No RN Secretaria de Segurança terá R$ 84 milhões para financiamento em 2019

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesed) terá uma verba de R$ 84 milhões para o início dos trabalhos em 2019. O futuro gestor da pasta, o coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, ex-comandante da Polícia Militar, pretende utilizar os recursos para fortalecer a integração das forças públicas no combate da criminalidade.

O recurso é oriundo de convênio com o governo federal. O montante será dividido entre a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). Segundo a atual titular da pasta de Segurança, a delegada Sheila Freiras, o Ministério da Segurança Pública está analisando os projetos enviados pelo governo do Estado. “Os recursos só chegarão no início de 2019”, diz ela.

Ela diz, ainda, que a futura gestão da pasta de Segurança vai ficar em “boas mãos”, pois será administrado, segundo a delegada, por pessoas técnicas e especializadas no setor. “Eu vejo a transição como algo muito tranquila. A escolha feita para a equipe de segurança foi muito boa. Ótimos nomes”, diz.

Ainda de acordo com Sheila Freitas, o sucessor dela na pasta de segurança irá receber os relatórios técnicos, além dos projetos e processos da secretaria ainda esta semana. Ela participou de uma reunião na última segunda-feira, 26, com o coronel Francisco Araújo.

Segundo o ex-comandante da PM, que atualmente é responsável pela segurança institucional da Assembleia Legislativa, ainda é prematuro definir ações de planejamento para a pasta. Ele aguarda as informações prestadas pelo atual governo para traçar um diagnóstico mais concreto sobre o setor.

“Ainda não recebemos as informações sobre a Segurança. Quero unir as equipes, integrar melhor as forças de segurança do Estado com as instituições federais, como o Exército, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e a Agência Brasileira de Inteligência. A minha missão é unir esforços para vencer a criminalidade”, encerra.

%d blogueiros gostam disto: