2014, junto com São João XXIII.
São João Paulo II liderou o terceiro pontificado mais longo nos mais de 2.000 anos de história da Igreja, realizando 104 viagens apostólicas fora da Itália e 146 nesse país.
Promoveu as Jornadas Mundiais da Juventude nas quais se reuniu com milhões de jovens de todo o mundo e inaugurou os Encontros Mundiais das Famílias.
Imagem056

Comunidade católica celebrou com resignação a sexta feira da paixão e morte de Jesus Cristo

Na tarde e noite desta sexta
feira (25) a comunidade católica angicana celebrou o rito da paixão de cristo.
Esta celebração é diferenciada de outras celebrações eucarísticas, moldada em
ritos mais discretos e com resignação, pois, simboliza a paixão e morte de
Jesus Cristo na cruz do calvário.

As celebrações aconteceram
na Igreja Matriz de São José às 15 horas e na Igreja Nossa Senhora de Fátima no
Bairro Alto da Esperança às 17 horas.




A celebração da paixão e
morte de Jesus Cristo pelos católicos consta de três partes, sendo eles, o rito
da palavra, onde se proclama a palavra de Deus, entre as leituras está o
evangelho que retrata a paixão e morte de Jesus Cristo, em seguida a adoração
da cruz que simboliza a gratidão e o amor a Jesus pelo seu sacrifício, e, por
fim temos o rito da comunhão onde os católicos recebem a hóstia consagrada
simbolizando o corpo de cristo.

Na igreja matriz de São José tivemos também a tradicional procissão conduzindo a imagem que representa o Cristo morto, onde os fieis têm a possibilidade de realizar a adoração do senhor morto.


O Vigário Paroquial de São José dos Angicos, Padre Gilmar Victor conduziu as duas celebrações. A partir de agora os templos católicos permanecerão fechados como forma de luto pela morte de Jesus Cristo até este sábado (26) quando acontecerão as celebrações da vigília pascal, momento em que os católicos aguardam a chegada do domingo de pascoa, dia em que se celebrará a ressurreição de Jesus Cristo.
As celebrações da vigília pascal acontecem neste sábado as 19 horas na Igreja Nossa Senhora de Fátima no Bairro Alto da Esperança e as 23 horas na Igreja Matriz de São José dos Angicos.   


semana-santa1-1

Paróquia de São José dos Angicos vivenciará intenção programação da semana santa com as celebrações do tríduo pascal

Como é de costume a Paróquia de São José dos Angicos vivenciará uma intenção programação de missas, adorações e vigília neste período onde os católicos celebram a paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo. È chamado tríduo pascal onde a igreja se prepara com todos os rituais aguardando o domingo de páscoa, que simboliza a ressurreição de cristo.

As celebrações do tríduo pascal começam a acontecer nesta quinta feira (24) com a tradicional missa do lava pés, onde segundo a Bíblia Sagrada, Jesus Cristo numa demonstração de humildade lavou os pés dos seus doze discípulos, pois, ele já pressentia que o dia de sua morte estava por vir. Na celebração do lava pés Jesus Cristo institui também a santa ceia, daí o titulo, celebração da ceia do senhor. Esta solenidade será celebrada às 16 horas e 30 minutos na igreja Nossa Senhora de Fátima no Bairro Alto da Esperança, e as 17 horas e 30 minutos na Igreja Matriz de São José.

Na sexta feira (25) acontece o ato da adoração da cruz, neste dia que é considerado de extremo respeito para os católicos do mundo inteiro, não se celebra missas, é feito apenas um ato de adoração à cruz símbolo maior do sofrimento de Jesus Cristo para nos redimir dos nossos pecados. Neste dia os católicos fazem jejum e se abstenhe de comer carnes. Na sexta feira santa o ato de adoração da cruz acontece às 15 horas na Igreja Matriz de São José e às 17 horas na igreja Nossa Senhora de Fátima no Bairro Alto da Esperança.

No sábado (26), chamado pelos católicos como sábado de aleluia, continuasse o “luto” pela morte de Jesus Cristo, onde os templos católicos de todo o mundo permanecessem fechados durante todo o dia. A Noite, às 19 horas acontecerá a missa da vigília pascal na igreja Nossa Senhora de Fátima no Bairro Alto da Esperança e às 23 horas a vigília pascal acontece na Igreja Matriz de São José onde, pela tradição católica os sinos dobram a meia noite e são cantados hinos de louvores que foram ofuscados durante a quaresma celebrando a ressurreição de Jesus Cristo, o salvador.  

No domingo (27), o domingo de páscoa, dia em que se celebra a ressurreição de Jesus Cristo fechando o tríduo pascal serão celebradas missas as 7 horas da manhã na Igreja Matriz, as 9 horas da manhã na Igreja Nossa Senhora de Fátima no Bairro Alto da Esperança e as 19 horas e 30 minutos novamente na Igreja Matriz de São José.

Lembramos que, todas estas celebrações do tríduo pascal também serão realizadas em 7 comunidades rurais que fazem parte da Paróquia de São  José dos Angicos graças ao empenho de leigos comprometidos com o serviço da igreja. As celebrações acontecem nestes dias nas comunidades rurais: Assentamento PA Bonfim, Rio Velho, Riacho do Prato, São Miguel, Santarém, Cabugi e Assentamento Pelo Sinal 1 e 2.      
20160319_170527

Procissão e missa encerram as festividades de São José em 2016


Seguindo a tradição de 180 anos a festa de São José dos Angicos viveu neste sábado (19), dia de São José um dos mais belos espetáculos de fé e devoção da comunidade católica angicana. Não tenho nenhum levantamento oficial, mais pela experiência de anos passados nos arriscamos a supor que mais de 5 mil pessoas estiveram presente a procissão de encerramento das festa  religiosa do santo padroeiro angicano.



A linda procissão com a imagem de São José sendo carregada nos braços dos fieis que participam para pagar promessas feitas ao santo padroeiro, gritavam viva a são José e cantavam louvores ao santo ao tempo em que muitos demonstravam muita emoção seja por graças alcançadas ou por está presenciando tamanha demonstração de fé nas ruas da cidade.

A procissão partiu do pátio da igreja matriz no centro da cidade e percorreu os bairros Alto da Alegria, Alto da Esperança, voltando ao centro da cidade chegou ao palco armado na praça da igreja matriz onde aconteceu a santa missa de encerramento dos festejos de São José, presidida pelo Arcebispo Emérito da Arquidiocese de Natal Dom Matias Patricio de Macedo.


Logo após a celebração a festa foi oficialmente encerrada com a cerimônia de arreamento da bandeira de São José com a participação do Padre Gilmar Victor (Vigário Paroquial de São José dos Angicos), e do Arcebispo Emérito da Arquidiocese de Natal Dom Matias Patrício de Macedo, e, representando as autoridades municipais esteve o Vereador Grimaldi Alves.  
  



DSCN9945

Prefeito Junior Batista participa da sétima edição da cavalgada de São José.


O Prefeito Junior Batista na qualidade de colaborador como cidadão e
devoto de São José e como representante legal da população angicana participou
na manhã e tarde deste domingo (13) da sétima edição da cavalgada em homenagem
ao padroeiro angicano.

Pela manhã o prefeito angicano esteve presente no café da manhã que foi
oferecido pela diretoria da APASA. Em seguida o gestor participou de todo o
percurso da cavalgada de São José que este ano de 2016 vivenciou sua sétima
edição.

“Sempre participei da cavalgada de São José, sou devoto do nosso querido
padroeiro e essa pra mim é uma forma demonstrar a minha devoção e agradecimento
por todas as vitórias alcançadas em minha vida e da minha família Junto Deus
por intermédio do nosso preclaro padroeiro”, relatou o Prefeito Junior Batista.

Vale registrar que o Prefeito Junior Batista foi um dos colaboradores
para a realização dos leilões que tem por finalidade arrecadar recursos para a
paroquia local. O prefeito Doou um garrote de sua propriedade para ser
leiloado. 

É importante registrar também que por respeito a recente morte de seu
pai “Chimbinha” o Prefeito Junior não participou da parte festiva da cavalgada
que aconteceu no clube municipal.
DSCN0082

Cavalgada de São José 2016 foi um sucesso.


Neste domingo (13) as festividades do Padroeiro São José vivenciou mais
um capitulo de sua parte sócio cultural. Tradicional nas festividades do
padroeiro angicano a cavalgada de São José em sua sétima edição foi um sucesso
pelo que nossa equipe pode acompanhar e presenciar.

A sétima edição da cavalgada de São José teve inicio por voltas das 9
horas da manhã nas dependências da Associação dos Pequenos Agropecuaristas do
Sertão de Angicos (APASA) onde a direção do referido órgão ofereceu um café da
manhã a todos os presentes.

Em seguida a cavalgada percorreu diversas ruas e avenidas de nossa
cidade onde em cavalos, de moto, de carro, de carroça, de jumento os angicanos
e até pessoas advindas de outras cidades acompanharam o percurso numa homenagem
ao santo padroeiro angicano.


A cavalgada de São José em
sua sétima edição teve seus desfecho no clube municipal de nossa cidade onde
foi realizado o também tradicional almoço de São José, tivemos ainda realização
de leilões de gado, caprinos e galinha caipira torrada a fim de angariar
recursos para custeios posteriores da festa do padroeiro de Angicos. 



Tivemos ainda muito forró pé de serra ao som de artistas locais que animaram o público presente que se confraternizaram até por volta das 18 horas.



DSCN9859

Grande carreata abre as festividades de São José em 2016.

A exemplo de anos anteriores uma imensa carreata abriu na noite de
ontem, (09) as festividades do Padroeiro São José dos Angicos neste ano de
2016. Numa demonstração latente de fé e devoção ao santo padroeiro angicano
milhares de proprietários de carros e motos se deslocaram até a vizinha cidade
de Fernando Pedrosa onde acompanharam o cortejo com a imagem do santo padroeiro
no percurso de 10 km da BR 304 até a nossa cidade.

Chegando a Angicos a carreata percorreu ruas e avenidas de nossa cidade
tendo seu desfecho no pátio da igreja matriz onde o Padre Gilmar Victor
procedeu com tradicional benção dos carros e motos que participaram do cortejo
e o hasteamento da bandeira de São José em frente a matriz que simboliza o
inicio das festividades.

Logo em seguida no interior da Igreja Matriz de São José foi celebrada a
santa missa solene, abrindo oficialmente os festejos do padroeiro local,
com  a presença de uma multidão de fieis que lotavam as dependências da
matriz  em mais uma grande demonstração de fé e devoção ao santo
padroeiro.

A partir de hoje (10) começa a acontecer à programação religiosa, na
parte da manhã às 5 horas já fora realizada a caminhada penitencial onde os
fieis caminharam do Bairro Dom Manoel Tavares rezando o santo terço até a
Igreja Matriz onde o Padre Gilmar encerrou o cortejo com a santa missa, às 9
horas da manhã haverá a exposição do santíssimo sacramento na igreja matriz, ao
meio dia teremos o oficio de Nossa Senhora, às 5 horas da tarde o recolhimento
e benção do santíssimo sacramento, e às 19 horas começam as novenas de São José
que terá a celebração do Padre Josino Raimundo da cidade de Santana do Matos,
os noiteiros de hoje serão o Banco do Brasil, o Banco do Nordeste, os Correios,
a Casa Lotérica e a Caern.

A parte social só terá inicio no próximo sábado (12) com a estrutura que
será armada no pátio da Igreja Matriz. O primeiro show será religioso e terá a
participação do Padre Nunes e banda, como inicio previsto para as 21 horas.
 
O nosso blog estará acompanhando cada passo todo o desenrolar das
festividades do Padroeiro São José em 2016 tanto em sua parte religiosa quanto
na social e trazendo todas as novidades para o nosso leitor, os deixando a par
de tudo o que estiver acontecendo. 
20160305_165511

Em entrevista a imprensa local Padres dão detalhes sobre a festa de São José dos Angicos 2016

Na tarde deste sábado (05) nas dependências do Centro de Pastoral Dom Manoel Tavares o Padre Severino Neto, Pároco de São José dos Angicos, juntamente com o Padre Gilmar Victor, Vigário Paroquial reuniram todos os órgãos de imprensa local com o objetivo de passar com riquezas de detalhes todos os pontos sobre a festa do Padroeiro São José dos Angicos neste ano de 2016.  

Com a participação da grande maioria dos veículos de comunicação local, os blogs e as rádios Padre Severino e Padre Gilmar falaram de inicio da parte religiosa da festa que neste ano de 2016 vai direcionar sua temática a celebração dos 180 anos da instituição da Paroquia de São José dos Angicos, cuja comemoração será registrada em no mês de outubro vindouro. Padre Severino relatou que uma data tão relevante como essa não se poderia deixar passar em branco, pois, são 180 anos que a igreja católica está inserida na cidade de Angicos ajudando a formar cidadãos mais cristãos e mais humanos e a festa do padroeiro São José pela visibilidade que tem é um ponto de partida importante para se começar a reflexão sobre esse evento histórico para o povo de deus angicano.



Padre Severino aproveitou para relatar de forma bem esclarecedora que este ano a festa de São José vai dirigir a maior parte dos recursos que forem angariados durante as festividades para a reforma da parte externa da Igreja Matriz de São José. O sacerdote relatou que está em andamento uma negociação com uma empresa do estado de Pernambuco especializada em reformas de templos sacros. “A nossa Paroquia que vai completar 180 anos e merece ter uma reforma digna de sua importância”, disse Padre Severino.

Sobre a Parte sócio cultural do evento religioso, Padre Severino disse que foi feito o possível para se organizar uma festa digna da grandeza da festa De são José. A comissão organizadora da festa que é composta por ele, Padre Severino, pelo Padre Gilmar e por outros leigos colaboradores, entre eles citamos o Vereador Grimaldi Alves fizemos o possível para conseguirmos atrações dignas para o evento, apesar de sabermos que não é obrigação da paroquia organizar a parte social da festa, no entanto, a tradição não será quebrada e apesar da situação financeira difícil que o país enfrenta como a também a estiagem, Deus fez com que mãos se abrissem para ajudar na manutenção da parte social da festa de São José 2016, relatou o Pároco.  


Padre Severino citou parceiros importantes para a realização da Festa de São José 2016, como o sistema Fecomercio na pessoa do seu Presidente Marcelo Queiroz que nunca se negou a ajudar a festa de São José, e este ano vai doar  toda a estrutura de palco, gerador, som e ainda uma banda para a festa social que acontece no pátio da matriz. Citou ainda os apoios importantes do Governo do Estado através da fundação José Augusto através do Senhor Governador Robinson Faria, da Prefeitura Municipal de Angicos na pessoa do Senhor Prefeito Junior Batista, dos nossos nove Vereadores Angicanos, entre outros parceiros que muito contribuíram para a organização do evento.

Para finalizar a coletiva, Padre Severino disse que foi feito o possível por ele, pelo Padre Gilmar e por toda a comissão organizadora da Festa de São José 2016, e disse que, fica a certeza e a esperança de que a exemplo dos anos anteriores Deus em sua infinita misericórdia providenciará os pormenores que estão faltando para que as festividades de São José seja um sucesso aguçado pela grande demonstração de fé do povo de Deus angicano.

Toda a programação da Festa de São José 2016 nas partes religiosa e sócio cultural o nosso leitor poderá acompanhar através do fôlder do evento que está exposto aqui em nossa página virtual.

programaC3A7C3A3o2Bfrente

Paróquia divulga programação dos festejos de São José dos Angicos 2016.

A Paroquia de São José dos
Angicos divulgou a programação oficial das festividades do padroeiro São José,
o Pároco Padre Severino da Silva Neto  nos enviou modelo do convite da
festa do Padroeiro São José 2016 que está sendo produzido pela gráfica na
capital do estado, Natal, tanto na sua parte religiosa quanto na parte sócio
cultural.  
A festa do santo Padroeiro
de Angicos, neste ano de 2016 terá como tema: “180
ANOS DE PARÓQUIA SOB A PROTEÇÃO DE SÃO JOSÉ, GUARDIÃO DA
MISERICÓRDIA”.

No
primeiro release do convite temos a capa com o tema da festa, que mencionamos
acima e na contra capa a parte sócio cultural das festividades que será
vivenciada na estrutura que será armada na praça da Igreja Matriz e no clube
municipal.
No segundo
release do convite os nossos leitores podem ter acesso à parte religiosa do
convite, que conta com uma extensa programação que será vivenciada de 09 a 19
de Março.

DO BLOG: Caso os leitores queiram visualizar com mais
riqueza de detalhes o modelo do convite em seu computador, notebook, tablet ou
telefone celular basta tocar na imagem que era será ampliada. 


Aqui ficam registrados os nossos parabéns aos Padres Severino Neto,
Pároco de São José dos Angicos e ao Vigário Padre Gilmar Victor em nome dos
quais parabenizamos todos os membros da comissão que os auxiliaram na
elaboração das partes religiosa e sócio cultural da festa do nosso preclaro
Padroeiro São José dos Angicos neste ano de 2016.


Agora só nos resta rezar e rogar a Jesus Cristo com a intercessão de
Nossa Senhora e do próprio São José para que tudo ocorra bem, e, que a exemplo
dos anos anteriores uma das mais tradicionais festas de padroeiro do estado
seja lograda de êxito.
20160220_205840

Juventude Missionária da Paroquia de São José dos Angicos celebra 5 anos de fundação

Instituido no ano de 2011 pelo então recém-chegado a Paroquia de São José dos Angicos, o Padre Severino da Silva Neto a Juventude Missionária que é um grupo pertencente a obra da propagação da fé, que pertence às pontífices obras Missionárias, organismo responsável pela Missão na Igreja Católica,e que,  tem como meta fundamental dar um direcionamento espiritual aos jovens católicos, como também mostrar-lhes a importância de serem evangelizadores (multiplicadores da palavra de Deus).

Neste sábado (20) o referido movimento católico que conta atualmente com a participação de 30 jovens e tem na sua coordenação a jovem Mariie Ywara celebrou 5 anos de sua fundação com um dia inteiro dedicados a celebrações pela passagem da data significativa. Tivemos ainda participação de jovens missionários das cidades de Ipanguaçu, Natal e Extremoz.

Durante a manhã deste sábado (20) foi realizado evangelização, a pregação da palavra de Deus as pessoas nas residências localizadas no Bairro Monsenhor Pinto. A tarde houve um grande encontro dos jovens participantes nas dependências do Educandário Padre Félix , destinado à confraternização de todos. E pra fechar a data comemorativa à noite os jovens participaram da celebração da santa missa que foi conduzida pelo Pároco Padre Severino Neto e concelebrada pelo Vigário Paroquial Padre Gilmar Victor.   

assem_site-300x200

Padres e articuladora da Paroquia de São José dos Angicos Participam em Natal da Assembleia para construção do Plano Pastoral Arquidiocesano

Mais de 200
pessoas, entre padres, diáconos, membros da coordenação arquidiocesana de
pastoral e do conselho arquidiocesano de pastoral, articuladores de zonais e de
paróquias estarão reunidos de 17 a 19 de fevereiro, na Escola de Governo
Cardeal Eugênio Sales, localizada no Centro Administrativo, no bairro de Lagoa
Nova, na capital.

Trata-se da
55ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral, coordenada pelo Arcebispo, Dom Jaime
Vieira Rocha, e assessorada por Domenico Corcione, especialista em planejamento
estratégico. “Nestes dias, vamos concluir o processo de construção do Plano
Pastoral Arquidiocesano 2016-2019. O objetivo do encontro é buscar fortalecer as ações pastorais da igreja católica na arquidiocese como também corrigir o que foi falho no último plano pastoral que perdurou do ano de 2012 até 2015.  

Como a
nossa Paroquia de São José dos Angicos faz parte da circunscrição da arquidiocese
de Natal os nossos sacerdotes Padre Severino da Silva Neto (Pároco) e o Padre Gilmar
Victor (Vigário) juntamente com a articuladora da Paroquia Carlineide Almeida
participam da 55ª Assembleia Arquidiocesana de Pastoral. De acordo com o Padre Severino
em contato mantido via telefone com nossa reportagem logo que esteja de posse das
decisões tomadas neste importante encontro que visa planejar de forma universal
os pontos de ação da igreja católica junto à paroquias circunscritas a arquidiocese
de Natal, serão realizadas as assembleias pastorais locais.

Os padres
nas cidades unirão suas pastorais, movimentos e colaboradores para delinear o
raio de ação de suas paroquias no processo de evangelização (disseminação da
palavra de Deus) baseando-se nas necessidades locais, e, sempre usando como parâmetro
para a construção do plano pastoral local as metas definidas para o plano
pastoral da arquidiocese. Vale salientar que, o plano pastoral local também terá
a mesma duração do plano da arquidiocese, sendo este valido de 2016 à 2019.    
20160210_07064028029

Missa das cinzas abre oficialmente os períodos da quaresma e campanha da fraternidade na Paroquia de São José dos Angicos

Na manhã desta quarta feira (10) às 7 horas da manhã a comunidade católica angicana celebrou na Igreja Matriz de São José a tradicional missa da quarta feira de cinzas. A celebração eucarística que foi conduzida pelo Pároco Padre Severino Neto simboliza a abertura de dois períodos importantes para os católicos. O primeiro é o período chamado quaresma.


Quaresma é a designação do período de quarenta dias que antecedem a principal celebração do cristianismo: a Páscoa, a ressurreição de Jesus Cristo. A Quaresma começa na Quarta-feira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos, anterior ao Domingo de Páscoa. Durante os quarenta dias que precedem a Semana Santa e a Páscoa, os cristãos dedicam-se à reflexão, a conversão espiritual e se recolhem em oração e penitência para lembrar os 40 dias passados por Jesus no deserto e os sofrimentos que ele suportou na cruz.

Na missa das cinzas são postas pelo sacerdote cinza nas cabeças dos presentes simbolizando que o cristão deve ser humilde, pois, ele veio do pó e ao pó ele voltará.


O segundo período importante é a campanha da fraternidade, que é conduzida pela CNBB (Confederação Nacional dos Bispos do Brasil) que tem o objetivo de atentar a classe politica e a população para temas importantes para uma convivência harmônica do planeta terra com todos os cristãos que nele habita.



Este ano de 2016 a campanha da fraternidade terá como tema “Casa comum, nossa responsabilidade” e lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” (Am 5.24), com foco no saneamento básico, desenvolvimento, saúde integral e qualidade de vida aos cidadãos.  

12309596_109683502733712_1505626452954234339_o

ULTIMO DIA DO RENASCER: Efusão do espirito santo e agradecimentos marcaram o encerramento do retiro católico em 2016

A terça feira (09) marcou o último dia do renascer 2016, o retiro de carnaval da comunidade católica angicana que aconteceu desde o sábado (06) tendo como sede o Campus da Ufersa em Angicos. Neste ano de 2016 o renascer vivenciou sua segunda edição com o tema: “Vê a alegria que te vem de Deus”. Com mais de 500 participantes, o retiro católico superou as expectativas da organização do evento que teve a frente os Padres Severino neto e Gilmar Victor, além dos coordenadores da renovação carismática católica de Angicos e Fernando Pedrosa.

Neste terça feira, (09), último dia do retiro toda a temática foi direcionada a efusão, que significa derramamento ou espalhamento do espirito santo que representa dentro da santíssima trindade o amor de Deus para conosco.

Logo pela manhã foi realizada uma palestra com a Senhora Jane advinda da comunidade Maria Mater, que é das mais tradicionais comunidades católicas do estado. Na palestra foi ressaltado o verdadeiro papel do espirito santo na vida do cristão.
A programação de palestras sobre o papel essencial do espirito santo prosseguiu acontecendo durante todo o dia culminado com adoração ao santíssimo sacramento, à figura vivia de Jesus Cristo entre nós, e, que para a comunidade católica é representado pela hóstia consagrada.
Houve também o encerramento do renascer kids, que foi direcionado as crianças que por ocasião de estarem participando do retiro com seus pais tiveram a oportunidade de ter uma iniciação lúdica junto a palavra de Deus.

As 17 hs mais uma vez com o plenário do auditório do Campus Central da Ufersa lotado de fieis houve foi celebrada a missa de encerramento do renascer 2016. O Vigário Padre Gilmar Victor conduziu a celebração que teve a concelebração e homilia proferidas pelo Pároco Padre Severino Neto. 

Em mais uma bela pregação Padre Severino fez questão de enfatizar a importância da presença do espirito santo de Deus Junto ao cristão. “O espirito santo nos conduz sermos bondosos e amorosos, no entanto é necessário que as coloquemos em prática, pra não corrermos o risco de sermos um cristão só da boa pra fora, disse o sacerdote em sua pregação”.

Ao final da celebração foram feitos os agradecimentos a todos que colaboraram para o êxito do renascer 2016. Em contato com a nossa reportagem Padre Severino enfatizou que o renascer 2016 foi maior que a primeira edição vivenciada no ano passado tanto em números de pessoas participantes como também em demonstração de fé e amor a Deus. “Isso pra nós enquanto igreja de Deus já foi suficiente”, relatou o sacerdote.
Queremos aqui neste espaço fazer uma citação ao empenho do amigo Rick Mello e sua equipe da Web Rádio Angicos FM, que é um projeto que visa levar entretenimento as pessoas através da internet, por ter transmitido as missas do renascer 2016 via internet com áudio e vídeo. Mesmo com deficiências técnica e financeira a equipe da Web Rádio Angicos FM mostrou perseverança e conseguiu alcançar os seus objetivos. Parabéns a todos em nome do diretor Rick Mello e do amigo Francisco de Assis Gomes dos Santos, o conhecido vigilante “Diá”.  

Agradecemos por fim a Deus por termos cumprido a nossa promessa junto aos leitores e termos sido junto ao Blog Poder Angicano, os únicos a cobrir de forma integral todo o desenrolar do renascer 2016.  
CF2016-1

Campanha da Fraternidade Ecumênica alerta para desafios do saneamento básico


Realizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic), a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016 terá como tema “Casa comum, nossa responsabilidade” e lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” (Am 5.24), com foco no saneamento básico, desenvolvimento, saúde integral e qualidade de vida aos cidadãos.
“Em sintonia com o Conselho Mundial das Igrejas e com o papa Francisco, sobretudo depois que ele lançou a encíclica Laudato Si’, a Campanha da Fraternidade chama a atenção sobre o atual modelo de desenvolvimento que está ameaçando a vida e o sustento de muitas pessoas, sobretudo dos mais pobres”, explica o bispo de Barra do Piraí-Volta Redonda (RJ) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Ecumenismo e o Diálogo Inter-Religioso da CNBB, dom Francisco Biasin. Ele destaca que o atual modelo econômico, baseado no lucro, deve mudar, pois não favorece a biodiversidade e o desenvolvimento sustentável para a humanidade.
12309596_109683502733712_1505626452954234339_o-1

SEGUNDA FEIRA DO RENASCER: 3° dia do retiro de carnaval católico enfatizou a importância de Nossa Senhora, a mãe de Jesus Cristo.

Teve prosseguimento nesta
segunda feira (08) a 2ª edição do Renascer, o retiro espiritual de carnaval da
comunidade católica angicana, onde homens, jovens, mulheres, idosos e casais
utilizam o período carnavalesco para fortalecer em a sua fé.

Durante todo dia uma série de atividades foi desenvolvida para que este fortalecimento da fé aconteça. De acordo com informações que recebemos juto a organização do retiro, a segunda feira é dedicada a mostrar aos retirantes a importância da figura de Maria, a mãe de Jesus Cristo como pessoa santa e como tal capaz de interceder junto a Jesus pelos que nela apresentam devoção.
 
Em seguida aconteceu a
adoração ao santíssimo sacramento que na figura da hóstia consagrada simboliza
a presença Jesus Cristo entre todos, momento de muita emoção, demonstração de
fé e devoção dos católicos.
Nesta segunda feira mais uma
vez tivemos as atividades direcionadas ao público infantil, que é a grande
novidade desta 2ª edição do retiro católico, o chamado renascer kids, onde as
crianças participantes têm a oportunidade de aprender sobre a palavra de Deus
de uma forma mais lúdica e com a utilização de uma linguagem mais apropriada
para os pequenos.
As 17 hs foi realizada a
missa de encerramento das atividades do 3° dia de atividades do renascer 2016
no auditório central da Ufersa. Celebrada pelo Pároco Padre Severino e contou
com a participação do movimento Legião de Maria, um dos mais antigos e
tradicionais da igreja católica angicana, que tem como referência de fé e
devoção a Jesus Cristo Nossa Senhora, mãe do criador.
Em um plenário lotado de
fieis foi esse o tema que fundamentou a homilia como sempre muito bem
articulada pelo Padre Severino que utiliza dados bíblicos conciliado ao
contexto atual e a um pouco de bom humor. Todo essa “mistura” de técnicas junto
a facilidade de se expressar em público que é peculiar ao Padre Severino Prende
a atenção dos fieis como também facilita o entendimento de todos. 
O sacerdote fez questão de
enfatizar a importância da figura de Maria, mãe de Jesus para o povo católico,
mostrando a presença fundamental da santa mãe na realização do primeiro milagre
feito por Jesus Cristo, quando este transformou água em vinho até os dias
atuais, onde, cada vez mais testemunhos de fieis dão conta de milagres alcançados
por intermédio de Nossa Senhora Junto a Jesus Cristo. “Maria é uma mulher digna
de todo respeito de admiração e de veneração por parte da comunidade católica,
disse Padre Severino em sua homilia”. “Não tenham medo de venerar Maria, pois,
Jesus Cristo jamais teria ciúmes de sua mãe, até porque o ciúme é um sentimento
terreno, no céu ele não existe. Nós católicos veneramos Maria pela sua presença
essencial de mãe na vida terrena de Jesus. O que a bíblia condena é a
idolatria, e, nós católicos não fazemos isso com Maria, nós a veneramos e
respeitamos com mãe de Jesus e pelo seu papel de intercessora, papel esse
comprovado pela própria bíblia sagrada e por relatos cada vez maiores de
milagres alcançados por católicos de todo o mundo, finalizou o Sacerdote”.   
O
renascer 2016 em sua 2ª edição terá seu desfecho nesta terça feira (09) com
pregação da palavra de Deus, shows religiosos e a celebração da santa missa de
encerramento que acontecerá às 17 horas no auditório do Campus da Ufersa local.
Nesta terça feira o tema proposto é o espirito santo, que representa a presença
de Jesus Cristo entre nós. 

O
nosso blog continuará acompanhando de perto o desenrolar deste importante
evento religioso, onde a comunidade católica angicana está tendo a
oportunidade de manter uma aproximação mais intima com a palavra de Deus.

12309596_109683502733712_1505626452954234339_o-2

DOMINGO DO RENASCER: 2º dia do retiro católico de carnaval foi marcado por uma serie de eventos

Neste domingo (08) a
comunidade católica angicana continuou vivenciando o renascer, que é o retiro
da comunidade católica da Paróquia de São José dos Angicos.
 

Neste segundo do
retiro religioso que este ano de 2016 vivencia sua segunda edição tendo como
tem: “Vê a alegria que te vem de Deus”, e que acontece na sede do Campus da
Ufersa – Angicos teve uma agenda repleta de muitos eventos. 

Logo pela manhã foi
realizada a adoração ao santíssimo sacramento com a presença da hóstia
consagrada, símbolo maior da presença de Deus entre os católicos.
 

Tivemos ainda a
pregação da palavra de Deus com a condução do palestrante “condinho” que é o
coordenador do movimento renovação carismática católica no estado do RN.
As 17 hs no auditório
central da Ufersa foi realizada a santa missa celebrada pela Padre Gilmar
Victor, e a noite as 20 hs foi realizada um luau com destaque para poesias e
musical voltados ao mundo religioso.

Em seguida, para
fechar o segundo dia do retiro católico foi realizado um arrastão dentro do
percurso do campus da Ufersa regrado a musicas religiosas animadas simbolizando
a alegria dos participantes em estarem celebrando o carnaval com Jesus Cristo e
Nossa Senhora.

O
evento religioso católico permanecerá acontecendo até a próxima terça feira
(09) com pregação da palavra de Deus, shows religiosos e a celebração da santa
missa que sempre acontecerá às 17 horas no auditório do Campus da Ufersa local. 

O nosso blog
continuará acompanhando de perto o desenrolar deste importante evento
religioso, onde a comunidade católica angicana está tendo a oportunidade
de manter uma aproximação mais intima com a palavra de Deus.
12642501_177312599304135_3047128880869281703_n

RENASCER 2016: Missa de abertura do retiro de carnaval católico leva um grande número de fieis ao auditório do Campus da Ufersa em Angicos

Teve inicio na tarde deste sábado
nas dependências do Campus da Ufersa – Angicos o Renascer 2016, neste ano o
retiro da comunidade católica angicana está em sua 2ª edição, oportunidade para
os cristãos católicos que não “brincam” carnaval fortalecer sua fé diante de
Jesus Cristo e de Nossa Senhora.

A missa de abertura foi
celebrada pelo Pároco de São José dos Angicos Padre Severino da Silva Neto e
concelebrada pelo Vigário Paroquial Padre Gilmar Victor. Mais de 500 pessoas
entre os fiéis que se inscreveram para participar diretamente do evento
religioso, os chamados “retirantes” e aqueles que não permanecessem fixos no
ambiente do retiro.

O evento religioso católico
permanecerá acontecendo até a próxima terça feira (09) com pregação da palavra
de Deus, shows religiosos e a celebração da santa missa que sempre acontecerá às
17 horas no auditório do Campus da Ufersa local. 

O nosso blog vai acompanhar pari passo o desenrolar deste importante evento religioso, onde a comunidade
católica angicana está tendo a oportunidade de manter uma aproximação mais
intima com a palavra de Deus.