Redes sociais viram aliadas na busca por novo emprego

Darlan Matos iniciou processo seletivo pelo WhatsAppO estudante Darlan dos Santos Matos, de 28 anos, teve o WhatsApp como aliado importante para “ficar à vontade” durante o processo seletivo em que conquistou uma vaga para atuar como estagiário de engenharia. Ele conta que essa foi a primeira experiência dele no aplicativo com viés profissional e aposta que a alternativa “vem para agregar”.

“É bastante cômodo porque muitas vezes a gente não pode atender o telefone, dá para usar o WhatsApp Web no computador. É mais fácil, instantâneo e você resolve tudo com um clique ou toque”, analisa o estudante.

Matos conta que as primeiras etapas da seleção, de análise do currículo, prova de idioma e agendamento de entrevista, foram feitas com o auxílio da rede social. Depois, participou presencialmente de uma dinâmica de grupo e da entrevista final.

A coordenadora de marketing de recrutamento da Connekt, Larrisa Ruza, explica que experiências como a de Matos têm facilitado as conexões com potenciais colaboradores. Ela cita como aliados dos profissionais os grupos de Facebook e WhatsApp, o Linkedin e até mesmo o Instagram.

As redes sociais são ferramentas importantes na conquista de um lugar no mercado de trabalho. A forte cultura digital, rapidamente assimilada pelo brasileiro, já foi detectada há tempos por recrutadores de empresas. No Brasil, 39% dos internautas utilizam as suas redes sociais mais de 10 vezes por dia, por isso é importante ficar atento ao que se posta, curte e compartilha no ambiente virtual. Mariellen Romero, especialista em marketing digital, listou alguns cuidados necessários no uso destas ferramentas, para quem está em busca de uma oportunidade de trabalho.

R7.COM

%d blogueiros gostam disto: