DESUMANIDADE: Mototaxista de Angicos é encontrado morto com requintes de crueldade

IMG_20180102_164339561Após 3 dias de muita aflição dos familiares e amigos do Senhor Luís Máximo da Cunha, de 74 anos de idade mais conhecido como “Uite” que atualmente trabalhava como Mototaxista  na cidade de Angicos, infelizmente na tarde desta terça feira, dia 02 de janeiro a procura pelo mesmo teve um desfecho trágico.

O corpo do idoso foi encontrado na zona rural do nosso município nas proximidades da Fazenda Trapiá distante uns 5 km da zona urbana de Angicos.

Pelo que nossa reportagem pôde apurar de acordo com as cenas macabras que presenciamos “Seu Uite” foi morto com requintes de crueldade, provavelmente a pedradas, pois encontramos muitas pedras com marcas de sangue no percurso que fizemos até chegar onde o corpo da vitima foi deixado pelos criminosos.

A imagem é terrível e por respeito à vítima e aos seus familiares não vamos mostrar tais imagem, pois o corpo da vitima devido estar há quase 48 horas no local de mata fechada onde foi localizado por um cidadão que trabalha no zona rural já sofria a ação do tempo e dos animais predadores como os urubus que já estavam dilacerando o corpo da vitima.  

IMG_20180102_164805025

IMG_20180102_165214718

corpo de mototaxi é encontrado4

IMG_20180102_164313868Muitos populares e curiosos compareceram ao local onde o corpo foi encontrado até porque os angicanos não têm o hábito de acompanhar crimes tão violentos como esse em nossa ainda pacata cidade de Angicos em relação a crimes de morte.

Da vitima quem praticou essa crueldade levou sua moto e uma quantia em dinheiro que o mesmo portava no bolso, de acordo com informações que obtivemos junto a familiares. Na cena macabra do crime ficaram os chinelos, boné, relógio e o colete de Mototaxista da vitima que ficou banhado em sangue.

Uma guarnição da policia militar da 2ª companhia de policia de Angicos composta pelo Cabo Alexandre e o Soldado Gomes faziam o resguardo do local até a chegada da equipe do Instituto Técnico e Cientifico de Pericia (ITEP) para a remoção do cadáver para a central do órgão na cidade de Mossoró, e conseguinte liberação para sepultamento.     

Seu Luís Máximo da Cunha conhecido com “Uite” havia sumido desde o último domingo, dia 31 de dezembro do ano passado quando segundo algumas testemunhas teria saído com uma mulher por volta do meio dia das proximidades da Prefeitura Municipal de Angicos. Segundo a passageira ela iria com destino a cidade de Afonso Bezerra.  

Aos familiares do “Seu Uite” o nosso mais profundo pesar pela morte tão trágica e cruel ao qual o mesmo foi submetido por pessoas que às vezes temos duvidas se devem ser chamadas de seres humanos.

As investigações agora ficam a cargo da Policia Civil do nosso município que tentará descobrir que foi ou que foram os autores de tamanha barbárie.  IMG_20180102_164146135

IMG_20180102_164800202

IMG_20180102_164146135

IMG_20180102_164838342

IMG_20180102_164012076

%d blogueiros gostam disto: