Inep divulga cartilha com dicas para ajudar estudantes na redação do Enem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) divulgou na internet uma cartilha para ajudar os estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a elaborar a redação, que exige conhecimentos da língua portuguesa e domínio da escrita e é feita no segundo dia de prova. Neste ano, as provas do Enem serão aplicadas no dias 5 e 6 de novembro.
A Cartilha do Participante da Redação do Enem de 2016 explica as competências avaliadas, os critérios adotados para as correções e traz redações de estudantes que tiraram nota máxima em edições anteriores do exame, com comentários. Além disso, a publicação define o que é considerado desrespeito aos direitos humanos e inclui frases usadas por candidatos que foram motivo para nota 0 na redação.

Portaria define Calendário de Matrícula para o Ano Letivo de 2017 na rede estadual de ensino

A edição desta sexta-feira (07) do Diário Oficial do Estado veicula cópia da Portaria nº 1.717/2016, assinada pela secretária estadual de Educação e Cultura do RN, professora Cláudia Sueli Rodrigues Santa Rosa.

O ato trata da aprovação do Calendário de Matrícula para o Ano Letivo de 2017 a ser adotado pela rede estadual de ensino.

Veja a íntegra da Portaria clicando AQUI.

Trinta e oito municípios do RN receberão cursos do Pronatec, entre elas, Angicos

A Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), que pertence à Universidade Federal do Rio Grande do Norte(UFRN), anunciou nesta quarta-feira (5) que está em fase de planejamento para a realização de cursos de capacitação profissional em 38 municípios do estado em parceria com o Governo Federal através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). A meta é que mais de 2.500 norte-rio-grandenses sejam beneficiados ainda neste semestre.
Dentre as modalidades ofertadas nesta etapa está o Programa Mulheres Mil, modalidade exclusiva para mulheres em estado de vulnerabilidade social. E há também cursos voltados para o sistema prisional, em especial para detentos do regime fechado.

Malotes com provas do Enem começam a ser distribuídos para o interior do país

Os primeiros comboios que vão transportar as 18 milhões de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deixaram, no final da manhã de hoje (6), do 4º Batalhão de Infantaria Leve do Exército Brasileiro, em Osasco, na Grande São Paulo. O Enem será aplicado em todo país daqui a um mês, nos próximos dias 5 e 6 de novembro.
Sob forte esquema de segurança para garantir a lisura e o sigilo dos exames, os malotes vão permanecer guardados em 60 unidades das Forças Armadas, até seguirem para os locais de provas.
Para essa distribuição, foi assinado um convênio entre os vários órgãos envolvidos com a logística e a segurança do Enem, incluindo os ministérios da Defesa e da Educação; o Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos.
“Os procedimentos para a interiorização das provas é cercado de grande cuidado por todos os entes federativos que nos acompanham nessa missão. Eles guardam essa joia preciosa que é a prova do Enem e hoje nós demos autorização para ela ser interiorizada por meio dos Correios e Telégrafos”, explicou a presidente do Inep, Maria Inês Fini.
Segundo ela, a logística para aplicação do Enem 2016 vai mobilizar mais de meio milhão de pessoas. Questionada sobre eventuais mudanças nas próximas edições do sistema de avaliação de desempenho escolar, Maria Inês afirmou que não iria comentar o assunto, até para não provocar ansiedade nos alunos que vão fazer as provas no mês que vem.
Do total de 9,3 milhões de inscritos no Enem, 8,6 milhões confirmaram a presença. Nos dias de provas, os portões dos locais indicados aos alunos vão se abrir às 12h e fechar às 13h e, meia depois, às 13h30, terá início o exame com duração de 4h30, no dia 5 e de 5h30, no dia 6. Por estado, a maioria vai se submeter aos testes em São Paulo (1.404.362), seguido de Minas Gerais (948.545), Bahia (664.698) , Rio de Janeiro (550.179) e Pernambuco (447.315).

Enem: Apenas uma escola do RN fica entre as 100 melhores do país

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou na manhã desta terça-feira (04) as notas das escolas no Exame Nacional do Ensino médio de 2015 e, pelo terceiro ano seguido, o Colégio Ciências Aplicadas, é a única escola do Rio Grande do Norte a ficar entre as 100 melhores do país.
Com base nas notas das quatro provas objetivas (Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza), o Ciências obteve uma média de 679,79 pontos. Este é o sétimo ano seguido que a escola permanece entre as 100 primeiras do Brasil.
“Nosso principal ingrediente é, sem dúvida, o comprometimento dos nossos alunos. Somado a isso temos uma equipe de professores engajada, que trabalha de forma interdisciplinar; um relacionamento estreito com os pais, que são fundamentais nesse processo; além de uma administração séria, que tem uma atenção redobrada com o bem-estar dos alunos. É desta forma que conseguimos potencializar nossos resultados”, disse Alexandre Pinto, diretor do Colégio Ciências Aplicadas.
Confira a média do Ciências Aplicadas em todas as áreas:
Ciências da Natureza: 663,57
Matemática: 732,80
Linguagens: 618,47
Ciências Humanas: 676,32
Redação: 802,00

Ensino médio: português e matemática serão as únicas obrigatórias; veja o que muda


Português e matemática serão os dois únicos componentes curriculares obrigatórios nos três anos do ensino médio, de acordo com o novo modelo para a etapa anunciado hoje (22) pelo governo. A definição está em medida provisória (MP) assinada pelo presidente Michel Temer. Atualmente, a etapa tem 13 disciplinas obrigatórias para os três anos.

A MP prevê a flexibilização do ensino médio com o objetivo de torná-lo mais atraente para o jovem, segundo o ministro da Educação, Mendonça Filho. Os componentes curriculares que deverão ser ensinados no período obrigatoriamente serão definidos na Base Nacional Comum Curricular, que começará a ser discutida no próximo mês e deverá ser definida até meados do ano que vem, segundo o Ministério da Educação.


De acordo com a medida provisória, cerca de 1,2 mil horas, metade do tempo total do ensino médio, serão destinadas ao conteúdo obrigatório definido pela Base Nacional. No restante da formação, os alunos poderão escolher seguir cinco trajetórias: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas – modelo usado também na divisão das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – e formação técnica e profissional.


“O novo ensino médio tem como pressuposto principal o protagonismo do jovem. Hoje é bastante engessado. Esse modelo caminha na direção da flexibilidade”, disse Mendonça Filho.


Arte e Educação Física


O texto, que modifica a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei 9.394/1996), determina o fim da obrigatoriedade do ensino de arte e de educação física no ensino médio. As disciplinas serão obrigatórias apenas no ensino infantil e fundamental.


As mudanças passarão a valer 180 dias após a publicação da Base Nacional, ou seja, não modificam o atual currículo. De acordo com o secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, Rossieli Silva, a intenção é enxugar na lei as obrigatoriedades do ensino médio. “Agora a Base Nacional tem que dizer o que é e o que não é obrigatório nesse um ano e meio. Se eu vou definir ênfases, como eu posso ter todos os conteúdos do mundo? Se eu digo que os 13 conteúdos são obrigatórios?”, questionou.


Segundo Silva, artes e educação física, assim como conteúdos como filosofia e sociologia certamente estarão garantidos na Base Nacional Curricular Comum e poderão voltar a ser obrigatórios.


Idiomas


O inglês passa a ser a língua estrangeira obrigatória que deverá ser ensinada em todas as escolas de ensino médio. Outros idiomas podem ser ensinadas em caráter optativo.


A MP abre a possibilidade que os estados tenham mais autonomia nas decisões referentes a essa etapa da educação básica. Um sistema de ensino poderá, por exemplo, definir um sistema de crédito, no qual um aluno cursa determinados períodos e, caso deixe a escola, possa retomar o curso de onde parou e não tenha, necessariamente, que cursar um ano inteiro.


Também está previsto na MP que os créditos adquiridos pelos alunos nesse caso poderão ser aproveitados no ensino superior, após normatização do Conselho Nacional de Educação (CNE) e homologação pelo MEC. Ao entrar na universidade ou no ensino tecnológico, a trajetória escolar do aluno será considerada e ele não precisará cursar matérias que envolvem conhecimentos e competências que já possui.


Carga horária


A reforma também determina que a carga horária mínima anual da etapa deverá ser progressivamente ampliada para 1,4 mil horas, o que tornará o ensino médio integral, com 7 horas por dia.


A expectativa do MEC é que as primeiras turmas que seguirão a formação de acordo com o Novo Ensino Médio começem em 2018, após a aprovação da Base e da MP pelo Congresso Nacional. Não há prazo para que as redes de ensino se adequem às mudanças, mas o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) trabalha com o cronograma do Plano Nacional de Educação (PNE), que deve ser implementado até 2024.


Ensino técnico


Entre as trajetórias que os estudantes poderão escolher está a formação técnica. Os alunos serão certificados e seus itinerários formativos permitirão a continuidade dos estudos. Essa oportunidade de formação vai ocorrer dentro do programa regular, sem a necessidade de o aluno estar cursando o período integral. No ensino técnico, os alunos poderão ser certificados a cada etapa que cumprirem, recebendo uma certificação das competências adquiridas até ali.


As aulas técnicas poderão ser ministradas por profissionais com notório saber – ou seja, sem formação acadêmica específica na área que leciona -, reconhecido pelos respectivos sistemas de ensino para ministrar conteúdos afins à sua formação. “Isso não vale para os demais conteúdos, se eu tenho o ensino de filosofia, eu vou continuar tendo que ter um professor formado em filosofia, isso não muda. Vale apenas para o ensino técnico”, explicou o secretário de Educação Básica.


Resultados


A reforma do ensino médio passou a ser priorizada pelo governo depois que o Brasil não conseguiu,  por dois anos consecutivos, cumprir as metas estabelecidas para essa etapa da formação. Dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que mede a qualidade do ensino no país, mostram que o ensino médio é o que está em pior situação quando comparado às séries iniciais e finais da educação fundamental: a meta para 2015 era nota 4,3, mas o índice ficou em 3,7.


Atualmente, o ensino médio tem 8 milhões de alunos, número que inclui estudantes das escolas públicas e privadas. Segundo o Ministério da Educação, enquanto a taxa de abandono do ensino fundamental foi de 1,9%, a do médio chegou a 6,8%. Já a reprovação no nível fundamental é de 8,2%, frente a 11,5% no ensino médio.

IFRN divulga concorrência do Exame de Seleção 2017

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) divulgou nesta segunda-feira (19) a concorrência por vaga dos cursos técnicos integrados ao ensino médio do Exame de Seleção 2017. Ao todo, 22.760 candidatis disputarão 3.023 vagas. Confira AQUI a lista de concorrência por curso.
De acordo com o levantamento do IFRN, o curso de informática do Campus Mossoró, no Oeste potiguar, registrou a maior concorrência, com 18,81 candidatos por vaga. Na sequência aparece o curso de controle ambiental, ofertado pelo Campus Natal-Central, com 17,09 candidatos. O curso com a menor concorrência foi o técnico integrado em edificações, do CampusSão Paulo do Potengi.
A concorrência divulgada diz respeito ao número geral de inscritos por número de vagas, sem fazer distinção entre alunos de escolas públicas ou privadas. Metade das vagas ofertadas é destinada para alunos do ensino público.
A prova deste ano será aplicada no dia 16 de outubro de 2016, às 13h, no local determinado no cartão de inscrição, que estará disponível a partir do dia 10 de outubro no Portal do Candidato.
No dia da prova os candidatos devem estar portando um documento de identidade com foto, o cartão de inscrição e uma caneta esferográfica preta. Em caso de perda ou roubo do documento de identificação e não existindo outro documento previsto, o candidato deverá obrigatoriamente apresentar o Boletim de Ocorrência Policial, no qual deverá constar a perda ou extravio do documento com prazo de emissão de no máximo 30 dias consecutivos.

SINTE/RN: Órgão convoca trabalhadores em educação para Paralisação Nacional do dia 22

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (SINTE/RN) está convocando os servidores públicos em educação da rede estadual e das redes municipais para participar da Paralisação Nacional marcada para o dia 22 de setembro, próxima quinta-feira.

A orientação é que todos os profissionais da educação suspendam suas atividades, destaca informação veiculada pela página eletrônica da entidade sindical.

A parada está sendo convocada pelas principais centrais sindicais do país, inclusive à Central Única dos Trabalhadores (CUT), entidade a qual o SINTE é filiado, bem como pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

O dia tem como intuito reunir os trabalhadores de todas as áreas para protestar contra os cortes de direitos que vêm sendo aplicados pelo governo Temer: o PLP 257 – que limita os Planos de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCRs); a PEC 241 – que congela o Piso do Magistério; o PL 4.567 – que desvincula os royalties do petróleo para educação; a reforma da previdência – que acaba com a aposentadoria especial; e, o projeto Escola Sem Partido – que amordaça os educadores.

No dia haverá um debate sobre os Projetos de Lei que retiram direitos dos trabalhadores.

O debate acontece a partir das 9h, no auditório do SINTE/RN, na capital do estado.

Às 17h, com concentração no shopping Midway Mall, será realizado um ato público em defesa da educação e contra a retirada de direitos.

IFRN: Inscrições para o Exame de Seleção 2017 terminam nesta segunda-feira (12)

As inscrições para o processo seletivo do Exame de Seleção 2017 do IFRN terminam nesta segunda-feira (12). 

Foram ofertadas 3.023 vagas para os cursos técnicos integrados ao ensino médio da instituição, através do Edital de Convocação nº 26/2016. 

As vagas foram distribuídas entre 31 cursos em 20 campi do instituto espalhado pelo RN, salienta informação do portal eletrônico da instituição.

Os cursos são voltados para os alunos que estão no 9º ano da rede pública ou particular de ensino.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 20 e o pagamento do boleto pode ser pago até o dia 13 de setembro.

A prova do processo seletivo será aplicada no dia 16 de outubro de 2016, às 13h, no local determinado no cartão de inscrição que estará disponível a partir do dia 10 de outubro, no Portal do Candidato.

No dia da aplicação os candidatos deverão comparecer com sua carteira de identidade (ou outro documento com foto), cartão de inscrição impresso e com uma caneta esferográfica preta.

Em caso de perda ou roubo do documento de identificação e não existindo outro documento entre os previstos, o candidato deverá obrigatoriamente apresentar Boletim de Ocorrência Policial, no qual deverá constar a perda ou o extravio do documento, com prazo de emissão de no máximo de 30 dias consecutivos.

Os resultados serão publicados na página do IFRN, das questões objetivas no dia 04 de novembro, da prova discursiva no dia 23 de novembro e o resultado final no dia 08 de dezembro de 2016.

Os alunos aprovados ingressarão no IFRN, no curso em que escolher no momento da inscrição, no 1º semestre letivo do ano 2017.

Reitor da Ufersa é empossado em Brasília para mais quatro anos à frente da instituição


O reitor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), o professor José de Arimatea de Matos, foi empossado terça-feira (06), no Ministério da Educação, em Brasília, para o seu segundo mandato a frente da Reitoria da Ufersa.

A solenidade foi presidida pelo Ministro da Educação, José Mendonça Filho, e acompanhada pelo secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Paulo Barone, e pela presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), a professora Ângela Maria Paiva Cruz, que também é Reitora da Universidade Federal do RN (UFRN).

Também participaram da solenidade o vice-reitor eleito, o professor José Domingues Fontenelle Neto e os pró-reitores de Assuntos Estudantis e de Gestão de Pessoas, Rodrigo Sérgio Moura e Keliane de Oliveira Cavalcante, respectivamente.

A posse do reitor em Brasília marca o fim do processo de consulta á comunidade que teve início em março desse ano com as composições das chapas e com a escolha do novo reitor numa votação de forma paritária realizada no dia 13 de abril.

A chapa dos professores José de Arimatea e José Domingues foi a vitoriosa com 47% dos votos.

Empossado, o reitor deve nomear nos próximos dias o vice-reitor e os novos integrantes da equipe de auxiliares, como os pró-reitores já anunciados na última sexta.

O mandato segue até setembro de 2020, destaca informação estampada através do portal virtual da Ufrersa.

Fonte: Assecom/Ufersa.

Ufersa: Possíveis concluintes de 2016.1 devem entregar Requerimento com solicitação de diploma

A Divisão de Registro Escolar (DRE) da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) solicita aos estudantes dos cursos de graduação que são concluintes no período letivo de 2016.1 que providenciem a entrega do Requerimento de Solicitação de Diploma até o dia 30 de novembro, uma quarta-feira, a fim de que o documento seja confeccionado em tempo hábil.

A informação é destacada através do portal virtual da Universidade na rede mundial de computadores.

O Formulário preenchido deve ser entregue juntamente com a cópia da Certidão de Nascimento ou Casamento, cópias do documento de Identidade (RG ou RNE); Histórico Escolar do curso com o status formando ou formado; e, Histórico de conclusão do ensino médio ou equivalente.

A documentação deve ser entregue por todos os prováveis concluintes deste semestre, independente do status no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA) constar como ativo ou formado.

O Registro Escolar está localizado no segundo pavimento do prédio da Reitoria, no Campus Leste da instituição acadêmica, na cidade de Mossoró.

Pré-selecionados no Fies têm até hoje para se inscrever em vagas remanescentes

As inscrições para as vagas remanescentes da edição deste segundo semestre do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) termina neste domingo (28). O prazo vale para estudantes graduados e não-graduados que tenham sido pré–selecionados no processo regular e não tenham firmado o contrato de financiamento pelo Fies.
Os prazos de inscrição vão até 2 dezembro e variam de acordo com a condição do estudante. Confira abaixo:
>De 22 a 28 de agosto — Estudante não graduado, pré–selecionado no processo seletivo regular do Fies 2º/2016 e que não tenha firmado contrato de financiamento;
>De 26 a 28 de agosto — Estudante graduado, pré–selecionado no processo seletivo regular do Fies 2º/2016 e que não tenha firmado o contrato de financiamento;
>De 29 de agosto a 5 de setembro — Estudante não graduado e que ainda não está matriculado;
>De 2 a 5 de setembro — Estudante graduado e que ainda não está matriculado;
>De 29 de agosto a 2 de dezembro — Estudante não graduado e que já está matriculado;
>De 2 de setembro a 2 de dezembro — Estudante graduado e que já está matriculado.

Segundo o Ministério da Educação, a iniciativa de oferecer as vagas remanescentes é inédita e visa a preencher 28 mil vagas que não foram ocupadas no processo regular.
A inscrição é gratuita e feita exclusivamente pela internet, na página do FiesSeleção. Em seguida, o estudante deve acessar o Sistema Informatizado do Fies e concluir sua inscrição em dois dias úteis subsequentes.
Podem concorrer às vagas remanescentes os estudantes que tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média geral mínima de 450 pontos e nota na redação que não seja zero. É necessário comprovar ainda renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos.
O Fies é o programa do Ministério da Educação que financia cursos superiores em instituições privadas com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). No total, nesta edição, foram ofertadas 75 mil vagas.
O programa oferece financiamento a uma taxa efetiva de juros de 6,5% ao ano. O percentual do custeio é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante.

Com mais de 3 mil vagas, IFRN divulga edital do Exame de Seleção 2017

O IFRN está divulgando hoje o Edital Nº 26/2016 que rege o processo seletivo do Exame de Seleção 2017. São 3023 vagas para os cursos técnicos integrados ao ensino médio da Instituição, distribuídas entre 30 cursos em 20 campi do Instituto.
Alunos que estejam no 9º ano da rede pública ou particular poderão concorrer à seleção. 50% das vagas são reservadas para os estudantes de escolas públicas. As inscrições abrirão no dia 24 de agosto, a partir das 14h, no Portal do Candidato, e seguirão abertas até às 22h, de 12 de setembro de 2016 (horário local). A taxa de inscrição será de R$ 20, o pagamento do boleto deverá ser realizado até o dia 13 de setembro. 
É válido lembrar que os alunos que participaram do ProITEC 2016 estão isentos dessa taxa. Os demais candidatos que desejarem solicitar a isenção da taxa de inscrição deverão fazê-lo entre os dias 24 e 29 de agosto. A prova do processo seletivo será aplicada no dia 16 de outubro de 2016, às 13h, no local determinado no cartão de inscrição que estará disponível a partir do dia 10 de outubro, no portal do candidato. 
No dia da aplicação os candidatos deverão comparecer com sua carteira de identidade (ou outro documento com foto), cartão de inscrição impresso e com uma caneta esferográfica preta. Em caso de perda ou roubo do documento de identificação e não existindo outro documento entre os previstos, o candidato deverá obrigatoriamente apresentar Boletim de Ocorrência Policial, no qual deverá constar a perda ou o extravio do documento, com prazo de emissão de no máximo de 30 dias consecutivos.
Os resultados serão publicados na página do IFRN, das questões objetivas no dia 4 de novembro, da prova discursiva no dia 23 de novembro e o resultado final no dia 8 de dezembro de 2016. Os alunos aprovados ingressarão no Instituto Federal do Rio Grande do Norte, no curso em que escolher no momento da inscrição, no 1º semestre letivo do ano 2017.
Clique aqui e confira o edital na íntegra e aqui para acessar o Portal do Candidato.

Definida a data para realização da Expotec 2016 no IFRN de Ipanguaçu

No período de 04 a 07 de outubro a representação do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) no município de Ipanguaçu estará sediando a III Exposição Científica, Tecnológica e Cultural (Expotec), um evento institucional que visa integrar as ações e atividades de ensino, pesquisa e extensão, promovendo a disseminação e o intercâmbio de informações e experiências multidisciplinares desenvolvidas no Campus Ipanguaçu de maneira a interagir com a sociedade e instituições parceiras no Vale do Açu. 

A ação é direcionada a estudantes, educadores, pesquisadores, técnicos, agricultores e instituições parceiras. O objetivo geral é promover e evidenciar a produção científica, tecnológica e cultural do campus com ampla participação dos seguimentos acadêmicos, de modo a propiciar uma maior integração e interação com as comunidades e instituições da região. A programação e outras informações sobre a Expotec estão disponíveis no seu site oficial e para ter acesso basta clicar aqui.

Empresa potiguar lança aplicativo que substitui agenda de papel nas escolas

Uma empresa potiguar criou um aplicativo que pode substitutir as agendas de papel nas escolas. O ‘Easy School’ esteve em teste desde o início do ano e a versão final foi concluída em julho. Através dele, é possível saber a rotina da criança na escola, além de ter acesso ao calendário escolar, avisos e trocar mensagens diretas em um canal seguro entre pais e professores.
Diferente dos aplicativos comuns de mensagens – que todo mundo possui e qualquer pessoa pode usar – o aplicativo de comunicação escolar funciona num ambiente seguro e restrito, controlado pela direção e secretaria da escola, onde apenas os pais e familiares autorizados acessam as informações dos alunos.
O professor registra no aplicativo a participação de cada aluno em atividades diárias. Para cada série, a escola define as perguntas e as alternativas que serão marcadas pelo professor. Para a educação infantil, por exemplo, o professor pode dizer se o lanche da criança foi “Satisfatório, Metade, Menos da metade ou Não aceitou”. O professor fica responsável por preencher o conteúdo apenas da sua atividade ministrada e o pai visualiza qual professor aplicou cada conteúdo.
Na agenda tradicional, em uma sala com 15 alunos, o professor precisava escrever de caneta na antiga agenda de papel o mesmo planejamento 15 vezes, ou ainda, imprimir e colar diariamente na agenda do aluno que dobrava de volume e de peso ao final do ano. Além da economia de papel e demais insumos, a eficácia também acontece quando o professor registra individualmente a participação de cada aluno usando um celular.
Mesmo sendo uma solução tecnológica que está disponível 24 horas por dia na mão dos pais e dos professores, a rotina escolar não foi muito modificada. Assim como na época da agenda de papel, os professores têm um horário definido dentro do seu expediente para usar o celular em sala de aula para responder as mensagens dos pais e preencher os registros individuais dos alunos. A rotina do aluno só é liberada no aplicativo após o término da aula.
Para os pais, receber todas as informações praticamente em tempo real, também proporciona um melhor acompanhamento pedagógico dos alunos. Além disso, os pais também ficavam sem referências quando a antiga agenda de papel era perdida. Com o aplicativo, em qualquer smartphone é possível acompanhar sempre a vida escolar do aluno.

Terceiro simulado da ‘Hora do Enem’ é adiado para 3 de setembro

A abertura da terceira edição do simulado online do programa Hora do Enem, que estava agendada para começar no próximo sábado (13), foi adiada para o dia 3 de setembro. Promovido pelo Ministério da Educação , o simulado pode ser acessado por meio da plataforma de estudos Hora do Enem ( http://horadoenem.mec.gov.br/ ).
Segundo a Geekie, ferramenta usada como estrutura da Hora do Enem, nesta terceira edição, qualquer pessoa poderá participar do simulado. Basta se inscrever gratuitamente. O simulado estará aberto a partir do dia 2 de setembro, mas o MEC ainda não definiu durante quantos dias ele ficará disponível.
O simulado tem 80 questões no formato das provas do Enem (são 20 perguntas por prova) e duração máxima de quatro horas. Cada estudante pode fazê-lo uma vez, no horário que quiser, dentro das datas em que o simulado estiver no ar.
Nesta edição, uma das novidades é que a maior parte das questões em cada prova serão inéditas – antes, 75% das perguntas haviam sido retiradas de provas anteriores do Enem.
Após o fim do simulado, o estudante recebe na hora sua nota. A partir desta edição, os candidatos poderão também descobrir em que posição estão no ranking de estudantes que querem vaga no curso.
No primeiro simulado online, realizado entre 30 de abril e 1º de maio e repetido em 7 e 8 de maio deste ano, mais de 710 mil estudantes de 99,91% dos municípios brasileiros realizaram as provas, segundo o Ministério da Educação. Desse universo, 85% estudam em escolas públicas, 64% são mulheres e 46% fizeram a prova por telefone celular. O segundo simulado aconteceu entre 25 de junho e 3 de julho e contou com cerca de 380 mil participantes, segundo a Geekie.
O quarto e último simulado antes do Enem 2016 será liberado a partir de 9 de outubro. A edição deste ano do exame acontece nos dias 5 e 6 de novembro.

Publicado Edital para Concurso Público na Ufersa

O Diário Oficial da União desta segunda-feira, dia 8 de agosto, torna pública a realização de Concurso Público para provimento de cargos Técnico-Administrativos em Educação para o quadro permanente da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, com cargo para os níveis superior (E), médio (D) e fundamental (C).
O concurso será executado pelo Núcleo Permanente de Concursos (Comperve) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com a coordenação da Comissão Permanente de Processo Seletivo da UFERSA. A seleção para os cargos de que trata o Edital compreenderá provas de conhecimentos básicos e específicos, mediante aplicação de Prova Escrita (objetiva e discursiva – redação), de caráter eliminatório e classificatório.
Para os cargos de nível superior, o edital prevê uma vaga para Médico Veterinário, Pedagogia, Psicólogo e Técnico em Assuntos Educacionais. A remuneração é de R$ 3.666,54, correspondente ao Vencimento Básico, podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. Já a taxa de inscrição é de R$ 90,00.
Para os cargos de nível de classificação D (nível médio) serão 05 vagas para o cargo de Assistente em Administração e uma vaga para Técnico de Laboratório/Área Biologia. A remuneração é de R$ 2.175,17 correspondente ao Vencimento Básico, podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. A taxa de inscrição R$ 60,00.
Para o cargo de C, cuja exigência é nível fundamental, será uma vaga para Assistente de Aluno e Auxiliar de Saúde. A remuneração é de R$ 1.739,04, correspondente ao Vencimento Básico, podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. A taxa de inscrição é de R$ 40,00.
O pagamento da taxa de inscrição segue até o dia 13 de setembro de 2016. Já a inscrição será feita, exclusivamente, via internet, a partir das 8h00min do dia 22 de agosto de 2016 até às 23h59min do dia 12 de setembro de 2016, observados o horário local de Natal.
As provas serão aplicadas no dia 09 de outubro de 2016, em Mossoró. Acesse AQUI a íntegra do Edital

Instituto Metrópole Digital abre inscrições para curso em unidades da Ufersa de Mossoró e Angicos

O Instituto Metrópole Digital, da Universidade Federal do RN (UFRN) e parceiro da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), está com inscrições abertas para Processo Seletivo para o Curso de Formação Técnica em Tecnologia da Informação do Instituto Metrópole Digital, para ingresso no ano de 2017.

Na Ufersa estão sendo oferecidas vagas nos campi de Mossoró e Angicos, adianta notícia veiculada por intermédio da página virtual da instituição universitária. A inscrição custa R$ 30,00 e poderá ser efetuada até o dia 29 de agosto, uma segunda-feira, exclusivamente de forma eletrônica, através do site http://www.comperve.ufrn.br/.

Para Mossoró são oferecidas 200 vagas e para Angicos 120, sendo 70% delas destinadas a estudante de escola pública. Também é dada prioridade aos candidatos com renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo, bem como os candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas.

Além de Mossoró e Angicos, o edital oferece também vagas para Natal e Caicó, nos respectivos campi da UFRN. O curso é oferecido a distância, incluindo também encontros presenciais obrigatórios, previamente agendados.

A seleção é voltada para candidatos que estejam matriculados ou que já tenham concluídos o ensino médio. Os cursos são oferecidos nos três turnos (manhã, tarde e noite).

Direção do IFRN Campus Ipanguaçu, informa que nesta terça-feira (02), terá aula normal, em Lajes aulas continuam suspensas

Através de NOTA À COMUNIDADE ESCOLAR desta segunda-feira (01), a Diretoria Geral do  IFRN Campus Ipanguaçu, esclarece que após reunião realizada na tarde de ontem, foi decidido que haverá aulas normal nesta terça-feira(02).

A instituição suspendeu as aulas no dia de ontem após a divulgação nas redes sociais de áudios com suposta ameaça à escolas e aos ônibus que transportam os alunos, no município do Assú.

Já em relação ao Campus localizado na cidade de Lajes a nota informa que as aulas naquela unidade de ensino prosseguem suspensas. Veja a nota na integra: 

Nesta terça-feira (2), o expediente da Reitoria do IFRN se encerrará às 17h, em razão do funcionamento parcial do transporte público na Grande Natal. Os servidores que tiverem dificuldades em chegar ao trabalho, seja devido ao transporte ou por outro motivo, terão suas ausências justificadas. 

Por haver realidades diferentes em cada uma das regiões atendidas pelos 21 campi do Instituto, a decisão pela manutenção ou não do expediente administrativo e das aulas nas unidades de ensino ficou a cargo das respectivas direções-gerais. Estão suspensas para esta terça, 2 de agosto, as aulas em 13 campi: Natal-Central; EaD; Zona Norte; Cidade Alta; São Gonçalo do Amarante; Parnamirim; Ceará-Mirim; Canguaretama; São Paulo do Potengi; Nova Cruz; João Câmara; Santa Cruz; Caicó; Lajes e Currais Novos. 

O grupo gestor da Reitoria se reunirá todas as manhãs, a partir das 8h30, para reavaliar as decisões. Alunos e servidores devem ficar atentos aos canais institucionais de comunicação (site e redes sociais) dos campi e da Reitoria a fim de se manterem informados.

Nota de Esclarecimento: SEEC/RN confirma que calendário letivo não sofrerá paralisação

A onda de vandalismo que atingiu diversos pontos do estado não paralisará o calendário letivo da rede pública estadual de ensino.
Sobre o assunto, a Secretaria Estadual de Educação e Cultura do RN (SEEC/RN) publicou neste domingo (31) uma Nota de Esclarecimento, que pode ser lida abaixo:

A Secretaria de Estado da Educação e da Cultura esclarece à Rede Estadual de Ensino que as atividades letivas estão mantidas e serão realizadas dentro da normalidade. Com as ações de proteção que estão sendo executadas pelo Governo do Estado, através das Secretarias de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) e Justiça e Cidadania (Sejuc), fica claro que não há motivos para a interrupção das aulas. A SEEC ainda informa que o transporte escolar também seguirá com suas atividades normais, sendo mantidas todas as rotas. Por último, a pasta recomenda a todos que mantenham as suas atividades normais, com a cautela de evitar a propagação de boatos e informações não confirmadas.
%d blogueiros gostam disto: