Madre Alves morre em Natal após ser acometida por Pneumonia

205005Faleceu na noite deste domingo (04), no Hospital São Lucas, em Natal, a religiosa Carmen Alves, 91 anos, irmã do ex-governador Aluízio Alves. Ela estava internada há 15 dias por causa de uma pneumonia.

Madre Alves optou pela vida religiosa ainda jovem, ingressando na Congregação das Irmãs Doroteias.

Já freira, Madre Alves se formou em Letras e Filosofia pela Universidade Federal de Pernambuco, construindo uma história na educação do Rio Grande do Norte por ter dirigido durante 30 anos o Colégio Imaculada Conceição (CIC).

Era irmã do ex-governador Aluízio Alves (1921-2006) e do ex-deputador estadual Agnelo Alves (1932-2015), e morreu no dia do aniversário do sobrinho, senador Garibaldi Filho. Dos irmãos, estão vivos Garibaldi Alves, Neusa Alves Cavalcanti e Lourdes Alves Dias.

Filha de Manoel Alves Filho (Seu Nezinho) e Maria Fernandes Alves (Dona Liquinha), Madre Alves entrou na vida religiosa ainda muito jovem. Estudou Filosofia e Letras na Universidade de Pernambuco e foi diretora do Colégio de Pesqueira e do Colégio São José, em Recife. Depois de vir para Natal, dirigiu o Colégio Imaculada Conceição por 37 anos (1970-2007). Durante esse período, aumentou a oferta de vagas para o ensino médio e dinamizou os cursos noturno para moças, com a criação da escola Paula Franssinete.

O velório ocorrerá no Cemitério Morada da Paz, em Emaús, onde às 15h será celebrada uma missa de corpo presente e às 16h ocorrerá o sepultamento.

NOTA DO BLOG: Prestamos nossa solidariedade à família Alves e lamentamos a partida de Madre Alves, que além de uma grande mulher devotada a Deus e à sua fé, foi um dos importantes nomes da educação no estado.

%d blogueiros gostam disto: