EM ANGICOS: SINDSPAN retorna os atendimentos aos seus filiados após recesso de ano novo

downloadO Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Angicos (SINDSPAN) que tem a frente atualmente como presidente o professor Francisco Batista Mariano está comunicando aos seus filiados que retomou o seu expediente normal para atendimento aos mesmos desde esta terça feira, dia 16 de janeiro.

Em contato com a reportagem do Blog Angicos News o professor Mariano informou que a unidade sindical que defende os direitos dos servidores públicos do município de Angicos esteve de recesso durante 8 dias neste inicio do mês de janeiro, já que, a diretoria trabalha de janeiro a dezembro sem férias mensais.20170727_164348“Geralmente este recesso é tirado do dia 22 de dezembro até o dia 02 de janeiro do ano seguinte, no entanto, devido à luta do SINDSPAN em prol dos servidores que estavam com seus salários dos meses de novembro, dezembro e o 13º em atraso não foi possível haver o recesso neste período tendo em vista que a luta pelos direitos dos servidores era de suma importância”, disse-nos o presidente.  

Agora o SINDSPAN encontra-se de portas abertas novamente para atender aos seus filiados com assistência jurídica entre outros serviços que são oferecidos pelo órgão sindical.

O expediente no SINDSPAN é de segunda a sexta feira das 8 as 11 horas e das 14 as 17 horas na Rua São José no Centro da cidade.

COSERN orienta sobre pedido de ligação Provisória no Carnaval

AferidordeMedidor01A menos de um mês para o Carnaval, a Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, está reforçando as orientações para quem vai fazer uso de ligações provisórias de energia elétrica durante a folia e intensificando as ações de combate a ligações clandestinas de energia como forma de prevenir acidentes com comerciantes e foliões.

A orientação é que os responsáveis pelas festas e os comerciantes solicitem desde já as ligações provisórias à Cosern, pois o prazo limite se encerra no dia 05 de fevereiro. As solicitações podem ser feitas em qualquer Loja de Atendimento da Concessionária e a orientação é que os clientes evitem deixar a requisição para última hora, sob o risco de não ter o serviço atendido a tempo. A Cosern ressalta que não é possível fazer ligações provisórias de cargas móveis a carroças, vans e caminhões.

Durante a realização das prévias e nos dias oficiais do carnaval, que em 2018 acontece na 2ª semana de fevereiro, 25 equipes técnicas da Cosern farão a inspeção na rede elétrica que atenderá as ligações de energia para agremiações, camarotes, palcos, barracas e comércio temporário espalhados nos principais polos carnavalescos do estado.

Em dezembro, a Cosern comunicou a todas as prefeituras que realizam carnaval a necessidade de solicitação de vistoria com 45 dias de antecedência para realização de festas e desfiles de blocos ou trios elétricos durante a festa. De posse desse laudo da Cosern, o Corpo de Bombeiros libera ou veta a realização dos eventos.

As ligações clandestinas serão retiradas imediatamente pelas equipes da Cosern. O desvio de energia elétrica é crime, previsto no artigo 155 do Código Penal, e a pena pode chegar a quatro anos de reclusão. Além de crime, o “gato” representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo, a infração causa prejuízo na qualidade do fornecimento de energia e parte do prejuízo é dividida por todos os consumidores na hora do reajuste tarifário homologado pela Aneel anualmente.

As solicitações podem ser feitas no horário comercial com a antecedência de, pelo menos, quatro dias do início da utilização da carga. Os interessados devem apresentar a licença de funcionamento concedida pela prefeitura da cidade onde será instalado a medição provisória e, no caso de ligações em área de praia, será exigida a apresentação da portaria de permissão de uso do Patrimônio da União. Também devem ser apresentados documentos de identidade e CPF ou outro documento oficial com foto, além de ser necessário informar os equipamentos que serão instalados.

Ao declarar informações como a carga a ser utilizada e o período de uso da energia, o cliente receberá uma “Fatura de Caução” que deve ser paga e reapresentada no atendimento para liberação da ligação, conforme as características informadas. Para assegurar o fornecimento, também será necessário pagar uma taxa, referente aos serviços de vistoria, ligação e desligamento da energia. É importante que o comerciante observe e informe à Cosern a existência de rede elétrica no trecho onde pretende se instalar.

Também será necessário que o cliente instale o padrão de entrada para receber a ligação provisória de energia. No ato da solicitação, ele receberá todas as orientações técnicas referentes à instalação (No site da Cosern também é possível tirar todas as dúvidas sobre a norma para instalação do padrão de entrada de ligação provisória. Clique na aba “Residencial e Rural” e depois em “Padrão de Entrada”).

Assecom/COSERN;

Governo Federal promete liberar R$ 420 milhões para saúde e segurança do RN

reunião-temer-bancada-ministros-640x379O presidente Michel Temer e ministros do Governo Federal asseguraram nesta terça-feira, 16, ao governador Robinson Faria (PSD) e a deputados e senadores potiguares que a União vai liberar para o Rio Grande do Norte, em curto prazo, cerca de R$ 420 milhões para a saúde e a segurança. De acordo com o senador José Agripino Maia (DEM), os recursos deverão ser usados na quitação de salários atrasados para os servidores das duas áreas.

Deputados e senadores presentes à reunião com o presidente e os ministros disseram, contudo, que a União exigiu como contrapartida a aprovação na Assembleia Legislativa do RN do pacote de medidas de ajuste fiscal elaborado pelo governo estadual. “É uma forma de promover equilíbrio permanente”, disse José Agripino.

De acordo com o deputado Fábio Faria (PSD), a maior parte dos recursos será destinada à saúde. “Pleiteamos que, dos R$ 420 milhões, R$ 320 mi sejam para a saúde e R$ 100 mi sejam para a segurança, e foi o que ficou acertado. Mostramos ao governo que o problema do RN não é o descontrole das contas, e sim a frustração do Fundo de Participação dos Estados, de royalties e o aumento do valor da folha de inativos. Precisamos conter esse aumento para colocar as finanças em ordem e para que a União possa dar sua contribuição”, afirmou.

Segundo o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB), o governo federal prometeu ainda finalizar até o próximo dia 25 um levantamento sobre a situação financeira do Rio Grande do Norte. O diagnóstico vai apontar medidas que podem ser adotadas pelo Estado, além da aprovação do ajuste fiscal já proposto, para sanear as contas públicas.

“Fizemos um apelo de que a situação do Rio Grande do Norte é crítica e que não pode continuar como está. É preciso um plano estratégico daqui para a frente. É necessário que estejamos sempre brigando para solucionar o problema do RN”, destacou o deputado Walter Alves (PMDB).

Além do presidente, do governador e dos parlamentares já citados, participaram da reunião os deputados Beto Rosado (PP), Fábio Faria (PSD, Rafael Motta (PSB) e Rogério Marinho (PSDB), além de ministros do governo federal, como Henrique Meirelles (Fazenda).

Portal Agora RN;

UFERSA ABRE VAGAS DE PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NAS VAGAS REMANESCENTES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM LICENCIATURA A DISTÂNCIA 2018.

padrões-site-485x247A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), por meio do Núcleo de Educação a Distância (NEaD), torna público o presente Edital do Processo Seletivo para ingresso nas vagas remanescentes dos cursos de graduação em licenciatura na modalidade a distância, aprovados no Edital 075/2014 do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), gerido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) conforme o disposto nos Decretos Nº 5.622, de 19 de dezembro de 2005 e Nº 5.800, de 8 de junho de 2006 e na Portaria Nº 1.369, de 7 de dezembro de 2010.

As inscrições serão realizadas gratuitamente no período de 15/01/2018 a 28/01/2018, através de formulário online específico, anexando os documentos comprobatórios exigidos. 

Acesse aqui o Edital

Candidatos ENEM – Acesse aqui o Formulário de Inscrição

Candidatos Portadores de Diploma  – Acesse aqui o Formulário de Inscrição

Candidatos Professores da Educação Básica  – Acesse aqui o Formulário de Inscrição

Fonte: Assecom/Ufersa;

Ministério Público Federal pede 78 anos de prisão para Henrique Eduardo Alves

henrique-eduardo-alvesEm alegações finais no âmbito da ação penal derivada da operação Sépsis, que investiga desvios no fundo de investimentos do FI-FGTS, o Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça que os ex-presidentes da Câmara Eduardo Cunha (MDB) e Henrique Eduardo Alves (MDB) sejam condenados, respectivamente, a penas de 386 anos e de 78 anos de prisão. De acordo com a acusação, Cunha cometeu os crimes de corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e prevaricação. Henrique Alves, por sua vez, responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Além dos dois ex-parlamentares, que já estão presos, são réus no processo o ex-vice-presidente da Caixa, Fabio Cleto, o corretor Lúcio Bolonha Funaro e seu funcionário Alexandre Margotto. Os três assinaram acordos de delação premiada e, portanto, os procuradores sugerem o cumprimento das penas estipuladas nas negociações.

As alegações finais são a última etapa do processo antes das sentença. Esse caso tramita na 10.ª Vara Federal em Brasília sob titularidade do juiz Vallisney de Souza Oliveira.

Ainda por conta dos supostos prejuízos causados pela corrupção, os procuradores pedem uma multa de R$ 13,7 milhões para Cunha e R$ 3,2 milhões para Alves.

Na peça, o MPF explica que os crimes imputados a eles são referentes apenas ao caso envolvendo a empresa Carioca Engenharia. O caso representa apenas 4% da propina recebido por Cleto enquanto vice-presidente de Fundos de Governo e Loteria da Caixa.

“Ficou comprovado nestes autos, pelos elementos probatórios, assim como atualmente vem sendo descortinado em diversas operações realizadas, como é o caso das denominadas operações Sépsis, Cui Bono, Patmos e Lava Jato, entre outras, um esquema criminoso que utiliza ardilosamente a Administração Pública como forma de obter vantagens indevidas. Participavam desse conluio políticos, agentes públicos, operadores financeiros, empresários e outros agentes privados”, diz o MPF

A operação Sépsis, origem do processo no qual o MPF pede a condenação dos emedebistas, foi deflagrada pela Polícia Federal e pela Procuradoria-geral da República em julho de 2015. A ação teve como base a delação premiada de Cleto e dos executivos da Carioca Engenharia que detalharam como o grupo político de Cunha e Alves se valiam da nomeação de diretores na Caixa para cobrar propina de empresas interessadas em aportes do FI-FGTS.

No tópico em que define a dosimetria de pena e aponta a sugestão de 386 anos para Cunha e 78 para Alves, os procuradores Anselmo Lopes e Sarah Moreira, afirmam que os dois são “criminosos em série (criminal serial) ,fazendo da política e da vida pública um caminho para a vida delituosa.”

“De fato, restou demonstrado no curso da ação penal que Cunha e Alves possuem personalidades voltadas para o crime, para a corrupção em seu sentido mais amplo. São pessoas que não demonstraram ou comunicaram, ao menos até o presente momento, qualquer arrependimento por seus crimes”, afirmam os procuradores.

Servidores protestam contra votação de ajuste fiscal na Assembleia Legislativa

assembleia-manifestação-1024x768Apesar do forte esquema de segurança montado no entorno da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para a votação, na manhã desta terça-feira, 16, do pacote de ajuste fiscal do Estado, com grades impedindo o acesso do público e ainda a presença de 250 homens das forças de segurança do Estado, um grupo de 400 manifestantes conseguiu irromper as barreiras e realiza protesto em frente ao legislativo. A manifestação pede a suspensão da análise dos 18 projetos enviados pelo Governo do Estado.

Entre as medidas do pacote de ajuste fiscal, a mais polêmica delas é a que aumenta a contribuição previdenciária dos servidores de 11% para 14. Mesmo com a mobilização, os manifestantes não conseguiram entrar na Assembleia. O protesto se restringe a área externa do Legislativo, em frente à entrada principal da Casa.

Os manifestantes começaram a chegar por volta das 9h, munidos de cartazes e faixas com mensagens contrárias ao governo, e são formados por grupos de sindicatos ligados às categorias do funcionalismo público estadual.

Até o momento, os deputados seguem analisando os projetos, dentro das comissões parlamentares, mas há a possibilidade que as 18 medidas sejam lidas ainda hoje no plenário do legislativo.

No último dia 11, o governo convocou extraordinariamente o Legislativo, para apreciar 18 projetos e encaminhou um pedido de urgência para votação das matérias. No entanto, os deputados derrubaram o pedido de urgência, obrigando que os projetos passassem, obrigatoriamente, pelas comissões.

O governo pretende enviar, ainda nesta terça-feira, 16, um novo projeto sobre a alienação de imóveis. A proposta estadual é vender diversos imóveis, como a Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa), Centro de Convenções, bem como outras estruturas.

Entre os projetos estão a instituição de regimes de previdência; revisão de plano de carreiras; impedimento sobre aumentos salariais; planos para renegociação de financiamento de dívidas; compensação de duodécimos dos poderes, entre outros.

O rito da sessão extraordinária é disciplinado pela Constituição Estadual e o Regimento Interno da Assembleia Legislativa. O plenário, uma vez reunido, decidirá se aprova ou não o pedido de convocação.

Tradicionalmente, a convocação extraordinária é aprovada. Se for reprovada, no entanto, a sessão é encerrada e os projetos enviados pelo Executivo só poderão ser apreciados ordinariamente.

Pela sessão extraordinária, os deputados estaduais não recebem qualquer tipo de subsídio em caráter indenizatório, o que é vedado pela Constituição Estadual em conformidade com a Constituição Federal.

A Constituição ainda determina que, aprovado o pedido de convocação, a Assembleia Legislativa só poderá deliberar sobre os projetos para os quais foi convocada.

Portal Agora RN; 

Após anunciar adiamento, Governo do RN publica edital para concurso da Polícia Militar

pmsApós anunciar adiamento, o governo do Rio Grande do Norte publicou no Diário Oficial desta terça-feira (16) o edital do concurso público para praças da Polícia Militar. Estão sendo disponibilizadas 938 vagas de nível médio para homens e 62 para mulheres.

O concurso será realizado pelo Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE) e as provas serão realizadas no dia 4 de março de 2018. As inscrições serão realizada através do sitewww.idabe.org.br a partir do dia 17/01/2018 e vão até o dia 08/02/2017. A taxa de inscrição custa R$ 100.

Os salários serão de R$ 954 durante a formação e R$ 2.904 após o ingresso. O concurso será composto pelas seguintes etapas:

  • prova objetiva, que está agendada para o dia 4 de março;
  • exames de saúde;
  • investigação social;
  • exame de avaliação do condicionamento físico;
  • curso de formação.

Sistema prisional do RN recebe 571 novos agentes penitenciários

Posse-dos-Novos-Agentes-Penintenciários-72-640x425O Governo do Estado empossou nesta segunda-feira, 15, os novos 571 agentes penitenciários aprovados em concurso público. Eles irão trabalhar nas unidades prisionais do Estado e no novo presídio de Ceará Mirim que deverá começar a funcionar no mês de abril próximo. Com a incorporação, o atual efetivo é ampliado em 60%.  São 120 mulheres e 451 homens, sendo 27 portadores de necessidades especiais.

Os agentes passaram por curso específico de formação, com conteúdo adequado à Matriz Curricular Nacional, do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça, baseado em quatro eixos específicos: administração penitenciaria; saúde e qualidade de vida; segurança e disciplina; e relações humanas e reinserção social. Eles agora vão passar pela formação em armamento e tiro, que só pode ser dado com a efetivação no serviço público.

Na cerimônia de posse, na Escola de Governo, o governador Robinson Faria lembrou que a atual administração enfrentou três rebeliões e venceu todas. “Em três anos enfrentamos e resolvemos demandas de 30 anos. Recuperamos Alcaçuz, que era o pior presídio do país e agora é modelo para outros Estados”, afirmou Robinson Faria, acrescentando que “atuamos com coragem e determinação, enfrentamos as facções e vencemos, estamos melhorando todo o sistema prisional, tanto a parte física como a de pessoal com reformas e construções, treinamento de pessoal, aquisição de equipamentos e atenção aos apenados com atendimento médico e capacitação profissional”.

O secretário de Estado de Justiça e Cidadania (Sejuc), Luiz Mauro Albuquerque destacou o empenho da administração estadual para a recuperação do sistema prisional com base na modernização, ampliação de vagas, aquisição de equipamentos, padronização de procedimentos, capacitação dos servidores, ações de saúde, acesso ao ensino e alfabetização e atendimento de saúde. “Estávamos em estado de calamidade devido a ausência do Estado, mas com a determinação do Governador, tomamos as medidas necessárias e recuperamos o sistema e o controle voltou para o Estado.  Vocês que tomam posse hoje são a base do sistema. Honrem a farda, vamos continuar construindo o novo sistema prisional do Rio Grande do Norte”, concluiu.

Ações do governo do estado para o sistema prisional

– Cadeia Pública de Ceará-Mirim – 95% das obras concluídas. Terá 603 vagas, em 130 celas e três pavilhões. Valor: R$ 26 milhões (sendo R$ 14 milhões recurso federal e restante recurso do Governo do Estado).

– Cerca em Alcaçuz – cerca telada, 1,7Km, com concertina em torno do muro perimetral da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. Valor R$ 786.767,97 com recursos próprios.

– Reconstrução e Readequação dos Pavilhões de Alcaçuz – pavilhões destruídos na rebelião de janeiro de 2017 foram recuperados para atender a todas as normas de segurança prisional.

– Pavilhão 3 entregue em 02 de maio; Pavilhão 2, em 31 de maio e Pavilhão 1, em 20 junho. Valor total da obra R$ 2,95 milhões – (Funpen)

– Coletes Balísticos – 360 coletes à prova de bala adquiridos para atuação de agentes penitenciários em situação de escolta e outras atividades externas. Valor: R$ 1.138.960 milhão – (Funpen).

– Tornozeleiras – contratação total de 727 tornozeleiras eletrônicas (utilizadas para medidas cautelares, Maria da penha e presos do semiaberto), mais que dobrando a capacidade existente (625). Valor total: R$ 3.637.920,00

– Colchões para Alcaçuz – aquisição de 2 mil colchões para Alcaçuz. A primeira vez que uma compra deste tipo é feita. Valor: R$ 324 mil com recursos próprios.

– Veículos – aquisição de 24 caminhonetes modelo L200 e 04 vans modelo furgão. Valor: R$ 3.633.600 milhões.

– Munições –  aquisição de 8 mil unidades (ponto 40); 4 mil unidades (calibre 12) e mil unidades (calibre 556); 188.000 unidades (40sw); 34.750 unidades (38spl) e 34.000 unidades (12/710) Valor total: R$ 932.940,00.

– Armas – aquisição de 300 pistolas ponto 40, modelo 840. Valor: R$ 1.115.739,00.

Outras ações

– Treinamento de Agentes Penitenciários

– Distribuição de Material de Higiene Pessoal

– Trancamento dos presos da Penitenciária Estadual de Parnamirm (PEP), onde os internos estavam soltos nas alas há mais de dois anos

– Projeto de Erradicação de Escabiose em Alcaçuz e Rogério Coutinho com administração de medicamentos nos internos.

– Parceria com a Defensoria Pública foi intensificada para incrementar os mutirões nas Unidades Prisionais, com o objetivo de eliminar falhas processuais que provoquem a permanência indevida de alguns presos no sistema.

– Reestruturação da Escola Penitenciária, que passou a ter duas sedes: para treinamento de campo na Redinha, e administrativa, no Papódromo (antiga COAPE).

– Promoção do I Curso de Inteligência Penitenciária do RN.

– Elaboração do Plano Diretor do Sistema Penitenciário.

Portal Agora RN;

PREPARE-SE COM QUALIDADE: CURSO para o Concurso da Saúde do estado funcionará em Angicos!

cartaz concurso saudeEstá chegando o momento, a hora se aproxima e você tem que se preparar bem para o concurso da saúde do governo do estado do RN.

O CURSO PREPARATÓRIO para o Concurso da Saúde do estado através da SESAP, vai lhe deixar afiado para concorrer com sucesso a uma vaga.

São 404 vagas esperando por você.

Venha participar do nosso curso, que conta com profissionais experientes e capacita você para essa oportunidade imperdível.

Valor: R$ 450,00 a vista ou R$ 520,00 no cartão em 5 vezes.

Nossos horários serão aos sábados e domingos. O início já será no próximo sábado, então não fique de fora!

Venha nos conhecer, a primeira aula é grátis!

Banca:  Comperve  – Prova: 25/03

Local do Curso: A DEFINIR

Professores:

  1. Werick Ribeiro (matemática e lógica)
  2. Roberto fofinho (português)
  3. Saúde pública (Isabel Nogueira ou Magna souza)

Dia/hora: sábados (13:30 as 16:30 e 18:00 as 21:00) e domingos (08:00 as 11:00 e 13:30 as 16:30)

Total de finais de semana: 6

🗣Início: sábado dia 20 de janeiro as 8 h. (Aula inaugural grátis)

Obs. Após a aula inaugural estaremos realizando a matricula das pessoas interessadas.

Mais informações: 8712 5325 (waths)    9668 2300 (tim)

EXCLUSIVO: Procissão e missa encerram as festividades de Nossa Senhora Virgem dos Pobres, Padroeira da Comunidade Rural do Cabugi em Angicos

IMG_20180115_171920049

IMG_20180115_172914729_DEPTHNa tarde desta segunda feira, dia 15 de janeiro de 2018 aconteceu a celebração de encerramento das festividades religiosas de Nossa Senhora Virgem dos Pobres que é a padroeira católica da Comunidade Rural do Cabugi que é pertencente ao município de Angicos.  

As festividades tiveram inicio no último dia 12 vivenciando todas as noites uma intensa programação de celebrações eucarísticas em devoção a santa padroeira.

O nosso blog esteve presente de forma exclusiva no evento religioso de onde trouxemos aos nossos leitores imagens exclusivas que demonstram claramente a fé do povo da comunidade rural do Cabugi em sua santa padroeira.  

Inicialmente uma procissão percorreu alguns pontos da comunidade rural conduzindo a imagem da santa padroeira, em seguida aconteceu a celebração eucarística de encerramento dentro da igreja de Nossa Senhora Virgem dos Pobres que está sendo edificada graças ao empenho do Padre Severino Neto e de moradores da comunidade aonde esta já se encontra com 80 por cento de suas obras concluídas.IMG_20180115_172510420

IMG_20180115_172718223O pároco de São José dos Angicos Padre Severino da Silva Neto conduziu do o ato litúrgico. Dentre as autoridades presentes o nosso blog registrou as presenças do prefeito “Marcão” da cidade de Lajes, como também do Vereador Nildo de João Oião que é filho natural daquela comunidade rural e do presidente de Câmara de Lajes o Vereador Mael Quirino.

Lamentamos porque durante o período em que lá estivemos não presenciamos a participação de nenhum membro da classe politica angicana, pois a comunidade rural do Cabugi faz parte da jurisdição de Angicos.  IMG_20180115_173047269

IMG_20180115_173012438

IMG_20180115_172141415

ABSURDO: Morador Filma um gato comendo carne que seria vendida aos consumidores no mercado público de Angicos

Uma cena lamentável foi flagrada por uma angicano que não conseguimos identificar, no entanto temos a certeza que este prestou um grande serviço chamando atenção das autoridades sanitárias do município e do estado para a questão da falta de higiene que há muito tempo se percebe no mercado público de nossa cidade.

Pois é meus amigos, apesar de ser um vídeo de tempo curto este mostra claramente um gato comendo a carne que os magarefes (marchantes) deixam penduradas para venda do dia seguinte na feira livre de nossa cidade.

Lamentamos que essa imagem esteja correndo o mundo nas redes sociais ao tempo em que achamos que os marchantes não têm culpa desse acontecimento, no entanto devem também zelar pelo ambiente em que trabalham.

Vale salientar já que há muitos anos o mercado público da carne e do peixe em Angicos se encontra naquela situação lamentável no que tange a questão higiênica e até hoje nenhuma providência foi tomada para resolver essa situação, e, no final de tudo quem perece é o consumidor que corre o risco de está consumindo carne contaminada.

Esperamos que alguma atitude seja tomada pelos órgãos responsáveis pelo mercado público de nossa cidade como também pelos órgãos de fiscalização a fim de que essas cenas não se repitam, pois sabemos que os animais como os gatos contêm bactérias em sua boca que podem causar serias doenças aos seres humanos.  

Ministério da Educação libera R$ 6,7 milhões para o pagamento de parcela do salário-educação no RN

download

O Ministério da Educação liberou na última sexta-feira (12), R$ 6.794.029,39 para o pagamento de parcela do salário-educação referente ao mês de dezembro de 2017 no estado do RN.

Desse total, R$ 4.393.393,40 são para escolas municipais e R$ 2.400.635,99 para estaduais, detalha informação oriunda da assessoria de imprensa do órgão, em Brasília.

No país inteiro, os valores chegaram à R$ 981,4 milhões e serão repassados ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao Ministério, que efetuará o repasse aos estados, municípios e DF até o dia 20 deste mês.

Os recursos serão aplicados no financiamento de programas, projetos e ações voltados para a educação básica.

Bandidos explodem caixas de bancos e atiram em bases da PM em duas cidades do RN

whatsapp-image-2018-01-15-at-06.12.41Bandidos explodiram caixas agências bancárias e atiram em bases da Polícia Militar em dois municípios do interior do Rio Grande do Norte. Os casos aconteceram na madrugada desta segunda-feira (15) em Santo Antônio, na região Agreste, e em Martins, no Oeste potiguar. Ninguém foi preso.

Segundo a Polícia Militar, a ação dos criminosos aconteceu por volta das 1h40, na agência do Banco do Brasil. Com vários bandidos, a quadrilha ficou espalhada em diferentes pontos da cidade.

Ainda de acordo com a PM, os criminosos atiraram contra o destacamento da corporação, impedindo os policiais de saírem do prédio. Na fuga, os bandidos atearam fogo em um carro utilizado na ação. Ainda não há informações sobre os suspeitos ou da quantia roubada.

Os criminosos agiram de forma parecida na cidade da região Agreste. Segundo a polícia, além de explodir a agência do Banco do Brasil, os bandidos também fugiram atirando pelas ruas, inclusive na base da PM. Também não há informação sobre a quantia levada.20180115_033306

WhatsApp-Image-2018-01-15-at-07.13.40

9405529d-444a-408f-bd53-ddc56b379a38Blog Sev News;

Governo do RN pretende economizar R$ 5,7 milhões com demissões

img-20180115-114550565O Governo do Rio Grande do Norte anunciou que, dentre as medidas que serão adotadas para recuperar a situação financeira do Estado, fará demissões de servidores. De acordo com as estimativas do secretário de Administração e Recursos Humanos, Cristiano Feitosa, o Executivo vai economizar mais de R$ 5 milhões por mês depois que demitir os funcionários.

Ao contrário da maior parte das propostas do Governo para recuperação financeira, as demissões não dependem de autorização da Assembleia Legislativa. Na AL, tramitam 18 projetos que começam a ser votados nesta semana.

O primeiro grupo afetado com a reforma na folha, que já foi iniciada, é o de cargos comissionados. Segundo Feitosa, a intenção é de colocar para fora aproximadamente 280 pessoas que estão em cargos de comissão, mais ou menos 20% do total desses cargos, que é de 1380.

De acordo com o secretário, em seguida o Executivo vai demitir os aposentados celetistas que têm outro vínculo com o Estado. São aproximadamente 600 pessoas que estão distribuídas entre os órgãos Ceasa, Datanorte a Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (Emparn). Ainda segundo Cristiano Feitosa, eles se aposentaram pelo INSS por esses órgãos e mantêm vínculo trabalhista com o Governo, recebendo renda de duas fontes. Não foram ainda aposentados pelo Instituto Previdenciário do RN (Ipern).

Com essas demissões o Governo pretende economizar R$ 5 milhões por mês na folha de pagamento. Após a medida, estes servidores passarão a receber somente a aposentadoria, será desfeito o atual vínculo salarial com o Estado.

“O Supremo Tribunal Federal e o Tribunal Superior do Trabalho entendem que a aposentadoria pelo regime geral (INSS) não extingue o vínculo de trabalho. Então eles se aposentam pelo INSS, mas o vínculo de trabalho com o Estado permanece”, explica o secretário.

Cristiano Feitosa explica que a Secretaria também está levantando funcionários com vínculos irregulares no Executivo, aqueles que possuem mais de uma matrícula ativa. “Estamos fazendo o levantamento com base em informações do Tribunal de Contas do Estado”, acrescenta. Este grupo de servidores será o próximo atingido pelas demissões.

Em seguida, o Poder Executivo demitirá os servidores não estáveis. Contudo, o secretário afirma que só recorrerá a essa medida caso as primeiras não supram a necessidade financeira. “Acredito que não será necessário”, disse. Em sendo preciso cortar também entre os não estáveis, o Governo optará pelos que têm mais de um vínculo com o Estado.

UERN

Questionado sobre as demissões que acontecerão na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, Cristiano Feitosa afirmou que isso está a cargo da reitoria da instituição. Entretanto o secretário explicou que essas demissões obedecem a uma decisão do Supremo Tribunal Federal. “São pessoas que entraram na UERN como temporárias e foram efetivadas por uma lei estadual. O Supremo entendeu que elas precisam ser demitidas”, disse.

Feitosa alega que todo o controle sobre a folha da UERN é da administração da própria instituição. Portanto ele diz que não sabe quantos, quais, bem como quais posições ocupam dentro da Universidade os servidores que serão atingidos pela decisão do Supremo.

Pesquisa IBOPE mostra que 90% dos brasileiros não votariam em candidato que defende governo Temer

TEMERQue candidato em campanha terá peito para defender o governo Temer? Uma pesquisa do Ibope feita entre 9 e 17 de dezembro nas dez maiores capitais do Brasil, com usuários de internet das classes A, B e C revela que Temer será um fardo de uma tonelada para se carregar: 90% disseram que não votariam num “candidato que defenda o governo Temer” (5% responderam que “sim”).

Em relação à corrupção, o eleitorado confirma um poderoso mau humor com o governo: 42% e 44% avaliam que o nível de corrupção do governo Temer é igual ou maior do que o registrado nos governos Lula e Dilma. Magros 8% dos entrevistados consideram que hoje a roubalheira diminuiu.

Violência: RN já registra 77 homicídios em 2018, crescimento de 37,5% em relação a 2017

Homicidio-em-Oficina-nas-Quintas-Diego-Luiz-Freire-de-França-18-631x460

Números do Observatório da Violência Letal Intencional (Obvio), instituto que contabiliza a ocorrência de crimes violentos no Rio Grande do Norte, mostram que 24 homicídios foram registrados no estado apenas entre a sexta-feira e o sábado.

Em apenas dois dias, foram 4 assassinatos em Mossoró, 3 em Natal, São Miguel do Gostoso e São Gonçalo do Amarante, 2 em Ceará-Mirim, Nísia Floresta e Patu e 1 em Macaíba, Pau dos Ferros, Areia Branca, Poço Branco e São Bento do Norte. Os índices representam uma média diária de quase 6 (5,92) ocorrências por dia.

Com esses novos casos, o número de homicídios anotados no Rio Grande do Norte em 2018 chegou a 77, número 37,5% maior do que a quantidade registrada no mesmo período do ano de 2017 (56).
Os três homicídios registrados em São Miguel do Gostoso, no Litoral Norte, foram resultado de um triplo homicídio. Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu na madrugada do sábado, 13, e as vítimas seriam três pessoas da mesma família: um pai, seu filho e a nora. Ainda segundo informações não confirmadas, a mulher estaria grávida, o que configuraria uma quarta vítima do assassinato.

A PM diz que o crime tem características de execução, uma vez que as vítimas foram mortas à queima-roupa. Dentro da casa onde aconteceu o assassinato foram encontradas cápsulas de espingarda.

Festa de Nossa Senhora Virgem dos Pobres, padroeira da Comunidade do Cabugi em Angicos terá seu desfecho nesta segunda feira, dia 15

Virgem dos Pobres

Terá seu encerramento nesta segunda feira, dia 15 de janeiro a festa religiosa e cultural de Nossa Senhora Virgem dos Pobres que é a padroeira católica da Comunidade Rural do Cabugi que faz parte da jurisdição do município de Angicos.

A festa religiosa teve inicio no último dia 12 vivenciando todas as noites uma intensa programação de celebrações eucarísticas em devoção a santa padroeira.

Na tarde desta segunda feira (15) dia dedicado a Nossa Senhora Virgem dos Pobres de acordo com o calendário católico a partir das 16 horas acontecerão batizados, às 16 horas e 30 minutos será realizada a procissão com a imagem da padroeira no entorno da comunidade e em seguida acontecerá às 17 horas a missa solene de encerramento dos festejos. Todo o rito celebrativo será conduzido pelo Pároco de São José dos Angicos, o Padre Severino da Silva Neto.

Às 18 horas dentro da parte cultural da festa serão realizados leilões de animais e um festival de prêmios, onde os recursos angariados serão revertidos para as obras de construção do tempo católico naquela comunidade rural, que ocorre devido a um processo de expansão de igrejas por tais comunidades do município de Angicos proposto desde a chegada do Padre Severino Neto ao paroquiado de São José dos Angicos.

A igreja de Nossa Senhora Virgem dos Pobres na comunidade rural do Cabugi, já está com 80% de suas obras concluídas faltando pouco para a sua conclusão.  

Um ano após massacre, 16 presos de Alcaçuz continuam sumidos, ninguém foi punido e superlotação ainda preocupa

persos-em-alcacuz

itep1O massacre de 26 presos dentro de Alcaçuz, o mais brutal e sangrento episódio da história do sistema prisional potiguar, completa 1 ano neste domingo (14). A penitenciária – a maior do Rio Grande do Norte – foi reformada e ganhou reforço na segurança. Mesmo assim, a superlotação é um problema persistente. Até agora ninguém foi punido pela matança. Também há 16 detentos sumidos e que o governo não diz quem são.

Atualmente, Alcaçuz tem 2.100 detentos, quase o dobro de quando estourou a rebelião. Neste sábado (13), mulheres de alguns deles se reuniram na frente da unidade e participaram de um culto em memória dos mortos. A cerimônia foi acompanhada de longe por agentes da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária, que vieram ao RN para comandar a retomada da penitenciária. Em outubro, o governo federal prorrogou a permanência do grupo por mais seis meses no estado.

 No dia 14 de novembro do ano passado, por meio do Portal da Transparência do governo do estado, o G1 solicitou à Secretaria de Justiça e da Cidadania (Sejuc) os nomes de todos os presos considerados fugitivos e/ou desaparecidos após o massacre. Também foram requeridos os nomes dos recapturados e/ou que morreram nas ruas após a fuga. Contudo, até a publicação desta reportagem, o órgão não havia enviado nenhuma resposta. De acordo com a Lei de Acesso à Informação, as respostas devem ser dadas em 20 dias, podendo este prazo ser estendido por mais 10.

Quanto aos indiciados pelas 26 mortes, a Polícia Civil disse que pediu ao Ministério Público um prazo maior para encerrar as investigações. “Não quero arriscar uma data, mas devemos concluir os trabalhos até o meio do ano”, afirmou o delegado Marcos Vinícius, titular da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O delegado explicou que os cinco indiciados foram apontados como chefes do PCC dentro de Alcaçuz. Eles foram retirados da unidade ainda nos primeiros dias da rebelião e transferidos de avião para o Presídio Federal de Porto Velho, em Rondônia, onde permanecem desde então.

Além dos cinco transferidos para Rondônia, outra medida adotada pela Sejuc como tentativa de reduzir a tensão em Alcaçuz foi a remoção de outros 220 presos, que foram levados para a Penitenciária Estadual de Parnamirim.

Já os processos que tratavam dos danos causados ao patrimônio público – em razão da destruição quase que completa da penitenciária – estes acabaram arquivados. Segundo a Polícia Civil, 111 presos chegaram a ser indiciados pela quebradeira, mas o juiz Rainel Batista Pereira Filho decidiu por extinguir qualquer possibilidade de punição por considerar que faltaram elementos que atestassem a materialidade e indícios de autoria. A decisão do magistrado também mandou arquivar as acusações de associação criminosa, resistência, motim, apologia ao crime, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Oficialmente, 26 corpos foram retirados de Alcaçuz. Destes, 15 decapitados. Outros foram encontrados esquartejados e quatro deles inteiramente carbonizados. Hoje, passados doze meses, um corpo continua oficialmente sem identificação e outro, cujo resultado de DNA realizado na semana passada deu positivo, ainda depende de uma certificação para que o nome possa ser divulgado. Segundo o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), esta confirmação deve acontecer nos próximos dias.

O morto que permanece sem qualquer identificação foi enterrado como indigente. Isso aconteceu porque nunca apareceu nenhum parente que reclamasse o corpo. “Também não apareceu ninguém para fornecer material genético”, acrescentou o perito criminal Marcos Brandão, diretor-geral do Itep.

Existe uma família que vive dias de intensa expectativa quanto à confirmação da identificação do corpo cujo resultado de DNA ainda aguarda certificação do Itep. É a família do ex-lutador de jiu-jitsu Guilherme Ely Figueiredo da Silva, de 36 anos. O pai dele, o técnico em educação Francisco Luiz, disse que o filho cumpria pena por tráfico de drogas no pavilhão 4 de Alcaçuz. Francisco acredita que o filho foi morto durante o massacre, mas precisa que o Estado diga isso a ele.

A recuperação de Alcaçuz foi orçada em R$ 3,2 milhões, incluindo a construção de um muro de concreto que dividiu a penitenciária ao meio. Com os internos de volta às celas e sob constante vigilância, nenhuma tentativa de fuga foi registrada na unidade nestes últimos doze meses e também não ocorreram motins. Dominada, a penitenciária está em silêncio. Porém, a superlotação ainda é um fato.

G1.RN;

Irregularidade: Educação investigará professores que pagam para terceiros darem aula

claudia-santa-rosa-640x441A secretária estadual de Educação e Cultura (SEEC), Cláudia Santa Rosa, autorizou nesta sexta-feira, 12, a abertura ou prosseguimento de dezenas de processos administrativos contra professores da rede estadual de ensino que estariam pagando entre R$ 800 e R$ 1 mil para terceiros darem aula em seus lugares.

O anúncio da decisão foi feito pela própria secretária em publicação em seu perfil no Facebook. De acordo com Santa Rosa, pelo estágio das investigações, “há quase 100% de chances de [os processos] resultarem em demissões de professores, alguns em estágio probatório”.

Ainda segundo a coordenadora da pasta, os atos dos professores teriam a conivência de gestores escolares. Por este motivo, os diretores também serão investigados e poderão ser demitidos. A prática já estaria acontecendo “por meses e anos”.

“Grave, gravíssimo! Não preciso dizer o enquadramento legal e moral em um país imerso em investigações de corrupção e lesão dos bens públicos. A legislação é severa. Lamento!”, postou a secretária.

Atualmente, há 610 escolas estaduais no Rio Grande do Norte. O salário de base de um professor é R$ 2.455,35, para 40 horas semanais.

 SEEC/RN;

Já em volume morto, maior barragem do RN continua secando

barragemaerea

barragem_26O maior reservatório do Rio Grande do Norte, que agora no início de 2018 entrou no chamado volume morto, continua secando. Medição feita nesta sexta-feira (12) pelo Instituto de Gestão das Águas do Estado (Igarn) mostra que o nível de água da barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves baixou de 11,74% para 11,5% – o menor desde sua construção, em 1983.

Nesta semana, o técnico em produção de petróleo Bruno Andrade foi até a cidade de Itajá, onde ficam a prede e as comportas da barragem, e com um drone fez imagens aéreas da Armando Ribeiro .

Segundo o Igarn, se não voltar a chover logo, a barragem só manterá o fornecimento de água pelos próximos 30 ou 45 dias. Messias Targino e Patu, dois dos 40 municípios que dependem da Armando Ribeiro, entraram em colapso na quarta-feira (10). Atualmente, 16 cidades não possuem água nas torneiras e estão sendo totalmente abastecidas por meio de carros-pipa. Com isso, a Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) suspendeu a cobrança das contas.

Maior reservatório do Rio Grande do Norte e o segundo do Nordeste, a barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves tem sua parede e suas comportas localizadas na cidade de Itajá, no Vale do Açu. A capacidade é para 2,4 bilhões de metros cúbicos de água.

Estava com 286,3 milhões de metros cúbicos no relatório do dia 28 de dezembro do ano passado, o que representava 11,93% do volume máximo. No dia 3 de janeiro, após nova medição, o nível baixou para 281,8 milhões, ou seja, 11,74%. Agora, no dia 12, o nível caiu ainda mais, chegando a 275.923 milhões, o que significa 11,5% do volume máximo de armazenamento.

Com seis anos seguidos de estiagem, esta é a seca mais severa de todos os tempos no Rio Grande do Note. Os efeitos são preocupantes. Dos 167 municípios potiguares, 153 estão em situação de emergência por causa da escassez de água – o que representa 92% do estado. Além das cidades em colapso, 82 precisaram adotar sistemas de rodízio para ter água encanada. Ao longo destes anos, o governo estima que os prejuízos já passaram dos R$ 4 bilhões por causa da redução do rebanho e do plantio.