Crítica: Se renunciar, Carlos Eduardo cometerá estelionato eleitoral, diz Luiz Gomes

O advogado Luiz Gomes, presidente do PEN/Patriota no Rio Grande do Norte, considera que o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), vai cometer um “estelionato eleitoral” caso renuncie ao cargo para ser candidato a governador nas próximas eleições. Para Gomes, já que o prefeito prometeu durante a campanha de 2016 que cumpriria o mandato integralmente, abdicar seria “enganação ao povo”.

“O prefeito assumiu, para ganhar o voto das pessoas, que em hipótese alguma renunciaria. Agora, pressionado pela cúpula política que o apoia para ser candidato, ele está entre a faca e a espada. Ou ele desagrada à cúpula ou desagrada ao povo, que o elegeu para governar Natal”, argumenta.

Na avaliação do presidente do PEN/Patriota, caso decida ser candidato ao Governo em outubro, Carlos Eduardo precisará justificar sua escolha à população. “Vai ter de explicar, pois, se ele assumiu dizendo que é prefeito, qualquer postura diferente é enganação. Ele deveria ficar no mandato até o final do mandato e acabou”.

Luiz Gomes sinalizou também que o seu partido, atualmente aliado do prefeito no município, poderá romper com Carlos Eduardo caso o pedetista deixe a Prefeitura. “O nosso partido está o apoiando para ele ser prefeito, mas não está dizendo que o apoia para ser governador”, concluiu.

Portal Agora RN;

%d blogueiros gostam disto: