Justiça revoga prisão domiciliar e põe ex-ministro Henrique Alves em liberdade

Ex Ministro Henrique Alves (5)O juiz federal Francisco Eduardo Guimarães concedeu liberdade provisória, na noite da quinta-feira, 12, ao ex-ministro do turismo Henrique Eduardo Alves, que estava em prisão domiciliar desde maio deste ano.

A decisão judicial foi tomada três dias após o depoimento de Henrique Alves para o inquérito da Operação Manus, que apura desvio de recursos durante a construção do Estádio Arena das Dunas, em Natal (RN).

“Após a oitiva de quase uma centena de testemunhas, com todas as provas favoráveis à defesa, o processo caminha a passos largos para a absolvição de Henrique Eduardo Alves”, disse o advogado e Henrique, Marcelo Leal.

Henrique Alves já tinha conseguido liberdade provisória, também no âmbito da Justiça Federal, com relação à Operação Sépsis, sobre o pagamento de propina para ajudar a Odebrecht a obter certificados junto ao fundo de investimento do FGTS.

Portal Agora RN;

%d blogueiros gostam disto: