No RN, abastecimento de combustíveis deve ser normalizado até segunda-feira (4), diz Sindipostos

Com o fim dos bloqueios realizados por caminhoneiros em rodovias federais e estaduais do Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira (30), postos voltaram a receber combustíveis e disponibilizar à venda. De acordo com o sindicato que representa os donos dos estabelecimentos, a situação deve ficar totalmente normalizada até a próxima segunda-feira (4).

Durante a greve dos caminhoneiros, que durou cerca de 10 dias, o abastecimento de várias cidades do estado ficou crítico. Faltou combustível em postos de pelo menos sete cidades e na região metropolitana, motoristas formaram filas nos postos que ainda contavam com o produto.

De acordo com a entidade que representa os donos de postos, ao longo do período, apenas 80 caminhões chegaram à capital, quando, em circunstâncias normais, cerca de 110 caminhões saem diariamente de Guamaré, a 140 quilômetros de Natal, com destino à região metropolitana.

o fim dos bloqueios realizados por caminhoneiros em rodovias federais e estaduais do Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira (30), postos voltaram a receber combustíveis e disponibilizar à venda. De acordo com o sindicato que representa os donos dos estabelecimentos, a situação deve ficar totalmente normalizada até a próxima segunda-feira (4).

G1.RN; 

Governo corta dotações do SUS e reduz benefícios da indústria para custear diesel

O Governo Federal vai ter que tirar os benefícios de algumas indústrias para não aumentar o rombo nas contas públicas com a redução do diesel. Contudo, não será só isso. Para conseguir viabilizar o desconto, será necessário também cortar dotações orçamentárias de áreas consideradas importantes para o País, como programas de fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

A informação foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira, 31, quando foi detalhada a medida provisória que estabelece o cancelamento dotações orçamentárias em diversas áreas, como programas de fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), concessão de bolsas, aquisição de áreas para a reforma agrária e policiamento de rodovias, entre outras.

No total, foram extintas despesas que somam R$ 1,2 bilhão. A meta é viabilizar recursos para o programa de subsídio do óleo diesel, que manterá preços fixos do combustível até o fim do ano.

O governo também vai usar recursos de reservas de contingência que não estavam sendo usadas porque extrapolam e emenda do teto dos gastos, no valor de R$ 6,2 bilhões, bem como uma outra reserva de capitalização de empresas públicas: R$ 2,1 bilhões.

Além disso, para conceder o desconto adicional de R$ 0,16 por litro do diesel, completando os R$ 0,46 de abatimento total anunciados, o governo contou com a reoneração da folha de pagamentos, já aprovada pelo Congresso Nacional. E tirou benefícios e subsídios das seguintes áreas:

Exportadores – O governo quase que eliminou o benefício ao exportador, por meio do chamado Reintegra. Esse programa “devolve” aos empresários uma parte do valor exportado em produtos manufaturados via créditos do PIS e Cofins. Até o fim de maio, essa devolução está fixada em 2% mas, a partir de junho, será reduzida para 0,1% – valor que vigorava até o fim de 2016. O aumento de arrecadação com essa medida será de R$ 2,27 bilhões neste ano. Antes mesmo do anúncio da retirada do benefício para os exportadores, a Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) afirmou que o chamado Reintegra não deve ser entendido como “renúncia fiscal”, ou seja, perda de arrecadação. Para a AEB, o Reintegra deveria ser entendido como “necessário e permanente mecanismo de ressarcimento parcial do resíduo tributário, pago antecipadamente e indevidamente pelos exportadores nas cadeias produtivas”.

Indústria química – Também está sendo revogado o chamado Regime Especial da Indústria Química (Reiq). O enefício do crédito presumido na exportação está sendo extinto, o que renderá mais R$ 170 milhões aos cofres públicos em 2018. A revogação, porém, só acontecerá dentro de 90 dias, pois há a chamada noventena.

Refrigerantes – Outra medida foi a redução de um crédito que havia no Imposto Sobre Produtos Industriais (IPI) dos chamados “concentrados” para refrigerantes. Antes, o crédito era de 20% e passou, com a medida, para para 4%. A medida renderá R$ 740 milhões ao governo.

Com informações do G1 e da Agência Brasil;

Missa, procissão e última celebração do Padre Severino marcaram a passagem do dia de Corpus Christi em Angicos

34137054_1887024311330587_4925783818666770432_nO dia de Corpus Christi em Angicos que uma data muito importante dentro do calendário religioso da comunidade católica, pois celebra a instituição da eucaristia foi precedido de celebração da santa missa nesta quinta feira, dia 31 de maio às 16 horas na Igreja Matriz de São José dos Angicos.

Em seguida aconteceu a procissão onde no cortejo é conduzido o corpo de cristo simbolizado pela hóstia consagrada, sendo este o único dia no ano em que a presença de Deus no meio dos católicos por meio da hóstia sai de dentro do templo e percorre as ruas da cidade.

No percurso da procissão com o corpo de cristo foram visitadas as sedes dos dois poderes da cidade, o executivo (Prefeitura) onde foi recepcionado pelo Prefeito Deusdete Gomes e secretários da gestão municipal e o legislativo (Câmara de Vereadores) onde foi recepcionado por diversos vereadores presentes ao ato. Em ambas as ocasiões foram proferidas orações enaltecendo a presença do Deus vivo naqueles locais.

Todo o ato celebrativo do dia de Corpus Christi em Angicos foi presidido pelo Pároco Padre Severino Neto que teve nesta solenidade sua última celebração a frente da Paroquia de São José dos Angicos.

Na noite do último domingo, dia 26 de maio o então Pároco anunciou para toda a comunidade católica angicana a sua renuncia ao cargo relatando problemas de saúde para que tal decisão fosse tomada.

Muitos católicos compareceram as celebrações do dia de Corpus Christi em Angicos e aproveitaram a oportunidade para se despedir do Padre Severino que comandou a Paroquia de São José dos Angicos por mais de 7 anos.

Todos os registros fotográficos de nossa matéria foram feitos pelo nosso parceiro Paraíba Fotografias que gentilmente nos cedeu as suas belas imagens captadas.   34050246_1887024224663929_7285229711951659008_n

34321825_1887024194663932_1939004118680993792_n

34274753_1887024137997271_2609440945854218240_n

34051724_1887024274663924_4073510269593059328_n

34177467_1887024171330601_7219593424733732864_n

34146424_1887024127997272_6786158502181076992_n

34066381_1887024184663933_6943974008865947648_n

%d blogueiros gostam disto: