Institutos preveem mais chuvas para os próximos dias em Natal e interior

09d8a3c424aad7c480a6e23c866ec651

Nas últimas 12 horas, desde a madrugada deste sábado, 17, segundo as estações do Cemaden (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), choveu 75 mm em Ceará-Mirim e 51 mm em Natal e outras dezenas de cidades do Rio Grande do Norte acumulam valores significativos, e a previsão é de possibilidade forte de chuvas amanhã, apesar do sol que faz na capital hoje.

A partir do meio-dia deste sábado, quem mora em Natal sofreu com as situações recorrentes de alagamentos em várias regiões da cidade. No bairro do Alecrim, maior centro comercial popular da capital, o pedestre disputou espaços com os carros para fugir da chuva nas ruas estreitas por causa das bancas de ambulantes.

Nas áreas próximas da pontes de Igapó e Newton Navarro, a partir das 14h30, houve engarrafamentos. Na Estrada da Redinha (Avenida Doutor João Medeiros Filho), pontos de alagamentos próximos ao Rio Doce, provocaram engarrafamentos a exemplo do que ocorreu nos acesso à Ponte de Igapó, zona Norte.

Nos bairros de Tirol e Petrópolis, a Rua Mipibu, em frente ao Colégio Maria Auxiliadora, voltou a alagar como sempre que cai chuva forte e contínua. O mesmo aconteceu no cruzamento da Rua Tuiuti com a Avenida Hermes da Fonseca.

De acordo com o Cemaden, as precipitações são resultado da atuação de grandes áreas de instabilidade associadas à Zona de Convergência Intertropical e aos ventos em altos níveis da atmosfera. Essa confluência de fenômenos ganharam força sobre o Nordeste, principalmente no norte da região.

A segunda quinzena de fevereiro e os primeiros dias de março, segundo o Climatempo, tem previsão de chuvas, mas de chuvas fraca no leste do Nordeste até dia 3 de março.

Pela manhã, a previsão é de muitas nuvens, com temperatura máxima de 28°, umidade do ar de 65° e, apesar do sol, a previsão é de um dia e noite chuvosos. Amanhã, durante todo dia, a situação deverá ser a mesma.

Na no sábado à noite choveu também na Serra de Santana, mas precisamente no município de Tenente Laurentino Cruz e houve ocorrência de muita névoa por causa da altitude local.

Nas últimas 12 horas, desde a madrugada deste sábado, segundo as estações do CEMADEN das respectivas cidades, já choveu cerca de:

102 mm em Fortaleza (CE);

75 mm em Ceará-Mirim (RN);

63 mm em Caucaia (CE);

51 mm em Natal (RN);

50 mm em Lagoa da Pedra (MA);

48 mm em Lago do Junco (MA);

45 mm em Esperantina e

41 mm em Buriticupu (MA);

Outras dezenas de cidades no MA, PI, CE e RN acumulam valores significativos no mesmo período de interesse.

Para os próximos dias, de acordo com mapa de chuva acumulado abaixo, a chuva continua intensa em áreas do MA, PI e CE, inclusive no sertão.

%d blogueiros gostam disto: