Fátima defende que Bolsonaro implemente Sistema Único de Segurança Pública

A governadora eleita do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), defendeu nesta quarta-feira, 12, em reunião com demais governadores eleitos do País e o ministro indicado da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que o próximo governo implemente o Sistema Único de Segurança Pública e que recursos federais para a área não sejam contingenciados.

“Não basta ter um fundo e fonte de recursos. É preciso garantir que os recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública e do Fundo Penitenciário Nacional sejam descontingenciados e desburocratizados. Precisamos de orçamento e financiamento para implementar as ações de segurança pública”, disse.

Fátima questionou Sérgio Moro, ainda, sobre o apoio que o futuro governo dará às administrações regionais (estados e municípios) na elaboração de planos na área de segurança.

“Ministro, quais ações efetivas estão sendo adotadas para o plano decenal de segurança pública? O governo aproveitará o plano em discussão no atual Conselho de Segurança? O governo federal será parceiro dos governos estaduais na elaboração dos planos estaduais e municipais?”, perguntou a petista.

Fátima ressaltou também os índices de criminalidade e violência que assola o estado do Rio Grande do Norte. “Vamos implementar um conjunto de ações para reduzir os índices de criminalidade e violência no Estado, como valorização dos policiais, investimentos em inteligência, reestruturação do sistema prisional e políticas de prevenção com foco na educação integral”, garantiu.

%d blogueiros gostam disto: