Docentes da UERN aprovam adesão à parada geral na sexta-feira (12) Mobilização nacional será realizada contra a proposta de reforma da previdência

Professores e professoras da UERN, reunidos em assembleia na tarde de hoje (09), aprovaram a adesão à paralisação nacional dos trabalhadores e trabalhadoras contra a reforma da previdência apresentada pelo Governo de Jair Bolsonaro.

Em Mossoró, a mobilização unificada será realizada às 6h30, com um café da manhã em frente ao Campus Leste da Ufersa e, em seguida, um ato público em frente à universidade, reunindo trabalhadores e trabalhadoras de diferentes categorias. Também serão realizados diversos piquetes de mobilização em vários pontos da cidade.

Nos campi, a orientação é de que professores e professoras da UERN se integram às atividades unificadas de cada cidade. Maiores informações sobre cada ato podem ser solicitadas à representação sindical nas unidades.

Abaixo assinado –  Um abaixo assinado nacional contra a reforma da previdência estará circulando nos pontos de piquete (veja os pontos no cartaz). Uma cópia do documento também estará disponível na sede da ADUERN para assinatura dos interessados e interessadas.

Assecom – Aduern;

%d blogueiros gostam disto: