Em Angicos, manifesto contra a reforma da previdência e cortes na educação mobiliza trabalhadores e entidades sindicais

DSCF3615

DSCF3636Aconteceu na manhã desta sexta-feira, dia 14 de junho na cidade de Angicos a exemplo do que vem sendo registrado em todo o país um manifesto que foi convocado pelas entidades sindicais e que contou com a presença de diversos representantes de classes trabalhistas.

A concentração ocorreu no centro da cidade e contou com a presença de membros de entidades sindicais, professores, funcionários municipais, bancários, estudantes universitários, trabalhadores rurais, mototaxistas, agentes de saúde, técnicos da Ufersa,  dentre outros.

Com o microfone aberto ao público vários represantes de entidades sindicais e dos movimentos estudantis protestaram contra a reforma da previdência e contra os cortes da educação propostas pelo governo federal.

De acordo com o sindicalista Francisco Canindé Dantas de Medeiros, o popular “Caxita”, representante do Sindicatos dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte (SIINTE – RN) o movimento foi positivo aonde conseguimos alcançar uma marca histórica de órgãos públicos que fecharam suas portas em Angicos em protesto, como escolas, bancos, dentre outros.

Na tarde desta sexta-feira (14) os dirigentes sindicais angicanos vão a Natal participar de um grande ato público contra a reforma da previdência proposta pelo governo federal.

DSCF3597

DSCF3600

DSCF3602

DSCF3612

DSCF3616

DSCF3622

DSCF3627DSCF3630DSCF3633DSCF3634

%d blogueiros gostam disto: