Semana Santa será de chuvas em Natal e Interior do RN, prevê Emparn

Previsão dada pela Empresa de Pesquisa Agropecuária (Emparn) é de que as chuvas continuarão intensas em Natal e Interior do Estado até o começo de abril. De acordo com o meteorologista Gilmar Bristot, as precipitações estão de volta, após um veranico ter persistido durante os primeiros quinze dias de março. O veranico é uma massa de ar quente que parte do Oeste para o Leste, bloqueando as nuvens formadas no Oceano Atlântico. “Pelo que foi observado nos últimos dias, ele está indo embora, criando as condições para que as chuvas retornem”, observou.

Mesmo assim, o maior reservatório do RN – barragem Armando Ribeiro Gonçalves – ainda não conseguiu recuperar, de maneira satisfatória, seu nível d’água. Na última sexta feira, 23, inclusive, ele voltou ao seu volume morto. A capacidade do reservatório é de 2,4 bilhões de metros cúbicos. Em janeiro, a estiagem fez a lâmina d’água da Armando Ribeiro chegar 11,24% da capacidade, atingindo o volume morto – nome dado à reserva de água mais profunda das represas, abaixo dos canos de captação. Só para efeito de comparação, em 2011, com o bom período chuvoso, o índice chegou a 89,52%.

Dos 167 municípios do estado, 99 seguem afetados pela estiagem. Existem ainda 15 cidades vivendo o chamado colapso hídrico, o que obriga a utilização de carros pipa para o abastecimento. Um relatório divulgado no começo do ano pelo Igarn (Instituto de Gestão de Águas do Estado) revelou que os níveis de armazenamento dos reservatórios potiguares nunca estiveram tão baixos.

Para satisfação dos agricultores, as chuvas tendem a se normalizar. O Alto Oeste será a região onde ocorrerão as maiores precipitações. Haverá, contudo, boa distribuição em todo o estado.

Portal Agora RN;

%d blogueiros gostam disto: