O final de semana passou, e o Hospital Regional de Angicos mais uma vez ficou sem médico.

Quem precisou de atendimento
no Hospital Regional de Angicos neste final de semana, ao chegar àquela unidade
foi esse aviso (da
foto acima)
que encontrou afixado logo na entrada. Agradecemos a
Deus primeiramente porque o final de semana passou. Principalmente pelo fato de
o Hospital Regional de Angicos ter ficado sem médico desde a sexta feira a
noite (12) até o domingo (14). Foram quase 60 horas sem um médico plantonista
para atender a população angicana e de outras cidades da região, pois, o
hospital é regional.

Ficamos aqui imaginando em
meio a um grande surto que estamos vivenciando nas cidades do estado das
chamadas “doenças de verão” que recebeu também a alcunha de “virose da mosca” o
tamanho da aflição das pessoas que chegaram a nossa unidade hospitalar e não
tinha o profissional médico para atendê-los. O que terá feito essas pessoas
que, na maioria das vezes são de baixa renda e não dispõe de condições para
irem a outro hospital em outra cidade que tenha médico.

Aquelas pessoas que dispunha
de condições financeiras e que algum parente seu adoeceu no final de semana
procuraram atendimento no Hospital Regional Nelson Inácio em Assú, era o
caminho mais próximo para recorrer ao socorro médico, e muitas vezes tendo que
providenciar também o veiculo para locomoção, pois o nosso hospital só dispõe
de uma ambulância que é cedida e abastecida pela prefeitura municipal de
Angicos, pois o governo do estado nem uma ambulância após um ano de gestão teve
iniciativa de mandar para o nosso hospital.

Ficamos imaginando ainda
meus amigos o tamanho da aflição dos profissionais de saúde compromissados que trabalham
sobre escala no Hospital Regional de Angicos. Enfermeiros, Técnicos em
Enfermagem, entre outros, vendo os cidadãos chegarem doentes e nada poderem fazer,
pois, precisam de uma avaliação e conseguinte prescrição médica para saber como
proceder com o paciente.

Nas redes sociais
acompanhamos o clamor de algumas pessoas que por estarem doentes provavelmente acometidos
com a chamada “virose da mosca” foram ao hospital local e voltaram para casa,
pois não tinha médico para atendê-los.

O final de semana passou e o
governo do estado nenhuma providência tomou. È meus amigos, o que esperar de um
governo que fala demais, que prega a realização de grandes melhorias no estado,
mais que na verdade isso não passa de propaganda para se promover.

Continuamos aqui neste
espaço aguardando uma atitude por parte do governo do estado em resolver o
problema da falta de médico aos finais de semana no Hospital Regional de
Angicos. Graças a Deus o final de semana passou, pois, pelo menos durante a
semana ficamos tranquilos porque sabemos que temos ótimos profissionais na escala
de plantão daquela unidade hospitalar, ao tempo em que aguardamos e rogamos a
Deus e a boa vontade do Excelentíssimo Senhor Governador Robinson Faria para
que no próximo final de semana o problema da falta de medico no Hospital Regional
de Angicos seja resolvido em nome do clamor da nossa população.   

     
%d blogueiros gostam disto: