Missa campal em frente ao Cemitério Público encerrou as celebrações do Dia de Finados em Angicos

37086087-d71d-4f95-b1a1-1b6991b5144d

356b730b-49ed-4575-af19-04abf500e0a2A tradicional santa missa realizada em frente ao cemitério público de Angicos encerrou as celebrações do Dia de Finados em nossa cidade nesta quinta feira, dia 02 de novembro.

A celebração eucarística foi presidida pelo Arcebispo Emérito de Natal Dom Matias Patrício de Macedo que pelo fato de ser angicano e ter entes queridos sepultados no cemitério local faz questão de celebrar todos os anos a missa dedicada aos fieis defuntos.

Muitos angicanos após visitarem as sepulturas de seus entes queridos compareceram ao pátio em frente ao cemitério público onde a santa celebração aconteceu. O Padre Severino Neto que é o Pároco de São José dos Angicos concelebrou a santa missa.

Durante a sua homilia (sermão) Dom Matias fez questão de ressaltar que o dia de finados ao invés de ser um dia de tristeza, deve ser um dia de saudades daqueles entes queridos que partiram para a morada eterna, como também é um momento para refletirmos sobre nossa conduta enquanto estamos aqui na terra, primando sempre pelo respeito e pela defesa da igualdade entre os povos, pois quando chegar a hora da partida todos terão o mesmo destino, ou seja, a sepultura, daí a importância de se cumprir o que diz o principal mandamento da lei de Deus que é “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a aí mesmo”. Finalizou o Arcebispo.  fffb04b0-7835-417a-80a6-1f6d245cc58c

feaa8827-b83a-4858-a57d-407383b94dad

e49de276-44d9-4e5a-a36f-ba1026c3e8a3Fotos: Val Costa.

Redação: Rogério Magno. 

Militares estaduais se reúnem para definir novas ações contra atraso salarial

militares-estaduais-ações-atraso-salarial-613x460Após o grande ato público ocorrido no dia 24 de outubro, e sem soluções para normalização do pagamento dos salários, por parte do Governo do Estado, os policiais e bombeiros militares do RN marcam nova Assembleia Geral Unificada. Nesta próxima segunda-feira, 06, às 15 h, eles definirão as estratégias de mobilização contra atrasos de salários – com possibilidade de interrupção das atividades policiais, de acordo com o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN), subtenente Eliabe Marques.

A reunião acontecerá no Clube Tiradentes, sede da ASSPMBMRN, localizado no bairro Alecrim. Desde fevereiro de 2016 que o Governo do Estado não cumpre com o art. 28 da Constituição Estadual que estabelece o último dia de cada mês para o pagamento de salário. “Queremos que o Governo nos apresente uma solução prática para colocar os salários em dia. Até agora não nos foi apresentada nenhuma medida possível, nem projetado datas para a regularização”, pontua o subtenente Eliabe Marques.

No dia 24 de outubro, centenas de policiais e bombeiros militares realizaram uma caminhada e ocuparam a frente da Governadoria, junto aos demais servidores do Estado – em uma das maiores mobilizações deste ano. O Governo, por meio do secretário do Planejamento e das Finanças (Seplan), Gustavo Nogueira, em reunião no mesmo dia, relatou que o empréstimo não traz esperança de salários em dia, considerando que o valor a ser utilizado não ultrapassaria os R$ 200 milhões – muito aquém de uma folha mensal de pagamento, que é de R$ 219 milhões.

Serviço:

  • Assembleia Geral Unificada dos Policiais e Bombeiros Militares
  • Data: 06/11/2017, às 15h
  • Local: Clube Tiradentes – Rua Presidente Bandeira, 1158, Alecrim.

Enem 2017 começa neste domingo; confira horários e novas regras

contagem-regressiva-enem-2017-3-mesesMais de 6,7 milhões de brasileiros estão inscritos para participar da edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Em 2017,  a prova estreia em novo formato, com aplicação dividida em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro. Ao todo, 1.725 municípios brasileiros receberão o exame.

Neste ano, a redação passará a ser aplicada no primeiro dia do exame, neste domingo, 5, juntamente com as provas de Linguagens, Códigos e sua Tecnologia e Ciências Humanas e suas Tecnologias, com duração máxima de 5 horas e 30 minutos. No domingo seguinte, dia 12, será a vez dos participantes responderem a questões de Ciência da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias, com duração máxima de 4 horas e 30 minutos.

Pela primeira vez, a prova será personalizada com o nome e o número de inscrição do participante. O local e o endereço da prova podem ser consultados pelo aplicativo do Enem e  pelo site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os participantes que precisarem de atestado de comparecimento deverão imprimir a declaração no site do exame e colher a assinatura do coordenador do local.

HORÁRIO

Como em edições anteriores, a programação do exame é regulada conforme o horário de Brasília. O Inep alerta para os participantes ficarem alertas ao fuso dos Estados em que prestarão o exame. Confira:

Abertura dos portões: 12 horas

Fechamento dos portões: 13 horas

Início das provas: 13 horas e 30 minutos

Permissão de saída: a partir das 15 horas e 30 minutos

Término da prova do dia 5/11: 19 horas

Término da prova do dia 12/11: 18 horas

DOCUMENTAÇÃO

É obrigatória a apresentação de um documento oficial com foto, que pode ser carteira de identidade, passaporte, carteira de motorista, carteira de trabalho ou carteira de reservista; não serão aceitas cópias autenticadas. Caso o candidato tenha a documentação furtada ou roubada antes da prova, poderá apresentar um boletim de ocorrência registrado em até 90 dias.

MATERIAL

Os únicos tipos de canetas permitidas são as de corpo transparente e tinta preta.

ELIMINAÇÃO

O edital prevê a eliminação de candidatos que portarem alguns dos seguintes materiais durante a aplicação do exame. No local de prova, os objetos proibidos devem ser guardados em um envelope porta-objeto, que poderá ficar embaixo da cadeira do participante. É vedado o uso de:

– caneta não transparente, lápis, borracha e lapiseira;

– boné, chapéu, gorro e outros acessórios de chapelaria;

– celular, tablet, pen drive, calculadora e outros tipos de equipamentos eletrônicos;

– fone de ouvido;

– óculos escuros.

REDAÇÃO

Ela será aplicada neste domingo, dia 5 de novembro. Confira abaixo as indicações do Inep para não zerar a prova:

– não fuja do tema proposto;

– respeite os direitos humanos (o ministro da Educação, Mendonça Filho, reiterou a regra, que é alvo de contestação na Justiça);

– escrever menos de oito linhas;

– fazer desenhos;

– utilizar uma estrutura de texto diferente do tipo dissertativo-argumentativo.

DIA DE FINADOS EM ANGICOS: Seguindo a tradição angicanos vão ao cemitério público em visitas as sepulturas de entes queridos

3cf96930-efe8-4658-9c68-1b196b86da52Seguindo a milenar tradição do dia de finados os angicanos residentes na cidade e os que residem fora de Angicos estão tirando  esta quinta feira, dia 02 de novembro, feriado nacional do dia de finados para visitarem as sepulturas de seus entes queridos que estão no descanso eterno no cemitério público de nosso município.

Na manhã desta quinta feira dia 02 a nossa reportagem através do nosso competente repórter Val Costa registrou as visitas que estavam sendo realizadas as sepulturas do cemitério de Angicos pelos familiares e amigos de angicanos que já partiram para a casa paterna.  

Registramos ainda a presença daquelas pessoas que aproveitam o dia de finados para trabalhar em busca de seu “ganha pão”. Vendedores de flores, coroas e ornamentações, além de velas se posicionaram em frente ao logradouro público na busca pela clientela.

Vale salientar que a Prefeitura Municipal de Angicos realizou uma grande obra de revitalização no cemitério público de nossa cidade proporcionando assim uma maior comodidade a todos os angicanos que foram visitar as sepulturas de seus entes queridos.    2c54a656-8579-4766-9cba-bdcf62ac54a7

159b2d1f-4a51-4394-a627-62631ca30e5d

e0c2ed38-dd0c-4c98-b00b-8efdf5baada0

f671ead7-09c6-4fe2-915b-0b297890bab0

51e1b00b-85a4-4f21-a220-198cd8ba3e3f

c65006af-a215-47f1-a130-169882d2d272Fotos: Val Costa.

Redação: Rogério Magno. 

EXCLUSIVO: Missa aos fiéis defuntos abre as celebrações do Dia de Finados em Angicos

20171102_071123A Santa Missa que para os católicos é considerada a maior de todas as orações abriu as celebrações do dia de finados em Angicos.

Nesta manhã de quinta feira, dia 02 de novembro o nosso blog acompanhou de forma exclusiva a celebração eucarística que aconteceu na Igreja Matriz de São José dos Angicos e foi presidida pelo Pároco da Paroquia de São José dos Angicos, o Padre Severino da Silva Neto, contando com a presença do Pároco Emérito Monsenhor Pinto.

Muitos angicanos que têm parentes falecidos compareceram a celebração deste inicio de manhã a fim de através da palavra de Deus render homenagens aos seus entes queridos na santa missa que recebe o titulo de Celebração aos Fieis Defuntos.20171102_072354

20171102_071150

20171102_071602A Igreja Católica celebra o dia dos Fiéis Defuntos ou dia de Finados com o objetivo de se fazer a memória dos que já se encontram na pátria celeste. Os cristãos rezam pelos falecidos, visitando os túmulos de seus entes queridos. A Igreja dedica este dia do ano (02 de novembro) para rezar por todas as pessoas falecidas, também por aquelas que ninguém lembra. É um dia que evoca saudade, esperança e compromisso. Saudade daqueles que partiram e marcaram, de uma maneira ou de outra, a vida de todos nós que ainda peregrinamos neste mundo. Esperança porque nos foi revelado que a morte não tem a última palavra, é passagem para a vida em plenitude. 

Dentro da programação religiosa do dia de finados em Angicos ainda constará mais uma celebração eucarística que será realizada logo mais as 17 hora em frente ao Cemitério Público Municipal Parque da Saudade aqui em nossa cidade. Esta missa será presidida pelo Arcebispo Emérito da Arquidiocese de Natal Dom Matias Patrício de Macedo e terá toda a cobertura do nosso setor de jornalismo.  20171102_072430

20171102_071644

20171102_071431

20171102_072712Fotos e Redação: Rogério Magno.

Reajuste: Petrobras aumenta o GLP industrial em 6,5% a partir desta quinta-feira

petrobras-PAULO-VITOR-AGENCIA-ESTADO-1-640x441A Petrobras reajusta os preços de comercialização às distribuidoras do gás liquefeito de petróleo (GLP) destinado aos usos industrial e comercial, no porcentual médio de 6,5%, a partir desta quinta-feira (02).

Em nota, a estatal esclarece que este reajuste não se aplica aos preços do GLP destinado ao uso residencial, comercializado pelas distribuidoras em botijões de até 13 kg (conhecido como gás de cozinha).

O presidente do Conselho de Consumidores de Energia Elétrica da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (Fiern), João Lima, lamentou nesta quarta-feira, 1, a decisão da Petrobras, que deve se estender ao Gás Natural Veicular (GNV).

“Toda vez que a estatal aumenta o preço do gás industrial é a empresa nacional que depende dessa energia que perde competitividade. Entre elas estão as do setor têxtil e cerâmico, entre muitas outras.
Para João Lima, o preço do gás industrial no Brasil ficou tão caro com os últimos aumentos que já se descolou da realidade internacional.

Em comparação com o produto no mercado norte-americano, por exemplo, o produto nacional já custa o dobro.
Indagado da razão de custos altos, Lima afirmou que eles se devem à erros de gestão cometidos dentro da Petrobras e pelo impacto da tributação no Brasil, cujo rombo financeiro está sendo coberto agora em detrimento da competitividade da indústria nacional.

Portal Agora RN.

Supremo manda para Sérgio Moro denúncia contra ex-ministro Henrique Alves

cunha-geddel-henrique-rocha-620x350Depois de a Câmara dos Deputados barrar a análise no Supremo Tribunal Federal da denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência), o ministro Edson Fachin, da Corte máxima, decidiu desmembrar a denúncia para que tramite na primeira instância.

Fachin decidiu enviar ao juiz Sérgio Moro, da 13.ª Vara Federal Criminal de Curitiba, a parte da denúncia pelo crime de organização criminosa que se refere ao restante do núcleo político do PMDB da Câmara — o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), o ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-BA), o ex-assessor especial da presidência Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

Moro é o responsável pela condução da Lava Jato na primeira instância. “Diversos integrantes da apontada única organização criminosa foram processados e, inclusive, já sentenciados pelo Juízo da 13.ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Curitiba”, disse Fachin, ao justificar o envio a Moro.

Já a parte da denúncia que é pelo crime de obstrução à investigação de organização criminosa, com relação a Joesley Mendonça Batista e Ricardo Saud, será encaminhada à Justiça Federal em Brasília.

Temer havia sido denunciado junto com os três. Também serão encaminhados para investigação em Brasília, em relação a este caso, Lúcio Funaro, Roberta Funaro, Eduardo Cunha e Rodrigo Rocha Loures, que não chegaram a ser denunciados pela Procuradoria-Geral da República em setembro.

Para Fachin, a necessidade de prévia autorização da Câmara dos Deputados para processar o presidente da República e ministros de Estado “não se comunica” aos outros réus.

Em outro aspecto importante da decisão, Fachin decidiu que as prisões preventivas decretadas contra Joesley Batista e Ricardo Saud deverão ficar a partir de agora sob a análise do juiz Sérgio Moro. E que as prisões preventivas de Lúcio Bolonha Funaro, Eduardo Cosentino da Cunha e Roberta Funaro Yoshimoto, no âmbito da Operação Patmos, ficará submetidas à Justiça Federal do Distrito Federal.

Ao concluir, Fachin diz que deverão seguir formalmente investigados no Supremo apenas o presidente Michel Temer, o ministro Eliseu Padilha e o ministro Moreira Franco.

“Diante da negativa de autorização por parte da Câmara dos Deputados para o prosseguimento da denúncia formulada em desfavor do Presidente da República e dos aludidos Ministros de Estado, o presente feito deverá permanecer suspenso enquanto durar o mandato presidencial e as investiduras nos respectivos cargos”, decidiu o ministro do STF.

O Estadão. 

“Mais de 30 municípios do RN correm risco de não pagar 13º em 2017”, alerta Femurn

1-640x427Mais de 30 municípios do Rio Grande do Norte correm o risco de não pagar o 13º salário a seus servidores este ano, garantiu nesta quarta-feira, 1, o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – Femurn – Benes Leocádio.

Ele não descartou que esse número venha a ser bem maior, já que além do complemento salarial previsto para ser pago totalmente até 20 de dezembro, as administrações ainda arcarão com a segunda folha normal do mês.

As exceções estarão por conta dos municípios que conseguiram adiantar pagamentos nos meses de junho e julho, quando receberam a parcela de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). “Estes talvez poderão honrar seus compromissos de final de ano”, excetuou Leocádio.

A última vez que uma crise dessas assolou seriamente os municípios potiguares foi em 2015, quando metade deles ameaçou não pagar o 13º salário de seus servidores, o que motivou a destinação de parte de recursos da repatriação não declarada de brasileiros no exterior para reforçar esse caixa em 2016.

Segundo o presidente da Femurn, o RN receberá até dezembro o mesmo valor de repasses federais do ano passado, uma vez que não houve neste exercício o aporte extra referente à repatriação, que rendeu à União, na ocasião, R$ 11 bilhões extras dos quais R$ 6 bilhões ajudaram a reforçar o caixa dos municípios pelo País.

Nessa divisão, o RN recebeu recursos extras em 2016 de R$ 100 milhões, totalizando menos de R$ 200 milhões de repasses totais da União. Este ano, mesmo com o avanço da inflação, dos salários de categorias profissionais e dos preços administrados que impactam sobre os custos dos municípios, os valores repassados não aumentaram um centavo, agravando a situação das prefeituras.

ANA/IGARN: Resolução restringe uso de recursos hídricos na região do Vale do Açu

projetoO Governo do Estado, por meio do Instituto de Gestão das Águas do Estado do RN (IGARN) e a Agência Nacional de Águas (ANA) estabeleceram regras de restrição para captações de água localizadas na barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves (foto), no rio Piranhas-Açu e Açude Pataxó.

As restrições valem a partir desta quarta-feira (1º) e não há restrições para abastecimento humano e dessedentação de animais, explica a informação da assessoria de imprensa do IGARN, na capital do estado.

As novas regras estabelecem horários de operação, vazão máxima e volume máximo semanal para retirada de águas do rio Piranhas-Açu pelos empreendimentos produtivos. Todos os horários de captação são noturnos, visando o uso sustentável da água do rio e a manutenção do abastecimento das populações que dele se utilizam.

Os empreendimentos devem possuir dispositivos que permitam aferir e registrar os volumes de água captados.

Caso o nível de água observado na estação fluviométrica Pendências – captação da Companhia de Águas e Esgotos do RN(CAERN) para os municípios de Macau, Pendências e Guamaré – fique inferior a 1,00m, as captações de água destinadas a empreendimentos de irrigação, aquicultura em tanques escavados e indústria deverão ser interrompidas, de modo a possibilitar a continuidade da operação dos sistemas públicos de abastecimento de água, o consumo humano e a dessedentação animal.

Os usuários deverão acessar diariamente os sites do IGARN (www.igarn.rn.gov.br), da ANA (www.ana.gov.br) e do Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Piancó-Piranhas-Açu (http://www.cbhpiancopiranhasacu.org.br/site/) a fim de verificar a situação do nível de água, que indicará a suspensão ou não de suas captações.

Os usuários responsáveis por empreendimentos cujas captações estejam localizadas em canais de chamada ou de derivação devem fechar os respectivos canais no prazo de 15 dias contados a partir da data de publicação da Resolução.

Caso os canais não sejam fechados no prazo estabelecidos, respectivos usuários deverão restringir o período de operação das captações a 50% dos períodos autorizados na Resolução, e instalar horímetros ou dispositivos que permitam aferir e registrar os volumes de água captados.

O descumprimento do disposto na Resolução será considerado infração e ensejará a aplicação das devidas penalidades, incluindo multa e embargo, conforme legislação pertinente.

As captações de água subterrânea na região, situadas no aquífero aluvionar, a jusante da barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves, somente podem operar das 18h às 6h mediante autorização do IGARN.

Fonte: Blog Pauta Aberta.

DESPERDICIO: Grande vazamento de água é flagrado nas proximidades da Ufersa em Angicos

44bc981e-fc9c-4d6c-8c9d-643f68a40715A nossa reportagem através do nosso repórter Val Costa flagrou já no início da manhã desta quarta feira, dia 1º de novembro um grande vazamento de água, que segundo o nosso repórter pôde apurar começa numa tubulação que passa em frente a Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) e a água vai  descendo por todo o percurso do calçadão que desemboca na Rua Gamaliel Martins no Bairro Alto da Alegria.

Não sabemos precisar se a CAERN já foi notificada do vazamento, no entanto através do nosso blog queremos solicitar aos técnicos da estatal que observem em loco o problema vendo o quanto antes a possibilidade de resolvê-lo a fim de evitar o desperdício da água que já é tão escassa em nossa região tendo em vista a seca que nos assola há mais de 4 anos deixando o nível dos nossos reservatórios numa situação preocupante quanto as suas capacidades hídricas.

Pedimos também o apoio da população angicana no intuito de que ao observarem algum tipo de vazamento na rede de água em qualquer ponto da cidade que comuniquem a CAERN para que as providências sejam tomadas evitando assim o desperdício do precioso liquido.       4c829ceb-2d84-464b-8f51-ef0530d4960e

9d832d0c-09ee-493d-95d3-82080686ed48Fotos: Val Costa.

Redação: Rogério Magno. 

Enem 2017: estudantes que não poderão fazer a prova ainda podem ter acesso ao ensino superior

unnamed

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) obteve 7,6 milhões de inscritos na edição 2017, e será aplicado nos próximos dias 5 e 12 de novembro. O número parece bastante significativo, porém, é menor que o da edição anterior e já era esperado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), afinal a partir deste ano, o Enem não servirá mais para certificar o ensino médio.

Cerca de um milhão de candidatos, equivalente a 11%, usavam a prova para obter o diploma dessa etapa de ensino. Agora, isso será feito exclusivamente pelo Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Além desse percentual, 872.105 fizeram as inscrições, mas não efetuaram o pagamento da taxa de inscrição, ou seja, não poderão fazer as provas. Outro fator são os alunos não terem conseguido a isenção da taxa, que este ano custou R$ 82 atingindo um aumento relevante de 20%.

Diante deste cenário e faltando pouco menos de uma semana das provas, muitos estudantes que buscavam no resultado do Enem a possibilidade de ter acesso em instituições públicas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), bolsas de estudo em instituições privadas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), estão de fora deste processo.

Uma boa alternativa e esperança para muitos estudantes é recorrer a programas de inclusão educacional, a exemplo do Educa Mais Brasil, que concede bolsas de estudo no País, com descontos que chegam até 70% nas mensalidades para a Graduação, em cursos de Direito, Engenharia Civil, Medicina Veterinária, Arquitetura e Urbanismo, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, em instituições de ensino privadas como: Estácio de Sá, Unopar,Fael, Unip  e Anhanguera.

“O programa de bolsas de estudo é uma ótima alternativa de ingresso no Ensino Superior para àqueles que não têm condições de arcar com 100% nas mensalidades e não fizeram a inscrição em programas do governo, afinal, nós inserimos esses alunos nas melhores instituições do País”, pontua Andréia Torres, diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil.

A inscrição é gratuita e feita exclusivamente pelo site www.educamaisbrasil.com.br. No portal é possível ver os demais cursos e instituições parceiras do programa, além da porcentagem de desconto. Mais informações podem ser obtidas por meio da central de atendimento, pelos telefones 4007-2020 para Capitais e Regiões Metropolitanas ou 0800 724 7202 para demais localidades.

FEMURN convida prefeitos para participar de mobilização em Brasília em prol dos municípios

WallpaperA Federação dos Municípios do RN (FEMURN) está convidando os gestores municipais do RN a participarem da Mobilização Nacional em Brasília em prol dos municípios, no próximo dia 22 de novembro.

O evento é organizado pelo movimento municipalista brasileiro, através da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e conta com o apoio das federações de municípios de todos os estados, frisa informação da assessoria da entidade, na capital do estado.

Com o tema “Não deixe os municípios afundarem”, o movimento pede que os prefeitos entrem em contato com seus parlamentares, os convidando para a mobilização, e possam pressionar para que os presidentes da República, da Câmara e do Senado atendam as reivindicações do movimento e recebam os prefeitos no dia do ato.

As demandas prioritárias a serem trabalhadas junto à Presidência da República são o auxílio financeiro emergencial aos municípios e a atualização dos programas federais.

Já na Câmara dos Deputados, o movimento se deterá em questões como precatórios (PEC Nº 212/2016), piso do magistério (PL Nº 3.776/2008) e resíduos sólidos (PL Nº 2.289/2015).

No Senado, os prefeitos e prefeitas que participarem da mobilização estarão lutando em favor das emendas do Fundo de Participação dos Municípios (PEC Nº 61/2015) e do 1% do FPM (PEC Nº 29/2017).

A derrubada do veto ao encontro de contas (Veto Nº 30/2017) é pauta comum a ser trabalhada com deputados federais e senadores.

A proposta da mobilização foi apresentada na última quinta-feira, 26, em reunião realizada na CNM, em Brasília, que contou com a presença de presidentes de entidades municipalistas estaduais e prefeitos municipais.

O movimento também abordará o subfinanciamento dos programas federais, a necessidade do novo pacto federativo, obras municipais paralisadas, falta de investimento das prefeituras e queda de repasses federais.

A CNM disponibilizou em seu website o histórico da crise dos municípios, vídeos institucionais abordando a nova campanha, além de materiais e conteúdos da mobilização.

A inscrição para participação da mobilização nacional também deve ser feita através da página da CNM na internet.

Fonte: Assecom/Fermurn.

Bandeira tarifária é vermelha 2 em novembro e Cosern dá dicas de economia de energia

vt-ar-manutencaoA Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) determinou que a partir desta quarta-feira (1º) a bandeira tarifária para o mês de novembro de 2017 será vermelha em patamar 2 e que o valor cobrado nas contas de luz já virá reajustado para R$ 5 a cada 100 kWh de energia consumidos. Para evitar “susto” na conta, a Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) dá dicas de como economizar energia.

Dentre as dicas aos consumidores, está a utilização de lâmpadas de LED em toda a casa, o aproveitamento da luz natural e atenção à temperatura do ar condicionado.

De acordo com a Aneel, não houve evolução na situação dos reservatórios das usinas hidrelétricas em relação ao mês anterior e, ainda que não haja risco de desabastecimento de energia elétrica, é preciso reforçar as ações relacionadas ao uso consciente e combate ao desperdício.

Confira todas a dicas:

Adquira aparelhos elétricos eficientes (e use com eficiência):

Eletrodomésticos mais antigos costumam ser menos eficientes. Se puder, substitua-os por aparelhos mais novos e com selo PROCEL de eficiência energética. Isso irá ajudar muito na economia de energia e na redução das contas.

Desligue o computador se não for utilizá-lo dentro de uma hora

Algumas pessoas acham que deixar o computador ligado 24 horas consome menos energia do que ligá-lo e desligá-lo a cada uso, mas não funciona assim. Se as pausas entre os usos forem longas, de mais de uma hora, por exemplo, o ideal é desligar tudo. Se puder, opte por laptops, que costumam ser mais econômicos.

Fique de olho no carregador de celular

Não deixe o carregador de celular na tomada sozinho ou depois que o aparelho estiver completamente carregado. Mesmo por poucos instantes, ele consome energia elétrica.

Aproveite a luz natural

Além de ser confortável para os olhos, aproveitar a luz natural do dia ajuda a reduzir o desperdício de energia. Evite acender luzes em ambientes já naturalmente iluminados, dê preferência por lugares com janelas amplas e paredes claras.

Evite usar a função stand-by dos aparelhos

Nunca deixe os aparelhos ligados na tomada em “stand-by”, o famoso “modo espera” que permite ligar o equipamento diretamente. Prefira tirar o eletrodoméstico da tomada quando não estiver em uso, mesmo que você não ache prático. Neste caso, a comodidade não compensa o desperdício.

Escolha lâmpadas LED

Mesmo que as lâmpadas LED sejam mais caras, a economia de longo prazo compensa os custos iniciais porque elas duram mais. Dê preferência a lâmpadas LED para a cozinha, área de serviço e outros locais que fiquem com as luzes acesas mais de quatro horas por dia.

Utilize a função “timer” das TVs

O televisor é responsável por cerca de 5% a 15% do consumo total de uma residência, por isso, evite dormir com televisores ligados. Se você já sabe que costuma pegar no sono assistindo à televisão, utilize a função “timer” ou “sleep”, presente na maioria dos modelos e programe o aparelho para que ele desligue sozinho.

Estabilize a temperatura do ar condicionado

Para economizar energia, não é preciso sofrer e desligar o ar condicionado nesse calorão. Deixar o aparelho em uma temperatura estável refresca e ajuda a reduzir o valor das contas. Uma dica é regular o termostato para uma temperatura confortável, entre 23 e 25 graus.

A Cosern avisa ainda que, todas as obras e revisões em instalações elétricas devem ser feitas por um profissional capacitado.

G1.RN

PREOCUPANTE: Pesquisa põe Brasil em topo de ranking de violência contra professores

poUma pesquisa global feita com mais de 100 mil professores e diretores de escola do segundo ciclo do ensino fundamental e do ensino médio (alunos de 11 a 16 anos) põe o Brasil no topo de um ranking de violência em escolas.

Na enquete da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), 12,5% dos professores ouvidos no Brasil disseram ser vítimas de agressões verbais ou de intimidação de alunos pelo menos uma vez por semana.

Trata-se do índice mais alto entre os 34 países pesquisados – a média entre eles é de 3,4%. Depois do Brasil, vem a Estônia, com 11%, e a Austrália com 9,7%.

Na Coreia do Sul, na Malásia e na Romênia, o índice é zero.

O tema da violência em sala de aula foi destacado por internautas ouvidos pela BBC Brasil como um assunto que deveria receber mais atenção por parte dos candidatos presidenciais e vem gerando acirrados debates em posts que publicamos nos últimos dias nas nossas páginas de Facebook, Twitter eGoogle +.

“A escola hoje está mais aberta à sociedade. Os alunos levam para a aula seus problemas cotidianos”, disse à BBC Brasil Dirk Van Damme, chefe da divisão de inovação e medição de progressos em educação da OCDE.

O estudo internacional sobre professores, ensino e aprendizagem (Talis, na sigla em inglês), também revelou que apenas um em cada dez professores (12,6%) no Brasil acredita que a profissão é valorizada pela sociedade; a média global é de 31%.

Leia mais: ‘Continuei dando aula com olho sangrando’, diz professor atingido por azulejo

O Brasil está entre os dez últimos da lista nesse quesito, que mede a percepção que o professor tem da valorização de sua profissão. O lanterna é a Eslováquia, com 3,9%. Em seguida, estão a França e a Suécia, onde só 4,9% dos professores acham que são devidamente apreciados pela sociedade.

Já na Malásia, quase 84% (83,8%) dos professores acham que a profissão é valorizada. Na sequência vêm Cingapura, com 67,6% e a Coréia do Sul, com 66,5%.

A pesquisa ainda indica que, apesar dos problemas, a grande maioria dos professores no mundo se diz satisfeita com o trabalho.

A conclusão da pesquisa é de que os professores gostam de seu trabalho, mas “não se sentem apoiados e reconhecidos pela instituição escolar e se veem desconsiderados pela sociedade em geral”, diz a OCDE.

G1.RN

Enem 2017: Avaliação será aplicada para mais de 159 mil pessoas no estado do RN

Hospedagem IIINos dias 05 e 12 de novembro, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 será aplicado no estado do RN para 159.484 participantes.

O número é 2,3% do total de 6.731.203 inscritos.

As provas serão aplicadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em 40 municípios, mesmo número do ano passado, apesar do número de participantes ser 18,5% menor, cita informação da assessoria de imprensa do órgão federal.

No Enem 2016, o estado teve 195.726 participantes.

A queda no número de inscrições é consequência do Enem ter deixado de certificar o Ensino Médio, tarefa que voltou ao Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

No RN, 23,7% dos participantes são pagantes; 61,9% foram isentos do pagamento da taxa de inscrição em função da Lei ou do Decreto; e 14,4% obtiveram a gratuidade automática por estarem concluindo o Ensino Médio na rede pública em 2017.

Em relação à situação de ensino; 73,6% já concluiu o Ensino Médio; 17,8% é concluinte este ano; e 7,6% concluirá após 2017 (treineiros).

Do total de participantes no RN, 57% são mulheres e 43% são homens.

Foram aprovados 1.015 atendimentos especializados no RN.

A maioria dos casos é de deficiência física, deficiência auditiva e baixa visão.

Serão usados 1.935 recursos de acessibilidade, sendo 45 videoprovas traduzidas em Libras, novidade desta edição.

Também serão 435 atendimentos específicos, 40,9% para lactantes.

O estado teve oito solicitações aprovadas para atendimento pelo nome social, três delas na capital.

DETRAN/RN divulga cronograma de exames práticos de direção do interior, em Angicos será dia 10 de novembro

IMG000000000071170

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (DETRAN/RN) inicia nesta quarta-feira (1º) a execução do cronograma de exames práticos de direção veicular que serão aplicados nos municípios do interior do estado durante o mês de novembro.

Os examinadores iniciam as avaliações pela cidade de São José do Mipibu, e no decorrer do mês outros 15 municípios polos distribuídos em todas as regiões do estado terão candidatos a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) avaliados pelo Departamento.

Somente no interior, a previsão é de que cerca de dois mil candidatos passem pela avaliação no mês de novembro, registra informação da assessoria do DETRAN/RN.

Para que o candidato seja aprovado no teste é necessário que ele não cometa nenhuma falta eliminatória e que a soma dos pontos negativos seja menor do que três.

No caso de reprovação o candidato só poderá repetir o exame decorrido 15 dias da divulgação do resultado.

De acordo com informações coletadas no setor de Estatística do DETRAN/RN, durante os primeiros nove meses deste ano foram realizados 43.979 testes práticos de direção veicular no estado.

A média mensal deste ano corresponde a 4.886 avaliações.

No primeiro semestre de 2017 foram expedidas 12.583 CNHs com registro de primeira habilitação, o que corresponde a 12% das expedições desse tipo de documento no ano.

Já a frota atual do estado é de 1.223.900 veículos.

Cronograma de Exame Prático de Direção Veicular – novembro 2017:

01/11 – São José do Mipibu;

06/11 – Macau;

07/11 – João Câmara;

08/11 – Ceará Mirim;

09/11 – São Paulo do Potengi;

10/11 – Angicos;

13/11 – Patu;

14/11 – Caicó;

16/11 – Jucurutu;

17/11 – Parelhas;

23/11 – Currais Novos;

24/11 – Santa Cruz;

27/11 – Alexandria;

28/11 – Pau dos Ferros;

29/11 – Apodi;

30/11 – Caraúbas.

%d blogueiros gostam disto: