Ida de profissionais para o Mais Médicos deixa municípios do RN desassistidos

Mais de 100 médicos deixaram o programa Saúde da Família no Rio Grande do Norte para ingressar no Mais Médicos. A medida esvazia os serviços atenção básica em diversos municípios potiguares, segundo o Conselho Estadual de Secretarias Municipais de Saúde (Cosem).

Das 198 vagas abertas para o Mais Médicos em todo o Estado, segundo o Cosem, 98 delas foram preenchidas por profissionais que saíram das equipes de Saúde da Família. Além disso, outros 12 médicos deixaram a atenção básica nos municípios potiguares e partiram para o programa federal em outros estados.

Ainda segundo o Conselho Estadual de Secretarias Municipais de Saúde, a migração deixou os municípios em uma situação complicada, pois terão de suprir essa necessidade de forma individual.

Com a saída dos médicos cubanos do programa no Estado, 67 municípios ficaram desassistidos no Rio Grande do Norte. Até o momento, 70% dos médicos se apresentaram para iniciar as atividades, sendo que 17 vieram de outros estados e outros 25 nunca estiveram no Cadastro de Estabelecimentos de Saúde (CNES).

A alocação dos médicos nos municípios iniciou no último dia 23 de novembro e segue até 14 de dezembro de 2018.

Portal Agora RN;

%d blogueiros gostam disto: