LAMENTAVÉL: Moradores do Santarém clamam por abastecimento d’agua naquela comunidade rural

bc39e9f8-e124-40f2-821e-2bafc801a855A nossa reportagem através do nosso repórter Val Costa esteve presente na manhã desta terça feira, dia 28 de novembro atendendo a convite do alguns moradores da Comunidade Santarém que fica na Zona Rural entre os município de Angicos e Afonso Bezerra onde os mesmos relataram que estão sem água potável em sua cisternas que foram edificadas através do programa 1 milhão de cisternas do governo federal há praticamente 4 meses vazias.  

Segundo o morador da localidade Alexandre Evaristo os carros pipa estão vindo deixar água na comunidade do Santarém de forma bastante irregular, e quando vêm só botam 4 mil litros de água em cada cisterna e que está quantidade do precioso liquido deve durar por um prazo de 30 dias, sendo que a água é utilizada para todos os afazeres domésticos.

A moradora Fátima Nunes clamou em nome de Deus as autoridades políticas do município de Angicos para que deixem de lado a burocracia, pois segundo a mesma existe uma discussão se a comunidade está em território angicano ou se pertence ao município de Afonso Bezerra.

Segundo Dona Fátima todas as famílias que residem naquela comunidade votam e têm todos os seus serviços bancários, entre outros em Angicos, portanto merecem ser atendidos pela gestão de nossa cidade.

“A situação é muito difícil, pois faz tempo que nossas cisternas estão secas e nós estamos quase morrendo de sede”, relatou a moradora Fátima Nunes.

NOTA DO BLOG: Nós que fazemos o Blog Angicos News esperamos sinceramente que se acabe com essa burocracia, pois se existe essa indefinição quanto a localização da Comunidade Rural do Santarém que os prefeitos de Angicos e Afonso Bezerra cheguem numa atitude humanitária e de bom senso para tomarem juntos uma atitude a fim de resolver o problema da falta d’agua naquela comunidade tão castigada pelos efeitos da seca.       972ef084-c68d-4287-b76b-f800d145be3e

9ea81a4b-60d8-416b-8366-c155e5ce2df9Cobertura: Val Costa

Redação: Rogério Magno.