RN pode ter chuvas acima da média até abril

IMG000000000169950A previsão de permanência do Fenômeno La Niña no Oceano Pacífico pelo menos até meados de 2018, associado com a melhora nas condições da temperatura superficial das águas do Oceano Atlântico sul, indicam uma tendência de chuvas de normal a acima do normal para o período chuvoso no semiárido potiguar, que vai de fevereiro a abril de 2018, nesse período chove em média de 500mm a 600mm, principalmente nas regiões Oeste e Central.. Essa informação é de extrema importância não só para o seguimento agropecuário, mas também para toda economia do Rio Grande do Norte, já que 93% do território potiguar é semiárido e tem enfrentado nos últimos anos uma seca severa que resultou nos esvaziamento de reservatórios importantes para o abastecimento da população, solo inapropriado para a agricultura e perdas também na pecuária.

A conclusão foi durante a realização em Fortaleza/ CE do XX Workshop Internacional de Avaliação Climática para o Semiárido Nordestino, pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Além de especialistas da Funceme, participaram do encontro que aconteceu na última semana, estudiosos do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE), do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e meteorologistas dos Centros de Meteorologia da região Nordeste. 

O Mês de dezembro de 2017 apresentou uma característica pluviométrica inerente ao clima semiárido, que é alta variabilidade temporal e principalmente espacial na ocorrência das chuvas. Em algumas regiões ocorrendo chuvas e outras, sem chuvas. Esse comportamento resulta da atuação de sistemas meteorológicos transientes de difícil previsibilidade como é o caso dos Vórtices Ciclônicos de Ar Superior (VCANS) e Frentes Frias, comuns atuarem sobre a região nesta época do ano. A atuação de um vórtice ciclônico de ar superior, presente sobre a região na segunda quinzena do mês, ocasionou chuvas no Litoral, mais concentradas na região da Grande Natal, algumas chuvas isoladas nas Regiões do Agreste, Central e Alto Oeste.  As maiores chuvas mensais foram registradas nos municípios de Água Nova (45,5mm), José da Penha (42,0mm), Major Sales (38,9mm) localizadas no Alto Oeste. No Agreste, destaque para os municípios de João Câmara (28,0mm) e Bom Jesus (16,3mm) e no Litoral Leste para os municípios de Natal (46,9mm) e Ceará Mirim (26,00mm).

O fato de maior destaque em relação aos parâmetros oceânicos/atmosféricos observados durante o mês de dezembro de 2017 foi a permanência do Fenômeno La Niña, ocorrendo com intensidade moderada em grande parte do Oceano Pacífico Equatorial.  Por outro lado, observou-se que as águas superficiais do Oceano Atlântico Norte mantiveram um maior aquecimento em relação as águas superficiais do Oceano Atlântico Sul, mantendo uma incerteza na previsão climática para 2018.

Com a chegada de janeiro de 2018, foi observado uma melhora significativa nas águas superficiais do oceano Atlântico próximo da faixa equatorial e ao longo do litoral nordestino. Essa tendência de aquecimento das águas no Atlântico Sul possibilita uma melhora na ocorrência de chuvas sobre o Nordeste Brasileiro para o período de fevereiro a maio de 2018.

Fonte: EMPARN;

Corpo de Bombeiros alerta para prazos de regularização de eventos carnavalescos no RN

Vistoria-em-Extintores-Fonte-CBOs organizadores de festas carnavalescas no Rio Grande do Norte precisam estar atentos aos prazos para apresentarem a documentação exigida pelo Corpo de Bombeiros Militar do RN (CBMRN), sob o risco de interdição do evento em caso de não-cumprimento das exigências estabelecidas. A Corporação alerta que os organizadores de eventos devem cumprir o que diz a Nota Técnica nº 01/17 que estabelece as condições mínimas necessárias à realização de eventos de reunião pública, eventos temporários, como o Carnaval, bem como outras providências a serem tomadas indispensáveis à segurança do público.

Segundo o Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico do RN’, aprovado em 2017, os promotores de festas devem entregar toda a documentação exigida com pelo menos 10 dias antes da data prevista para realização do evento. Já aqueles que irão promover eventos pré-carnavalescos o prazo já está quase esgotado.

É considerado Evento Temporário, o evento destinado a reunião de público, em que haja a utilização de estruturas provisórias que necessitem de profissional habilitado para o seu projeto e/ou execução, tais como palcos, palanques, arquibancadas, camarotes e assemelhados, trios elétricos, geradores de energia, shows pirotécnicos, som e iluminação, parques de diversão, circos, instalações elétricas de baixa tensão, entre outros.

A fiscalização de um evento temporário, por parte do Corpo de Bombeiros Militar do RN, se dá em dois momentos: a análise do projeto de proteção contra incêndio e controle de pânico, e a vistoria do local.

Para obter melhores detalhes sobre a documentação exigida e os passos a serem seguidos para regularização da folia, o promotor de eventos deve comparecer ao Serviço de Atividades Técnicas (SAT) do Corpo de Bombeiros, situado no cruzamento das avenidas Jaguarari com Alexandrino de Alencar, em Natal, de segunda à sexta, das 8h às 13h.

As informações sobre a Nota Técnica nº 01/2017 que trata sobre a regularização de eventos pode ser obtida pela internet por meio do endereço eletrônico: http://sistemascbm.rn.gov.br/serten/webroot/downloads/NT_01-Eventos_Temporarios-2017.pdf.

Governo do RN oferece pagar juros de empréstimo para compensar atraso de 13º salário

alrnO Governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), fez uma nova convocação extraordinária à Assembleia Legislativa e enviou mais dois projetos de lei que devem integrar o pacote de medidas denominada “RN Urgente”, para recuperação financeira do estado.

Entre as propostas, está uma que autoriza que o Executivo a pagar aos servidores um abono de 12,43% sobre o valor do décimo terceiro de 2017. A medida visa a estimular os servidores a contratarem empréstimos em instituições bancárias. O abono será parcelado em seis vezes e depositado junto com os salários a partir do pagamento de janeiro, e serviria para cobrir os juros dos empréstimos.

De acordo com o que explica o Executivo, o valor que os funcionários públicos podem pegar no banco deve ser o mesmo referente ao 13º salário líquido que está em atraso. Deste modo, os servidores contratariam os empréstimos, parcelariam o valor e, com o abono, que será pago em seis vezes, arcariam com os juros bancários.

Nesta terça-feira (23), os deputados vão votar se acatam ou não a segunda convocação extraordinária do governo somente neste mês de janeiro. Na primeira, foram encaminhados 18 projetos ao Executivo. A maioria ainda está sob análise dos parlamentares, que recusaram votar as propostas em regime de urgência.

A ideia do Executivo é que os servidores que quiserem possam pegar um empréstimo em bancos oficiais que criem linhas de crédito especiais, e paguem à medida que o governo for pagando as parcelas.

“Ademais, as instituições financeiras poderão abrir linha de crédito com condições especiais aos servidores que assim o desejarem, para o crédito da gratificação natalina a que teriam direito em dezembro/2017. Dessa forma, o incluso Projeto de Lei é uma forma de o Estado do RN minimizar os efeitos da crise sobre os seus servidores, empregados, ocupantes de cargo em comissão e pensionistas, proporcionando-lhes saídas no difícil cenário econômico financeiro vigente no País neste momento”, disse o governador na mensagem 191/2018, encaminhada ao presidente do Legislativo, deputado Ezequiel Ferreira.

Outra proposta (mensagem 192/2018) autoriza o governo a extinguir a Empresa Gestora de Ativos do Rio Grande do Norte (Emgern), criada em 2005, e a Empresa Potiguar de Promoção Turística S.A. (Emprotur), que existe desde 2007. Os bens das empresas passam a integrar o patrimônio do Estado.

Tribunal de Contas determina bloqueio das aplicações do Funfirn em bancos

TCE-RN-1-640x449O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) determinou nesta terça-feira, 23, o bloqueio dos recursos referentes ao Fundo Financeiro do RN (Funfirn) e negou a aplicação da Lei Complementar Estadual nº 620/2018, que permitia o uso das aplicações financeiras mantidas com recursos da previdência estadual pelo Instituto de Previdência dos Servidores do Estado do Rio Grande do Norte (Ipern). O Executivo também terá 30 dias devolver valores porventura sacados em razão da Lei Complementar 620/2018.

As multa impostas ao governador do Estado, em virtude de descumprimento das decisões do TCE, foram elevadas para R$ 14.272,55 por dia, em caso de novos saques no fundo financeiro, e R$ 10 mil por dia em caso de não devolução do que possivelmente já tenha sido utilizado. Os valores fixados em decisões anteriores eram de R$ 3 mil. O presidente do IPERN também poderá ser multado por descumprimento no valor de R$ 10 mil.

De acordo com o voto do relator, conselheiro Paulo Roberto Chaves Alves, aprovado por unanimidade na sessão do Pleno, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal deverão ser notificados com urgência acerca da impossibilidade de utilização dos recursos financeiros aplicados em fundos de investimentos. A decisão acolhe integralmente representação assinada pelo procurador-geral do Ministério Público de Contas, Ricart César Coelho dos Santos.

O conselheiro Paulo Roberto Chaves Alves destaca no voto a resistência do Executivo em cumprir decisões anteriores da Corte de Contas. “Deve-se registrar ainda a recalcitrância do Poder Executivo Estadual em cumprir a Decisão deste Tribunal até o presente momento, ao mesmo tempo que envia a Augusta Casa Legislativa Estadual projeto de lei que versa sobre o mesmo objetivo e com os mesmos fundamentos do conjunto legal já apreciado e negado sua aplicação por esta Corte de Contas no exercício de seu controle difuso de constitucionalidade”, disse.

“Não deve a administração pública sob o argumento da crise financeira, que reconheço, é patente e robusta, fazer uso de meios que se encontram à margem do pilar imprescindível da Federação e do nosso ordenamento jurídico, que é a Constituição Federal de 1988. Nem tampouco caminhar em senda distante de um dos seus princípios basilares, o princípio da legalidade”, apontou o relator.

Mesmo com decisões anteriores do TCE impedindo a ação, no último dia 19, o Diário Oficial do Estado trouxe a sanção do governador Robinson Faria (PSD) ao projeto de lei complementar aprovado pela Assembleia Legislativa na véspera que autorizava a retirada de recursos do Funfirn que estão aplicados na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil.

A votação causou discórdia entre os parlamentares, e o placar a favor do governo foi apertado: 14 a 9.

As aplicações, de cerca de R$ 300 milhões, vencem entre 2019 e 2021, e a retirada antes destes prazos pode acarretar multas para o Estado. O Funfirn é um fundo mantido pelo Ipern.

Portal Agora RN;

Sisu 2018 abre inscrições para 239 mil vagas na graduação de universidades públicas

inscricao-sisuAs inscrições para a edição do primeiro semestre de 2018 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começaram na madrugada desta terça-feira (23). Segundo o Ministério da Educação, os candidatos que participaram da edição 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão concorrer a 239.601 vagas de 130 instituições públicas de ensino superior federais e estaduais (universidades, institutos, centros universitários, faculdades e centros de educação tecnológica).

As inscrições poderão ser feitas até as 23h59 desta sexta (26), no horário de Brasília. Elas serão feitas no site do programa: http://sisu.mec.gov.br/. Não é necessário pagar taxas. Para acessar o edital completo, clique aqui.

Entre 2010 e 2016, o número de vagas que as universidades, institutos e faculdades federais e estaduais decidiram destinar ao sistema cresceu mais de quatro vezes, e a concentração do total de vagas ofertadas no ensino superior público do Brasil no Sisu saltou de 10,7% para 43%.

Para participar, é necessário ter tirado nota acima de zero na redação do Enem 2017. Como nos anos anteriores, cada candidato poderá se inscrever em até duas vagas, especificando a ordem de preferência e o turno no qual pretende estudar. Também é necessário definir qual a modalidade no qual o aluno se encaixa – ampla concorrência ou alguma relativa às ações afirmativas (com critérios raciais ou sociais).

Mesmo que o candidato faça sua inscrição no dia 23 de janeiro, ele poderá alterar suas opções até as 23h59 do dia 26. O sistema mostra, a cada dia, uma nota de corte parcial, baseada nas notas das pessoas que já se inscreveram até o momento naquele curso.

Do dia 30 de janeiro até as 23h59 de 7 de fevereiro, os candidatos poderão manifestar interesse em alguma vaga para a qual não foram aprovados na primeira chamada. Só será permitido marcar o curso colocado como 1ª opção na inscrição.

As convocações serão feitas pelas universidades, em calendário definido por elas. Cabe ao candidato acompanhar os prazos.

Inscrições: de 23 de janeiro até as 23h59 de 26 de janeiro de 2018

1ª chamada: 29 de janeiro

Matrículas dos aprovados na 1ª chamada: 30 de janeiro a 7 de fevereiro

Manifestação de interesse na lista de espera: 30 de janeiro até as 23h59 de 7 de fevereiro

Convocações nas demais chamadas: a partir de 9 de fevereiro

As notas do Enem também poderão ser utilizadas na segunda edição do Sisu 2018, que abrirá inscrições no fim de maio.

Fonte: MEC;

TRISTEZA E EMOÇÃO marcam a despedida do povo angicano ao Monsenhor Pinto

FB_IMG_1516661133046Um misto de tristeza e emoção marcou a despedida do povo angicano ao mestre da educação em Angicos, ao conselheiro religioso de muitas gerações de angicanos MONSENHOR PINTO.

A primeira missa de corpo presente foi celebrada ao meio dia desta segunda feira, dia 22 e mesmo diante do forte calor o desejo de ver o Monsenhor pela última vez e prestar-lhe todas as homenagens superou qualquer dificuldade, e os angicanos lotaram a Igreja Matriz de São José dos Angicos para assistir a celebração emocionante da santa missa que foi celebrada pelo Pároco Padre Severino Neto.    f9a2dabf-96f8-45dd-9201-182b0a58ed53

b7c79b20-626a-4ca7-bb4d-35ce3d18eb8e

888c8f1a-dd5a-4605-ad63-0af46e49aca1

0a2523b0-bdf3-4422-bf86-67a781ede04e

2d7f96fa-c8a3-43a3-8ae3-143edf6b1c40Á tarde às 16 horas uma segunda missa foi celebrada, desta feita com a presença do Arcebispo Metropolitano de Natal Dom Jaime Vieira Rocha que veio junto com diversos padres da região e do estado prestar suas últimas homenagens ao homem que dedicou toda a sua vida a pregar a palavra de Deus e a fazer o bem ao povo angicano e de outras cidades da região.

Pessoas advindas de outras cidades as quais o Monsenhor Pinto prestou seus serviços sacerdotais também prestaram homenagens ao mesmo.

Autoridades politicas em nível municipal e estadual também participaram dos atos funerais do Monsenhor Pinto, dentre eles, o Senador Garibaldi Filho que ao ser entrevistado pela nossa reportagem relatou toda a sua tristeza devido a morte do Monsenhor Pinto a quem ele chamou de homem dedicado ao povo e a Deus.

Ao fazer o seu último discurso na presença do corpo do Monsenhor Pinto o Pároco Padre Severino altamente emocionado disse que foi o maior prazer da vida dele ter cuidado do sacerdote durante os 7 anos que está em Angicos dizendo que faria tudo de novo se preciso fosse.

“Procurei dar dignidade ao Monsenhor Pinto, e hoje me sinto com o sentimento de missão cumprida, pois sei que Deus levou o nosso Monsenhor mais que os cuidados necessários para lhe dar dignidade em vida foi feito”, relatou Padre Severino. Que disse ainda: “Foram 7 anos de aprendizado com um homem altamente obediente aos seus bispos e a palavra de Deus, manso de coração, duro muito dificilmente, só quando era preciso e acima de tudo uma pessoa muito politizada e intelectual”, encerrou o Pároco.

Em seguida o Arcebispo Dom Jaime juntamente com o Arcebispo Emérito Dom Matias Patrício e outros sacerdotes presentes fizeram a encomendação do corpo do Monsenhor Pinto e  um cortejo gigantesco se formou para acompanhar o último adeus ao Monsenhor Pinto até o cemitério público municipal de Angicos onde o sacerdote foi sepultado em seu tumulo que já estava construído há mais de 10 anos.

Os padres presentes ao cortejo junto ao povo angicano fizeram  o translado com a urna funerária onde estava o corpo do Monsenhor Pinto, e onde o cortejo passava as pessoas gritavam o nome do sacerdote e o aplaudiam.  DSCF3062

05c8fc8a-7020-4c87-a264-5038d464fb2a

DSCF3027

DSCF3029

DSCF3031

38c657e3-5c3e-4a4f-8172-b1c11bdc79bd

DSCF3044

DSCF3046

DSCF3105

DSCF3097

DSCF3106

dcea92ba-a98f-4568-be38-28b0a0db9c45

b5216018-c7e9-49b4-8d44-74107710355b

27a48573-578c-4965-ab0c-85126f26f511

e1afb137-5cd1-4de0-928e-dd39414aebbc

78a40ac9-9c4d-4f30-923d-16971b4063edOs nossos leitores podem acompanhar toda a comoção dos angicanos no último adeus ao Monsenhor Pinto no vídeo a seguir que foi produzido pelo nosso  competente repórter Val Costa.

Caern realiza manutenção na Adutora Sertão Central nesta terça-feira

projeto

A Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) realiza nesta terça-feira (23) uma manutenção na Adutora Sertão Central.

O serviço terá início às 6h, com previsão de normalização às 17h, adianta informação da assessoria de imprensa da companhia, em Natal. 

A Companhia instalará uma bomba reserva na Estação de Bombeamento, localizada em Angicos, além de duas válvulas na Estação de Bombeamento em Itajá.

Durante o serviço o fornecimento de água ficará suspenso para as seguintes cidades: Angicos, Fernando Pedrosa, Pedro Avelino, Lajes, Riachuelo, Caiçara Rio do Vento, Pedra Petra, Jardins de Angicos, Cachoeira do Sapo e comunidades vizinhas.

A normalização do abastecimento deverá ocorrer nas primeiras horas da quarta-feira (24).

Assecom/CAERN;

Chuvas de janeiro não mudam ‘quadro crítico’ dos reservatórios de água do RN, diz Igarn

armando-1Mesmo após as chuvas registradas por todo o Rio Grande do Norte no último final de semana, as reservas hídricas do estado não tiveram mudança significativa e o quadro permanece crítico, informou nesta segunda-feira (22) o Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn). Os dados estão no relatório da situação volumétrica dos 47 reservatórios com capacidade superior a cinco milhões de metros cúbicos monitorados pelo governo.

Maior reservatório do Estado, com capacidade para 2,4 bilhões de metros cúbicos, a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves continua em volume morto, com 271,845 milhões de metros cúbicos, o que corresponde a 11,33% do total de água que o manancial pode armazenar.

Já a barragem Santa Cruz do Apodi está com 85,628 milhões de metros cúbicos, o que corresponde a 14,28% do seu volume total, que é de 599,712 milhões de metros cúbicos. Já Umari, em Upanema, está com 39,450 milhões de m³, ou 13,47% da sua capacidade de armazenamento.

Dos 47 reservatórios monitorados pelo Igarn, 17 estão secos. Outros 17 estão em volume morto. A bacia Apodi/Mossoró está com 11,95% do seu volume total de armazenamento. Já a bacia Piranhas/Assu está com 11,29% do seu volume total.

De acordo com o Igarn, para que os reservatórios de maior porte consigam armazenar água suficiente, o próximo período de chuvas deve ser dentro da normalidade ou superior à média.

“Continuaremos com as nossas ações de controle, fiscalização e monitoramento, pois ainda não foi possível modificar o quadro crítico e precisamos manter o sistema em operação, sempre buscando reter a maior quantidade de reservas hídricas pelo maior tempo permissível”, diz o diretor-presidente do Igarn, Josivan Cardoso.

Ainda de acordo com ele, mesmo com as recentes previsões de boas chuvas para a próxima quadra chuvosa, é importante que a população potiguar faça o consumo sustentável da água, tanto para garantir a continuidade do abastecimento das cidades que ainda não estão em colapso, quanto para ajudar na recarga dos reservatórios com a chegada da próxima quadra chuvosa.

disponibilidade hídrica total do Rio Grande do Norte é de 4.411.787.259 metros cúbicos. Em 2010 o Estado estava com 73,30% de sua capacidade hídrica e aumentou esse percentual em 2011, devido ao bom período chuvoso o índice chegou a 89,52%. Nos anos seguintes, porém, a estiagem fez esses números caírem drasticamente.

G1.RN;

NOTA DE PESAR DA VEREADORA EDILEUZA PALHARES E FAMÍLIA PELA MORTE DO MONSENHOR PINTO

IMG_3489“A Vida dos justos está nas mãos de Deus” (Sb 3,1)

É com imenso pesar que na noite deste domingo, 21 de  janeiro de 2018 , eu e minha família  recebemos a notícia do falecimento do Reverendíssimo Monsenhor Francisco das Chagas Pereira Pinto.

Monsenhor  Pinto (91 anos) atuou durante mais de 50 anos  como pastor zeloso da Paroquia de São José dos Angicos, realizou diversos trabalhos, orientando comunidades, com forte atuação na área educacional, sendo inclusive professor da disciplina de inglês desta humilde representante do povo angicano.

Rendemos nossa gratidão à Trindade Santa, pela vida e ministério do Reverendíssimo  Monsenhor Pinto, e suplicamos ao Pai, pelo Filho, no Espírito Santo, que receba este sacerdote honroso na eternidade feliz, onde a Igreja, esposa do Cordeiro, eternamente celebrará a vitória sobre a morte.

São estes os votos de pesar da Vereador angicana Edileuza Palhares Lopes e família a esse grande homem angicano: MONSENHOR PINTO. Que Deus o receba com todos as honras de um homem que só fez o bem aqui na terra. 

Câmara Municipal de Angicos emite Nota de Pesar pelo falecimento de Monsenhor Pinto

26814718_580563628945420_4221736745015007286_n

Com profundo Pesar, recebemos na noite deste domingo, a notícia de que Monsenhor Francisco das Chagas Pereira Pinto realizou a sua Páscoa definitiva.

Ficam aqui os seus ensinamentos, e a certeza de que sua Missão aqui na terra se cumpriu. Que Deus o receba de braços abertos.

“Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente”. (Jo 11, 25-26).

Clóves Tibúrcio – Vereador/Presidente, Vereadores e Funcionários que fazem a Câmara Municipal de Angicos.

Arquidiocese de Natal emite nota de pesar pelo falecimento do Monsenhor Pinto em Angicos

26993739_1827305780675919_8900350224797406655_n“Vinde, benditos de meu Pai” (Mt 25,34)

A Arquidiocese de Natal cumpre o doloroso dever de comunicar o falecimento do Monsenhor Francisco das Chagas Pereira Pinto, ocorrido no final da tarde deste domingo, 21, na cidade de Angicos, onde residia.

O corpo será velado na Igreja Matriz de São José, em Angicos. Nesta segunda-feira, às 7 horas, será conduzido para a cidade de Fernando Pedroza, onde, às 9h, será celebrada missa, na Igreja de São Joaquim. Em seguida, o corpo retornará para a Igreja Matriz, em Angicos, onde às 16 horas, será celebrada missa, presidida pelo arcebispo metropolitano, Dom Jaime Vieira Rocha. Em seguida, acontecerá o sepultamento, no cemitério municipal.

Monsenhor Pinto, como era conhecido, nasceu em 26 de setembro de 1926. Por quase 50 anos foi pároco da Paróquia de São José, em Angicos. Atualmente,com 91 anos de idade, era o padre mais idoso do clero da Arquidiocese de Natal.

A biografia do Monsenhor Pinto está disponível no: http://arquidiocesedenatal.org.br/morre-paroco-emerito-de-angicos.html

Corpo do Monsenhor Pinto chegou a Paroquia de São José dos Angicos para ser velado debaixo de muita comoção e aplausos dos angicanos

19554878_1663378227087984_3203459857251669127_n

26904097_2127841647443651_2626112640782621221_nJá na madrugada desta segunda feira, dia 22 de janeiro o corpo do Monsenhor Francisco das Chagas Pereira Pinto chegou a Igreja Matriz de São José dos Angicos templo religioso que ele tão bem pastoreou durante 50 anos de sua vida sacerdotal.

Debaixo de muitos aplausos e comoção a população angicana recebeu o seu pai espiritual dos católicos angicanos, mais que era respeitado por todas as denominações religiosas que partiu para a morada celestial na noite deste domingo, dia 21.

O corpo do Monsenhor Pinto permanecerá na Igreja Matriz de São José até às 7 horas da manhã de onde seguirá em cortejo fúnebre para Cidade de Fernando Pedrosa onde será velado na Igreja de São Joaquim até as 9 horas da manhã onde será celebrada uma missa de corpo presente aonde o povo pedrosensse terá a oportunidade de render sua ultimas homenagens ao Monsenhor Pinto que durante 50 anos conduziu os destinos da comunidade católica daquela cidade que também faz parte da Paróquia de São José dos Angicos.

Logo após a missa de corpo presente em Fernando Pedrosa o cortejo fúnebre retorna para a Igreja Matriz de São José onde ao meio dia será celebrada uma missa de corpo presente presidida pelo Pároco Padre Severino da Silva neto.  

Após a celebração o velório prosseguirá até às 16 horas onde será celebrada outra missa de corpo presente, desta vez presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Natal Dom Jaime Vieira Rocha que fez questão de vir a Angicos homenagear esse grande sacerdote que durante 50 anos pregou a palavra de Deus ao povo católico de São José dos Angicos.

Em seguida será realizado o cortejo até o cemitério público municipal de Angicos onde acontecerá o sepultamento do corpo do Monsenhor Pinto.    

FUNERAIS E SEPULTAMENTO DO MONSENHOR PINTO JÁ ESTÃO DEFINIDOS PELA PAROQUIA DE SÃO JOSÉ DOS ANGICOS

luto1

Os atos funerais do Monsenhor Francisco das Chagas Pereira Pinto já estão definidos pela Paróquia de São José dos Angicos através do seu Pároco, o Padre Severino da Silva Neto.

De acordo com as informações que chegam ao nosso blog o corpo do Monsenhor Pinto que faleceu na tarde deste domingo, dia 21 de janeiro será velado a partir da meia noite na Igreja Matriz de São José durante toda a madrugada sendo aberto a todos os angicanos que desejarem prestar suas ultimas homenagens ao sacerdote que dedicou toda a sua vida a pregação da palavra de Deus ao rebanho católico de São José dos Angicos.

A 7 horas da manhã o corpo seguirá em cortejo fúnebre para Cidade de Fernando Pedrosa onde será velado na Igreja de São Joaquim até as 9 horas da manhã onde será celebrada uma missa de corpo presente aonde o povo pedrosensse terá a oportunidade de render sua ultimas homenagens ao Monsenhor Pinto que durante 50 anos conduziu os destinos da comunidade católica daquela cidade que também faz parte da Paróquia de São José dos Angicos.

Logo após a missa de corpo presente em Fernando Pedrosa o cortejo fúnebre retorna para a Igreja Matriz de São José onde ao meio dia será celebrada uma missa de corpo presente presidida pelo Pároco Padre Severino da Silva neto.  

Após a celebração o velório prosseguirá até às 16 horas onde será celebrada outra missa de corpo presente, desta vez presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Natal Dom Jaime Vieira Rocha que fez questão de vir a Angicos homenagear esse grande sacerdote que durante 50 anos pregou a palavra de Deus ao povo católico de São José dos Angicos.

Em seguida será realizado o cortejo até o cemitério público municipal de Angicos onde acontecerá o sepultamento do corpo do Monsenhor Pinto.    

Prefeitura Municipal de Angicos emite NOTA DE PESAR pelo falecimento do Monsenhor Pinto

notadepesar1

A redação do nosso blog acaba de receber do gabinete civil da Prefeitura Municipal de Angicos NOTA DE PESAR pelo falecimento do Monsenhor Pinto ocorrido na noite deste domingo, dia 21 de janeiro.

A referida nota segue assinada pelo Prefeito Deusdete Gomes.

Eis a nota;

Nota de Pesar

A Prefeitura Municipal de Angicos vem a público manifestar seu mais profundo pesar pelo falecimento do Monsenhor Pinto, ocorrido hoje, dia 21/01/2018. Diante, dessa perda irreparável de um homem que dedicou sua vida a Angicos, toda cidade se solidariza com seus familiares e amigos, rogando a Deus conforto para todos neste momento extremamente triste, para o nosso povo.

Prefeitura Municipal de Angicos.

Deusdete Gomes de Barros
Prefeito

ANGICOS CHORA A MORTE DO MONSENHOR PINTO: Blog Angicos News presta homenagem ao Monsenhor Pinto

Tendo em vista a grande importância que teve o nosso querido e inestimado Monsenhor Pinto para o povo angicano o nosso companheiro Val Costa produziu um singelo vídeo, porém com uma intenção muito sincera de homenagear esse grande homem que muito fez pela educação e pela religião em nossa cidade.

Acompanhe a seguir a homenagem que nós que fazemos o Blog Angicos News prestamos ao nosso querido Monsenhor Pinto que faleceu na noite deste domingo, dia 21 de janeiro de 2018.

%d blogueiros gostam disto: