Superintendente da Agência Nacional das Águas diz que situação da barragem Armando Ribeiro Gonçalves é muito preocupante

A situação atual da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves – o maior reservatório natural do Estado, foi apresentada e discutida, nesta quinta-feira, dia 21 de julho num evento realizado no auditório da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). A cota atual da barragem é de 38,80 metros, o que corresponde a um volume de 486 milhões de metros cúbicos, pouco mais de 20 por cento da sua capacidade total de armazenamento.
A situação é pior do que a do mesmo período no ano passado. São 170 milhões de metros cúbicos a menos”, revelou o superintendente da Agência Nacional das Águas (ANA) no RN, Wesley de Souza.
Diante de tal situação a ordem de economizar o que resta de água continua ecoando a fim de garantir o abastecimento de mais de 400 mil pessoas que dependem da citada fonte hídrica.
Com o volume de água atual o que resta é se preparar para o pior como se não viesse mais recarga alguma. Ainda não podemos contar como oficiais as previsões de alguns estudiosos da área de climatologia que apontam para uma tendência de futuro melhor”, acrescentou o representante da ANA que finalizou destacando que se as previsões dos estudiosos não se concretizarem até junho de 2017 o abastecimento estará garantido a partir da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves. Depois disso o passo seguinte é o volume morto.
%d blogueiros gostam disto: