a-13

Eleições 2016: Eleitores têm até 1º de dezembro para justificar ausência do voto

Os eleitores que não votaram no domingo (02), e não apresentaram justificativa da ausência têm até o dia 1º de dezembro (60 dias após o primeiro turno das eleições) para regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral. A justificativa é obrigatória sempre que o eleitor estiver fora do seu domicílio eleitoral ou não puder votar ou justificar no dia da eleição. 
Para regularizar a situação, basta preencher online o Requerimento de Justificativa Eleitoral, uma novidade da Justiça eleitoral neste pleito 2016. Também é possível justificar através da entrega do requerimento pessoalmente em qualquer cartório eleitoral ou enviá-lo, por via postal, ao juiz da zona eleitoral na qual é inscrito, acompanhado da documentação comprobatória da impossibilidade de comparecimento ao pleito. 
O eleitor que estiver fora do país pode enviar pelo correio sua justificativa diretamente ao cartório eleitoral do município onde vota, ou justificar pessoalmente em até 30 dias após retorno ao Brasil. Eleitores da zona eleitoral do exterior só precisam justificar a ausência em eleições presidenciais. 
Caso o eleitor tenha deixado de votar por que não deu tempo de fazer o título ou estava cancelado, a partir do dia 07 de novembro de 2016, de acordo com a Corregedoria geral da justiça eleitoral, reabre o cadastro eleitoral e os cidadãos poderão emitir primeira via de título, bem como transferir o local de votação, revisar e atualizar o cadastro eleitoral.
Implicações
O eleitor que não justificar a ausência do voto ficará em débito com a Justiça Eleitoral e não poderá:
Solicitar passaporte ou carteira de identidade;
Receber o salário ou qualquer remuneração vinda de entidades públicas ou subsidiadas pelo governo a partir do segundo mês após a eleição;
Participar de concorrência pública ou administrativa em qualquer autarquia da União, dos estados, dos municípios ou do Distrito Federal;
Requerer empréstimos em qualquer banco ou estabelecimento de crédito mantido pelo governo;
Se inscrever em concursos públicos ou tomar posse de cargos públicos;
Renovar matrícula em qualquer instituição de ensino pública ou fiscalizada pelo governo,
solicitar qualquer documento que necessite da quitação eleitoral.
image_destaque_interno

TRE/RN mantém inelegíveis dois candidatos a prefeito mais votados


O Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio Grande do Norte (TRE/RN) manteve a sentença de primeiro grau que indeferiu o registro das candidaturas de Cássio Cavalcante e ‘Hélio de Mundinho’, candidatos a prefeito de Ielmo Marinho e Guamaré, respectivamente. Nos dois casos cabe recurso.

Cássio Cavalcante, do PMDB, foi o mais votado em Ielmo Marinho. Ele teve 5.711 votos. O segundo mais votado foi Sheik, do PSD, com 2.587 votos. Os votos de Cássio não foram considerados válidos no dia da eleição porque a candidatura estava subjudice. No site do TRE, Sheik aparece como o candidato eleito.
O mesmo acontece em Guamaré onde ‘Hélio de Mundinho’, do PMDB, teve 6.249 votos. O segundo mais votado foi Mozaniel, do Solidariedade, com 5.294.

Os outros dois casos de candidatos que tiveram suas candidaturas indeferidas no Rio Grande Do Norte ainda serão julgados pela corte deste regional. O candidato Jorginho de Antônio Martins provavelmente só será julgado na próxima quinta-feira, 13 de outubro. O Julgamento foi adiado a pedido de seu advogado Daniel Vitor. O processo do candidato João Gomes, da cidade de Brejinho, se encontra na Procuradoria Regional Eleitoral, aguardando parecer do órgão.


No Brasil, 145 candidatos mais votados, incluídos esses do RN, estão com registro indeferidos. Segundo a legislação eleitoral, os candidatos com registros indeferidos e que apresentaram recurso puderam realizar todos os atos de campanha e tiveram o nome e número nas urnas eletrônicas na circunscrição onde concorreram. Porém, os votos só podem ser computados se a Justiça Eleitoral deferir o registro da candidatura. Nenhum desses municípios tem mais de 200 mil eleitores, e portanto neles não pode haver segundo turno.
14517524_10207051680401544_4304475606448920489_n

Vereadora Edileuza Palhares agradece aos angicanos por votação histórica

AGRADECIMENTO AOS ANGICANOS
A campanha eleitoral de 2016 representou para mim um grande aprendizado. Ela serviu como um exercício prático de democracia para uma candidata que foi para as ruas com o coração aberto, pronto para conquistar os eleitores com base em propostas de forma limpa, clara, sem nenhum tipo de troca de favores ou de promessas que nunca seriam cumpridas, caso se fosse eleita.

Fui essa candidata, e como tal, só tenho a agradecer pelos 742 votos que me tornaram vereadora de Angicos para o meu 7ª mandato. O povo angicano mais uma vez me honrou com seu voto em uma resposta positiva aos meus esforços para realizar uma campanha limpa, em todos os sentidos. Minhas propostas baseadas na experiência de vida ao lado de meu povo e como eu poderia continuar contribuindo para a melhoria da nossa sociedade na Câmara Municipal.

Agradeço primeiramente ao Senhor Deus, agradeço ao homem do campo, a mulher angicana, aos pais de família, aos meus familiares, meu esposo, filhos, neto e a muitos amigos. Enfim, agradeço a todos que a mim proporcionaram uma votação histórica, a todos que acreditaram numa campanha movida a muito suor, amor e repleta de entusiasmo. Sou muito grata aos que confiaram em uma campanha baseada em propostas claras e confiança mutua. 
Sinto-me emocionada e engrandecida pela votação que obtive a ponto de me garantir uma vaga entre os nove candidatos eleitos, especialmente na segunda colocação sem que eu tivesse promovido uma campanha baseada no dinheiro e compra de votos.
Posso então dizer de coração aberto, sinto-me recompensada por todo o esforço empreendido, consegui levar ao cidadão e eleitor angicano mensagens de cidadania, democracia, trabalho e dedicação. Foram muitos dias e noites de luta, visitamos pessoalmente muitas casas, ruas, bairros, comunidades rurais. Durante todo o tempo contei com a colaboração de várias pessoas amigas, admiradores e familiares. Trabalhei com a preocupação demonstrando aos meus queridos angicanos o trabalho que desempenho e os meus futuros projetos.
Acredito ter desempenhado um bom papel nestas eleições, apesar das dificuldades enfrentadas, ficamos a poucos votos da primeira colocação, conquistando um número inédito de votos. Sou muito grata porque nunca olho a votação como um número. Olho atrás de cada pessoa que compõe esta votação e vejo uma pessoa com sonhos, esperança e expectativa.
Finalizada a campanha, posso afirmar que me sinto vitoriosa, não poderia fazer outra coisa que não agradecer de coração aos cidadãos e cidadãs angicanas que com seu voto renovaram meu mandato de vereadora de Angicos, com a ajuda de Deus, de vocês, por amor a Angicos reafirmo que continuarei com a mesma dedicação, trabalho e compromisso na busca e defesa de melhorias para o nosso povo angicano. 
Agradeço o apoio e quero parabenizar aos candidatos a Prefeito e a vice de nossa coligação, Dr. Deusdete Gomes e Pinheiro, que durante 45 dias de campanha caminharam ao nosso lado nessa dura batalha e com a graça de Deus fomos vitoriosos. Por fim, também parabenizo aos colegas vereadores eleitos, com quem espero ao longo de nosso mandato, juntamente com o nosso prefeito eleito, possamos desempenhar um trabalho harmonioso, produtivo e com resultados positivos para a nossa cidade e população.
A todos vocês meu Muito Obrigado!!!
Edileuza Palhares Lopes –  Vereadora Reeleita em Angicos.

14569200_1429343413761842_816949853_n

MENSAGEM DO VEREADOR ELEITO TIAGO BRAGA AOS ANGICANOS


Gostaria primeiramente de agradecer a Deus por essa terceira vitória consecutiva na minha vida pública, em segundo a minha família, em especial aos meus irmãos e minha noiva valéria cruz, pois embora tenha sido uma batalha dura consegui mais uma vez obter êxito, pois 521 pessoas disseram SIM ao meu trabalho desenvolvido esses anos em prol do povo.
Obrigado também a Deusdete Gomes, nosso prefeito eleito, por ter juntamente com o PMDB entrado em cada casa de nossa cidade e levado esperança ao nosso povo, obrigado clemenceua alves por ser o amigo de todas as horas e ter também guerreado comigo nessa luta, vencemos mais uma, obrigado Angicos, teremos 4 anos de mudanças e disponibilizo o meu mandato a ajudar a todos;

Abraços;

Tiago Braga – Vereador Eleito em Angicos – PMDB.
f1f127f0-08a6-4fef-b319-5f17af22da10

MENSAGEM DE AGRADECIMENTO AOS ANGICANOS DA VEREADORA ELEITA KÁTIA DE DEDA



MEUS AMIGOS E MINHAS AMIGAS DE
ANGICOS,
Quero agradecer, a cada um vocês, os
470 votos que recebi na eleição deste, dia 02 de Outubro. Se tive de todos
vocês essa votação agradeço a vocês angicanos e a Deus por tamanho merecimento.
 
Essa vitória, que não é só minha,
mas, do povo angicano, dos meus amigos e dos meus familiares que sempre estão
comigo nos momentos bons e ruins serve para me fortalecer ainda mais, para que
eu procure ter neste que será o meu primeiro mandato uma atuação digna do voto
de cada um na Câmara Municipal.
Com a grata multiplicação dos votos
cresce também a minha responsabilidade como política e mulher pública
preocupada em combater as injustiças e em reduzir as desigualdades sociais.
Com a votação que
vocês me honraram, tenho certeza de que, a partir de janeiro de 2017, quando
serei empossada no meu primeiro mandato, poderei fazer mais por vocês
angicanos.
Não posso abraçar
cada um dos meus 470 eleitores, apertar a mão de cada um deles e dizer: muito
obrigado. Porém, sintam-se todos cumprimentados em tantas localidades que me
receberam com carinho e alegria, durante os 45 dias de campanha eleitoral.
Quero agradecer de modo muito
especial aos meus familiares, que sempre estiveram comigo e me deram o estímulo
e a força necessária para seguir em frente quando as dificuldades surgiram. Vem
também deles o inventivo para continuar a minha luta. Agradeço ainda aos amigos
que não puderam votar em mim, mas, de longe, pelas redes sociais, enviaram
mensagens de apoio, solidariedade, carinho e confiança.
Caminhamos juntos, marcharmos juntos,
subindo e descendo ladeiras e encostas, entrando em ruas, becos, vielas,
levando nossa mensagem de fé e esperança na construção de uma Angicos melhor e
mais humana para todos os seus habitantes, principalmente os mais necessitados
da presença e a da atuação do poder público. O sucesso nas urnas jamais
modificará o jeito de ser, simples, tranquilo e sincero da amiga para todas as
horas, sobretudo as mais difíceis.
VAMOS CONTINUAR CAMINHANDO JUNTOS.
Muito obrigada.

Katia de Deda

Vereadora Eleita em Angicos – PSD
marcoslolC3B315

Em Angicos: Câmara Municipal tem 7 vereadores reeleitos, 2 novatos e 2 campeões de votos

Em relação à eleição para a
Câmara Municipal de Angicos a população demonstrou estar satisfeita com os
vereadores, tanto é que sete dos nove edis da atual gestão conseguiram
se reeleger para um novo mandato de quatro anos. 



Teremos ainda 2 novos vereadores e tivemos 2 campeões de votos que bateram a inédita marca dos 700 votos.

A votação por ordem de
classificação foi a seguinte em Angicos:

1º – Marcos Loló (PMDB) 766
votos

2º – Edileuza Palhares
(PMDB) 742 votos
.
3º – Jalmir Dantas (PSB) 605
votos

4º Nivaldo Gomes (PSDB) 591
votos
.
5º – Neto Maciel (PSDB) 565
votos.

6º – Tiago Braga (PMDB) 521
votos.

7º – Clovis Tibúrcio (PSDB)
497 votos.

8º – Nataly Felipe (PSDB)
487 votos.

9º – Kátia de Deda (PSD) 470
votos.

Os eleitos Marcos Loló e
Kátia de Deda irão ocupar as vagas dos vereadores Grimaldi Alves que foi
candidato a vice-prefeito na chapa do segundo colocado na eleição Doutor Ronaldo
e do vereador Junior de Chicola que foi candidato a prefeito e ficou em terceiro
lugar na disputa.
Um fato a se registrar é o numero de votos conseguidos pelo candidato Marcos Loló (PMDB) que obteve a
marca de 766 votos sendo o primeiro colocado na preferência popular.

Marcos Loló tinha sido vereador no ano de 2004 quando chegou a ser Presidente da Câmara Municipal de Angicos, após duas eleições frustradas como candidato a vice-prefeito ele voltará em 2017 ao Poder Legislativo com uma expressiva votação.
Outra candidata campeã de votos foi a vereadora Edileuza Palhares (PMDB) que conseguiu sua reeleição pela sexta vez com uma votação que merece registro. Foram 742 votos. 

Com certeza esse é o sinal do
reconhecimento popular a uma mulher que tem muitos serviços prestados aos
angicanos, principalmente na área da saúde. 

Imagem1

Em Angicos: Em eleição disputadíssima, Deusdete Gomes vence com pouco mais de 180 votos de maioria

Ao contrário do que muitos
pensavam e falavam em maiorias fantasiosas a eleição em Angicos demonstrou ter
sido muito disputada por candidatos fortes e que têm prestigio popular.

Após a abertura das urnas
isso pôde ser comprovado. O candidato Deusdete Gomes (PSDB) venceu a eleição
obtendo 3.770 votos contra 3.584 votos do candidato Doutor Ronaldo (PSB).

Em terceiro lugar ficou o
candidato Junior de Chicola (PCdoB) com 353 votos, o candidato Modesto Neto
(PSOL) ficou em quarto lugar e obteve 138 votos.

A maioria de Deusdete Gomes
sobre o segundo colocado Doutor Ronaldo foi de 186 votos.
Ao contrario do que muito se
falava pelas ruas de Angicos em maiorias estratosféricas a urnas mostraram uma
eleição muito disputada que foi decidida em detalhes, e que, não existe
rejeição absurda a nenhum dos 4 candidatos que disputaram o pleito eleitoral em
Angicos. 



NOTA DO BLOG: Lembramos que o nosso objetivo nessa matéria não é o de desqualificar a vitoria do candidato Deusdete Gomes, ao qual nós parabenizamos pela conquista. O nosso objetivo é apenas o de demonstrar que tínhamos bons candidatos, e que, o que viesse a vencer seria com vantagem minima e não larga com muitos falavam pela cidade.  
SAM_1640-horz

Quando o povo quer é assim: O motorista da ambulância Valdir e o gari José Pedro derrotaram o filho de Nelter Queiroz em Jucurutu


O deputado Nelter Queiroz perdeu em várias cidades do RN, o quem mais interessava ao deputado era a vitória em casa.

A vitória de seu filho George Queiroz a prefeito de Jucurutu, talvez com essa derrota em Jucurutu, São Rafael, Alto do Rodrigues, e outras cidades do RN, fica cada vez mais longe de uma reeleição no pleito de 2018.

Sem dinheiro nem estrutura, o candidato a prefeito de Jucurutu, motorista da ambulância Valdir e seu vice-prefeito, o gari da prefeitura José Pedro, ganharam a eleição para o prefeito George Queiroz por 234 votos de maioria.

Foi ema eleição que contagiou todo RN pelo fato do motorista da ambulância, chamado carinhosamente pelo povo de ‘o liso’, derrotar uma das maiores oligarquias no interior potiguar.

O município de Jucurutu vinha sendo controlado pelo deputado Nelter Queiroz a 40 anos.

O candidato Valdir Medeiros (PROS) obteve 6.409 votos contra 6.175 votos de George Queiroz (PMDB).

A maioria de Valdir Medeiros foi de 234 votos. 


Fonte: Blog Focoelho.

apuracao-eleitoral-2016

Panorama eleições 2016: Novos Prefeitos são eleitos pela região central


Em diversas cidades da nossa região central vários prefeitos novos foram eleitos. 

Como primeiro
exemplo citamos a cidade de Fernando Pedrosa onde a candidata ‘Sandra de Gon’
(PSD) venceu a eleição com mais de 500 votos de maioria sobre o atual prefeito
Daniel Pereira (PMDB).

Vejam
os números:

SANDRA
DE GON obteve 1.620 votos contra 1.106 votos do atual Prefeito Daniel Pereira. O
candidato do PSOL Maique Lima obteve 91 votos. 

A maioria de Sandra de Gon foi
de 514 votos.

Em
Afonso Bezerra o Candidato Chico Bertuleza depois de uma segunda tentativa
venceu as eleições naquela cidade contra o candidato do atual prefeito Jackson
Bezerra. O candidato Chico Bertuleza (PMDB) obteve 4.291 votos contra 3.870
votos do candidato Neto de Zoraide (PR). 

A maioria de Chico Bertuleza foi de
421 votos.

Em Pedro Avelino numa campanha disputadíssima Neide Suely (DEM) obteve 3.057 votos
contra 3.032 votos do seu adversário Dr. Alexandre (PMDB). 

A maioria de Neide Suely
foi de apenas 25 votos.  

Em Lajes O candidato ‘Marcão’ (PMDB) que era apoiado pelo
atual prefeito Benes Leocádio saiu vitorioso obtendo 3.938 votos contra 2.052
de Joca de Ozir (PEN) a candidata Doutora Lourdinha (PSD) obteve 747 votos e o candidato
Gurgel (PPS) obteve 315 votos.
A maioria larga de ‘Marcão sobre os outros três candidatos foi
de 884 votos. E sobre o segundo colocado foi 1886 votos.   



Em santana do Matos o candidato Doutor Junior (PR) venceu a eleição obtendo 5.616 votos contra a atual prefeita Lardjane Ciriaco (PMDB) que oteve 3.485 votos. O candidato Macedo (PT) obteve 600 votos.


A maioria de elástica de Doutor Junior em relação a atual prefeita Lardjane foi de 2.131 votos.       
2016-917946196-2015-831004610-2015-830960819-2015070663173.jpg_20150706.jpg_

Isso é uma vergonha: PTB e PMDB são os principais beneficiários de doações do Bolsa Família nas campanhas

Dos quase R$ 16 milhões doados por beneficiários do Bolsa Família, R$ 5.157.328,45 foram em recursos financeiros e a maior parte – R$ 10.813.108,10 – em bens estimáveis. As chamadas doações em estimáveis são aquelas em que é calculado o valor do trabalho que a pessoa prestou para a campanha, o valor do empréstimo de um carro ou um galpão, entre outros exemplos. Os dados foram divulgados na tarde desta quinta-feira pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo informações da assessoria do TSE, dos 16 mil beneficiários do Bolsa Família que doaram para as campanhas eleitorais deste ano, de acordo com levantamento feito pelo tribunal, 9.040 fizeram doação financeira e 8.254, doação em bens estimáveis. Outros 586 fizeram os dois tipos de doação (financeira e estimáveis) .

O maior partido da Câmara, o PMDB, é o que mais recebeu doações em financeiro (R$ 410,7 mil) e o segundo em bens estimáveis (1,1 milhão). O PSD aparece em seguida, com R$ 326,3 mil doações financeiras e R$ 1,1 milhão em estimáveis.

No ranking geral, considerando o total de doações, a liderança é do PTB, com R$ 1,7 milhão, sendo que R$ 1,5 milhão em estimáveis e o restante em financeiro. Os candidatos do PSDB receberam ao todo R$ 1 milhão de doadores do Bolsa Família, sendo R$ 712,7 mil em estimáveis e R$ 296.1 mil em financeiro. O PT está em quinto no ranking geral de doações, com R$ 914.2 mil , sendo R$ R$ 321.3 mil em financeiro e o restante em bens estimáveis.

Confira os partidos que mais se beneficiaram com as doações, segundo dados divulgados pelo TSE:
PTB – R$ 1.767.262,33

PMDB – R$ 1.517.122,36
PSD – R$ 1.109.949,30

PSDB – R$ 1.008.855,00

PT – R$ 914.233,14

Os que mais receberam em bens estimáveis :
PTB – R$ 1.582.483,37

PMDB – R$ 1.106.381,21

PSD – R$ 783.563,67

PSDB – R$ 712.730,93

PSB – R$ 634.452,01

Os cinco que mais receberam doações em financeiro:
PMDB – R$ 410.741,15

PSD – R$ 326.385,63

PT – R$ 321.340,99

PSDB – R$ 296.124,07

PP – R$ 268.712,64


Fonte: Jornal O Globo.


eleiC3A7C3B5es-2016

Quase 6 mil presos provisórios e menores infratores votarão nas eleições

Nas eleições municipais deste ano, um total de 5.973 presos provisórios
e adolescentes infratores vão votar em 121 seções eleitorais que serão
disponibilizadas em estabelecimentos prisionais e de cumprimento de medidas
socioeducativas de 21 estados.
Os presos provisórios e os adolescentes internados têm direito ao voto
porque não tiveram os direitos políticos suspensos, ao contrário das pessoas
que tiveram condenação definitiva, que são impedidas de votar.
FranciscoSilveiraJunior

Prefeito de Mossoró desiste de disputar a reeleição


O prefeito de Mossoró, Francisco Silveira Júnior (PSD), desistiu na noite desta segunda-feira (19) de sua candidatura à reeleição. O anúncio foi realizado ao vivo através de uma transmissão pelo Facebook.

Sem citar nomes, o atual prefeito atacou os adversários políticos, que acusou de praticar ações arbitrárias. “Minha honestidade e hombridade não me permitem seguir os mesmos caminhos dos ciclos viciosos que alimentam nossa política há décadas. A política do abuso de poder, das oligarquias, não faz parte da história dos Franciscos. Não faz parte da identidade do povo, em que suas lutas diárias representam a força e a resistência de Mossoró”, comentou.


“Anunciada a nossa candidatura, fomos à luta. Não planejamos nossa campanha em ataques ou ações de baixo nível. Do outro lado, fomos alvo nesse período da maior artilharia que um prefeito já enfrentou, sendo alvo inclusive de espionagem e montagem”, acusou Silveira Júnior.


O prefeito utilizou o lema de sua campanha “Sempre resistir. Recuar jamais”, para justificar sua retirada do pleito eleitoral. “Quero anunciar aos meus amigos, meus eleitores e ao povo de Mossoró, que neste momento decidi retirar minha candidatura à prefeito justamente para poder dar seguimento à minha luta”.


“Uma retirada não por desistir, pelo contrário. Uma retirada para resistir e não recuar do que é que é preciso ser feito. Resistir a essas oligarquias e que são capazes de tudo pelo poder e que pensam em uma única família e não em todas as famílias mossoroenses. Por querer o melhor para minha cidade, percebi que minha candidatura estava beneficiando essa oligarquia, pois estava dividindo a decisão das famílias mossoroenses”, explicou Silveira.


Com a saída do prefeito, a disputa para o Executivo Municipal de Mossoró se concentra entre o empresário Tião Couto (PSDB), a ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP), o veterinário Josué Moreira (PSDC) e o geógrafo Gutemberg Dia (PCdoB).

SELO-ELEICOES-2016

Voto jovem representa 27% do eleitorado e pode decidir pleito, diz TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que os jovens entre 15 e 29 anos representam 27% do eleitorado nacional, o que demonstra, para a Justiça Eleitoral, que o voto dessa camada da população deverá ser determinante nas eleições municipais de outubro.
Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem cerca de 51 milhões de jovens de 15 a 29 anos, correspondendo a um quarto da população do país. Desses, mais de 75% (38.876.290) estão aptos a votar nas eleições deste ano, segundo dados do TSE. Os jovens entre 25 e 29 anos representam 10,83% do eleitorado; de 21 a 24 anos, 8,71% e de 16 a 20 anos, 7,45%.
Para o cientista político Leonardo Barreto, especialista em comportamento eleitoral, o voto dos jovens pode ser determinante nas eleições porque, por terem mais escolaridade que as gerações anteriores, acabam por influenciar o voto das pessoas do seu círculo social, como pais e avós. Segundo Barreto, pesquisas demonstram que a rede de amizades e familiares é o fator que mais influencia na escolha dos candidatos. “Mas o jovem costuma ter um voto crítico”, diz o especialista.
Voto facultativo
De acordo com a Justiça Eleitoral, 1.638.751 jovens de 16 e 17 anos votaram nas eleições de 2014. Para estas eleições municipais, 2.311.120 adolescentes estão aptos a votar. O jovem nessa faixa etária não é obrigado a votar, mas já tem o direito garantido pela Constituição.
O alistamento eleitoral e o voto são facultativos para os analfabetos, os maiores de 70 anos e os maiores de 16 anos e menores de 18.
O Brasil tem 144 milhões de eleitores aptos a votar nas eleições para prefeitos e vereadores. O primeiro turno será no dia 2 de outubro.
Eleicao-itacare-2016-600x450

Dezenove candidatos a prefeito foram barrados no RN

A praticamente duas semanas das eleições municipais deste ano, pelo menos 19 dos 451 candidatos a prefeito no Rio Grande do Norte ficaram no meio do caminho por razões diversas. A maioria dos candidatos a prefeito, 11, renunciaram a disputa eleitoral em virtude de inelegibilidade, lei da ficha limpa ou por causa de condenação por abuso de poder econômico, só para dar alguns exemplos, que também levaram ao indeferimento de oito candidaturas, na primeira instância, sem direito a recurso à instância superiores.

Desembargador Dilermando Mota trata do planejamento da segurança para o dia das eleições
#SAIBAMAIS#Em relação aos candidatos a vice-prefeito, a Justiça Eleitoral contabiliza um pedido de registro cancelado, enquanto dez renunciaram a candidatura e outros 11 tiveram os pedidos de registros de candidatos cancelados.

Ao todo, 354 candidatos a cargos eletivos foram considerados inaptos para a disputa eleitoral em 2 de outubro, dos quais 313 eram candidatos a vereador, sendo que dois tiveram pedidos de registros cancelados, um faleceu e dois não tiveram pedidos conhecidos, enquanto 134 renunciaram à disputa de mandato e outros 174 tiveram pedidos de registros de candidaturas cancelados.

Dentre os candidatos a prefeito que renunciaram está Erivan de Souza Costa, em Lagoa Nova. Apesar de ter registro deferido, o Ministério Público entrou com recurso, mas ele preferiu ser substituido pelo fillho, Erivan de Souza Costa Júnior (PSD).

Em Jaçanã dois candidatos renunciaram, Evanuel Paulo, que está sendo substituido pela bióloga Asseandra Medeiros Silva (PSD) e Uadi Antonio de Farias, que cedeu o lugar a Josefa Joedia da Silva Farias (PR).

Já em Frutuoso Gomes, o candidato a prefeito Francisco Cícero da Silva renunciou em favor de Julimere Fernandes da Silva (PMN), enquanto em São Vicente, o ex-prefeito Josifran Lins de Medeiros foi substituído por sua candidata a vice, Iracema Pereira Campelo (PMDB), que por sua vez, terá como vice Andreazza Fernandes.

No município de Serra de São Bento, a dentista Luana Gomes de Morais está sendo substituida pela irmã, engenheira Wanessa Gomes de Morais (PMDB), filhas do ex-prefeito Francisco Erasmo de Morais

Outros candidatos a prefeito que renunciaram, mas não apresentaram substitutos são Germano Gomes Patriota, em Ielmo Marinho, onde também renunciou à candidatura de vice, o prefeito interino Francenilson Alexandre de Morais (PP), que foi preso acusado de corrupção no município. Maria da Conceição Fonseca, a Maria do Sindicato (PT) também renunciou em Pureza, onde o seu vice Anaxagoras Lopes Vital tentou ser o candidato a prefeito, mas não tinha domicilio eleitoral no prazo legal de um ano antes das eleições. Também renunciaram à disputa majoritária Sandro Marcio da Silva (PSD), em Vila Flor e Francisco Duarte Filho (PSDB), em Lucrécia.

Com relação aos candidatos a prefeitos considerados inaptos, que tiveram pedidos de registros negados sem direito a recurso, são Anaxagora Lopes Vital (PT), em Pureza; Anaximando Rodrigues Costa (DEM), em Governador Dix-Sept Rosaldo e Cássio Cavalcante de Castro (PMDB), em Ielmo Marinho, ambos alcançados pela lei do ficha limpa.

graudeconfiancavitoria

54% dos santanenses acreditam na vitória de Dr. Júnior

graudeconfiancavitoria
54,8% dos entrevistados na pesquisa da Consult, feita no dia 02 de setembro acredita na vitória de Dr. Júnior, candidato do PR a prefeitura de Santana do Matos.
Já 23,1% apostam na reeleição de Lardjane (PMDB) e 2,6% na vitória de Macedo (PT). 19,5% responderam que não sabe dizer.
FONTE: Blog Marcos Dantas via aclecivamsoares.com.br
Ibope

Carlos Eduardo lidera disputa pela Prefeitura de Natal com 53%, diz Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (12) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Prefeitura de Natal:
– Carlos Eduardo (PDT) – 53%
– Kelps Lima (SD) – 8%
– Márcia Maia (PSDB) – 7%
– Fernando Mineiro (PT) – 5%
– Robério Paulino (PSOL) – 4%
– Freitas Júnior (Rede) – 1%
– Rosália Fernandes (PSTU) – 0%
– Branco/Nulo – 17%
– Não sabe/Não responderam – 5%

O Ibope ouviu 602 eleitores entre os dias 8 e 11 de setembro. A margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de quatro pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) sob o número 06747/2016.
No levantamento anterior, realizado pelo instituto, entre os dias 19 e 22 de agosto, Carlos Eduardo tinha 40%, seguido por Fernando Mineiro, Kelps, Márcia Maia e Robério Paulino, com 7%, cada. Freitas Júnior e Rosália Fernandes tinham 1%, cada. Brancos e nulos eram 25% e indecisos somavam 5%.
A pesquisa foi encomendada pela Inter TV Cabugi.
Rejeição

O Ibope também perguntou em qual candidato o eleitor não votaria de jeito nenhum.

– Fernando Mineiro (PT) – 36%
– Márcia Maia (PSDB) – 35%
– Kelps Lima (SD) – 28%
– Rosália Fernandes (PSTU) – 22%
– Freitas Júnior (Rede) – 19%
– Carlos Eduardo (PDT) – 18%
– Robério Paulino (PSOL) – 18%
– Poderia votar em todos (resposta espontânea) – 3%
– Não sabem ou preferem não opinar – 13%
Avaliação da administração Carlos Eduardo

Na mesma pesquisa, os eleitores também responderam sobre a avaliação da administração do prefeito Carlos Eduardo. Veja os números:
– Ótima/boa – 43%
– Regular – 45%
– Ruim/péssima – 11%
– Não sabe/não respondeu – 1%

O Ibope ouviu 602 eleitores entre os dias 8 e 11 de setembro. A margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de quatro pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) sob o número 06747/2016.
EleiC3A7C3B5es-2016

Servidor público pode acumular cargo de vereador caso haja compatibilidade de horários

Servidores públicos podem exercer o cargo eletivo de vereador, caso haja compatibilidade de horário. Essa foi a decisão do Tribunal de Contas do Estado, proferida na sessão do Pleno da última quinta-feira (08). A decisão é uma resposta à consulta formulada pelo Município de Riachuelo.
De acordo com os termos da decisão, cujo voto foi relatado pelo presidente do TCE, conselheiro Carlos Thompson Fernandes, a Constituição Federal assenta “a possibilidade do servidor público, naturalmente ocupante de um cargo ou emprego público, ou no exercício de uma função pública, exercer, cumulativamente, o mandato eletivo de Vereador, desde que haja compatibilidade de horários”.
Nestes casos, o servidor acumulará os subsídios relativos ao seu cargo e à ocupação  mandato eletivo. “Havendo compatibilidade de horários e sendo acumulável com a vereança, o servidor perceberá as vantagens do seu cargo, sem prejuízo do subsídio do cargo eletivo”. Sem compatibilidade de horário, é preciso que o servidor se licencie “do cargo público motivado pela atividade política, facultando-se a ele optar pela remuneração do cargo”.
Ao mesmo tempo, é inconstitucional o acúmulo do cargo eletivo com dois cargos públicos, já que “a Constituição Federal não admite o tríplice vínculo”.
Principal-2

José Adécio participa de passeata do candidato Dr Ronaldo, em Angicos

O povo de Angicos preparou uma surpresa para o candidato a prefeito, Dr. Ronaldo e seu vice Grimaldi, os dois tem o apoio do Prefeito Junior, e haviam organizado uma carreata neste domingo, 4, e convidaram o deputado José Adécio para prestigiar o evento.
Ao chegarem surpreenderam-se com à proporção que tomou, a população foi as ruas a pé, a carreata se transformou numa grande passeata e culminou com os candidatos discursando na casa 40.
Na oportunidade, o deputado José Adécio agradeceu os votos que sempre teve do povo Angicano, em todas as suas campanhas, enalteceu a coragem, o carisma de Aluênia Alves e lembrou-se do amigo e correligionário Jaime Batista que muito o ajudou na sua história política.
“Dr, Ronaldo, eu nunca vi tanta gente nas ruas de Angicos defendendo um candidato, vamos unir forças e trazer o progresso para Angicos”, disse o deputado.
Fonte: aclecivamsoares.com.br
14212153_544694285734008_1419385425201034318_n

Todos por Angicos: Em comício de bairro eleitores comparecem em massa e fazem arrastão com Doutor Ronaldo e Grimaldi até o comitê


Na noite desta terça feira (06) os eleitores angicanos deram mais uma demonstração latente de que estão com Doutor Ronaldo para prefeito e Grimaldi para vice, ambos os candidatos da coligação Todos por Angicos.

Enquanto os candidatos da chapa majoritária junto com os candidatos a vereador da referida coligação faziam um pequeno comício relâmpago de bairro no Alto da Alegria a nação 40 como é chamada compareceu em massa e de improviso realizaram mais um grande arrastão até a casa 40, nome dado ao comitê da coligação dos candidatos Doutor Ronaldo (prefeito) e Grimaldi (vice).

O arrastão do 40 saiu da Rua Genésio Tibúrcio da Costa no Bairro Alto da Alegria onde estava sendo realizado o comício relâmpago e percorreu ruas e avenidas de nossa cidade numa mistura de passeata e carreata regrada a muita animação dos eleitores.


Ao chegar ao comitê do 40 o candidato a prefeito Doutor Ronaldo e seu vice Grimaldi discursaram para os presentes agradecendo pelo empenho e a empolgação de ambos.

A coligação Todos por Angicos planeja para esta quinta feira (08) a realização de mais um comício de bairro, desta feira no Alto do Triângulo as 19 horas na Rua Luís Torres em frente a residência de “Dona Bernadete Curandeira”. 





Fonte: Assecom/Coligação Todos por Angicos 
    EleiC3A7C3B5es-2016

    Justiça Eleitoral encontra doações de pessoas mortas para candidatos

    A Justiça Eleitoral encontrou os primeiros de indícios irregularidades na prestação de contas de candidatos às eleições de outubro. De acordo com levantamento feito em parceira com o Tribunal de Contas da União (TCU), foram identificados 38,9 mil doadores suspeitos, 1,4 mil despesas com indícios de irregularidades e 34% de irregularidades do total de contas analisadas. No caso de doações suspeitas, foram encontradas doações de pessoas mortas.
    De acordo com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, as irregularidades podem resultar na impugnação das candidaturas pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). “Nós temos que acompanhar isso com rigor. Já tivemos no passado mortos que votavam. Agora, temos mortos que doam”, disse Mendes.
    Os dados fazem parte da primeira lista de indícios de irregularidades encontradas na prestação de contas dos candidatos às eleições de outubro. Neste ano, passou a vigorar nova regra, instituída pela Reforma Eleitoral aprovada no ano passado, na qual os partidos e candidatos são obrigados a enviar à Justiça Eleitoral dados sobre arrecadação e despesas de campanha a cada 72 horas. Com a nova lei, as doações de empresas foram proibidas e foram permitidas somente doações por pessoas físicas, limitadas a 10% do rendimento do ano anterior.
    Antes da vigência da nova regra, os dados eram enviados somente três vezes durante a campanha, com duas prestações parciais e prestação de contas finais. Para analisar os dados, o TSE firmou um convênio com o TCU, que vai apresentar relatórios semanais ao tribunal.
    De acordo com Aroldo Cedraz, presidente do TCU, os dados representam 34% de irregularidades do total de contas analisadas.  “Há indícios claros de várias irregularidades. Para vocês terem uma ideia são 34% de irregularidades que nós estamos verificando, no primeiro momento, em relação aos doadores. Em relação aos fornecedores, 2% de irregularidades. Mas, claro, isso nós iremos passar às mãos do presidente do TSE, que poderá encaminhar esses dados aos juízes eleitorais dos municípios para que possam checar melhor esses dados”, disse.
    Foram analisadas 114,5 mil doadores e 60,9 mil fornecedores.