RN tem 54% das cidades com rodízio de abastecimento de água

O Rio Grande do Norte tem 90 municípios, cerca de 54% do total, com rodízio de abastecimento água, segundo informações da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Caern). Além disso, outras sete cidades potiguares estão em colapso hídrico.

Atualmente, não há mais água nas torneiras das residências de Almino Alfonso, João Dias, Luís Gomes, Paraná, Pilões, São Miguel e Cruzeta. Os municípios estão sendo atendidos por carros-pipa.
Segundo a Caern, a falta de chuva deixou em situação crítica boa parte dos reservatórios do Estado. Atualmente, as regiões mais afetadas pela crise hídrica são a do Oeste, Alto Oeste e Seridó.
De acordo com dados da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), o Rio Grande do Norte tem duas bacias hidrográficas completamente secas (Trairi e Jacu). As duas áreas contemplam quatro açudes.

Em Caicó, a Caern deixou de captar água, esta semana, pelo açude Itans e está fazendo a captação no rio Piranhas-Açu, em Jardim de Piranhas, com o transporte de água pela adutora Manoel Torres. O Itans, que está com 5,27% de sua capacidade, ficará como reserva técnica.

Para atender as cidades de Currais Novos, Acari, Bodó, Cerro-Corá, Florânia, Lagoa Nova, Tenente Laurentino Cruz, São Vicente e Jucurutu, que são abastecidas pelo Sistema Produtor Integrado Serra de Santana, foi preciso realocar o ponto de captação na Barragem Armando Ribeiro, afastando 3 Km do ponto anterior.

Em 17 de outubro, em razão da estiagem, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu estado de calamidade em 147 municípios do Rio Grande do Norte.

Em Pau dos Ferros, no início deste mês, a equipe da Caern deslocou as bombas para a parte mais profunda da barragem daquela cidade. A barragem de Pau dos Ferros deverá ter água suficiente para mais quatro meses de abastecimento.

A Caern orienta que a população faça o uso racional da água disponível, principalmente porque os prognósticos apontam que há uma atuação do El Niño, que prejudicará o inverno de 2019.
No RN, as áreas que apresentam melhor situação hídrica ficam na região Leste. As bacias do Boqueirão e Doce estão com 88,79% e 87,78 da capacidade total, respectivamente. As duas reservas atendem as cidades da faixa litorânea potiguar.

Portal Agora RN;

%d blogueiros gostam disto: