Angicos: Agente do Ministério Público encaminha arquivamento de algumas averiguações formais

projeto

Tem uma nova quantidade de procedimentos de investigação instaurados na representatividade do Ministério Público do RN na comarca de Angicos que estão tendo iniciado o processo de arquivamento.

O encaminhamento partiu do promotor de Justiçada comarca, bacharel Augusto Carlos Rocha de Lima.

Os comunicados que dão ciência da decisão do fiscal da lei têm publicidade nesta quarta-feira (30) através do Diário Oficial do Estado.

Serão arquivados os seguintes papéis: Inquérito Civil n° 06.2016.00001323-5, com fim de apurar a irregularidade de prédios públicos de propriedade da prefeitura de Fernando Pedroza; Procedimento Preparatório n° 06.2017.00001341-7, com fim de apurar supostas irregularidades na redistribuição de áreas dos agentes comunitários de saúde do município de Angicos; Procedimento Preparatório n° 06.2016.00003369-7, com fim de apurar suposta prática de improbidade administrativa e nepotismo atribuída ao então prefeito de Angicos, Expedito Edilson Chimbinha Júnior; Procedimento Preparatório n° 06.2017.00001468-2, com fim de apurar a ausência de fornecimento de energia elétrica na propriedade de Pedro Roberto de Andrade; Procedimento Preparatório n° 06.2017.00000343-0, com fim de apurar suposta falta de transporte para tratamento de paciente em Natal por parte da Prefeitura de Fernando Pedroza.

Aos interessados fica concedido o prazo de até a data da sessão de julgamento da promoção de arquivamento pelo Conselho Superior do Ministério Público (CSMP), na capital do estado, para, querendo, apresentarem razões escritas ou documentos nos referidos autos.