Preso em operação do MP, líder de organização criminosa é encontrado morto em presídio.

Joel Rodrigues da Silva, conhecido como “Joel do Mosquito”, que estava detido no Presídio Provisório Raimundo Nonato Fernandes, na zona Norte de Natal, foi encontrado morto no Pavilhão B daquela unidade, na noite deste sábado (10). Ele estava enforcado em um lençol, pendurado em uma grade.
De acordo com os agentes penitenciários da unidade, os presos alegam que Joel teria cometido suicídio, no entanto, a suspeita é que ele tenha sido assassinado por outro detentos. Essa prática, aliás, tem sido constante nas últimas semanas, em unidades prisionais do Rio Grande do Norte.
Presos têm sido encontrado mortos com sinais de enforcamento, em uma possível guerra entre as facções PCC e Sindicado do RN, que dominam as unidades prisionais.
O detento Joel Rodrigues tinha sido preso no dia 25 de setembro, durante a Operação Citronela, deflagrada pelo Ministério Público, em parceria com a Polícia Militar. Na ocasião, os promotores que comandaram a ação informaram que Joel do Mosquito era líder de uma organização criminosa naquela área, comandado tráfico de drogas e outros crimes, como lavagem de dinheiro.
%d blogueiros gostam disto: