Acadêmicos de Pedagogia em Angicos desenvolvem projeto “Livro na praça”


Acadêmicos do 3º período do curso
de Pedagogia do Instituto de Ensino Múltiplo que funciona em Angicos
desenvolveram na manhã do último sábado, dia 30 de Julho, na Praça José da
Penha o projeto “Livro na praça”, cujo objetivo era o de mostrar ao público em
geral, em especial as crianças a importância da leitura para o desenvolvimento cognitivo
destas.

O projeto teve a coordenação
da Professora Especialista Adriana Brito e teve a supervisão da Professora Aline
Andrade, coordenadora do curso em Angicos.

Para dinamizar a atividade acadêmica,
os alunos se subdividiram em quatro grupos para mostrar como se pode praticar a
leitura de diversas maneiras e sempre com prazer.

No primeiro grupo foi
abordado o tema: “Leituras e escrita na escola: Os desafios atuais: Internetês,
linguagem nos dias atuais”. Nesta temática os alunos do grupo procuraram mostrar
que mesmo com a ascensão da internet é possível praticar uma boa leitura quando
esta ferramenta é utilizada de maneira pedagógica.



No segundo grupo o tema
desenvolvido foi: “Brincando e aprendendo”. Nesta temática os futuros pedagogos
mostravam que é possível aprender de forma lúdica, despertando o interesse das
crianças pelo hábito da leitura desde cedo.

No terceiro grupo
trabalhou a temática: “A importância da leitura nas series iniciais do ensino
fundamental”. Nesta temática os alunos de pedagogia mostrava como se pode
trabalhar a leitura, no caso especifico a literatura infantil usando o
artificio de se fantasiar como personagem das historias infantis, essa estratégia
desperta e muito o interesse do público infantil pela leitura. 


Por fim, no quarto grupo era mostrado aos visitantes os diversos gêneros literários e sua contribuição para o crescimento educacional e cultural de quem os utiliza como forma de obtenção de conhecimentos.
  
  

Nota de Esclarecimento: SEEC/RN confirma que calendário letivo não sofrerá paralisação

A onda de vandalismo que atingiu diversos pontos do estado não paralisará o calendário letivo da rede pública estadual de ensino.
Sobre o assunto, a Secretaria Estadual de Educação e Cultura do RN (SEEC/RN) publicou neste domingo (31) uma Nota de Esclarecimento, que pode ser lida abaixo:

A Secretaria de Estado da Educação e da Cultura esclarece à Rede Estadual de Ensino que as atividades letivas estão mantidas e serão realizadas dentro da normalidade. Com as ações de proteção que estão sendo executadas pelo Governo do Estado, através das Secretarias de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) e Justiça e Cidadania (Sejuc), fica claro que não há motivos para a interrupção das aulas. A SEEC ainda informa que o transporte escolar também seguirá com suas atividades normais, sendo mantidas todas as rotas. Por último, a pasta recomenda a todos que mantenham as suas atividades normais, com a cautela de evitar a propagação de boatos e informações não confirmadas.

“O caldo vai engrossar” pra bandido: Presidente Temer autoriza envio de tropas do Exército para combater ataques no RN

A Secretaria de Imprensa do Palácio do Planalto informou que o presidente da República em exercício, Michel Temer, autorizou na tarde deste domingo (31) o envio de tropas do Exército para atuar no combate a ataques criminosos no Rio Grande do Norte. O anúncio foi feito horas após o governador potiguar, Robinson Faria, divulgar pedido ao governo federal de reforço de militares para “garantir a segurança da população”.
Desde a última sexta-feira (29), pelo menos 54 ataques a ônibus, unidades policiais e prédios públicos ocorreram em várias cidades potiguares, segundo a Secretaria de Segurança do estado. A instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária Estadual de Parnamirim, na Grande Natal, é apontada pelo governo estadual como motivo dos atentados.



O Palácio do Planalto não divulgou o tamanho do efetivo que será enviado ao Rio Grande do Norte. A Secretaria de Imprensa informou, por meio de nota, que os detalhes do envio de militares serão divulgados nesta segunda-feira (1º).

Suspeito de chefiar ataques no RN é preso com R$ 300 mil, diz governo


Foi preso na tarde deste domingo (31) João Maria dos Santos de Oliveira, de 32 anos. Apontado pelas forças de segurança do Rio Grande do Norte como um dos chefes de uma facção criminosa que vem agindo no estado, ‘João Mago’, como é mais conhecido, era considerado foragido desde dezembro do ano passado, quando saiu da Penitenciária Estadual de Parnamirim, na GrandeNatal, com o auxílio de um alvará de soltura falso. Segundo o governador Robinson Faria, que anunciou a prisão em uma rede social ‘João Mago’ faz parte do comando dos ataques criminosos que vêm acontecendo no estado desde a tarde da sexta-feira (29).

Antes da prisão de João Mago, a Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) havia confirmado a prisão de 51 pessoas suspeitas de envolvimento nos ataques. A instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária Estadual de Parnamirim, na Grande Natal, é apontada pelo governo como motivo para os atentados. Até o momento, pelo menos 54 ataques criminosos foram registrados em 20 cidades do estado nestes últimos dois dias.
A prisão de João Mago foi feita em um condomínio residencial no bairro de NovaParnamirim, Parnamirim, cidade da Grande Natal. Na casa, a polícia apreendeu R$ 300 mil em espécie, tabletes de crack e aparelhos celulares.



Ao ser anunciada, Robinson Faria comemorou a prisão: “A polícia prendeu agora o traficante João Mago, um dos líderes de uma facção que fazia parte do comando dos ataques criminosos. Ele estava com vários aparelhos celular e R$ 300 mil. Era foragido do Presídio Estadual de Parnamirim. Quero parabenizar a polícia pelo grande trabalho que está realizando. Estamos vencendo o crime!”, escreveu o governador em uma rede social.
A Sesed ainda reforçou: “João Mago é suspeito de ser um dos articuladores dos ataques registrados desde sexta-feira (29) em vários pontos de Natal e Região Metropolitana. Após a prisão, o suspeito foi levado para a 4ª Delegacia de Polícia, em Mãe Luíza.
%d blogueiros gostam disto: