Brasil supera Austrália nos pênaltis e vai à semifinal do futebol feminino

Não podia ser mais tenso. Com direito a disputa de pênaltis e
erro de Marta, a seleção brasileira de futebol feminino superou a Austrália no
Mineirão na madrugada de hoje (13) e está nas semifinais das Olimpíadas de
2016. 
O Brasil dominou a partida, mas não conseguiu balançar as redes.
Depois de um 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação, a torcida explodiu quando
a goleira Bárbara defendeu a cobrança da australiana Kennedy, cravando o placar
de 7 a 6 na disputa de pênaltis.
O Brasil enfrentará agora a Suécia, na próxima terça-feira (16),
no Maracanã. As suecas superaram os Estados Unidos também nos pênaltis, após o
empate de 1 a 1 no tempo normal e na prorrogação. 
O estádio recebeu um bom público. Haviam sido vendidos 52.255
ingressos. Foi a primeira vez nas Olimpíadas que o anel superior do Mineirão
recebeu torcedores para partida de futebol feminino. Nos outros quatro jogos,
foram ocupados apenas assentos do anel inferior.
Espírito olímpico
Além de camisas da seleção brasileira, uniformes de Atlético-MG
e Cruzeiro foram os trajes escolhidos por muitos torcedores. Para o analista de
segurança da informação Plínio Devanier, a partida trouxe o espírito olímpico
para a rivalidade dos dois maiores clubes de Minas Gerais. “As Olimpíadas
favorecem a integração entre os povos. Estamos acolhendo e nos confraternizando
com vários estrangeiros. E a integração entre torcedores rivais é também
fundamental”, diz
Aguardando o início da partida nos arredores do Mineirão,
Plínio, que é atleticano, tomava uma cerveja com o engenheiro civil e
cruzeirense Paulo Henrique de Oliveira. Eles haviam acabado de se conhecer.
“Na partida entre Estados Unidos e Nova Zelândia eu também vim para cá com
um amigo cruzeirense de infância. Foi a primeira vez que viemos juntos a um
jogo de futebol”, diz Plínio.
O engenheiro eletricista mineiro Rafael Lima veio de Fortaleza,
onde mora atualmente, para prestigiar as jogadoras brasileiras. “Já que
não consegui ver essa partida lá, peguei o avião para estar aqui hoje”.
Muitos torcedores vieram ao Mineirão munidos também de cartazes
críticos ao presidente interino Michel Temer. Ao final do primeiro tempo,
torcedores em todo o estádio se manifestaram sobre a situação política do país
aos gritos do “Fora Temer”. Parte dos presentes vaiou o protesto. 
Fonte: Agência Brasil

%d blogueiros gostam disto: