Bancada federal teria indicado cargos da Assembleia, segundo Rita das Mercês; confira a lista

Em delação premiada feita ao Ministério Público Federal, a ex-procuradora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte Rita das Mercês listou todas as indicações ou sugestões de nomes para contratação da Casa de 2006 a 2015. A delatora apresenta apenas planilhas organizadas por ela mesma para acusar dezenas de políticos, agentes públicos, incluindo o poder judiciário e o Tribunal de Contas do Estado.

Rita das Mercês alega que pelo menos 130 servidores comissionados foram indicados pela atual bancada federal do Rio Grande do Norte.

  • O deputado Walter Alves teria indicado 56 pessoas
  • O deputado Rafael Motta teria indicado 32 pessoas
  • O senador José Agripino Maia indicado 19 pessoas
  • O deputado Felipe Maia 5 pessoas
  • O senador Garibaldi uma pessoa
  • O deputado Fábio Faria uma pessoa também

Sobre o deputado Antônio Jácome, a delatora não relaciona todos os nomes, mas afirma que não conhece e nem sabe se efetivamente trabalharam 15 pessoas indicadas pelo parlamentar.

As alegações registradas no Termo de Colaboração número 9, se baseiam nas anotações da ex-procuradora e no seu próprio conhecimento sobre o quadro de pessoal da Assembleia Legislativa no período, ignorando completamente a gigantesca estrutura da sede do poder, seus anexos e representações políticas dos gabinetes pelo Estado.

Blog do BG;

%d blogueiros gostam disto: