Na Rede Ideal, Supermercado Jota Edílson em Angicos tem material escolar!

IMG_20190105_115624Atenção senhores pais ou responsáveis, chegou material escolar na Rede Ideal, Supermercado Jota Edílson em Angicos.

venham aproveitar o nosso grande sortimento e os melhores preços e condições de pagamento.

Rede Ideal, Supermercado Jota Edílson em Angicos: Rua Luis Torres no Bairro Alto do Triângulo.

Na Rede Ideal, em primeiro lugar vem você!

IMG_20190105_115642

IMG_20190105_115635

Drogaria Angicana: Confiram os produtos em promoção para este mês de Janeiro!

Resultado de imagem para drogaria angicanaA DROGARIA ANGICANA apresenta para seus clientes um MIX de produtos com descontos incríveis para este mês de janeiro. 

CONFIRAM:  

                                                                 APENAS R$ 20,54

a3e4165f-defd-4085-a5ea-a3ee9cf5e6a5                                                                     APENAS R$ 12,70

0643584c-e4a5-41a0-a585-b0e96b4791e0

                                         APENAS R$ 40.65 esse tá com 30% DE DESCONTO

f3a20d51-99ee-4119-98ce-e9a266b65760

                                                                APENAS R$ 20.09

e04f6801-774a-4e2f-ba55-00fe654810a9

                                            APENAS R$ 18.85 esse tá com desconto de 20%

fdf16d18-921e-4155-9e10-b7da4a53e9a5

Fátima diz a prefeitos que fará governo de parcerias

Ao participar da posse da nova diretoria da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), a governadora Fátima Bezerra conclamou os prefeitos a fortalecer o movimento dos governadores do Nordeste em defesa da retomada das obras de infraestrutura nas áreas hídrica, habitacional e de estradas, suspensas pelo governo federal, apesar da importância que elas têm para a região.

As obras, lembrou a governadora, são fundamentais para movimentar a economia e criar as condições para o desenvolvimento do Estado. Citou como exemplo a Barragem Oiticica, na Bacia Piranhas/Açu, projetada para dar segurança hídrica ao Seridó, uma das regiões mais castigadas nesta década em consequência das secas sucessivas.  Também defendeu a retomada dos programas habitacionais pelo que eles significam de cidadania e de importância para a economia.

 “A nossa preocupação é com as crianças que precisam de escola, das pessoas que precisam de assistência à saúde, de emprego. E este é o nosso compromisso: fazer um governo de parceria, de muito diálogo, pautado na união.”

Fátima garantiu que vai cumprir a carta-compromisso elaborada pela Femurn e assinada por ela durante a campanha eleitoral do ano passado e defendeu uma participação maior da União nos recursos destinados à educação básica. “Sei do desafio dos prefeitos no que diz respeito à melhoria da qualidade do ensino. Tenho um desafio pela frente, que é ampliar o ensino de tempo integral e ajudar os municípios a ampliar a oferta de creches.”

Para isso, observou, é necessário antecipar o debate sobre a prorrogação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Como senadora, ela foi relatora de uma emenda à Constituição que prevê não só a prorrogação, mas o fortalecimento do fundo que financia a educação. “Queremos um Fundeb forte, com mais dinheiro do governo federal para os Estados e Municípios.”

Defendeu ainda um movimento articulado, com a participação da sociedade, para que 20% da cessão onerosa do Pré-Sal, no mínimo, sejam destinados a Estados e Municípios. “Ao fazer isso, estamos pautando um tema que é importante para todos nós: a revisão do pacto federativo. Não é correto a União ficar com a maioria do bolo tributário e os estados e municípios, onde vivem os cidadãos, apenas com migalhas.”

Por fim, desejou sorte ao presidente reeleito da Femurn, José Leonardo Cassimiro (Naldinho), prefeito do município de São Paulo do Potengi, ressaltando que o governo estará sempre de “portas escancaradas” para fazer uma gestão compartilhada com os prefeitos e buscar alternativas para superar as imensas dificuldades que vivem, não apenas o Estado, mas também os municípios.

Assecom –  Governo do RN;

Fátima manda carta a Bolsonaro e solicita recursos para retomar obras no RN

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, revelou nesta quarta-feira, 16, durante cerimônia de posse da nova diretoria da Federação dos Municípios do RN (Femurn), ter encaminhado, junto aos demais governadores do Nordeste, uma carta ao presidente Jair Bolsonaro na qual solicita recursos para retomar obras paradas no Estado.

Em seu discurso no evento, a governadora petista afirmou que fez ao presidente as reivindicações prioritárias da sua gestão, como recursos para voltar a tocar obras que estão, neste momento, em estágio lento ou paralisado. Ela deu o exemplo da Barragem de Oiticica, em Jucurutu, que está construção com a finalidade de abastecer boa parte da região Seridó.

“Encaminhamos essa carta ao presidente da República e lá estão as nossas principais reivindicações. Queremos retomar as obras paradas no tocante às estradas, infraestrutura hídrica (…) e também habitacional, pelo que isso significa no campo da cidadania e no ponto de vista econômico”, disse a governadora.

Outra reivindicação encaminhada a Jair Bolsonaro pelo Governo do RN foi a continuidade do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), que destina recursos para estados. O Fundeb precisa ser prorrogado por Bolsonaro para continuar valendo. Segundo a governadora, trata-se de matéria “fundamental para que os planos locais de educação sejam executados, principalmente no que diz respeito a valorização dos profissionais e a oferta de vagas”, completou.

Portal Agora RN; 

Rua Professora Maria Lucia dos Santos, Nº 41 no Centro comercial de Angicos.

Contatos: 3531 – 2409/9 94041 – 7087/ 9 9996 – 4805.

Organização: Chagas Loló e Família!

RESTAURANTE E PIZZARIA MEGA PIZZA LEGAL – DISQUE E RECEBA SUA PIZZA OU QUENTINHA EM CASA PELO ZAP: 9 9812 – 3848 OU PELO 9 9168 – 6121

b427fe27-cf21-49da-8cdc-e24ad37f2b92Mais sabor, e um ambiente aconchegante, é no restaurante e pizzaria Mega Pizza Legal. Sabores incríveis para você. Venha saborear o melhor cardápio de pizza de Angicos nos tamanhos pequena, media, grande e a nossa exclusividade, a gigantona, todas com borda de queijo cheader, catupiry, chocolate ou mesclada inteiramente grátis. E comprando uma pizza grande ou gigantona nas quartas e quintas feiras acompanha um refrigerante de um litro.

Pode pesquisar, temos a melhor e mais recheada pizza da região. Para o almoço temos todos os dias da semana self-service e quentinhas com um precinho especial para estudantes. Oferecemos um cardápio super variado com 7 tipos de carne diariamente. E lembrando ainda que os serviços disk entrega para quentinhas e pizzas são inteiramente grátis. É só ligar e pedir: pelo whatsapp: 9 9812 – 3848 ou ainda pelo fone: 9 9168 – 6121.

Restaurante e pizzaria mega pizza legal: Estamos na Praça José da Penha em frente à Igreja Matriz bem no centro da cidade.

Retiro de carnaval da comunidade católica angicana tem inscrições abertas!

49897031_750701671965222_4317489468845064192_nFoi aberto na noite desta terça-feira, dia 15 de janeiro o período de inscrições par o RENASCER 2019 que é o retiro de carnaval da comunidade católica angicana que é coordenado pela Paroquia de São José dos Angicos e pelo movimento Renovação Carismática Católica. 

O Retiro de carnaval Renascer Angicos acontecerá de 2 á 5 de março nas dependência do Campus da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa). 

Neste ano de 2019 o evento religioso chega a sua 5°edição, repleto de muita alegria que vem de Deus, com pregações, momentos de oração, Adoração ao Santíssimo e muito mais.

Os organizadores estão prometendo que essa será uma data emblemática, já que se celebra 5 anos do retiro de carnaval com para os que desejam participar o período carnavalesco em momentos de oração e louvores a Deus.

Neste ano de 2019 mesmo tendo sido remanejado para a paroquia da cidade de Passa e Fica o ex-vigário paroquial de São José dos Angicos, o Padre Gilmar Victor atendendo a um convite do Pároco Padre Jaílton Soares estará presente no Renascer, ele que, sem duvidas tem sido um dos grandes entusiastas do evento nos últimos anos. 

As inscrições para o Renascer 2019 estão abertas via internet e podem ser feitas no link:  www.renascerangicos.wixsite.com/retirorenascer

Maiores informações sobre o evento poderão ser obtidas na página criada pela organização na rede social Facebook no endereço eletrônico: www.facebook.com/retirorenascer.

Nasce a primeira angicana do ano de 2019, no HOSPITAL DE ANGICOS

                                           Foto autorizada pelos pais do recém-nascido.

Blog Tribuna do Cabugi

Na noite desta segunda-feira, 14, por volta das 23 horas, de parto normal, nasceu a primeira angicana do ano de 2019, no Hospital de Angicos. O médico plantonista responsável pelo parto foi Dr. Núbio Pinto.

O Hospital de Angicos é atualmente administrado pela Prefeitura de Angicos através da Secretaria Municipal de Saúde. 

Existem atualmente profissionais de plantão presencial 24 horas por dia, todos os dias da semana. De fato, podemos observar que foi de grande importância para os cidadãos angicanos a municipalização daquela unidade hospitalar.

Com a municipalização, que contou com a luta e o empenho do Prefeito Deusdete Gomes (PSDB), e da secretária de Saúde, Nataly Felipe, os angicanos voltaram a contar com médicos clínicos com escalas que cobrem 24 horas por dia os seguintes setores: sala de emergência, consultório do Pronto Socorro, enfermaria clínica e enfermaria de internação rápida.

Calendário PIS-Pasep 2018-2019: pagamento de abono salarial para nascidos em janeiro e fevereiro começa na quinta

                         PISTabela PIS 2018-2019 — Foto: Reprodução

Tabela Pasep 2018-2019 — Foto: ReproduçãoComeça a ser pago nesta quinta-feira (17) o abono salarial PIS do calendário 2018-2019, ano-base 2017, para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em janeiro e fevereiro. O PIS é pago na Caixa Econômica Federal.

Também será liberado o Pasep, que é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil, para quem tem final da inscrição 5.

A estimativa da Secretaria do Trabalho, do Ministério da Economia, é que mais de R$ 2,8 bilhões sejam pagos a aproximadamente 3,4 milhões de trabalhadores.

De acordo com o calendário, os nascidos entre janeiro e junho receberão o PIS no 1º trimestre. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho, prazo final para o recebimento.

O valor do abono varia de R$ 83 a R$ 998, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente em 2017.

Tem direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2017. É preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2017.

Trabalhadores da iniciativa privada retiram o dinheiro na Caixa Econômica Federal, e os servidores públicos, no Banco do Brasil. É preciso apresentar um documento de identificação e o número do PIS/Pasep.

No caso do PIS, para quem é correntista da Caixa, o pagamento é feito 2 dias antes do restante dos outros trabalhadores. Já no caso do Pasep, o crédito em conta para correntistas do Banco do Brasil será efetuado a partir do 3º dia útil anterior ao início de cada período de pagamento.

O valor do abono é associado ao número de meses trabalhados no exercício anterior. Portanto, quem trabalhou um mês no ano-base 2017 receberá 1/12 do salário mínimo. Quem trabalhou 2 meses receberá 2/12 e assim por diante. Só receberá o valor total quem trabalhou o ano-base 2017 completo.

Por exemplo, se o período trabalhado foi de 12 meses, vai receber o valor integral do benefício, que é de um salário mínimo (R$ 998). Se trabalhou por apenas um mês, vai receber o equivalente a 1/12 do salário (R$ 83), e assim sucessivamente.

De acordo com a Caixa, quando o saque do PIS não é efetuado, o valor é incorporado ao saldo de quotas. Ao final do exercício financeiro (28 de junho), após a atualização do saldo, os rendimentos são disponibilizados para saque no novo calendário. Os rendimentos variam conforme o saldo existente na conta do PIS vinculada ao trabalhador.

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda no site www.caixa.gov.br/PIS, em Consultar Pagamento. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

G1.com

Conheça novas regras para posse de arma no país

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (15) decreto que flexibiliza as regras para a posse de arma de fogo no país, que já entrou em vigor. O decreto mudou algumas regras, como o prazo de renovação passou para dez anos.

Veja abaixo alguns pontos do novo decreto:

O que muda com o decreto?

O decreto trata da posse de armas, ou seja, o cidadão poder ter uma arma em casa. Com o decreto, poderá adquirir uma arma quem morar em cidade ou estado onde a taxa de homicídios seja superior a 10 para cada 100 mil habitantes, morar em áreas rurais, for dono de estabelecimentos comerciais ou industriais, militares, for agente público que exerce funções da área de segurança pública, administração penitenciária, integrantes do sistema socioeducativo lotados nas unidades de internação, da Agência Brasileira de Inteligência e no exercício do poder de polícia administrativa e correcional em caráter permanente ou for colecionador, atirador e caçador, devidamente registrado no Exército. Antes, a necessidade de ter uma arma era avaliada e ficava a cargo de um delegado da Polícia Federal, que poderia aceitar, ou não, o argumento.

O decreto anterior estabelecia que o registro deveria ser renovado a cada três anos, nos casos em que o Exército é responsável pela expedição, e a cada cinco anos, nas situações sob responsabilidade da Polícia Federal. O decreto publicado hoje unifica esses prazos em 10 anos.

Quem poderá ter a posse de arma?

A posse de arma de fogo de uso permitido pode ser concedida a quem atender aos requisitos dos incisos I a VII do caput do Artigo 12 do Decreto nº. 5.123, de 2004:

I – declarar efetiva necessidade;

II – ter, no mínimo, vinte e cinco anos;

III – apresentar original e cópia, ou cópia autenticada, de documento de identificação pessoal;

IV – comprovar, em seu pedido de aquisição do Certificado de Registro de Arma de Fogo e periodicamente, a idoneidade e a inexistência de inquérito policial ou processo criminal, por meio de certidões de antecedentes criminais da Justiça Federal, Estadual, Militar e Eleitoral, que poderão ser fornecidas por meio eletrônico;

V – apresentar documento comprobatório de ocupação lícita e de residência certa;

VI – comprovar, em seu pedido de aquisição do Certificado de Registro de Arma de Fogo e periodicamente, a capacidade técnica para o manuseio de arma de fogo;

VII – comprovar aptidão psicológica para o manuseio de arma de fogo, atestada em laudo conclusivo fornecido por psicólogo do quadro da Polícia Federal ou por estar credenciado.

Se eu conseguir a posse, isso significa que poderei sair na rua com a arma?

Não. A posse dá direito de manter a arma apenas em casa ou no trabalho. Para sair da residência com a arma, é preciso autorização para o porte, que garante ao cidadão circular com a arma fora de casa, trabalho ou estabelecimento comercial, ou seja, poder andar com ela na rua. O porte de arma não é objeto do decreto.

Quantas armas posso ter registradas em meu nome?

Não existe limite legal da quantidade de armas a serem registradas por cidadão. O decreto presidencial, em algumas situações, limita a aquisição de até quatro armas. Nesses casos, se o indivíduo tiver interesse em adquirir mais armas, deverá comprovar a efetiva necessidade. Se a pessoa tiver mais de quatro armas registradas e comprovar a necessidade de mais, poderá conseguir autorização para compra das demais.

Poderei ter em casa fuzis, metralhadoras ou armas automáticas?

Não, o decreto somente facilita a posse de armas de uso permitido e não inclui armas de uso restrito, como armas automáticas ou fuzis.

Perdi o prazo de regularização das armas. Poderei ser anistiado?

O decreto não prevê anistia para quem perdeu o prazo para recadastramento, que terminou em 2009. Essa medida demanda mudança legislativa, o que só pode ser feita por meio de lei. O decreto prevê a renovação automática dos certificados de registro de arma de fogo expedidos pela Polícia Federal antes da data de publicação do ato, e ainda vigentes, pelo prazo de dez anos.

Por quanto tempo valerá a autorização de posse de arma?

O prazo passou de cinco para dez anos com o decreto

Como faço para solicitar o registro e quais os documentos necessários?

Primeiro, o interessado precisa obter uma autorização da Polícia Federal para comprar a arma. Para isso, deve preencher os requisitos previstos no Artigo 12 do Decreto nº. 5.123, de 2004. Depois de comprar a arma, deve-se ir a uma unidade da Polícia Federal para fazer o registro com os seguintes documentos: requerimento preenchido disponível no site da PF, autorização para adquirir arma de fogo, nota fiscal de compra da arma de fogo e comprovante bancário de pagamento de taxa devida por meio da Guia de Recolhimento da União – GRU.

Onde devo guardar a arma?

Em um local seguro, como um cofre ou um local com tranca, de difícil acesso por parte de crianças, adolescentes ou pessoas com deficiência mental.

Se eu não tiver um cofre para guardar a arma, serei punido?

Se, na residência houver criança, adolescente ou pessoa com deficiência, o interessado deve se assegurar que a arma seja armazenada em segurança, pode ser um cofre ou local com tranca. Será exigido do interessado a apresentação de declaração de que mantém a arma em um cofre ou local com tranca. Se a criança, adolescente ou pessoa com deficiência tiver acesso à arma por falta de cuidado do responsável, este incorrerá na prática do crime de omissão de cautela do art. 13 da Lei nº 10.826/2003, com até dois anos de prisão.

Agência Brasil;

‘Armas terminarão nas mãos dos bandidos’, diz procurador do MPF-RN após decreto

Após o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), ter assinado o decreto que facilita o acesso à posse de arma de fogo na manhã desta terça-feira, 15, várias opiniões distintas foram externadas em todo país.

No Rio Grande do Norte, o procurador Fernando Rocha, do Ministério Público Federal, utilizou o Twitter para criticar a medida assinada pelo novo chefe do Executivo federal.

“Em suma, a classe média terá posse de arma facilitada. O pobre somente poderá ter acesso a armas de forma clandestina e todas elas, clandestinas ou não, terminarão na mão da bandidagem”, escreveu Rocha.

Durante a tarde, uma edição extra do Diário Oficial da União (DOU) publicou o decreto editado por Bolsonaro. Dentre as mudanças, está a ampliação do prazo de validade do registro de armas de 5 para 10 anos.

Portal Agora RN;

Caern em Angicos explica motivos da falta d’água na cidade

Resultado de imagem para caern angicosPor Rogério Magno

A nossa reportagem agindo como deve agir quem faz jornalismo com seriedade esteve na manhã desta terça-feira, dia 15 de janeiro no escritório local da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) aonde fomos muito bem recebidos pelo funcionário de carreira Junior Torres. O nosso objetivo era o de saber de forma oficial os motivos da falta d’água que está sendo registrada por toda a cidade de Angicos.

Segundo Júnior nos informou após a manutenção que foi feita pela engenharia da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) na Adutora Sertão Central Cabugi que abastece a nossa cidade e mais 8 cidades e comunidades rurais da região, manutenção essa que durou 5 dias o abastecimento já estava sendo normalizado, quando na tarde de ontem (14) devido as fortes chuvas caídas na região do vale do Assú a bomba que faz a sucção da água da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves para o Canal do Pataxó que é aonde se localiza o ponto de captação d’água da adutora sofreu uma grave avaria, causada ou por queda de raios ou pelo excesso de chuva.   

A boa noticia é que desde ontem a tarde a equipe de engenharia da Caern já se encontra no local fazendo a troca da bomba de sucção possibilitando assim que nas próximas horas o abastecimento seja normalizado na Adutora Sertão Central Cabugi.

Junior Torres que é funcionário há mais de 20 anos na Caern, e que, tem conhecimento para falar sobre o caso nos explicou e nós repassamos de forma responsável para a população angicana que, quando há uma falta d’água desta natureza se faz necessário reabastecer a cidade de forma gradativa, pois como só temos duas caixas d’água não tem capacidade técnica de soltar o precioso liquido de uma vez só para todos os bairros, pois se corre o risco de sobrecarregar o sistema de vazão de água aqui na cidade causando um problema ainda maior.

Os funcionários da Caern devem seguir as normas técnicas para liberar água para os bairros e dentro de alguns dias toda a cidade estará novamente reabastecida caso não aconteça nenhuma nova pane como a que foi registrada no dia de ontem (14) por um fenômeno da natureza que não tem como se evitar.  

%d blogueiros gostam disto: