MP abre inquérito para investigar irregularidade em concurso da PM

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) abriu nesta terça-feira, 15, inquérito civil para apurar caso de favorecimento a um candidato no teste de aptidão física do concurso público para o quadro de praças da Polícia Militar.

Segundo a investigação, o postulante à vaga não conseguiu completar uma das provas do teste físico, mas passou de “inapto” no resultado preliminar para “apto” no resultado final.

De acordo com o responsável pelo inquérito, o promotor Vitor Emanuel de Medeiros Azevedo, a Comissão Especial do Concurso Público terá de enviar ao Ministério Público, dentro do prazo de cinco dias, cópia da gravação do teste de aptidão física, do recurso e do julgamento referentes ao candidato supostamente favorecido.

%d blogueiros gostam disto: