ÓTICA CABUGI: Cuidando para você ter uma visão perfeita!

c0c7f4e4-72fe-43fd-86dc-3005b4a0f581A Ótica Cabugi comunica aos clientes que realiza exames de vista a cada 30 dias com um oftalmologista conceituado, com consultas computadorizadas e exames de fundo de olho.

Informamos que no dia 20 de outubro teremos exames de vista. E na compra do seu óculos de grau a consulta é grátis.

Vá agora mesmo até a Ótica Cabugi e marque a sua consulta. Estamos localizados na Rua Valdomiro Teonácio Bezerra ao lado da Rodoviária no centro comercial de Angicos. 

E ATENÇÃO: COBRIMOS QUALQUER ORÇAMENTO, ENTREGAMOS SEUS ÓCULOS EM ATÉ 24 HORAS DEPENDENDO DO GRAU E PARCELAMOS EM ATÉ 6 VEZES SEM JUROS!

A melhor clínica odontológica de Angicos e região: ODONTO JONNI!

0459a89b-5b7e-4169-95cd-373d3ba96a02

64c53af8-eae8-4974-88c0-64aad1b228e8

ODONTO JONNI: Localizada a Praça José da Penha ao lado da Igreja Matriz no Centro de Angicos.

99472f21-4dab-4b8b-90f2-e105ba22577c

Horários de Atendimento:  das 8 hs ao meio dia

                                                        Segunda feira: manha e tarde 
                                                        Terça feira: manhã 
                                                        Quarta feira: manhã e tarde
                                                        Quinta feira: a tarde
                                                        Sexta feira: manhã 
                                                        e aos Sábados pela manhã

Oferecemos atendimento odontológico para adultos e crianças.

4c701701-2368-4a15-b85a-3132cd6396da

Para você que quer colocar aparelho ortodôntico temos a documentação ortodôntico feita na própria clinica.

Aparelho para raio-x  de última geração. 

5e4d0504-3d77-42b2-9dd1-515c565e25dd

Eleições 2018: tire dúvidas e saiba quem pode e quem não pode votar

Agência Estado

Dentro de uma semana, o Brasil realizará o primeiro turno das eleições gerais de 2018. Mais de 147,3 milhões de eleitores estão aptos a votar para eleger o presidente, governadores dos Estados e o do Distrito Federal, dois senadores (por estado), deputados federais e deputados estaduais/distritais. Estão aptos a votar cidadãos que apresentam situação regular perante a Justiça Eleitoral, ou seja, não têm pendências que os impeçam de exercer o direito ao voto.

As orientações foram divulgadas pela Assessoria de Comunicação do Tribunal Superior Eleitoral.

O voto no Brasil é obrigatório para todo cidadão, nato ou naturalizado, alfabetizado, com idade entre 18 e 70 anos. Para os jovens com idade entre 16 e 17 anos, pessoas com mais de 70 anos e analfabetos, o voto é facultativo.

Não poderá votar o cidadão que não tirou o título de eleitor nem regularizou sua situação perante a Justiça Eleitoral até 9 de maio, data-limite para o alistamento eleitoral visando a participação no pleito deste ano.

Também não pode votar o eleitor cujos dados não figurem no cadastro de eleitores da seção constante da urna, ainda que apresente título de eleitor correspondente à seção e documento que comprove sua identidade.

A regra consta do parágrafo 6.º do artigo 111 da Resolução TSE nº 23.554/2017, que trata dos atos preparatórios para as Eleições 2018.

Nessa hipótese, a mesa receptora de votos deverá registrar a ocorrência em ata e orientar o eleitor a comparecer ao cartório eleitoral a fim de regularizar sua situação.

Está igualmente impedido de votar quem se encontre com o título cancelado (por não ter votado em três eleições consecutivas, nem ter apresentado justificativa de ausência e tampouco pago a multa devida pela irregularidade).

Para efeito dessa regra, considera-se cada turno de um pleito como uma eleição isolada. Além disso, não poderá votar o cidadão que se encontre com os direitos políticos suspensos.

Presos provisórios e adolescentes internos

Dia 9 de maio foi a data-limite para que presos provisórios e adolescentes internados, que não possuíssem título regular, fizessem o alistamento eleitoral ou solicitassem a regularização de sua situação para votar em outubro.

Os presos provisórios e os adolescentes internados também têm o direito de votar, por não estarem com os direitos políticos suspensos (inciso III do artigo 15 da Constituição Federal).

Atualização cadastral

Também o dia 9 de maio foi o prazo máximo para que os eleitores alterassem seus dados cadastrais ou transferissem seu domicílio eleitoral. Desde o fechamento do cadastro, qualquer atualização dos dados somente poderá ocorrer quando for reiniciado o atendimento aos eleitores nas unidades da Justiça Eleitoral, no dia 5 de novembro.

Onde votar?

No dia 7 de outubro, o eleitor pode ir à sua seção eleitoral das 8h às 17h e votar, de acordo com o horário local. Entre outras informações, o título de eleitor traz a zona eleitoral e a seção em que o eleitor vota.

Mas, se o cidadão perdeu o título, ele consegue saber o número do documento no site do TSE. Basta informar o nome, data de nascimento e o nome da mãe.

O eleitor em situação regular também pode obter a via digital do título.

O aplicativo e-Título, está disponível para iPhone (iOS), smartphones (Android) e tablets.

Caso o eleitor já tenha feito o recadastramento eleitoral com coleta de biometria, a versão do e-Título virá acompanhada da fotografia, o que permitirá sua identificação na hora do voto.

Nesse caso, bastará apresentar a versão digital do documento para votar, de acordo com o artigo 111 (parágrafos 3º, inciso I, e 7º) da Resolução TSE nº 23.554/ 2017.

Para quem ainda não fez o recadastramento biométrico, a versão do e-Título será baixada sem a foto. Nessa hipótese, o eleitor está obrigado a levar um documento oficial de identificação com foto para o exercício do voto.

O que é necessário para votar?

O eleitor deve se dirigir à sua seção eleitoral e apresentar ao mesário um documento oficial com foto (carteira de identidade, passaporte, carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista, carteira de trabalho ou carteira nacional de habilitação). Não é obrigatório apresentar o título de eleitor para votar.

#Elenão: Mulheres angicanas realizaram roda de conversa contra Bolsonaro em Angicos neste domingo (30)

 

97d7e2bb-de73-4842-a7c8-255ff31b4207

4c615c9a-0444-450b-8ebc-174eb9c3b152Um movimento de jovens angicanos em sua maioria mulheres foi realizado na tarde deste domingo, dia 30 de setembro em Angicos. 

Nomeado de roda de conversa o movimento reuniu jovens (homens e mulheres) que se posicionam contra a candidatura a presidente de Jair Bolsonaro.

O evento foi aberto a todos que desejaram participar e reuniu um bom numero de participantes até pelo fato de ter sido idealizado a apenas dois dias.

O evento roda de conversa aconteceu por volta das 16 horas na Praça José da Penha na artéria central de nossa cidade contando ainda com a presença de políticos e lideres sindicais angicanos que tiveram o direito de expressar o porque do seu voto contrário ao candidato Jair Bolsonaro do PSL. 

“Os jovens foram mostrando aos presentes os descalabros contidos no chamado plano de governo do candidato Bolsonaro buscando demonstrar porque este candidato não é a melhor opção para o Brasil no momento”, disse-nos Tatiane Azevedo, uma das jovens responsáveis pela organização do evento. Ainda segundo a jovem a roda de conversa foi  apolítico, ou seja não teve o objetivo de defender quaisquer outro candidato a presidente se não mostrar as falhas gritantes contidas no projeto de gestão de Bolsonaro, encerrou Tatiane.  

feb7cf0a-4ca5-411d-b5f1-ab6d9571ec8f

8d02d8ed-734f-4f61-8ab7-6369b6adaedb

67f74752-ae0d-450e-9e49-b908bab0a661

a51c20b4-1e09-419a-9d54-e368af439d13

cf469495-9de8-4b06-b4fd-b81a715ef96b

cfe540a8-2f54-4019-8f54-2139f13611ba

d3f2ca91-b18d-45fc-ad50-40d902a4da6f

Apoiadores de Bolsonaro realizaram carreata em Angicos neste domingo (30)

b2c566b8-02c0-4361-b5d1-90ebc7139d3fOs simpatizantes e apoiadores do candidato a presidência da república Jair Bolsonaro do PSL realizaram em Angicos uma carreata de apoio ao presidenciável neste domingo, dia 30 de setembro.

O evento politico teve inicio as 16 horas partindo de frente ao Ginásio de Esportes Chico Sola no Bairro Alto do Triângulo e percorreu ruas e avenidas encerrando no pátio da Igreja Matriz de São José no centro da cidade.

Representando o candidato a presidente na carreata esteve o Senhor César Arruda que trouxe aos angicanos que apoiam Bolsonaro os votos de agradecimento pela realização do mesmo.

Jair Bolsonaro ocupa o 1º lugar nas pesquisas de opinião pública realizadas pelos mais diversos institutos. Recentemente Bolsonaro foi afastado do pleito eleitoral após ser atingido por um golpe de faca peixeira na região do tórax desferida por Adélio Bispo de Oliveira na cidade de Sete Lagoas no estado de Minas Gerais.

ddc745e4-ebc7-481b-ba03-7262fc78e7ac

85efc253-d796-4f17-a391-fd2b00e6ebca

6ef31c30-4d58-4ead-b774-b18e8127c82174607076-a1fc-472d-ba53-01be5bec1cb3Fotos: Val Costa;

Eleições mudam o início do horário de verão, que terá 15 dias a menos

Agência Brasil

As eleições vão causar mudanças até no cronograma do horário de verão. Tradicionalmente, o início é a partir da meia-noite do terceiro domingo de outubro, mas neste ano foi adiado para dia 4 de novembro – primeiro domingo após o segundo turno. Com 15 dias a menos, o novo horário durará cerca de três meses, até o dia 6 de fevereiro de 2019.

No entanto, é possível que essa data ainda sofra modificações. O Ministério da Educação (MEC) solicitou ao presidente Michel Temer o adiamento do início do horário de verão em razão das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

A avaliação do MEC é que a alteração no horário poderia gerar confusão, fazendo com que candidatos possam perder o exame devido à alteração no horário.

Alterações

A decisão de adiar o início do horário de verão ocorreu no final de 2017, quando Temer atendeu a um pedido do ministro Gilmar Mendes, então presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e assinou um decreto para reduzir o período com o objetivo de evitar conflitos com as eleições.

A expectativa é que a medida dê mais agilidade à apuração dos votos, pois a diferença máxima de fuso horário em relação a Brasília, também durante o segundo turno das eleições, continuará sendo de duas horas e não de três horas, como ocorre a partir da entrada em vigor do horário de verão.

Outro reflexo da medida deve ser percebido na divulgação dos resultados parciais da votação para presidente da República, que só pode começar após a conclusão da votação em todo país.

Estados

Neste ano, municípios do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, do Paraná, de São Paulo, do Rio de Janeiro, Espírito Santo, de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e do Distrito Federal adiantam em uma hora o relógio.

O leste do Amazonas, Roraima e Rondônia deixam o relógio atrasado em duas horas em relação a Brasília, enquanto Acre e parte oeste do Amazonas atrasam o relógio em três horas em relação ao horário oficial do país.

Provas

As datas das provas do Enem foram marcadas para os dias 4 e 11 de novembro. No dia 4, serão aplicadas as questões de linguagem, ciências humanas e redação, com duração prevista de 5 horas e 30 minutos. No dia 11, será a vez das questões envolvendo ciências da natureza e matemática, com duração de 5 horas. A abertura dos portões será às 12h e o fechamento, às 13h.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) não discute a possibilidade de alterar as datas das provas. Caso o pedido não seja acatado, o horário de verão começará à 0h do dia 4 de novembro e terminará em 16 de fevereiro de 2019.

%d blogueiros gostam disto: