Como prevíamos: Banco do Brasil em Angicos fica superlotado todos os dias depois das explosões das agências de Afonso Bezerra, Pedro Avelino e Lajes

IMG_20170201_104719724_HDRPor Rogério Magno

Pois é meus amigos, nem foi preciso ter uma “bola de cristal” quando fizemos a previsão de que após a explosão por ação de bandidos da agência do Banco do Brasil da cidade de Lajes na última segunda feira, a agência de Angicos iria ficar mais superlota do que já estava, pois já atendia aos clientes das cidades de Afonso Bezerra e Pedro Avelino que também tiveram sua agências explodidas por ação dessas quadrilhas organizadas.

Tudo bem que nesta quarta feira (1º de Fevereiro) está sendo realizado pagamento do estado e também do município, no entanto, é importante enfatizar que, por experiência própria nunca vimos tanta gente dentro do compartimento onde ficam os caixas eletrônicos da agência.  

Essas fotos que postamos foram feitas por voltas das 10 horas da manhã e retrata a realidade pela qual funcionários da agência do Banco do Brasil de Angicos estão passando por ser a única que está em funcionamento na região central.IMG_20170201_104444322_HDR

IMG_20170201_104448892_HDRTinha tanta gente dentro da agência que até o sistema de refrigeração não conseguia dar vencimento ao calor humano dentro da instituição bancária. E ai, partimos para agir com bom senso e solicitamos das autoridades bancarias da ordem regional como o superintendente ou alguém de algum desses cargos burocráticos que procurem de forma urgente solucionar este problema.

É impossível para uma agência que até então atendia as cidades de Angicos e Fernando Pedrosa já de forma deficitária atender agora há mais três cidades da região central. Sabemos que as agências bancárias são universais, no entanto, está inviável do jeito que está. Deve está péssimo para os funcionários o excesso de atendimentos diários e para nós clientes, nem se fala.

É praticamente impossível pensar em resolver algum problema urgente ou sacar algum valor neste período matutino na agência do Banco do Brasil em Angicos, pois, essa superlotação está ocorrendo todos os dias, quer seja no setor de caixas eletrônicos, quer seja no atendimento pessoal.

Ficamos no aguardo de providencias e nos pomos a disposição da gerência local do Banco do Brasil como órgão de imprensa para divulgarmos alguma nota para a resolução deste problema que a instituição deseje divulgar. Mais com a função de ser  “a voz do povo” que a imprensa seria tem essa representatividade continuaremos cobrando.

%d blogueiros gostam disto: