EM ANGICOS: Vigilantes fazem movimento grevista contra retirada de seus direitos trabalhistas

Uma centena de vigilantes que exercem suas funções em diversas repartições pelo estado afora esteve na manhã desta quarta feira, dia 28 de fevereiro realizando um movimento grevista pacifico nas imediações do Banco do Brasil em Angicos.

De acordo com alguns vigilantes que conversaram com a nossa reportagem o objetivo do movimento foi o de conscientizar os próprios vigilantes como também a população angicana sobre a importância do movimento que contesta a retirada de direitos por parte dos donos das empresas que usufruem dos serviços prestados por estes profissionais, como por exemplo, a diminuição do horário de almoço para que profissionais que trabalham em banco de uma hora para meia hora, e principalmente a diminuição do período de folga dos vigilantes que deixaria de ser de 36 horas com 12 horas de trabalho, diminuição nos valores das horas noturnas, que somados todas estas perdas geram um prejuízo em torno de 704 reais no salário de cada vigilante.     

O nosso blog registrou ainda a presença do Vereador de Natal Sandro Pimentel que veio a Angicos na qualidade de vigilante prestar sua solidariedade aos colegas de profissão no que tange a retirada de direitos desses.

Segundo ainda Sandro Pimentel é inadmissível a retirada de direitos por parte dos empresários em detrimento dos vigilantes potiguares, pedindo ainda que a população angicana apoie o movimento grevista destes homens que arriscam suas vidas diariamente para proteger o patrimônio de grandes empresas brasileiras.

“O movimento deve continuar até que tenhamos uma resposta positiva por parte das empresas vigilância e dos empresários quanto a manutenção dos nossos direitos adquiridos”, disse Sandro Pimentel.

%d blogueiros gostam disto: