IFRN oferta 1.278 vagas para cursos técnicos subsequente e integrado ProEJA

logo-ifrn

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) divulgou hoje (1º) os editais dos processos seletivos para cursos Técnicos Subsequentes (Edital 33/2016) e ProEJA (Edital 34/2016). São ofertadas um total de 1278 vagas, sendo 1168 para cursos subsequente e 116 para o ProEJA.

Os interessados devem se inscrever no período de 7 de novembro, a partir das 14h, a 21 de novembro, no site processoseletivo.ifrn.edu.br. A inscrição exige o pagamento de uma taxa de inscrição de R$ 20, que deve ser feita até o dia 22 de novembro, em qualquer agência bancária ou lotérica. Estudantes com renda familiar baixa que comprovem inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) podem solicitar a isenção do pagamento da taxa no período de 7 a 11 de novembro, também através do portal do candidato

O processo seletivo para os cursos técnicos subsequentes e  ProEJA é composto por uma prova objetiva de Português e Matemática e uma redação. A avaliação será aplicada no dia 11 de dezembro, das 8h às 12h. O local será informado através do cartão de inscrição, que deve ser acessado a partir do dia 2 de dezembro, no portal do candidato.

TÉCNICO SUBSEQUENTE

O curso Técnico Subsequente é ofertado para estudantes que já tenham concluído o ensino médio. Em média, tem duração de 2 anos. O Edital Nº 33/2016 está ofertando 1168 vagas, distribuídas entre 13 campi do IFRN.

Apodi: Agropecuária – Matutino |Manutenção e Suporte em Informática – Noturno
Ipanguaçu: Meio Ambiente – Matutino
João Câmara: Administração – Noturno | Eletrotécnica – Noturno
Macau: Recursos Pesqueiros – Noturno
Mossoró:  Edificações – Matutino |Eletrotécnica – Vespertino |Mecânica – Noturno |Informática – Vespertino
Natal-Central: Geologia – Matutino | Mineração – Vespertino | Segurança do Trabalho – Vespertino | Edificações – Vespertino e Noturno | Estradas – Noturno | Eletrotécnica – Noturno | Mecânica – Matutino | Petróleo e Gás – Noturno
Natal-Cidade Alta: Eventos – Vespertino | Guia de Turismo – Noturno
Natal-Zona Norte: Manutenção e Suporte em Informática – Matutino
Nova Cruz: Administração – Noturno
Parnamirim: Mecatrônica – Noturno | Rede de computadores – Noturno
Santa Cruz: Refrigeração e Climatização – Vespertino
São Gonçalo do Amarante: Edificações – Vespertino
São Paulo do Potengi: Edificações – Matutino

INTEGRADO PROEJA

Já na modalidade Integrado ProEJA os cursos são ofertados ao mesmo tempo que o Ensino Médio, tendo 4 anos de duração, e é voltado para estudantes com 18 anos ou mais que já concluíram o Ensino Fundamental. O Edital 34/2016 oferta 116 vagas para 3campi:

Ipanguaçu: Agroecologia – Vespertino
Natal-Zona Norte: Comércio – Noturno
Santa Cruz: Manutenção e Suporte em Informática – Noturno

Prefeitura Municipal de Angicos realiza limpeza no cemitério público para receber visitantes no dia de finados

dscn8753

Nesta quarta feira (02) dia de finados, tradicionalmente as famílias angicanas vão até o cemitério público municipal Parque da Saudade para cumprir o rito de visitação as sepulturas onde estão sepultados para o descanso eterno seus parentes e amigos.

Angicanos que residem em outras cidades do estado, como também pessoas que não são angicanos mais que têm parentes ou amigos sepultados também realizam visitação a fim de realizarem orações e demonstrarem respeito pelos seus entes queridos que ali se encontram sepultados.

Pensando em oferecer melhores condições de visitação aos familiares e visitantes neste dia de finados a Prefeitura Municipal de Angicos por meio do gestor municipal Junior Batista através da Secretaria Municipal de Obras realizou a limpeza e pintura nas partes interna e externa do cemitério público municipal Parque da Saudade.

No momento em que a nossa equipe de reportagem esteve fazendo a parte fotográfica desta matéria pudemos presenciar um grande numero de visitantes presentes ao cemitério público municipal de Angicos.

dscn8733

dscn8739

dscn8734

dscn8740

dscn8736

Outro fato a ser registrado é que o dia de finados apesar de ser um feriado nacional representa dia de trabalho para alguns comerciantes informais um dia de ganhar um “dinheirinho” extra.

Barracas para venda de coroas de flores, rosas e ornamentos para túmulos, como também de água mineral, sorvetes e comidas estão postas em frente ao cemitério público e até os nossos batalhadores moto taxistas também aproveitam o dia para ter um faturamento extra. dscn8742

dscn8749

dscn8743

Fotos: Alice Ribeiro.

Governo do Estado inicia pagamento em secretarias que tem recursos próprios, restante dos funcionários não tem previsão para receber

dinheiro1

O Governo do Estado iniciou nesta terça-feira (1º) o pagamento do funcionalismo pelos servidores da Educação e dos órgãos da Administração Indireta que possuem recursos próprios.

Os 22.898 servidores ativos da Educação, pagos com verba específica do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), representam R$ 50,8 milhões, ressalta informação da assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Planejamento e Finanças (SEPLAN).

O´órgão de comunicação da SEPLAN acrescentou que o calendário de pagamento do restante da folha de pagamento dos servidores públicos estaduais será anunciado em breve, a partir da disponibilidade de caixa.

TCE determina que Estado e Municípios realizem pagamento de bens e serviços por ordem cronológica

concurso-tce-rn

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) aprovou, durante sessão do Pleno realizada nesta terça-feira (01), a resolução 032/2016, que institui para o Estado, municípios, câmaras municipais e órgãos da administração direta e indireta procedimentos e rotinas para o pagamento por ordem cronológica de despesas com fornecedores de bens e serviços.

Com a regulamentação, os gestores públicos deverão realizar os pagamentos relativos ao fornecimento de bens e serviços respeitando a “estrita ordem cronológica de exigibilidade do crédito decorrente do cumprimento de obrigação executada de acordo com a lei e com o instrumento contratual”.

O texto da resolução disciplina os passos necessários para estabelecer a devida ordem cronológica, tais como a criação de listas consolidadas de credores, classificadas por fonte diferenciada de recursos e organizadas pela ordem cronológica de antiguidade dos referidos créditos, além dos procedimentos de liquidação das despesas.

A ordem cronológica só poderá ser quebrada em caso de grave perturbação da ordem, estado de emergência, calamidade pública, decisão judicial ou do próprio TCE e relevante interesse público. O pagamento por ordem cronológica é uma exigência do artigo 5, caput, da Lei 8666/93.

Os pagamentos relativos às remunerações dos agentes públicos – assim com as verbas indenizatórias, pagamento de diárias, auxílios e ajudas de custo – não estão sujeitos aos efeitos da resolução, como também os decorrentes de suprimento de fundos, obrigações tributárias, prestação de serviço de água, esgoto, correios, telefonia e internet, entre outras situações.

A regra de pagamento por ordem cronológica combate a violação aos princípios da impessoalidade e da moralidade, uma vez que retira do gestor a possibilidade de escolher quem será beneficiado com os pagamentos e de estabelecer privilégios em detrimento deste ou daquele credor.

Comissão do Senado aprova projeto que torna vaquejada manifestação cultural

noticia_148361

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado aprovou hoje (1º) projeto de lei que torna a vaquejada patrimônio cultural imaterial e manifestação da cultura nacional. A proposta é uma tentativa de reverter decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de considerar a prática inconstitucional, por estar ligada a maus-tratos de animais.

Durante a discussão do Projeto de Lei da Câmara (PLC) 24/2016, do deputado Capitão Augusto (PR-SP), o senador Roberto Muniz (PP-BA) defendeu a vaquejada e disse que a prática é diferente das touradas, por exemplo, em que não há “carinho” entre o homem e os animais, segundo ele.

“Diferente de outros esportes, em outros países, como a tourada, onde a luta era entre o toureiro verso o touro, do ser humano verso o seu animal, na verdade esse esporte [vaquejada] nasce de uma necessidade e do carinho que o vaqueiro tem pelo animal”, disse.

Segundo Muniz, esse “carinho” é demonstrado durante a vaquejada. “Ele derruba e traz o animal com muito carinho”, disse o senador.

Sobre as acusações de maus-tratos nos eventos, o senador disse que o bem-estar dos animais também está comprometido em outras situações e que isso não justifica a decisão judicial. “Colocar um animal pet dentro de um apartamento ou dentro de uma gaiola de 50 centímetros quadrados é cuidar do bem-estar do animal?”, questionou.

O PLC aprovado hoje pela comissão do Senado transformar as práticas de montarias, provas de laço, apartação, bulldog, provas de rédeas, provas dos Três Tambores, Team Penning e Work Penning, paleteadas e outras provas típicas, como Queima do Alho e concurso do berrante, em expressões artístico culturais, e as eleva à condição de manifestações da cultura nacional e de patrimônio cultural imaterial.

MEC confirma adiamento de provas do ENEM em cinco locais no RN

noticia_148372

O Ministério da Educação (MEC) confirmou na tarde desta terça-feira (1), o adiamento da realização de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (MEC), em escolas estaduais e instituições federais do Rio Grande do Norte, em função do movimento de ocupações. Candidatos inscritos nesses locais não farão a prova neste final de semana (5 e 6 de novembro). Para este grupo de estudantes, o exame será reaplicado nos dias 3 e 4 de dezembro.

Ao todo, 3.990 candidatos serão afetados no Estado e as provas não serão aplicadas em cinco locais.

De acordo com a Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (SEEC), cinco escolas estão ocupadas, são elas: A Escola Estadual Berílio Wanderley, Desembargador Floriano Cavalcante (Floca), Escola Professora Ana Júlia Mousinho e a Anísio Teixeira.

Entretanto, em lista divulgada pelo MEC, foi confirmado o adiamento da realização de provas nas seguintes instituições: Floriano Cavalcanti blocos de A a D (920), Anísio Teixeira blocos A, B e C (640), IFRN Zona Norte blocos A e B (540), IFRN Macau blocos A e B (752), UFRN Caicó no Auditório, bloco A, B e D (1.138).

Após conversa com os manifestantes, representantes da SEEC tinham a expectativa de que as escolas fossem liberadas para a realização do ENEM nesta sexta-feira.

“Antes tarde do que nunca”: Agência dos Correios em Angicos recebe porta com detector de metais

img_20161031_091053724

Depois de sofrer muitos assaltos acumulando um prejuízo estratosférico como também prejudicando e muito a população que depende dos serviços que são prestados pela entidade os Correios e Telégrafos (Gerencia do RN) resolveu instalar uma porta detectora de metais na agencia de Angicos.

Na manhã desta segunda feira, dia 31 de outubro, durante visita a agência para utilizar dos serviços que lá são prestados a nossa redação se deparou com o novo paramento que servirá para oferecer mais segurança aos funcionários que prestam seus serviços como também aos clientes.  

A porta detectora de metais serve para inibir a entrada de pessoas portando objetos metálicos, principalmente armas de fogo que são utilizados pelos bandidos para praticar roubos nas agências dos correios. Ela possui um dispositivo que faz a porta travar quando alguém tentar adentrar na agencia portando objetos metálicos.

Agora além da vigilância armada à agência dos Correios de Angicos dispõe de mais este dispositivo a fim de evitar os constantes assaltos que vinham acontecendo.

lembrando que a porta instalada na agência dos Correios em Angicos apresenta um novo dispositivo de segurança, ou seja, ela não é porta giratória como as tradicionais que se apresentam nas agência bancarias, por exemplo. Ela permite a entrada de uma pessoa ao tempo em que ao entrar automaticamente a pessoa destrava a porta seguinte para só assim ter acesso a agencia dos Correios. 

Parabenizamos a Gerência Regional dos Correios e Telégrafos no RN pela ação. é como dissemos na nossa manchete: ” Antes tarde do que nunca”, não é verdade?

Redação e edição: Rogério Magno.

Campanha de combate ao câncer de próstata ‘Novembro Azul’ começa nesta terça feira (1º) em todos o país

novembro-azul

A campanha ‘Novembro Azul’ é tida como a maior ação de conscientização do País realizada por diversas entidades dirigida à sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata. O movimento surgiu na Austrália, em 2003, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, que se verifica em 17 de novembro. De acordo com o médico urologista Hallison Castro o câncer de próstata é a segunda doença do tipo mais letal a afetar o homem. Existem duas formas de detecção da doença. A primeira é o PSA – Antígeno Prostático Específico – exame de sangue e o toque retal. Ambos devem ser feitos a partir dos 40 anos de idade. Ainda de acordo com o especialista, um dos tratamentos do câncer de próstata é a cirurgia. Tal procedimento pode ter como efeito a impotência sexual vindo a atingir cerca de 40 por cento dos pacientes. Porém, essa preocupação é secundária para ele.

Essa é uma questão secundária. Se o paciente vier a desenvolver impotência sexual existem vários tratamentos, medicamentos e até prótese peniana. Podemos sim reverter a situação depois de seis meses a um ano após a cirurgia. Se você descobrir que tem o câncer encare o tratamento”, disse o médico urologista.

Presidente do Tribunal de Justiça do RN propõe privatização da Uern e causa reação negativa na comunidade academica

claudioO presidente do Tribunal de Justiça do RN (TJRN), Cláudio Santos, afirmou, em entrevista ao programa RNTV 1ª Edição, da InterTV Cabugi, na tarde desta segunda-feira, 31 de outubro, que iria diligenciar empréstimo de R$ 100 milhões do TJRN ao Governo do Estado. No entanto, outra declaração do magistrado que tem gerado polêmica: a proposta de privatização da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

“Quer resolver o problema da saúde do Rio Grande do Norte ou pelo menos minimizar? Por que não privatiza a Universidade Estadual? Economiza R$ 20 milhões por mês. Dá uma bolsa de estudos para os estudantes pobres daquela universidade no valor de R$ 1,5 mil? De 30 milhões que gasta por mês, só gasta 10 com essas bolsas de estudo, já que o estado não tem obrigação de ter universidade. O estado tem obrigação de ter ensino médio”, afirmou o presidente.

A proposta do presidente do TJRN provocou indignação entre professores, técnicos, alunos e egressos da UERN. A universidade tem enfrentado problemas financeiros e está com as atividades administrativas e aulas suspensas devido à paralisação dos terceirizados devido ao não pagamento dos salários. Além dos terceirizados, o pagamento dos servidores da UERN tem sido pago com atraso nos últimos 10 meses e há ainda reclamações de descontos do plano de saúde pelo Governo do RN sem o devido repasse ás operadoras.

Nota do Blog: Temos a convicção, porém, não a certeza que o Governador Robinson Faria jamais tomará uma atitude desta natureza. O Meritíssimo Doutor Claudio Santos que nos perdoe, mas, não somos obrigados a concordar com uma ideia dessas que ele propôs. Como privatizar a universidade pública estadual que oferece uma maior gama de chances dos filhos das pessoas de classe média e baixa terem uma graduação senhor Desembargador? Existem outras maneiras de se economizar recursos para o estado, com certeza existe. Agora chegar ao ponto de privatizar a Uern, que repito e contextualizo para a realidade dos angicanos que há mais de 30 anos utilizam o Campus Avançado da Uern da cidade de Assú para obterem um curso de nível superior é no minimo uma brincadeira de muito mal gosto. E este editor que tem sua formação acadêmica graças a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) de muito boa qualidade diga-se de passagem, jamais concordará com sua proposta Senhor Desembargador Claudio Santos. Lamentamos muito pela sua ideia e vamos torcer para que o Governador do Estado Robinson Faria não pense jamais em cometer tamanha injustiça com as famílias de classe média e baixa do RN que vislumbram na Uern a possibilidade de vêm os seus filhos e netos com um “canudo na mão” e a possibilidade de um futuro melhor. 

Redação e comentário: Rogério Magno. 

Nesta terça-feira (1º) vence prazo para proclamação oficial dos eleitos em primeiro turno

a-13

Dois dias após o segundo turno e 30 dias após o primeiro turno, o calendário eleitoral das Eleições Municipais 2016 marca como o último dia para a proclamação oficial dos candidatos eleitos no dia 02 de outubro.

Essa proclamação fica a cargo dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), a quem compete, também, expedir os diplomas dos eleitos, com data final prevista para 19 de dezembro, uma segunda-feira, salienta informação extraída do portal virtual do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1996), o horário eleitoral gratuito tem início a partir de 48 horas após a proclamação provisória do resultado do pleito.

No caso das eleições municipais, a proclamação é feita pelo juiz eleitoral de cada localidade. Por isso, as datas podem ser diferentes em cada município.

A lei dispõe que “se houver segundo turno, as emissoras reservarão, a partir de 48 horas da proclamação provisória dos resultados do primeiro turno e até 28 de outubro de 2016, horário destinado à divulgação da propaganda eleitoral gratuita”.

A proclamação definitiva depende de um processo, que inclui a aprovação, no plenário de cada tribunal regional, de relatórios elaborados por desembargadores indicados para acompanhar o processo eleitoral em cada região.

Além disso, esse material precisa ser revisado pela Procuradoria Eleitoral.

A proclamação é realizada após a lavratura da Ata Geral da Eleição, que deverá ser assinada pelos membros do TRE na penúltima semana de outubro.

No documento, constarão os dados consignados no relatório geral de apuração.

Após a proclamação, que acontece em sessão ordinária realizada na sede do respectivo TRE, é promovida a diplomação dos eleitos.