Michel Temer Nomeia 22 ministros para seu governo, Norte-rio-grandense Henrique Alves volta ao Ministério do Turismo

O presidente interino Michel Temer (PMDB) liberou nesta quinta-feira (12) nomes de 22 integrantes de seu Ministério. 
A equipe foi empossada na tarde desta quinta feira (12) às 17 horas. O ex-ministro de Dilma Rousseff na Aviação Civil e novo chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, informou que faltava escolher os nomes para Minas e Energia e Integração Nacional. 

O potiguar Henrique Alves, homem de confiança de Temer preferiu retornar ao Ministério do Turismo de onde tinha pedido demissão após o rompimento do seu partido, o PMDB com a presidente Dilma Rouseff.

Segundo o próprio Henrique Alves a sua opção em voltar a pasta do turismo foi para dar continuidade aos projetos que o mesmo havia dado inicio quando de sua gestão no governo Dilma, principalmente os que beneficiam o nosso estado na área de turismo.

  • Advocacia Geral da União: Fábio Medina Osório, jurista 
  • Casa Civil: Eliseu Padilha, ex-deputado federal e ex-ministro de Dilma Rousseff (PMDB-RS)
  • Desenvolvimento Social e Agrário: Osmar Terra, deputado federal (PMDB-RS)
  • Trabalho: Ronaldo Nogueira, deputado federal (PTB-RS)
  • Fazenda: Henrique Meirelles, ex-presidente do BC no governo Lula (PSD-SP) 
  • Planejamento, Desenvolvimento e Gestão: Romero Jucá, senador e ex-ministro de Lula (PMDB-RR)
  • Secretaria de Governo: Geddel Vieira Lima, ex-ministro de Dilma (PMDB-BA)
  • Esporte: Leonardo Picciani, deputado federal (PMDB-RJ)
  • Relações Exteriores: José Serra, senador (PSDB-SP)
  • Cidades: Bruno Araújo, deputado federal (PSDB-PE) 
  • Agricultura, Pecuária e Abastecimento: Blairo Maggi, senador (PP-MT)
  • Saúde: Ricardo Barros, deputado federal (PP-PR)
  • Educação e Cultura: Mendonça Filho, deputado federal (DEM-PE)
  • Ciência, Tecnologia e Comunicações: Gilberto Kassab, ex-ministro de Dilma (PSD-SP) 
  • Transportes, Portos e Aviação Civil: Maurício Quintella Lessa, deputado federal (PR-AL)
  • Justiça e Cidadania: Alexandre de Moraes, secretário de Segurança Pública de São Paulo (PSDB-SP)
  • Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior: Marcos Pereira (PRB-ES)
  • Meio Ambiente: Sarney Filho, senador (PV-MA)
  • Turismo: Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN)
  • Defesa: Raul Jungmann, ex-deputado e ex-ministro de Fernando Henrique Cardoso (PPS-PE)
  • Gabinete de Segurança Institucional: Sérgio Etchegoyen (Chefe do Estado Maior do Exército Brasileiro)
  • Fiscalização, Transparência e Controle (ex-CGU): Fabiano Augusto Martins Silveira (conselheiro do Conselho Nacional de Justiça)

Vereador Grimaldi visita deputado José Adécio em busca de melhorias para Angicos


O vereador angicano Grimaldi Cosme Alves (DEM) visitou na manhã desta quinta feira (12) o deputado estadual José Adécio ao qual apoiou nas ultimas eleições de 2014.

Na pauta da visita o pedido de destinações de emendas por parte do legislador estadual para beneficiar o povo angicano e nossa cidade.

Nas conversas não poderia deixar de faltar assuntos políticos, o deputado José Adécio indagou o vereador sobre uma possível candidatura a prefeito de Angicos dizendo que sua palavra dada ao vereador quando de sua vinda à festa do padroeiro de São José em março passado continua de pé, ou seja, naquela oportunidade o deputado declarou o seu apoio integral a uma possível candidatura do vereador a chefia do executivo municipal angicano.



O vereador Grimaldi disse ao deputado Adécio que lançou sua pré-candidatura a prefeito de Angicos e que aguarda uma definição do grupo politico a qual pertence respeitando todos os nomes que foram postos para tomar uma posição.  

    Angicos será uma das sedes da 4ª edição da copa escolar garoto bom de bola 2016


    A cidade de Angicos será um
    das sedes da 4ª edição do torneio garoto bom de bola 2016.

    A Copa Escolar de Futebol
    “Garoto Bom de Bola” é uma promoção anual da Secretaria de Estado do
    Esporte e do Lazer, em parceria com os Municípios filiados ao Fórum Estadual
    dos Secretários e Gestores Municipais do Esporte e do Lazer do Rio Grande do Norte.
    É destinada aos alunos/atletas na faixa etária de 12 a 14 anos de idade,
    organizados em seleções municipais, através de suas Secretárias de Esportes
    e/ou Educação, ou órgãos similares através da modalidade de futebol de campo,
    contribuindo para o desenvolvimento integral do aluno como ser social,
    estimulando o pleno exercício da cidadania e na descoberta de novos talentos
    .

    O Grupo 8 do torneio será
    sediado em nossa cidade, tendo a participação das seleções de Angicos,
    Pendências, Lajes e Santana do Matos.

    As partidas serão disputadas
    no estádio de futebol Joel Guilherme, o popular “favelão” e os jogos começarão
    a ser disputados neste final de semana (sábado e domingo) dias 14 e 15 de Maio.

    A cerimônia de abertura
    acontecerá neste sanado as 14 horas e 30 minutos com a presença do prefeito
    Junior Batista que está dando total apoio logístico a realização do torneio
    junto a secretaria municipal de esporte. 
    A copa garoto bom de bola é organizado
    pela secretaria estadual de esportes. 

    A nossa seleção de Angicos
    que tem como treinador o competente Alexandrove, conhecido como “Doda” estreia no
    sábado (14) as 14 horas e 30 minutos enfrentando a seleção de lajes. Convidamos
    todos os desportistas para participar,
       

    Diretores do Detran – RN Visitaram Angicos na manhã desta quinta feira (12) para tratar da sinalização da cidade para a passagem da tocha olímpica

    Os diretores do departamento
    de trânsito do Rio Grande do norte – Detran – RN Jayme Câmara, diretor
    executivo e Adécio Filho, Chefe de operações do órgão estadual estiveram na
    manhã desta quinta feira (12) em Angicos.

    Junto ao secretário
    municipal de esporte e coordenador da força tarefa local da passagem da tocha olímpica
    Francisco Oliveira percorreram as ruas que servirá de percurso.
    Em conversa com a nossa reportagem
    Adécio Filho nos disse que veio a Angicos atendendo a um pedido feito pelo
    prefeito Junior Batista que solicitou desde o mês de abril passado para tratar
    de assuntos referentes à sinalização vertical e horizontal nas ruas da cidade
    que servirão de percurso para a passagem da tocha. 

    Adécio nos adiantou ainda
    que será feita toda a sinalização horizontal como quebra molas e confecção de
    faixa de pedestres como também sinalização vertical: como placas de proibido
    estacionar entre outras. As sinalizações começarão a ser feitas pela equipe do Detran
    – RN no máximo até meados da próxima semana garantiu o chefe de operações do órgão.
        

    Força tarefa estadual do revezamento da tocha olímpica visita Angicos

    A força tarefa estadual, responsável
    pela condução e segurança do revezamento da tocha olímpica no estado do Rio Grande
    do Norte este em nossa cidade na tarde desta quinta feira (12).

    Acompanhados do secretário
    municipal de esporte Francisco de Assis Oliveira Alves (“Chico do Arroxo”) que
    é o coordenador local do recebimento da tocha olímpica que passará em Angicos
    no próximo dia 06 de Junho a força tarefa estadual composta por policiais rodoviários
    federais (PRF), militares do exercito brasileiro e da policia militar além de
    guardas civis metropolitanos e inspetores de trânsito de Natal, além de membros
    da secretária estadual de esportes fizeram inicialmente em comboio de veículos todo
    o percurso que a tocha olímpica fará pelas ruas de Angicos.




    Em seguida houve uma breve parada na Praça Capitão
    José da Penha onde a tocha olímpica ficará exposta, na oportunidade os membros
    da força tarefa junto ao secretário “Chico do Arroxo” fizeram
    alguns ajustes para que o percurso da tocha não sofra nenhuma intervenção. 



    De
    acordo com o Tenente Coronel Cândido da policia militar, coordenador da
    força tarefa além de conhecer o percurso que a tocha olímpica fará na
    cidade tem que se  evitar o acontecimento de imprevistos, zelando para que
    tudo ocorra na mais perfeita tranquilidade na passagem da tocha olímpica em Angicos.  











    Sai Dilma,entra Temer,Após mais de 20 horas, Senado aprova processo de impeachment e afasta Dilma

    O Senado aceitou, no início da manhã desta quinta-feira (12), o pedido de abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Foram 55 votos a favor e 22 contra. Dilma deixa a Presidência um ano e quatro meses depois de assumir seu segundo mandato. O vice-presidente Michel Temer (PMDB) assume interinamente assim que Dilma for comunicada oficialmente sobre o afastamento. Ela terá de assinar um documento e, a partir daí, será obrigada a deixar o Planalto. A sessão durou 20 horas e meia.
    Dilma ficará oficialmente afastada do cargo por até 180 dias  após ser notificada da decisão do Senado, o que deve ocorrer ainda na manhã de hoje. O processo no Senado, no entanto, pode acabar antes dos seis meses. Se for considerada culpada, ela sai do cargo definitivamente e perde os direitos políticos por oito anos (não pode se candidatar a nenhum cargo). Temer será o presidente até o fim de 2018. Se for inocentada, volta à Presidência.
    Para que o processo que resulta no afastamento da presidente fosse instaurado, eram necessários ao menos 41 votos (maioria simples) favoráveis. O placar dessa quinta atingiu os 54 votos (2/3 do Senado) necessários para condenar a presidente na próxima fase do processo, quando o Senado vai julgar se os crimes de responsabilidade apontados na acusação foram de fato cometidos. Alguns senadores, no entanto, afirmaram que estavam votando apenas pela abertura do processo e ainda não tinha posição sobre o julgamento final.
    Esta é a segunda vez em 24 anos que um presidente da República é afastado temporariamente para julgamento após uma decisão do Senado. Em outubro de 1992, o Senado abriu o julgamento do então presidente Fernando Collor de Mello, na época filiado ao PRN.
    Collor renunciou antes de ser julgado. Mesmo assim, teve seus direitos políticos cassados pelo Senado por oito anos.  Em 2014, o STF (Supremo Tribunal Federal) o absolveu por falta de provas.

    Sem cartazes, votação no Senado foi tranquila

    Os senadores discursaram por quase 20 horas. A primeira a falar, Ana Amélia (PP-RS), começou às 11h20 da quarta-feira. O último, Raimundo Lira (PMDB-PB), terminou às 5h45 da quinta-feira. Depois de encerrado o debate, o relator da comissão do impeachment no Senado, Antonio Anastasia (PSDB-MG) falou por 15 minutos, seguido pelo ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), José Eduardo Cardozo, que falou pela defesa de Dilma.
    O clima no Senado foi de mais tranquilidade em relação ao dia em que a Câmara votou a admissibilidade do impeachment. Durante as longas horas de sessão, o aspecto era de um dia normal do Senado, sem faixas no plenário, ao contrário da Câmara, onde havia cartazes com os dizeres “tchau, querida” e deputados usando cachecóis com inscrições contra ou a favor do impeachment.
    Enquanto os oradores subiam à tribuna para falar, o plenário, distraído, mantinha conversas amistosas entre os senadores. O barulho do bate-papo levou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a pedir silêncio mais de uma vez.
    Próximos passos

    O senador Romero Jucá (PMDB-RR), um dos principais aliados e provável ministro no governo Temer, afirmou que Dilma deve ser notificada da decisão do Senado às 10h desta quinta-feira (12), e Temer, às 11h. Após ambos serem notificados, Temer assume interinamente a Presidência da República.
    Segundo Jucá, os novos ministros do governo Temer devem assumir os cargos já na tarde desta quinta-feira. “Não há vazio de poder”, afirmou o senador, que é cotado para assumir o ministério do Planejamento. 
    Com o processo de impeachment aberto, terá início a discussão e análise da denúncia contra Dilma. Haverá apresentações da acusação e da defesa. Nesta fase, a ação tramita sob o comando do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Ricardo Lewandowski.
    O processo culminará com o julgamento final dos senadores, em votação nominal e aberta no plenário. Dilma será afastada definitivamente da Presidência se dois terços do Senado (54 dos 81 senadores) decidirem que ela cometeu crime. Nesse caso, o vice-presidente, Michel Temer (PMDB), governará até o fim deste mandato.

    Ministros devem pedir demissão; Dilma promete resistir

    Em ato programado para reformar a acusação de que o impeachment é um “golpe”, os ministros do governo Dilma Rousseff anunciaram um pedido de demissão conjunto, logo após a aprovação da decisão do Senado.
    À exceção dos ministros Alexandre Tombini (presidente do Banco Central) e Ricardo Leyser (interino dos Esportes), todo o primeiro escalão do governo Dilma deve entregar os cargos. Tombini e Leyser serão mantidos para evitar sobressaltos na economia e na organização da Olimpíada do Rio.
    Mesmo afastada, Dilma pretende se defender no Senado para retomar a Presidência. Sua defesa deve ser feita por José Eduardo Cardozo, atual advogado-geral da União, mas que deve perder o cargo com a posse de Temer.
    Cardozo, aliás, foi o responsável pelo recurso encaminhado à Câmara que gerou a anulação das sessões que definiram o avanço do impeachment na Casa. Essa anulação foi decidida pelo presidente interino da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA). A decisão, porém, foi considerada intempestiva (fora de hora) pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que deu continuidade à tramitação do impeachment.
    Da votação da Câmara à votação no Senado, Temer, por sua vez, intensificou discussões para montagem de seu governo. Seu partido, o PMDB, já havia decidido deixar o governo de Dilma dias antes da votação dos deputados. Integrantes da legenda, então, passaram a negociar postos já antevendo um governo interino.
    Outros partidos, como o PP e o PSD, também já desembarcaram do governo Dilma e negociam participação no governo Temer. O PSDB, partido de oposição, deve aderir ao governo interino e assumir ao menos um ministério.

    Acusação e defesa

    Dilma é acusada de cometer crime de responsabilidade, previsto na Lei do Impeachment (lei 1.079/1950), ao autorizar supostas manobras contábeis chamadas de pedaladas fiscais. Elas se caracterizam pela prática do Tesouro Nacional de atrasar intencionalmente o repasse de dinheiro para bancos (públicos e privados) e autarquias (por exemplo, o INSS) a fim de melhorar artificialmente as contas federais.
    Segundo os autores originais do pedido de impeachment da presidente, os juristas Hélio Bicudo, Miguel Reale Jr. e a advogada Janaina Paschoal, as “pedaladas fiscais” teriam sido praticadas em 2014 e reeditadas em 2015, já no segundo mandato de Dilma.
    Os juristas também apontam crime de responsabilidade da presidente na edição de seis decretos autorizando despesas extras num total de cerca de R$ 2,5 bilhões, em 27 de julho e 20 de agosto de 2015, sem a autorização do Congresso.
    A defesa da presidente nega a existência de crime e, por isso, diz que o impeachment é um golpe. Segundo a defesa, o atraso no repasse de dinheiro a bancos, por exemplo, é prática comum em esferas do Poder Executivo e não é grave a ponto de interromper o mandato de um presidente eleito democraticamente.
    O governo argumenta também que as contas relativas a 2015 ainda não foram nem sequer avaliadas pelos órgãos de controle e, portanto, não pode haver crime antecipado.

    Trâmites do processo

    O pedido de impeachment que tramita no Congresso é baseado na denúncia de que “houve uma maquiagem deliberadamente orientada a passar para a nação (e também aos investidores internacionais) a sensação de que o Brasil estaria economicamente saudável”, como escrevem seus autores.
    O proceso foi acolhido no dia 2 de dezembro do ano passado pelo então presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O ato foi recebido pelo governo como ato de revanche de Cunha, em reação à abertura de processo de cassação de seu mandato no Conselho de Ética da Câmara.
    No último dia 5, o mandato de Cunha acabou suspenso por decisão do STFantes de uma decisão do conselho.
    O rito do impeachment (norma que a tramitação deve obrigatoriamente seguir no Congresso) foi motivo de embate entre Legislativo e Judiciário, com a decisão sendo regulamentada pelo STF.
    A denúncia que chegou nesta quarta ao plenário do Senado já obedece às etapas determinadas pelo STF. Ela foi aprovada em comissão especial da Câmara por 38 votos a favor e 27 contra, pelo plenário da Casa por 367 a 137, e na comissão especial do Senado por 15 a cinco.

    Senado decide pelo afastamento de Dilma Roussef da presidência por até 180 dias

    O Senado Federal decidiu, no inicio da manhã desta quinta-feira (12) po volta das 6 horas e 33 minutos, pelo afastamento de Dilma Roussef do cargo de presidente da República. 

    Dos 78 senadores presentes na votação, 55 votaram pela admissibilidade da abertura do processo de impeachment e 22 votaram contra. O presidente do Senado, Renan Calheiros, não votou. Ainda hoje, Dilma será notificada e terá de abandonar suas funções.


    Estudantes da Ufersa Angicos têm aula de campo em parque eólico

    Parque eólico em Aracati (CE) com os estudantes da Ufersa Angicos / Foto cedida

    Parque eólico em Aracati (CE) com os estudantes da Ufersa Angicos 
    Aproximar os alunos do mercado de trabalho e do ambiente profissional é um desafio e ao mesmo tempo uma necessidade para alcançar um melhor rendimento e todos poderem observar as atividades práticas de determinado. Foi com esse objetivo que 15 alunos do Bacharelado em Ciência e Tecnologia e Engenharia de Produção do Campus Angicos da Ufersa participaram de uma aula de campo em terras cearenses.
    Os alunos observaram os trabalhos de terraplenagem e as fundações e construções das torres em todas as suas etapas / Foto cedida

    Os alunos observaram os trabalhos de terraplenagem e as fundações e construções das torres em todas as suas etapas 
    Longe do campus, os alunos pegaram a estrada rumo a Aracati (CE) para visitar o canteiro de obras do Site Ubatuba, que é um parque eólico em construção. A aula de campo foi coordenada pelo professor Marcílio Viana e envolveu estudantes matriculados nas disciplinas de Logísticas I e II e Engenharia de Métodos e Processos.
    Na aula todos os estudantes observaram os trabalhos de terraplenagem e as fundações e construções das torres em todas as suas etapas. A visita garantiu mais conhecimento e dinamismos às ações de sala de aula, principalmente dentro de um tema bastante pesquisado e executado nos dias de hoje é o uso das energias renováveis. Atualmente o Rio Grande do Norte e o Ceará são grandes produtores de energia eólica do país com potenciais de grande crescimento nos próximos anos. E é esse potencial que os professores e alunos da Ufersa querem alcançar.
    Com o sucesso da aula de campo, outras visitas devem ser organizadas em breve.

    Fonte: Assecom/Ufersa.

    Secretário de Esportes de Angicos representa prefeito Junior Batista em encontro com diretores do DETRAN e DER e com o secretário estadual de esporte em Natal


    Na manhã
    desta quarta feira (11) em Natal o secretário municipal de esportes de Angicos
    Francisco de Assis Oliveira Alves (“Chico do Arroxo”) se reuniu com Secretário
    Estadual de Esporte Canindé de França, com o diretor do Departamento Estadual
    de Trânsito (DETRAN – RN) Júlio Cesar e como diretor geral do Departamento de
    Estradas e Rodagens (DER) o General Fraxe.

    Na pauta
    principal do encontro algumas ações em prol do nosso município tendo em vista a
    passagem da tocha olímpica em Angicos que ocorrerá no próximo dia 06 de Junho.
    Essas
    melhorias que não são poucas ficarão como legado para o nosso município nos adiantou
    o secretário de esporte angicano “Chico do Arroxo”, segundo Chico ele conseguiu
    a confirmação de algumas conquistas para o município de Angicos como
    sinalização de ruas e capeamento com malha asfáltica, no entanto, essas
    informações serão repassadas a imprensa pelo prefeito Junior Batista quando
    esse voltar de sua viagem a Brasília.   
    Essas
    conquistas as quais recebi a confirmação nesta quarta feira (10) pelo chefe do
    DETRAN – RN Júlio Cesar e pelo general Fraxe diretor geral do DER são méritos
    do prefeito Junior Batista que visitou muitas vezes esses órgãos como também
    enviou diversos ofícios solicitando essas melhorias para Angicos que deverão
    ser edificadas até o dia 06 de Junho, data da passagem do revezamento da tocha
    olímpica em nosso município, relatou o secretário Chico do Arroxo.

    O
    secretário fez questão de ressaltar a nossa reportagem o empenho e a atenção do
    secretário estadual de esporte Canindé de França que não mede esforços para
    ajudar as nossas empreitadas, finalizou. 
      

    Ufersa Angicos discute as inovações da Engenharia Civil em seminário

    Auditório da Ufersa Angicos, alunos de todos os campi acompanhando as novidades da Engenharia Civil / Foto Assecom Ufersa
    Auditório da Ufersa Angicos, alunos de todos os campi acompanhando as novidades da Engenharia Civil 
    Estudantes de Ciência e Tecnologia e Engenharia Civil acompanhando o Seminário de Inovação / Foto Assecom Ufersa
    Estudantes de Ciência e Tecnologia e Engenharia Civil acompanhando o Seminário de Inovação 
    O Campus Angicos da Universidade Federal Rural do Semi-Árido promoveu nesta terça, 10, mais uma edição do Seminário Inovação na Engenharia Civil. 
    Direcionado a estudantes e profissionais do setor, o evento reuniu mais de 300 pessoas no auditório do campus.

    Nesta edição, o seminário discutiu temas como a Tecnologia Construtiva em Estruturas, Materiais não Convencionais e Cimento. 


    A coordenação da iniciativa foi do professor Aerson Barreto que destacou a importância do evento na formação dos alunos do Bacharelado de Ciência e Tecnologia e da Engenharia Civil de todos os campi da Ufersa.

    Para o Seminário, foram convidados professores e outros profissionais da Engenharia Civil com atuação no Rio Grande do Norte e na Paraíba. Entre os palestrantes da manhã estavam o representante da Impacto Protensão do Ceará, Valter Bastos, e o representante comercial do Cimento Apodi, Flávio Carvalho, que abordou a inovação na produção de cimento no Brasil. Segundo ele, as empresas estão se adaptando a produzir cimentos específicos para cada tipo de obra. 

    Há cimentos destinados para construção de residências, construção de barragens, por exemplo. Cada obra requer um cimento específico. O CREA-RN também participou do evento com a presença do Engenheiro Eletricista, Carlos Roberto Noronha e Souza, que abordou as atribuições profissionais e responsabilidades do engenheiro civil.

    Palestrante Valter Bastos da Impacto Protensão / Foto Assecom Ufersa
    Palestrante Valter Bastos da Impacto Protensão 
    Já a tarde, as palestras foram sobre o uso de materiais não convencionais em obras. O professor Normando Perazzo da Universidade Federal da Paraíba destacou as novidades com os materiais não convencionais nas construções de hoje.


    Segundo o professor, o planeta tem recursos finitos e o homem precisa encontrar caminhos para usar materiais sustentáveis que tenham as mesmas características de força e resistência do ferro ou aço, por exemplo. Perazzo destacou o Bambu como alternativa para substituir o aço. O tronco do vegetal já começa a ser usado em algumas construções do sul do país com resultados expressivos. Para a organização, a procura dos participantes e os resultados do Seminário de hoje já mostram o sucesso da iniciativa que está na sexta edição. O próximo Seminário Inovação foi confirmado e deve acontecer no segundo semestre de 2016.
    Fonte: Assecom/Ufersa.

    Na tribuna da câmara, Vereador Tiago Braga retira sua pré-candidatura a prefeito de Angicos e lança o nome de “Joãozinho de Chico de Matias”

    Em sessão realizada na noite da ultima segunda feira (09) na
    câmara municipal de vereadores de Angicos o vereador Tiago Braga (PMDB) ao
    fazer uso da palavra na tribuna da casa retirou a sua pré-candidatura a prefeito
    de Angicos e lançou o nome de João Macedo, mais conhecido em nossa cidade como “Joãozinho
    de Chico de Matias”.

    De acordo com o vereador peemedebista Joãozinho é um excelente
    profissional, um ótimo pai de família e é um jovem de ideias inovadoras que
    podem levar o município de Angicos a dar “um salto para o futuro”.

    Tiago Braga disse ainda que retirou sua pré-candidatura, pois
    sente na população angicana certo descredito na classe politica, e, como Joãozinho
    de Chico de Matias nunca ocupou cargo politico poderá despertar o credito dos
    eleitores.
    O vereador fez questão de ressaltar ainda que respeita a pré-candidatura a prefeito de Angicos do seu companheiro “Marcos Loló”, que é também um excelente nome e que
    apresentou o nome de João Macedo como sendo mais uma opção do PMDB para escolha
    dos seus filiados em uma futura convenção do partido.  

    Carro fumacê ainda circula pelas ruas de Angicos

    Num esforço
    concentrado a secretaria municipal de saúde de Angicos junto a gestão do prefeito
    Junior Batista desde o dia 02 de Maio vem mantendo as ações de borrifamento com
    o uso do carro fumacê 
    em todos os bairros de nossa cidade com o objetivo de
    exterminar possíveis focos do mosquito Aedes Aegypti que é o principal vetor da
    dengue, febre chicungunya e zika vírus.


    Na noite de terça feira (10) e na manhã desta quarta feira (11) a nossa reportagem flagrou
    a ação do  veiculo nas ruas do Bairro
    Alto da Esperança (conforme fotos a seguir).




    A secretaria
    municipal de saúde resolveu prolongar o prazo de permanência do veículo em nossa
    cidade a fim de que o seu raio de ação seja sentido em todos os bairros de
    nossa cidade.

    Vale lembrar que pelo fato de Angicos não fazer parte das cidades que tem registro de epidemia das doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti a secretaria estadual de saúde liberou a vinda do veiculo para Angicos, no entanto, a gestão municipal está arcando com todas as despesas como: estadia dos dois manipuladores do veiculo, abastecimento do veiculo, compra do inseticida e do óleo diesel que é misturado ao mesmo. 

    É importante salientar que o carro
    fumacê extermina os mosquitos que estejam voando e o veiculo passa nas ruas
    nestes horários (ao amanhecer e ao entardecer) justamente por questão de estratégia,
    pois, segundo estudos são nesses horários que os mosquitos estão voando e
    picando as pessoas e, por conseguinte transmitindo as doenças. 

    pedimos ainda que os moradores colaborem com a ação do carro
    fumacê abrindo portas e janelas de suas casas para que o inseticida possa
    penetrar e matar possíveis focos do mosquito Aedes Aegypti. É também
    importante que se busque proteger os alimentos, crianças pequenas, pessoas com
    problemas respiratórios e os animais domésticos do raio de ação do
    inseticida.   

    Vereador Jalmir diz que “assina em baixo” proposta do colega Grimaldi sobre manutenção dos “juntos e misturados”, de pesquisa para montar chapa majoritária do grupo e aponta nomes do seu partido

    Nas conversas sobre politica
    que a redação do nosso blog está mantendo com alguns membros da classe politica
    de nossa cidade, desta feita, na noite desta terça feira (10) o nosso “bate
    papo politico” foi com o Vereador Jalmir Dantas do PSB. Jalmir é conhecido na
    politica angicana como um homem inteligente, e, acima de tudo articulador.


    Já no inicio da nossa
    conversa o Vereador Jalmir disse que aprova a proposta do Vereador Grimaldi
    para que seja feita uma pesquisa entre nomes do grupo “Juntos &
    Misturados” informando que essa foi a metodologia usada em 2012 que
    culminou com a eleição de Júnior Batista e Deusdete Gomes, como prefeito e vice
    de nossa cidade.

    Jalmir disse que é favor da
    manutenção do grupo que se uniu em prol da candidatura de Henrique Alves para
    governador em 2014 composto pelos partidos PSB, DEM e PMDB, porque estes
    apresentam ótimos nomes, acrescentando os nomes do vereador  Júnior de Chicola (PCdoB) e do ex-vereador
    Nanau (PTB) que fazem parte de outras agremiações politicas, mais que seus nomes poderão ser inseridos na pesquisa, pois também dispõem de capacidade de administrar Angicos.  

    Quando indagado sobre os
    nomes que ele proporia do seu partido o PSB, Jalmir foi enfático e respondeu de
    pronto que o nome a ser apresentado pelo PSB seria do ex-prefeito Dr. Ronaldo. 



    E
    quando o perguntamos sobre a situação legal de uma candidatura de Dr. Ronaldo,
    o edil angicano disse que, até o presente momento, não existe empecilho para
    que o mesmo dispute a prefeitura.

    “No momento depende tão somente
    do médico aceitar colocar seu nome para a pesquisa”, disse Jalmir.  O
    Vereador finalizou dizendo que, na discordância de Dr. Ronaldo em aceitar uma possível
    candidatura a prefeito de Angicos, o nome da ex-secretária de Educação do
    Município, a sua esposa 
    Cinara Dantas, será o indicado pelo seu partido para a
    pesquisa.
    São dois nomes fortes
    colocados oficialmente, pelo Vereador Jalmir, no xadrez das especulações para
    as eleições de 2016. Vamos aguardar e ver no que vai dar. 



    Nota do Blog: Não temos aqui neste espaço carta branca para defender o vereador Jalmir Dantas, no entanto, fomos nós do blog que cometemos o equivoco de citar alguns nomes sem consultar o edil. Na entrevista Jalmir só citou os nomes do Vereador Junior de Chicola do PCdoB e do ex vereador Nanau do PTB por serem de outros partidos políticos. 


    Pedimos desculpas ao vereador Jalmir e as pessoas que por acaso tenham se ofendido por termos esquecido o nome de alguém, ao tempo em que fizemos as devidas correções de acordo com o que nos fora dito pelo vereador. 

    Após ampla reforma CCI em Angicos retoma as atividades


    O centro de convivência dos idosos – CCI em nossa cidade que é ligado a secretaria municipal de açã social realizou nesta terça feira (09) a reabertura dos trabalhos após s uma ampla reforma que foi patrocinada pela gestão municipal do prefeito Junior Batista.

    A reforma foi total no prédio com pintura, concertos no telhado do prédio e nas instalações elétrica e hidráulica tudo com o objetivo de atender de maneira mais digna aos nossos idosos que frequentam o CCI continuamente.  

    Na cerimônia de inauguração a secretária municipal de ação social Fátima Pessoa usou da palavra e agradeceu a todos os idosos pela presença e disse que o CCI volta a funcionar oferecendo além de lazer aos mesmo como jogos e o tradicional forró nas terças feiras e aos domingos, atendimento com psicologo, enfermeiro, assistente social, entre outros profissionais que farão com que os idosos possam se sentir em sua segunda casa ao frequentar o centro de convivência dos idosos.  

    O prefeito Junior Batista não pôde comparecer ao evento pois se encontra em Brasilia participando da marcha nacional dos prefeitos, no entanto, acompanhou de perto todo o processo de reforma do centro de convivência de idosos de nossa cidade.

    Logos após a cerimônia de inauguração os idosos ficaram a vontade para  praticarem suas atividades de lazer  como jogos e o tradicional forró dos idosos.

    Senado decide pela cassação de Delcídio do Amaral

    O plenário Senado decidiu hoje (10), por 74 votos favoráveis e uma abstenção, cassar o mandato do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS). A votação aberta foi feita por meio de painel eletrônico.
    Delcídio teve o pedido de cassação de mandato por quebra de decoro parlamentar aprovado após um longo processo iniciado logo depois do senador ter sido preso, em novembro do ano passado, por obstrução da Justiça. O senador foi flagrado em conversa com o filho do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, oferecendo propina e um plano de fuga para que Cerveró não firmasse acordo de delação premiada com o Ministério Público no âmbito da Operação Lava Jato.
    Para que o parlamentar perdesse o mandato eram necessários os votos favoráveis da maioria absoluta dos 81 senadores, ou seja, 41 votos.
    A sessão foi aberta no final da tarde de hoje (10) pelo presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), após as falas de integrantes do Conselho de Ética e da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Renan chamou por pelo menos duas vezes Delcídio para se defender, mas sem êxito. Delcídio não compareceu, nem enviou defesa.

    DelcidiodoAmaral

    Diante do fato, Renan suspendeu a sessão por cinco minutos para designar um defensor dativo. “Considerando que, até o momento, [Delcídio] não compareceu a este plenário, eu vou suspender a sessão pelo prazo de cinco minutos para que seja designado um defensor dativo”, disse.


    O servidor do Senado Danilo Aguiar, diretor da Consultoria Legislativa do Senado Federal, foi definido como defensor. O servidor pediu a suspensão do processo com o argumento de que a acusação de obstrução da Justiça carece de inépcia da representação.”Ela [a acusação] implica em fazer representação jurídica, mas não indica fato grave que pudesse ensejar a perda [do mandato]”, disse Aguiar.

    Vereador Grimaldi reafirma pré-candidatura a prefeito de Angicos e diz: “Sou uma opção e não uma imposição”

    Em conversa mantida na noite da última segunda feira (09)
    após sessão que aconteceu na câmara municipal de vereadores de Angicos o Vereador angicano Grimaldi Cosme Alves do Democratas
    nos disse que a sua pré candidatura a prefeito de Angicos continua de pé e
    conta com o respaldo do prefeito Junior Batista que é o presidente de sua
    legenda no município de Angicos além dos deputados José Adécio (Estadual) e
    Felipe Maia (Federal), além é claro de muitos amigos e correligionários aos
    quais o edil angicano vem visitando.
    No entanto Grimaldi fez questão de nos dizer que sua
    candidatura é uma opção e não uma imposição. “Gostaria muito que essa união do
    meu partido o DEM com o PSB e o PMDB que tem como lideres em Angicos o prefeito
    Junior Batista e os ex-prefeitos Doutor Ronaldo Teixeira e Clemenceau Alves
    respectivamente que foi sacramentada nas eleições de governador em 2014 e que
    recebe a alcunha de “juntos e misturados” permanecesse para as eleições municipais
    deste ano”, relatou o vereador.
    Grimaldi disse ainda que esse grupo é muito forte e que
    apresenta ótimas opções para a condução dos destinos dos angicanos nos próximos
    4 anos. 
    Falou também que logo que tenha a oportunidade de se
    encontrar com todas as lideranças do grupo chamado “Juntos e misturados” irá propor
    a realização de uma pesquisa onde 2 nomes de cada partido seja posto para a
    população e os dois mais bem postados em 1º e 2º lugares serão os candidatos a prefeito
    e vice respectivamente.

    Grimaldi fez questão de enfatizar, que, se o seu nome não estiver entre os dois
    mais bem avaliados na pesquisa terá a humildade de apoiar qualquer dos nomes
    que forem postos dentro do grupo “juntos e misturados” de acordo com o resultado da mesma.
    Seria essa uma forma mais democrática e justa de
    escolhermos a nossa chapa majoritária, pois, ela seria sacramentada pelo desejo
    dos angicanos, finalizou o vereador.      



    Fonte: Blog Poder Angicano.

    Família mira e anda em lados opostos

    A exemplo do que aconteceu na eleição passada, no município de Fernando Pedroza, a família Miranda deverá caminhar desunida.
    O ex-prefeito Gondemário de Paula Miranda Júnior, o famoso Gon, lançou como pré-candidata a prefeita, a sua esposa Sandra.
    Já o vereador Mário Miranda, (na foto com o pai Gondemário Miranda) irmão do ex-prefeito Gon, também teve seu nome lançado a pré-candidato a prefeito.
    Mário tem mirado e andado rumo ao Executivo pedrozense desde a eleição passada quando apoiou o primo Sandro Miranda e, do outro lado, o irmão Gon apoiou a candidatura do ex-prefeito José Renato, antes adversários políticos.
    A desunião nunca é salutar, nem mesmo na política quando aos olhos dos eleitores, família que não caminha junta demonstra interesses diversos.
    Com isso, quem deve andar agradecendo pela divisão é o atual prefeito Daniel Pereira, que embora não faça uma administração dos seus sonhos, deverá lutar para ser reeleito.
    Fonte:aclecivamsoares.com.br

    Em Brasilia, Prefeito Junior Batista participa de plenárias na 19ª edição da marcha nacional dos prefeitos

    A Marcha
    a Brasília em Defesa dos Municípios é uma mobilização democrática, realizada
    anualmente desde 1998, e tornou-se o maior evento político do Brasil, contanto
    com a presença de mais de 5 mil participantes: prefeitos, secretários
    municipais, vereadores, senadores, governadores, parlamentares estaduais e
    federais, ministros e presidentes da República.
    Durante o
    evento são discutidas questões que influenciam o dia-a-dia dos Municípios e são
    apresentadas as reivindicações do movimento municipalista.
    A 19ª
    edição da marcha dos prefeitos dos municípios brasileiros é realizada
    pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e começou na segunda feira dia 09 de Maio e se estende até quinta feira dia
    12. 
    Durante
    esta terça feira (10) o prefeito Junior participou de plenárias que
    estão sendo realizadas no centro internacional de convenções em Brasilia. 
    As
    palestras foram conduzidas por políticos como a Senadora Ana
    Amélia do PP do Rio Grande do Sul, pelo presidente nacional da CNM
    Paulo Ziukoski e por autoridades como o Ministro chefe do tribunal de contas da
    união Aroldo Cedraz.
    As
    discussões giraram em torno do não pagamento de um por cento do fundo de
    participação dos municípios (FPM), a lei N° 13.165/2015 com novas instruções
    para as eleições municipais de outubro e as exigências impostas pela legislação
    para o último ano de mandato dos prefeitos.

    O prefeito Junior Batista participou das plenárias desta terça feira (09) ao lado de prefeitos da região central como: Benes Leocádio de Lajes, Jackson Bezerra de Afonso Bezerra, da prefeita de Caiçara do Rio dos Ventos Ceiça Lisboa entre outros. 



    Presidente da Câmara recua e revoga decisão de anular sessão do impeachment

    O presidente em exercício da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), decidiu na madrugada desta terça-feira (10) revogar a decisão que proferiu pela manhã para tentar anular a sessão da Câmara que aprovou a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
    A Secretaria Geral da Mesa da Câmara recebeu a decisão da revogação por volta de 00h20. Maranhão assinou dois ofícios (veja ao final desta reportagem) – um com a revogação da decisão e outro destinado ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), informando sobre a nova deliberação, que deverá ser publicada nesta terça (11). O processo de impeachment tramita desde a semana passada no Senado e será votado no plenário nesta terça-feira (10).
    “Revogo a decisão por mim proferida em 9 de maio de 2016 por meio da qual foram anuladas as sessões do plenário da Câmara dos Deputados ocorridas dias 15, 16 e 17 de abril de 2016, nas quais se deliberou sobre a Denúncia por Crime de Responsabilidade n.1/2015”, diz o texto do ofício assinado por Waldir Maranhão.
    A decisão de Maranhão de tentar anular a sessão da Câmara que aprovou a abertura do processo de impeachment surpreendeu o meio político pela manhã e provocou grande movimentação durante todo o dia. O partido PHS chegou a protocolar no Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido para que a Corte derrubasse a medida tomada por Maranhão.
    Em razão da decisão de Maranhão, colocou-se em dúvida se o resumo do relatórioaprovado pela comissão especial de impeachment seria lido na sessão desta segunda do Senado – exigência para que a matéria seja votada pelo plenário.
    Repercussão da medida

    Depois de reunião com as principais lideranças partidárias do Senado, Renan Calheiros anunciou que, mesmo com a decisão de Maranhão – considerada “intempestiva” –, a leitura do resumo do relatório e a sessão do plenário desta quarta-feira estavam mantidas. Se a abertura do processo for aprovada pelos senadores, Dilma será afastada da Presidência da República por até 180 dias.

    Ao justificar a decisão de tentar anular a sessão da Câmara – e antes de voltar atrás –, Maranhão disse que o objetivo era “salvar a democracia”.
    Dentre as reações à medida de Maranhão, partidos de oposição ameaçavam denunciá-lo ao Conselho de Ética, integrantes da mesa diretora já tinham programado uma reunião para pressionar o presidente interino a revogar a decisão e deputados do PP iniciaram um movimento para expulsá-lo do partido.
    Antes de anunciar a decisão pela manhã, o presidente interino se reuniu duas vezes com o ministro José Eduardo Cardozo, da Advocacia-Geral da União (AGU) – autora do pedido para anular a sessão –, e consultou o governador do Maranhão, Flavio Dino (PCdoB), contrário ao impeachment da presidente Dilma Rousseff.


    Natal amanhece sem ônibus e com protesto e congestionamentos no trânsito

    A terça-feira (10) amanheceu sem ônibus em Natal e com pneus queimados na UFRN. Motoristas e cobradores aderiram à paralisação nacional convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística (CNTT) e não saíram das garagens. Às 9h10, por meio de uma rede social, a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) informou que os ônibus começaram a deixar as garagens das empresas.

    O protesto, de acordo com a direção do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro/RN), era contra o processo de impeachment da presidente Dilma e a possibilidade de perda de direitos trabalhistas.
    Às 8h30, a STTU informou que havia vários pontos de congestionamento, principalmente nas duas pontes que ligam a Zona Norte ao restante da cidade.
    A Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) liberou para que os táxis e ônibus fretados cobrem a tarifa do transporte urbano e circulem pelos corredores exclusivos.
    Outra solução para quem precisa sair de casa eram os veículos alternativos, que seguem circulando normalmente. Os ônibus intermunicipais também estão rodando nesta terça.
    Fogo

    No campus central da UFRN, na Zona Sul da cidade, um grupo de manifestantes ateou fogo em pneus. As chamas obstruíram o tráfego de veículos e impediram a entrada na instituição às margens da BR-101. As aulas ocorrem normalmente, apesar do baixo número de alunos em razão da falta de ônibus. Às 9h, a Polícia Rodoviária Federal informou que o trânsito de veículos fluía normalmente na BR-101, no trecho que corta Natal.



    %d blogueiros gostam disto: