PIS/PASEP: Abono salarial começa a ser pago a partir do dia 25 de julho

O abono salarial do PIS/PASEP, exercício 2019-2020, ano-base 2018, começará a ser pago no próximo dia 25 de julho, uma quinta-feira, de acordo com o calendário publicado no Diário Oficial da União de quarta-feira (10).

A estimativa é que sejam pagos R$ 19,3 bilhões a 23,6 milhões de trabalhadores, registra informação do Portal Brasil.

Têm direito ao abono salarial trabalhadores que exerceram atividade com carteira assinada por ao menos 30 dias em 2018 recebendo, em média, até dois salários mínimos. É necessário estar inscrito no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos e ter tido os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

O valor do abono salarial é calculado na proporção um doze avos do salário mínimo vigente na data do pagamento.

A quantia que cada trabalhador vai receber é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente em 2018.

Para os trabalhadores da iniciativa privada, vinculados ao Programa de Integração Social (PIS), é considerado o mês de nascimento.

Quem nasceu de julho a dezembro recebe o PIS ainda este ano.

Já quem nasceu de janeiro a junho terá o recurso disponível em 2020.

Para os funcionários públicos, que fazem parte do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP), o cronograma é feito a partir do dígito final do número de inscrição do referido programa.

Os servidores públicos com dígito final de 0 a 4 recebem este ano.

Já as inscrições com o final de 5 a 9, em 2020.

O fechamento do calendário de pagamento do exercício 2019/2020 será no dia 30 de julho de 2020.

O Ministério da Economia informou que os trabalhadores que tiveram os dados declarados na RAIS 2018 fora do prazo terão o pagamento disponível a partir de quatro de novembro deste ano e, após este prazo, somente no calendário seguinte.

De acordo com o Ministério, os trabalhadores que tiverem os dados dos últimos cinco anos corrigidos e declarados pelos empregadores na Rais também terão seu abono liberado conforme o calendário regular.

Porém, as correções encaminhadas pelos empregadores a partir de 12 de junho de 2020 terão os correspondentes recursos liberados apenas no próximo calendário.

Blog Pauta Aberta;

Golpe virtual promete pagamento do 13º salário do programa bolsa família para beneficiários

Resultado de imagem para golpe virtualUm novo golpe, veiculado por meio de mensagens no aplicativo WhatsApp, promete a liberação instantânea do 13º salário do Bolsa Família para beneficiários do programa.

A mensagem contém um link que redireciona o usuário para uma página onde são solicitados os dados pessoais, como nome completo, CPF e endereço.

Além disso, o site exige que a vítima compartilhe o link com todos os seus contatos para que o pagamento seja efetuado.

O Ministério da Cidadania alerta que não solicita dados pessoais via WhatsApp ou por qualquer outro aplicativo, muito menos o compartilhamento de links como condição para concessão de benefícios do programa Bolsa Família.

A diretora do Departamento de Benefícios, Caroline Paranayba, ressalta que o recebimento do repasse não necessita de fornecimento de nenhuma informação adicional das famílias.

O Governo Federal não faz nenhum tipo de coleta de dados por meio das redes sociais.

Atualização de informações de famílias beneficiárias de programas sociais deve ser feita exclusivamente no órgão responsável do município.

Mais informações sobre o programa Bolsa Família estão disponíveis no endereço eletrônico www.mds.gov.br.

A notícia é propagada por intermédio da página virtual do órgão ministerial.

Simples Nacional: Termina nesta segunda prazo para retorno de pequenas empresas ao sistema

O prazo para que as micro e pequenas empresas (MPE) excluídas do Simples Nacional solicitem retorno ao sistema termina nesta segunda-feira (15).

A orientação consta da Resolução nº 146, do Comitê Gestor do Simples Nacional, da Receita Federal, observa informação do portal da Agência Brasil.

O Simples Nacional é regime tributário diferenciado, que reúne, em um único documento de arrecadação, os principais tributos federais, estaduais, municipais e previdenciários devidos às MPEs.

Conforme detalha a resolução, a possibilidade de retorno se aplica a negócios de pequeno porte que tenham sido retirados do sistema em 1º de janeiro de 2018.

A outra condição é de que tenham aderido ao Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte optantes pelo Simples Nacional (Pert-SN).

É necessário ainda que a MPE não apresente nenhuma das restrições previstas na Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.

De acordo com a lei, não podem aderir ao Simples Nacional, por exemplo, empreendimentos que trabalhem com importação ou fabricação de automóveis e motocicletas.

Atacadistas de cigarros, armas de fogo, pólvoras e explosivos também entram na categoria daqueles que não estão habilitados à inscrição.

Foi publicada em 03 de julho corrente a Resolução do Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) nº 146, de 26 de junho passado, que regulamentou a possibilidade de as empresas excluídas do Simples Nacional em 1º de janeiro de 2018 poderem realizar nova opção por esse regime.

A nova opção foi autorizada de forma extraordinária pela Lei Complementar nº 168, publicada em 12 de junho último.

Blog Pauta Aberta;

Noite/madrugada de “quadrilhas” em Angicos: Bandidos “tocam o terror” com assaltos a pedestres, estudantes e a residências

Resultado de imagem para noite de assaltosA noite e madrugada de sábado para domingo, 13 e 14 de julho respectivamente foi de terror na cidade de Angicos. Enquanto aconteciam um festival de quadrilhas juninas e festa no ginásio de esportes e clube municipal outro de tipo de quadrilha, dessa feita de bandidos tocavam o terror nas ruas da cidade.

As informações chegam ao nosso blog por meio da nossa companheira Andreia Gonçalves do jornalismo da Rádio Cabugí Central de Angicos e também por meio de contatos que a nossa redação manteve com populares.

A primeira queixa foi de um casal de estudantes da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), Campus de Angicos que ao saírem de uma festa que acontecia no clube municipal ao chegarem nas proximidades do Hospital Municipal foram abordados por dois homens em uma moto que encapuzados e armados anunciaram o assalto e levaram os celulares dos dois jovens que são naturais da cidade de Caicó.

Logo em seguida próximo as vítimas foram pessoas que batiam papo de forma saudável na calçada próximo da residência do nosso colega blogueiro Gilberto Rocha que fica na rua Vicente Germano no Bairro Alto do Triangulo também foram abordados por dois homens em uma moto que agiram com o mesmo modus operantes e encapuzados, cor uma arma de fogo em punho e ainda segundo as vítimas muito agressivos levaram todos os celulares destes.

Por fim, temos informações que a residência da professora Iza que também reside na mesma rua do blogueiro Gilberto Rocha foi assaltada por bandidos, só não sabemos informar em relação a esse roubo o que foi levado da residência da vítima.     

Depois de um bom período de paz e sossego em nossa cidade infelizmente os populares arrastões em finais de festa tendo como alvo principal aparelhos celulares como também a residências voltam a aterrorizar a cidade de Angicos.

Vamos aguardar agora uma resposta à altura das autoridades policiais do nosso município, pois do jeito que está não dá para continuar.

O blog Angicos News se coloca à disposição de mais vítimas que possam vir a surgir se assim desejarem se manifestar como também das autoridades policiais do município que quiserem dar alguma satisfação a população angicana através do telefone ou whatssap: 9 9945 – 7585.  

Com informações: Andreia Gonçalves (Rádio Cabugí Central de Angicos)     

Padre Erivaldo vai assumir Paróquia de Afonso Bezerra

O arcebispo metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha, transferiu o Padre Francisco Erivaldo Barboza, até então pároco da Paróquia de São José Operário, em Jandaíra, para a Paróquia de Nossa Senhora das Graças, em Afonso Bezerra.

Lá, ele vai suceder o Padre Antônio Marinho da Silva Neto. Em breve, será anunciada a data de posse canônica do Padre Erivaldo em Afonso Bezerra, assim como o nome de quem vai sucedê-lo em Jandaíra.

Fonte: arquidiocesedenatal.org.br

Tremor de terra com magnitude de 2.5 é registrado em João Câmara, no RN

Estrela mostra epicentro de tremor de terra registrado em João Câmara, no RN — Foto: LabSis/DivulgaçãoUm tremor de terra de magnitude preliminar de 2.5 graus na escala Richter foi registrado na manhã deste sábado (13) em João Câmara, na região da Mato Grande potiguar. O caso aconteceu às 9h56, no horário local, e foi confirmado pelo Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Labsis/UFRN).

O sismo assustou a população da cidade, que relatou ter sentido um forte tremor. O epicentro foi próximo à falha geológica Samambaia, que fica na região, e foi registrado por diversas estações da Rede Sismográfica Brasileira (RSBR).

De acordo com o laboratório, não é possível saber se esse evento é isolado ou o início de um período de intensa atividade sísmica. Na madrugada do último dia 4, um tremor de 1.5 graus também foi registrado na região.

No mapa que abre a matéria, o epicentro do tremor está representado pela estrela vermelha. As estações de João Câmara (ACJC) e de Riachuelo (RCBR) estão representadas por triângulos vermelhos. Já a linha vermelha indica a Falha de Samambaia.

G1.RN

Em entrevista a FM de Angicos “Júnior de Chicola”diz: “Estou preparado para ser prefeito da minha terra”

a68a7ac9-91ac-442f-a00a-a6e7db6f3268Em mais uma rodada de entrevistas com pretensos candidatos a prefeito de Angicos nas eleições do próximo ano a Rádio Comunitária Cabugi Central por meio do programa jornalistico Cabugi Noticias entrevistou na tarde desta sexta-feira, dia 12 de julho o ex-vereador Francisco Batista Filho, popularmente conhecido como “Júnior de Chicola” do PCdoB.

Na entrevista muito bem conduzida pelos apresentadores Wagner Silva e Andreia Gonçalves o ex-vereador respondeu perguntas sobre seu trabalho como vereador por 4 mandatos, fez uma avaliação da atual gestão do prefeito Deusdete Gomes, como também falou sobre suas pretensões politicas para o pleito eleitoral de 2020 em Angicos.

No que tange ao seu trabalho como vereador Júnior disse que foi vereador por 4 mandatos e sempre procurou ouvir e trabalhar pelo povo de sua terra e realizou grandes projetos como, a restauração total do prédio e da mobília da câmara municipal, o plano de cargos e carreira dos servidores do poder legislativo e citou ainda a implantação do telecentro de inclusão digital com 10 computadores novos o que proporcionou cursos básicos de computação há muitos angicanos. “O meu trabalho como edil nesses 4 mandatos chegando a ser presidente da Câmara me qualifica para disputar o pleito de 2020 numa chapa majoritária”, disse Júnior de Chicola.

Em relação a atual gestão municipal em Angicos, Júnior de Chicola disse que não ver o prefeito Deusdete Gomes como uma má pessoa, no entanto, disse que o gestor precisa dar celeridade a muitas obras que têm paradas no município e que precisa resolver alguns casos pontuais, como por exemplo, a ausência de uma casa de apoio para receber os angicanos que vão para consultas médicas no ônibus da saúde em Natal e que, segundo Júnior após realizarem seus atendimentos médicos ficam a deriva na capital do estado a mercê de fome, sede e outras privações tendo em vista que a grande maioria nem dinheiro levam devido as suas condições financeiras.

Por fim, perguntado sobre suas pretensões politicas para as eleições municipais de 2020 em Angicos Júnior de Chicola se disse preparado para junto aos partidos de esquerda encabeçar uma chapa como candidato a prefeito pois se sente preparado e qualificado para ocupar tal cargo tendo muita vontade de fazer nossa cidade se desenvolver e trazendo benefícios ao povo angicano.

No entanto Júnior fez questão de enfatizar que essa não é uma posição de imposição. “Não quero subir na vida politica a galopes, passando por cima de tudo e de todos. Meu nome esta a disposição, mais se decidirem que outro nome é melhor dentro do meu bloco de partidos eu apoiarei e serei candidato a vereador novamente, o importante e está servindo ao meu povo”, encerrou.

Benes Leocádio defende reforma “impopular” e se diz “incompreendido”

O deputado federal Benes Leocádio (PRB) se manifestou em suas redes socais sobre seu posicionamento favorável à reforma da Previdência. Em um vídeo publicado em sua conta no Instagram e Facebook, o parlamentar avaliou a reforma previdenciária como uma medida “impopular”, porém necessária. Benes disse que espera poder dar sua contribuição a favor da reforma, mesmo que acabe popularmente “incompreendido”.

“Respeito aqueles que discordam, mas prefiro acreditar e assumir essa posição porque estar representando uma parte da população do nosso estado, do nosso Brasil, é também a missão de assumir essas posições impopulares, mas que na verdade visam a mudar a realidade que vivemos hoje na economia, que está negativada, na geração de empregos, que tem milhões de pessoas esperando uma oportunidade”, disse.

“Eu espero estar entre esses brasileiros que deram a sua contribuição, mesmo sendo incompreendidos por outros”, afirmou o deputado, avaliando que a economia potiguar vem enfrentando dificuldades, inclusive no Instituto de Previdência Dos Servidores Estaduais (Ipern), que, segundo Benes, “está quebrado”.

Por fim, o parlamentar expressou sua crença de que governos estaduais e municipais façam suas próprias reformas previdenciárias. Ele aproveitou para ressaltar as alterações que foram feitas no texto-base da reforma, tais como remover trabalhadores rurais e manter o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

“Desejo a todos paciência, compreensão e que ao final a gente possa ter melhorias, mudanças e avanços na economia do nosso país, e virarmos essa página negativa”, concluiu.

Assecom – Deputado Federal Benes Leocádio;

RN avalia encurtar prazos de concurso para que novos PMs comecem em 2020

O secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, coronel Francisco Canindé de Araújo, disse que a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, avalia encurtar o cronograma do último concurso da Polícia Militar, para que o novo pessoal seja incorporado já no ano que vem. Segundo o último calendário, divulgado no início deste mês, os novos policiais só começariam a trabalhar em 2021.

“Acreditamos que, na próxima semana, a governadora vai anunciar uma mudança nesse cronograma. Vai haver um encurtamento. Ela garantiu que esse efetivo será incluído antes do que estava previsto no edital. Ela tem total interesse de, no início do próximo ano, esse efetivo ser incorporado às fileiras da PM para fazer o curso”, declarou o coronel, em entrevista ao programa “Manhã Agora”, da rádio Agora FM (97,9). Segundo ele, a governadora potiguar conversa com representantes da Procuradoria Geral do Estado e do Ministério Público para oficializar as mudanças no cronograma.

O mais recente concurso da PM foi iniciado em setembro de 2018. São oferecidas 1 mil vagas para praças, sendo 938 postos para homens e 62 para mulheres.

De acordo com o último cronograma divulgado pelo Governo do Estado, o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), responsável pela aplicação das provas, tem até o final deste mês para concluir a reclassificação e a correção da redação. Depois disso, estão previstas cinco etapas, nas quais serão realizados exames clínicos dos candidatos, testes de aptidão física, exame psicológico, investigação social e avaliação de títulos. Essa etapa final está prevista para ser concluída apenas em junho do ano que vem. Depois dela ainda vem o curso de formação dos praças, com previsão de duração de nove meses e meio.

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte não tinha concurso público desde 2005. Atualmente, segundo o coronel Araújo, o déficit no efetivo da corporação é de 50%. “Está previsto um efetivo de 14 mil policiais e temos por volta de 7 mil. Na Polícia Civil, é a mesma coisa, funciona com 27% do que é previsto. Hoje a polícia é formada por abnegados com uma sobrecarga de trabalho”, destacou o secretário de Segurança.

Coronel Araújo ressalta que, além de praças, há um déficit grave no corpo de oficiais da Polícia Militar. Ele destacou que faltam principalmente tenentes. O secretário de Segurança enfatizou que recompor o efetivo é uma das duas principais prioridades do governo Fátima Bezerra. A outra meta é regularizar o pagamento de salários o mais rápido possível. “Haverá um concurso para o ingresso no curso de formação de oficiais. A formação também será diferenciada”, explicou, antecipando que o governo buscará celeridade na execução do certame para que o efetivo seja reforçado mais rapidamente.

Assecom – Governo do RN;

PSDB volta a pedir cassação de Zenaide Maia, e processo vai parar no TSE

O processo em que o PSDB pede a cassação do mandato da senadora potiguar Zenaide Maia (Pros) chegou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O caso está sob a relatoria do ministro Jorge Mussi, que vai julgar o recurso dos tucanos a uma decisão da Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte que absolveu a parlamentar de supostas irregularidades cometidas durante a eleição de 2018.

A decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN) foi proferida em 5 de junho. Por sete votos a zero, os juízes potiguares entenderam que as irregularidades apontadas pelo PSDB no processo não eram suficientes para a cassação do mandato da senadora.

O PSDB registra que, entre outras infrações, Zenaide ocultou gastos da ordem de R$ 519 mil de uma de suas prestações de contas. Eleita com mais de 660 mil votos nas eleições de 2018, Zenaide teve as contas reprovadas pela Justiça Eleitoral. Com base na decisão e em um parecer do Ministério Público, o PSDB conclui que houve uma “verdadeira confusão” nas contas de campanha da senadora – o que acabou resultando em uma série de infrações à lei.

A principal infração da campanha de Zenaide teria sido a omissão de despesas na prestação de contas parcial, entregue em agosto de 2018 – no meio da campanha. Os tucanos alegam que uma “série de despesas” foi realizada antes da entrega da prestação de contas parcial, mas os gastos não foram informados à Justiça Eleitoral à época, sendo contabilizados apenas posteriormente.

O PSDB – que teve como candidato ao Senado Geraldo Melo, que terminou em 3º lugar – pede a cassação do mandato de Zenaide por entender que a conduta foi “gravíssima”. O partido registra que praticamente toda a receita da campanha de Zenaide foi composta por recursos públicos. Segundo a prestação de contas oficial da senadora, dos pouco mais de R$ 1 milhão arrecadados, R$ 900 mil foram provenientes dos fundos partidário e de campanha.

“Os recursos advindos do FEFC (Fundo Especial de Financiamento de Campanhas), por se tratarem de fundo público, recursos públicos, devem ser tratados com a maior transparência possível. Não foi o caso, nem de longe, pela candidata. O dinheiro público foi utilizado indevidamente”, frisa o partido, nas alegações finais do processo.

Segundo a defesa de Zenaide transcrita pelo PSDB, “os serviços foram contratados a partir de 15/08/2018, e pagos em data posterior a entrega da prestação de contas parcial, não havendo, no entender da contadoria da candidata, presença de movimentação financeira, mas sim contábil”.

Os tucanos rebatem, afirmando que “a irregularidade escancarou que (…) as contas prestadas não refletiram a efetiva movimentação financeira”. O valor ocultado nos gastos foi de R$ 519.461,20, o que representa 48% de tudo o que foi declarado como receita pela candidata.
Em suas alegações finais, o PSDB aponta ainda outras infrações que teriam sido cometidas pela campanha de Zenaide Maia ao Senado.

Uma das irregularidades, lista o partido, foi o recebimento, pela campanha de Zenaide, de uma doação em cheque acima do valor máximo permitido por lei: R$ 1.064,00. O cheque, no valor de R$ 11 mil, foi depositado pelo marido da senadora, Jaime Calado, atual secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado.

Além disso, a campanha de Zenaide recebeu três depósitos não identificados, no valor total de R$ 1,5 mil. Para corrigir o problema, a contabilidade devolveu os recursos, mas a ação não convenceu ao PSDB. “Não há como se certificar que os respectivos beneficiários das devoluções eram os verdadeiros doadores. E se o dinheiro fosse advindo de uma fonte vedada, como uma empresa, por exemplo?”, acrescenta o partido.

“O que se discute, aqui, não são os tamanhos das doações e arrecadações, mas a quantidade e a qualidade de infrações, que resultam numa total falta de transparência das contas”, diz o PSDB, ainda, nas alegações finais.

RECURSO
No recurso, o PSDB alega que o TRE-RN não observou o que estabelece uma resolução do TSE de 2017.

A norma em questão aponta que doações financeiras de valor igual ou superior a R$ 1.064,10 (mil e sessenta e quatro reais e dez centavos) só poderão ser realizadas mediante transferência eletrônica entre as contas bancárias do doador e do beneficiário da doação, o que teria sido desrespeitado por Zenaide.

Além disso, os tucanos defendem que há uma divergência entre a decisão da Justiça Eleitoral local e decisões do TSE.

Não há prazo para que o ministro Jorge Mussi tome uma decisão no caso.

Portal Agora RN;

Policias Civil e Militar cumprem mandado de Prisão Preventiva expedido pela Comarca de Angicos

Em operação conjunta entre as Polícias Civil e Militar do Município de Angicos, às 14h30 desta última quarta-feira (10.07.2019), a polícia efetuou a prisão de Francisco Fábio da Silva, em cumprimento ao Mandado de Prisão Preventiva expedido pela Comarca de Angicos. 

Após a prisão, Francisco Fábio da Silva, foi encaminhado para o Sistema Penitenciário, onde ficará recolhido a disposição da justiça. A informação chega a redação do Blog Angicos Notícias por meio da Assessoria de Comunicação da Polícia Civil.

Fonte: Policia Civil de Angicos;

Deputado Walter Alves emite nota sobre seu voto a favor da reforma da previdência

Resultado de imagem para walter alvesAtendendo a um solicitação do nosso blog por intermédio do Presidente do MDB em Angicos, o ex-vereador João Maria Pinheiro a assessoria de imprensa do Deputado Federal potiguar Walter Alves (MDB) emitiu nota esclarecendo os motivos que levaram o parlamentar a votar favorável ao projeto de reforma da previdência social proposto pelo atual governo federal.

Eis o conteúdo da Nota; 

Desde a época FHC, todos os governos propuseram modificações na previdência social. Hoje, com mais de 13 milhões de desempregados, o Brasil não pode mais esperar. A reforma da previdência é necessária para o país voltar a crescer com responsabilidade e equilíbrio fiscal.

A proposta do governo Bolsonaro que chegou à Câmara dos Deputados continha equívocos. Por essa razão, sempre me posicionei contrário as propostas com relação ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) e o aumento do tempo de contribuição para a aposentadoria rural. Desde que a proposta chegou, atuei junto à bancada do MDB que fechou questão em torno desses e de outros pontos que foram retirados do texto.

Com as mudanças, é hora de cumprir a missão de votar a reforma, virar essa página, e discutir tantas outras reformas importantes para que o Brasil recupere a sua capacidade de investimento e de gerar emprego e renda.

Ciente dos sacrifícios que essa reforma exige, vejo que se não a fizermos, o povo sofrerá consequências muito piores. Que o Brasil avance e alcance um novo patamar de desenvolvimento econômico e social.

Deputado Federal Walter Alves;

RN tem 44 municípios com o FPM zerado no primeiro repasse de julho

O repasse da primeira parcela do mês de julho do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), realizado pelo Tesouro Nacional nesta quarta-feira, 10, deixou o Rio Grande do Norte com 44 municípios zerados.

Tradicionalmente, o repasse do FPM sofre dificuldades no segundo semestre de cada ano, quando há altos índices de municípios com o fundo zerado, visto que coincide com o período em que a Receita Federal realiza a restituição do Imposto de Renda (IR) de quem pagou a mais no ano anterior.

O FPM é uma transferência constitucional da União para os Estados, calculado em cima da arrecadação do IR e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), e distribuído de acordo com o número de habitantes de cada município.

Atualmente, o Movimento Municipalista Brasileiro reivindica mudanças no pacto federativo para garantir novas receitas e maiores recursos para os municípios.

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (FEMURN) anunciou que a situação dos municípios tende a não se agravar graças ao repasse extra de 1% do FPM nos meses de julho e dezembro.

Os municípios potiguares afetados forma:
• Afonso Bezerra;

• Antônio Martins;
• Apodi;
• Baraúna;
• Caiçara do Norte;
• Caicó;
• Caraúbas;
• Extremoz;
• Felipe Guerra;
• Florânia;
• Galinhos;
• Governador Dix-Sept Rosado;
• Grossos;
• Guamaré;
• Ielmo Marinho;
• Ipanguaçu;
• Jandaira;
• Janduis;
• João Câmara;
• Lagoa D’Anta;
• Lagoa de Velhos;
• Martins;
• Mossoró;
• Paraná;
• Pedra Grande;
• Pedro Avelino;
• Pendências;
• Porto do Mangue;
• Rafael Godeiro;
• Rio do Fogo;
• Santa Maria;
• Santana do Matos;
• Santo Antônio;
• São Bento do Norte;
• São Bento do Trairi;
• São Miguel do Gostoso;
• São Pedro;
• Senador Georgino Avelino;
• Sítio Novo;
• Taípu;
• Tenente Laurentino;
• Tibau;
• Triunfo Potiguar;
• Vila Flor.

Entenda como fica a sua aposentadoria com regras que foram aprovadas na Câmara

Agência Estado

A Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno nesta quarta-feira, 10, o projeto de reforma da Previdência. Depois da segunda votação na Casa, haverá mais mais duas votações no Senado.

Confira abaixo como as mudanças podem afetar sua aposentadoria:

Para quem ainda não trabalha

– Trabalhadores privados (urbanos)

Idade mínima: 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens)

Tempo de contribuição: 15 anos (mulheres) e 20 anos (homens)

– Servidores públicos da União

Idade mínima: 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens)

Tempo mínimo de contribuição: 25 anos, com 10 anos no serviço público e cinco no cargo

– Trabalhadores rurais

Idade mínima: 55 anos (mulheres) e 60 anos (homens)

Tempo de contribuição: 15 anos (ambos os sexos)

– Professores

Idade mínima: 57 anos (mulheres) e 60 anos (homens)

Tempo de contribuição: 25 anos (ambos os sexos)

– Policiais federais, rodoviários federais e legislativos

Idade mínima: 55 anos (ambos os sexo)

Tempo de contribuição: 30 anos (para ambos os sexos, além de 25 anos no exercício da carreira

Para quem já está no mercado de trabalho

A proposta prevê 5 regras de transição para os trabalhadores da iniciativa privada que já estão no mercado. Uma dessas regras vale também para servidores, categoria que também conta com uma opção específica. Para todas as modalidades, vão vigorar por até 14 anos depois de aprovada a reforma. Pelo texto, o segurado poderá sempre optar pela forma mais vantajosa.

– Transição 1: sistema de pontos (para INSS)

A regra é semelhante à formula atual para pedir a aposentadoria integral, a fórmula 86/96. O trabalhador deverá alcançar uma pontuação que resulta da soma de sua idade mais o tempo de contribuição, que hoje é 86 para as mulheres e 96 para os homens, respeitando um mínimo de 35 anos de contribuição para eles, e 30 anos para elas. A transição prevê um aumento de 1 ponto a cada ano, chegando a 100 para mulheres e 105 para os homens.

Exemplo: um trabalhador de 54 anos e 32 de contribuição soma 86 pontos, longe ainda dos 96. E ele só terá direito a pedir aposentadoria em 2028 para receber 100% do benefício calculado.

– Transição 2: tempo de contribuição + idade mínima (para INSS)

Nessa regra, a idade mínima começa em 56 anos para mulheres e 61 para os homens, subindo meio ponto a cada ano. Em 12 anos acaba a transição para as mulheres e em 8 anos para os homens. Nesse modelo, é exigido um tempo mínimo de contribuição: 30 anos para mulheres e 35 para homens.

– Transição 3: pedágio de 50% – tempo de contribuição para quem está próximo de se aposentar (para INSS)

Quem está a dois anos de cumprir o tempo mínimo de contribuição que vale hoje (35 anos para homens e 30 anos para mulheres) ainda pode se aposentar sem a idade mínima, mas vai pagar um pedágio de 50% do tempo que falta. Por exemplo, quem estiver a um ano da aposentadoria deverá trabalhar mais seis meses, totalizando um ano e meio. O valor do benefício será reduzido pelo fator previdenciário, um cálculo que leva em conta a expectativa de sobrevida do segurado medida pelo IBGE, que vem aumentando ano a ano.

– Transição 4: por idade (para INSS)

É preciso preencher dois requisitos. Homens precisam de ter 65 anos de idade e 15 anos de contribuição. Mulheres precisam ter 60 anos de idade e 15 de contribuição. Mas, a partir de janeiro de 2020, a cada ano a idade mínima de aposentadoria da mulher será acrescida de seis meses, até chegar a 62 anos em 2023. Além disso, também a partir de janeiro de 2020, a cada ano o tempo de contribuição para aposentadoria dos homens será acrescido de seis meses, até chegar a 20 anos em 2029.

– Transição 5: pedágio de 100% (para INSS e servidores)

Para poder se aposentar por idade na transição, trabalhadores do setor privado e do setor público precisarão se enquadrar na seguinte regra: idade mínima de 57 anos para mulheres e de 60 anos para homens, além de pagar um “pedágio” equivalente ao mesmo número de anos que faltará para cumprir o tempo mínimo de contribuição (30 ou 35 anos) na data em que a PEC entrar em vigor.

Por exemplo, um trabalhador que já tiver a idade mínima mas tiver 32 anos de contribuição quando a PEC entrar em vigor terá que trabalhar os 3 anos que faltam para completar os 35 anos, mais 3 de pedágio.

– Transição específica para servidores

Para os servidores públicos, está prevista também uma transição por meio de uma pontuação que soma o tempo de contribuição mais uma idade mínima, começando em 86 pontos para as mulheres e 96 pontos para os homens.

A regra prevê um aumento de 1 ponto a cada ano, tendo duração de 14 anos para as mulheres e de 9 anos para os homens. O período de transição termina quando a pontuação alcançar 100 pontos para as mulheres, em 2033, e a 105 pontos para os homens, em 2028, permanecendo neste patamar.

O tempo mínimo de contribuição dos servidores será de 35 anos para os homens e de 30 anos para as mulheres. A idade mínima começa em 61 anos para os homens. Já para as mulheres, começa em 56 anos.

O Baratão da Construção em Angicos: Aqui tem preço baixo de torar!

Sem títuloTudo o que você procura na hora de construir ou reformar você encontra no Baratão da Construção com os melhores preços e as melhores condições de pagamento do mercado!

O BARATÃO DA CONSTRUÇÃO BATE O PREÇO DA CONCORRÊNCIA. TRAGA O SEU ORÇAMENTO QUE BAIXAMOS O VALOR AINDA MAIS!!!

Localizado a Rua Vereador José Alves no Bairro Alto da Esperança!

DROGARIA ANGICANA vai comemorar 2º aniversário com MEGA FESTIVAL DE PRÊMIOS dia 3 de agosto

A Drogaria Angicana vai celebrar o seu 2º ano de fundação, e quem vai ganhar o presente é você amigo cliente. A farmácia mais completa da Região Central lança a promoção: “PROMOÇÃO ANIVERSÁRIO DROGARIA ANGICANA”.

Como concorre??? A cada 30 reais em compras na Drogaria Angicana, você recebe uma cartela e vai concorrer a 4 valiosos brindes: Uma geladeira, um micro-ondas, uma TV Led 32 polegadas e UM MIL REAIS em dinheiro! E no intervalo de cada chamada serão sorteados mais 10 brindes extras!

O festival de prêmios será realizado no dia 3 de agosto às 16h em frente à Drogaria Angicana, na Rua Vereador José Alves no Bairro Alto da Esperança.

Agora, é só comprar, ganhar sua cartela e participar festival de prêmios em comemoração ao segundo  aniversário da Drogaria Angicana. CORRA! Quanto mais você COMPRAR, MAIOR É A CHANCE DE GANHAR.

CONFIRA COMO VOTARAM OS DEPUTADOS DO RN NO PRIMEIRO TURNO DA VOTAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Os cinco deputados federais do RN que votaram favoráveis à Reforma da Previdência, , aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados, nesta quarta (10), foram João Maia, Fábio Faria, Beto Rosado,Walter Alves e Benes Leocádio

Os dois deputados do RN que votaram contra foram  Rafael Mota e Natália Bonavides. O deputado General Girão(PSL), ficou ausente da sessão, porque está de licença médica.

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou a reforma, em primeiro turno, com 379 votos a favor do texto-base e 131 votos contra.

Em Angicos, peças e manutenção para o seu carro é na GF AUTO CENTER!

08354b31-0647-4fc9-9142-8a97795b7440Além de todos esses serviços oferecemos ainda aos clientes um Scanner de última geração. O Scanner automotivo é um aparelho que recebe e impulsiona, em tempo real, todos os parâmetros operacionais de injeção eletrônica do veículo, com a função de detectar e corrigir eventuais falhas no sistema.

86e2d06d-2433-47f9-8878-19ccd14b3eb5Trabalhamos com mão de obra especializada, são mecânicos com larga experiência em todos os tipos de veículos .

44588043-39f0-4b60-8684-21545176ad1f

IMG_20190218_082020

IMG_20190218_082541

Temos também aparelho ultra moderno para a limpeza de bicos do seu carro.

Sigam a nossa loja no Instagram no endereço @gfautocenterangicos e fique por dentro das nossas novidades em pecas e serviços.

eeb484fd-b1ca-4ef4-a9d4-f7267429e97a

%d blogueiros gostam disto: