7 deputados e mais de 200 lideranças políticas deverão declarara apoio a candidata Fátima Bezerra no 2º turno

imagemOs deputados mais votados do RN, o estadual Ezequiel Ferreira e o federal Benes Leocádio deverão declarar apoio à candidata Fátima Bezerra, nesta sexta-feira 19. Com eles vão Eudiane Macedo, Dr. Bernardo, Galeno Torquato, Ubaldo Fernandes, o ex-prefeito de Assú, Ivan Júnior, o próximo presidente da CMN, Paulinho Freire, além de Dison, tem outros dois deputados que estão arrependidos de ter declarado apoio ao candidato Carlos Eduardo, querendo voltar atrás e apoiar Fátima.

Além de todos estes deputados, estarão no grupo de Ezequiel e Benes, mais de 200 lideranças políticas no estado.

Os estaduais que vão declarar apoio à Fátima: Ezequiel (PSDB) – 58.221 mil votos Dr. Bernardo (Avante) – 42.049 Galeno (PSD) – 34.532 mil votos Eudiane (PTC) – 22.333 mil votos Ubaldo (PTC) – 20.148 mil votos.

Os federais que vão declarar apoio à candidata: Benes (PTC) – 125.841 mil votos João Maia (PR) – 93.505 mil votos.

Os deputados estaduais que já estão : George Soares (PR) – 34.263 Isolda Dantas (PT) – 32.963 Kleber Rodrigues (Avante) – 32.755 Vivaldo Costa (PSD) – 32.638 Souza (PHS) – 31.097 Francisco do PT (PT) – 23.448 Sandro Pimentel (PSOL) – 19.158.

Os federais que já estão: Natália Bonavides (PT) – 112.998 mil votos Mineiro (PT) – 98.070 mil votos Rafael Motta (PSB) – 82.791 mil votos O apoio foi um consenso generalizado dos deputados e liderança que foram ouvidos, porque ambos os políticos sempre foram respeitados pela candidata ao governo Fátima Bezerra, ao contrário de Carlos Eduardo, que se quer recebia os vereadores para tratar dos assuntos de Natal, quando prefeito.

Então em reunião com todos, foi feita votação, colocada a opinião de cada um e respeitada a maioria absoluta. Todos querem um governador acessível, que possa trabalhar pelos interesses do RN, que não seja arrogante, prepotente, que atenda às demandas dos municípios e os interesses do estado.

Não escolheram o candidato por ter cara de elite não e sim, por ser o candidato que vai trabalhar pelo povão e interesses de todos os setores da sociedade do RN.

O apoio foi restrito ao governo, a eleição de presidente, não foi colocado em pauta, cada um vota em quem quer.

Blog Thalita Moema; 

%d blogueiros gostam disto: