Deputado Estadual José Adécio fala sobre sucateamento de hospitais regionais do Estado, citando o de Angicos como exemplo


A saúde pública no Rio Grande do Norte voltou
a ser abordada no plenário da Assembleia Legislativa. Em pronunciamento durante
a sessão ordinária desta quinta-feira (5), o deputado José Adécio (DEM)
enalteceu a mudança de titular na Secretaria de Saúde do Estado e lamentou a
situação dos hospitais regionais dos municípios de João Câmara, Angicos e São
Paulo do Potengi.
“Fiz visita a estes três hospitais e pude
constatar as más condições dessas unidades. 
O hospital de Angicos não tem
médico e o prédio está caindo. Tem uma sala cirúrgica, mas o médico não pode
operar em razão dos problemas estruturais”, disse José Adécio.

O parlamentar comentou ainda a exoneração da
diretora geral do Hospital Regional de São Paulo do Potengi, ocorrida em março.
“Lá estava uma profissional da melhor qualificação, que no Governo anterior foi
responsável por consertar e moralizar a unidade. A decisão do governador
Robinson Faria (PSD) foi irresponsável”, declarou o deputado.

Ainda durante o pronunciamento, José Adécio
lamentou as denúncias de assaltos à unidade da Central de Abastecimento do Rio
Grande do Norte (Ceasa) e, após relembrar algumas passagens de sua trajetória
política, teceu elogios aos governos de Cortez Pereira, Aluizio Alves e
Walfredo Gurgel. Ele salientou que em sua história de 40 anos de vida pública, nunca
foi acusado por improbidade administrativa.
%d blogueiros gostam disto: