Direção do Giselda Trigueiro descarta suspeita de coronavírus em paciente no RN

A direção do Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, descartou a existência do primeiro caso suspeito de coronavírus no Rio Grande do Norte. Um homem de 25 anos, que não teve a identidade revelada, deu entrada no hospital da última quarta-feira (12), por volta das 19h, com febre e tosse.

O homem, morador da cidade Baía Formosa, no litoral Sul do Rio Grande do Norte, alegou ter tido contato com chineses no dia 20 de janeiro em um hotel da praia de Pipa, em Tibau do Sul. Ele não detalhou quando isso aconteceu e afirmou ter começado a apresentar febre e tosse há cerca de uma semana. Atualmente, ele passa por tratamento de leucemia mieloide crônica.

Segundo o infectologista André Prudente, diretor-geral do Hospital Giselda Trigueiro, o caso suspeito está descartado. “Não tem vínculo epidemiológico com a nova doença. Com isso, está clinicamente descartada a suspeita de coronavírus. Além disso, ele não teve contato com possíveis infectados e também não saiu do país”, justificou.

O paciente chegou a ser colocado em isolamento em uma ala do hospital, mas, já no início da noite, ele foi transferido para uma enfermaria. “Após o descarte do caso, já o retiramos do isolamento”, disse André Prudente.

A Secretaria de Estado da Saúde Pública convocou entrevista coletiva para esta sexta-feira (14), às 8h30, na Escola de Governo, para apresentar as informações sobre o caso do paciente que está em observação no Hospital Giselda Trigueiro.

%d blogueiros gostam disto: