Angicos: MPRN apura casos de enriquecimento ilícito, nepotismo e desvio de combustíveis

Um total de três novos procedimentos de apuração foi criado na esfera da representatividade do Ministério Público do RN (MPRN) na comarca que possui sede em Angicos, região Central do estado.

Os atos de criação, chancelados pelo promotor de Justiça Augusto Carlos Rocha de Lima (foto), tiveram publicação neste sábado (06) através do Diário Oficial do Estado.

Uma das averiguações visa verificar o suposto enriquecimento ilícito da servidora pública Carlineide Justina da Silva Almeida, por não cumprir integralmente a carga horária a ela imposta.

Outra peça apurará a suposta prática de nepotismo na Prefeitura de Fernando Pedroza, ação que envolve a administração municipal e outros.

Também se constitui objeto de investigação na instância da Promotoria de Justiça de Angicos a o eventual desvio de combustíveis da Associação dos Pequenos Agropecuaristas do Sertão de Angicos (Apasa), providência que abrange o Posto Angicos, cuja personalidade jurídica é JML Auto Posto de Derivados de Petróleo.

Blog Pauta Aberta (Lúcio Flávio)

%d blogueiros gostam disto: